Posts em destaque

Como preparar a pele para o verão em 8 etapas

Olá, pessoal! Estamos na contagem regressiva para a chegada do verão e para aproveitar a estação mais quente do ano com saúde e beleza, é fundamental cuidar da pele. Para mim, um sinal de que os 30 anos estão chegando é que eu passei a prestar muito mais atenção nos cuidados com o rosto e o corpo. Eu ainda tenho um ano e meio para chegar aos 30 anos, mas vocês devem cuidar da pele o mais cedo possível, certo?

Como a gente sabe, o verão é uma época muito esperada porque inclui banhos de piscina, idas constantes à praia e (o mais legal): dar aquela renovada no bronzeado. Quem não ama esse combo, né? Mas a gente também sabe que esse ritual todo pode deixar nossa pele manchada e queimada de sol e é aí que mora o perigo. Para não correr o risco, aqui está o seu guia de cuidados para as próximas semanas:

Interromper tratamentos com ácidos e peelings

c702c850bb983eb3b404c1fcd384172a

Faz algum desses procedimentos? Então é hora de dar uma pausa. Isso porque os tratamentos à base de ácidos e peelings costumam ser mais agressivos e pedem justamente um tempo longe do sol para que a pele possa se recuperar. Passar o verão sem tomar sol é um pesadelo que a gente não quer viver, então se esse é o seu caso, converse com o seu dermatologista e reorganize seus tratamentos agora mesmo!

Beber água

8291096376240f5d4f5973469894a8b2

Repararam que todos os meus posts com cuidados de beleza incluem esta etapa? Não é à toa, já que beber água traz uma porção de benefícios para a saúde. Quando o assunto é verão, é importante lembrar que nós transpiramos mais por conta do calor, então é ainda mais necessário beber água para manter o corpo hidratado. Com isso, a gente ainda reduz as chances da pele ficar ressecada e seca. Viu só como vale a pena?

Escolher um hidratante para chamar de seu

32c9700350bec2feb4c1a445b6015681

Pois é, não adianta beber bastante água e esquecer de hidratar a pele, especialmente a do rosto, a que mais sofre durante o verão. Por isso, a dica é apostar no bom e velho hidratante, pode ser em creme, óleo ou loção. O importante é que ele seja próprio para o seu tipo de pele, ok? E vale passar depois do banho para que a pele consiga descansar e não ficar tão irritada e sensível.

Não se esquecer da esfoliação

0680a6a0133c8ffbd35be8167a1a8824

Assim como a hidratação, a esfoliação é outra etapa que deve fazer parte da sua rotina de cuidados pré-verão. Muita gente (tipo eu) passa batido por esse ritual, mas ele serve para remover as células mortas, estimular a renovação da pele e deixar a aparência mais uniforme e lisinha. O ideal é fazer uma esfoliação semanalmente, mas é legal conversar com o seu dermatologista para fazer certinho e não machucar a pele.

Tomar cuidado ao tomar sol

193fff304047afbc0ad658b25ce36373

Sim, eu sei que a gente espera por esse momento o ano inteiro e não vê a hora de tomar sol, mas ter calma é a melhor forma de se manter linda e bronzeada por todo o verão. Ou seja, não é para passar horas e horas debaixo de sol forte no primeiro dia de calor. Aliás, os especialistas recomendam tomar sol antes das 10 da manhã ou depois das 4 da tarde, quando a incidência solar é menor e os riscos de câncer de pele diminuem. Ninguém precisa ter pressa porque o calor vai continuar por muitos meses!

Intensificar o uso de protetor solar

64d0d0f9a1e6dc7d8a1132d99aa95e09

Como estamos falando sobre tomar sol, não tem como não lembrar do protetor solar. A gente já usa (deveria, pelo menos) nos outros meses do ano, mas durante o verão ele se torna indispensável. Vale aumentar o fator de proteção – eu, que sou muito branquinha, não uso menos que 30 – e usar em qualquer situação, mesmo quando ficar o dia todo dentro do escritório. É a certeza de que sua pele ficará livre de manchas e queimaduras e protegida contra o câncer de pele. É importantíssimo, ok?

Comer alimentos alaranjados e verde-escuros

3444dccbbcd931eeecf15c1b65be6257

Já ouvir falar em betacaroteno? É um pigmento natural presente em muitos alimentos de cores alaranjada e verde-escura que atua como refletor dos raios UVA e UVB, ajudando a prolongar o bronzeado e aquele efeito dourado que a gente tanto ama. A cenoura é o item mais lembrado, mas a substância também pode ser encontrada em manga, mamão, chicória, agrião, espinafre e muitos outros. Olha só que ótimo incentivo para melhorar a alimentação e ficar em forma para o verão.

Tomar banho com água fria

a942875882a6cd24a15df0b7518691ed

Essa é um pouco óbvia porque eu, pelo menos, AMO tomar banho frio no verão e parece meio surreal encarar um chuveiro quente naqueles dias de calorão intenso. Mas, se você não gosta muito da ideia, é bom rever seus conceitos, já que o banho de água fria promove uma série de benefícios. Anote aí: melhora a elasticidade da pele, relaxa os músculos, protege contra gripes e resfriados e ainda evita o acúmulo de gordura no corpo. Bom, né?

 

E vocês, o que mais fazem quando se preparam para o verão?

Um beijo e até o próximo post!

Fotos: Pinterest

6 alimentos típicos da primavera

Eba, a primavera chegou! Tenho um carinho especial por essa estação não apenas por ser a mais florida do ano, mas por realmente ser um período de renascimento. É só comigo ou vocês também se sentem mais leves e alegres nesses meses?

Muita gente também aproveita a primavera para começar de vez a academia e entrar em forma para o verão. Mas não adianta só pegar pesado no treino e não comer direito. Pensando nisso, uma ótima ideia é aproveitar os alimentos próprios da estação, que estão mais fresquinhos nesta época e garantem ainda mais benefícios. Vamos conhecer alguns deles?

Berinjela

berinjela

O sabor amargo desse vegetal não agrada todos os paladares, mas vale a pena fazer uma forcinha para incluí-lo no cardápio. Além de ter baixa caloria (olha aí um ótimo motivo), é rico em fibras e em diversas vitaminas. Ela ainda faz superbem ao coração, ao cérebro e à pele. Isso mesmo, uma porção de berinjela combate os radicais livres, previne o envelhecimento precoce e te deixa com a aparência saudável. Bom, né?

Pêssego

beneficios-do-pessego

Amo suco, drinks e cosméticos com cheirinho de pêssego, mas a fruta… Bom, a fruta acaba passando um pouco longe de mim. Ainda bem que tive a ideia de escrever este post porque são tantos benefícios que vou me esforçar para comer mais. Vamos lá: ajuda na saúde dos olhos e na capacidade de visão, é ótimo para aquele efeito detox que a gente tanto ama, reduz a formação de rugas e é um amigo e tanto na hora de perder peso – são apenas 50 calorias por fruta!

Abacaxi

download

Tenho uma relação complicada com esta frutinha aqui. Amo o sabor e acho supergostoso, só que a acidez me causa aftas. Tenso, né? De vez em quando, eu me arrisco porque ele é tão saboroso e nutritivo que vale o sacrifício. Ideais para quem está com algum problema digestivo, o abacaxi ainda ajuda no tratamento de gripes e resfriados, tem propriedades anti-inflamatórias e dá uma forcinha no combate às doenças de pele.

Mamão

10-beneficios-do-mamao-para-a-saude

Mamão tem um cheiro nojento, né gente? Eu detesto, mas ele é ultranutritivo. Então, se você gosta, pode cair matando. Muito indicado para problemas de digestão, ele também é ótimo para acabar com espinhas e deixar a pele com brilho. O consumo é ótimo ainda para reduzir o nível do colesterol ruim e melhorar a saúde do coração. Mesmo assim, continuo odiando. Tenho pavor até de shampoo com cheiro de mamão. Vai entender…

Abóbora

beneficios-da-abobora

Sempre que vejo uma abóbora, lembro na hora da carruagem da Cinderela (quem nunca?). Também penso que sempre tive vontade de fazer aquela decoração típica de Halloween. Daí, sei lá, acho as abóboras tão bonitinhas que me dá dó de comer. Estou me esforçando para mudar esse pensamento porque ela melhora a visão, ajuda a entrar em forma, estabiliza a pressão arterial, contribui para uma boa noite de sono e ainda oferece benefícios exclusivos para a saúde da mulher!

Brócolis

brocolis

Acho o brócolis tão simpático, parece uma arvorezinha. Além de fofo, o vegetal é anti-inflamatório e relaxa os músculos do coração e das artérias. Também protege o corpo da exposição solar, atua no sistema imunológico, deixa os ossos mais fortes e alivia alergias e coceiras. Para as gravidinhas de plantão, uma ótima notícia: o alto teor de ácido fólico, que auxilia na formação do bebê!

 

Um beijo e até o próximo post!

6 dicas para manter a boa forma no inverno

Chega o inverno e uma das nossas maiores preocupações é manter a dieta em dia. Parece impossível (e ok, é bem difícil mesmo) resistir a tantas delícias sem que o ponteiro da balança suba. A gente até tenta deixar as gordices para um ou outro dia, mas a missão é tão complicada que jogamos a toalha em algum momento e só voltamos a nos lembrar da dieta quando a estação acaba.

Se você também faz parte desse grupo, pode começar a se animar! Sim, o inverno vai continuar a nos deixar tentadas a jacar, mas é só ter força de vontade e o mais legal de tudo: seguir algumas dicas que ajudam (e muito) a manter o corpo em dia durante a estação. Vamos conferir quais são?

 

Não abandone a academia

22be46c3971410aa4e3266d033a5a4ed

 

Reparou como a preguiça de se exercitar é maior no inverno? Como é difícil acordar cedo sabendo que a gente vai para a academia, não é mesmo? Dá aquela vontade de continuar a dormir mais um pouquinho. Só que é aí que mora o perigo: quando a gente abandona os exercícios físicos, a queima de calorias é mais devagar e os nossos exageros alimentares terão, sim, consequências diretas na balança. Então, amiga, não tem outro jeito a não ser superar a preguiça e encarar o treino sem desculpas.

 

Prefira atividades de intensidade moderada

2b617c97a2fdf3765f1fd327c47ad81e

Todas nós sabemos da importância dos exercícios físicos para a nossa saúde. Só que muitas (e, acreditem em mim, já fiz parte desse time por muito tempo) ignoram os benefícios e continuam sedentárias. Nesse caso, vale começar agora mesmo com uma atividade aeróbica de intensidade moderada, que apresentam melhores resultados durante o inverno. Sem ideia do que fazer? Anote aí: pilates, ioga e uma caminhada diária de, no mínimo, 30 minutos já dão conta do recado.

 

Não se esqueça de usar roupas adequadas

24a800c645f9ebb78f693efc9243ebc0

Se você prefere se exercitar em áreas abertas, como parques e praias, vale o bom e velho conselho da minha mãe: levar um casaquinho. Brincadeiras à parte, é fundamental usar roupas próprias para suportar as baixas temperaturas. Ou seja, procure por peças específicas para a prática de atividades físicas, que ajudam no processo de transpiração e deixam o corpo seco. Caso o frio esteja rigoroso, vale começar com um casaco específico para a atividade e, se for necessário, proteger as extremidades do corpo com luvas, meias e gorros. A ideia é ficar em forma e não doente, certo?

 

Faça trocas alimentares

3f17f479d2a3e2e0ee1b355c019729a8

Agora vem a parte difícil: a comida. Sei que é muito difícil recusar as delícias gastronômicas do inverno, mas dá para fazer algumas trocas não tão complicadas assim. Sabe aquela sopa em versão creme? Experimente trocá-la por uma versão mais leve com legumes. Ok, não é tão gostoso, mas ao menos esquenta o corpo. Outra dica é substituir o chocolate ao leite pelo meio amargo, trocar o queijo amarelo pelo branco e maneirar no vinho, afinal, álcool em excesso faz muito mal. Para ficar mais fácil, veja se suas amigas também querem pegar leve na alimentação e combinem de uma incentivar as outras!

 

Durma bem

d33eafb05f6261e666713920d9b99a3f

É normal sentir mais sono durante o inverno. Isso acontece porque a estação traz uma série de mudanças climáticas. As horas de sol são menores, enquanto as noites são mais longas e o tempo fica mais frio. Sem falar no metabolismo, que fica mais lento, e no aumento de roupas que usamos. Tudo isso faz com que a gente fique mais recolhida e confortável quando estamos dormindo. Mas tem algo muito bom nisso: dormir bem facilita a queima de gordura. Só que mais do que as horas recomendadas para repouso, vale pensar na qualidade. É preciso estar relaxada e em um ambiente propício para ter um sono de qualidade e comprovar os resultados.

 

Beba água

00551d60d1f54be1be01a959088159c5

Sim, sou repetitiva e sempre incluo este tópico nas minhas listas. Mas, de verdade, beber água é tão importante e essencial na nossa vida que não tem como ficar de fora. Além de deixar nosso corpo hidratado e saudável, a água promove a sensação de saciedade – evitando que a gente coma além do que realmente precisamos – e ajuda no processo de digestão, diminuindo a sensação de inchaço e problemas intestinais. Viu só como a água faz bem?

 

Gostaram das dicas? Quais outros cuidados vocês tomam para evitar a jacada durante o inverno?

Um beijo e até o próximo post!

Fotos: Pinterest

5 alimentos para comer sem culpa nas festas juninas

Não tem jeito: entra ano, sai ano e a minha comemoração favorita continua sendo a festa junina. Acho uma graça a decoração com as bandeirinhas, as barraquinhas, as brincadeiras tão simples com as crianças (amo a pescaria), as roupas xadrez e o clima gostoso de interior. Mas tem um motivo que supera qualquer outro desses: a comida. Tem coisa melhor do que o cardápio de festa junina? Na lista, temos quitutes como cachorro quente, crepes, canjica e tantas outras delícias. Sério, gente, eu PIRO em festas juninas.

Mas aí, no dia seguinte mesmo, já vem aquele peso na consciência por conta da jacada. A boa notícia é que dá, sim, para pegar leve nesses eventos. Ok, eu sei que já falei sobre esse tema lá no comecinho do blog, mas é junho e a gente quer mais é se acabar na quadrilha, então vai ter repetição de post e pronto. Brincadeiras à parte, aviso que é preciso ter muita determinação para seguir esse roteiro magrinho aqui embaixo. Vamos conferir?

 

Milho

Pensa só na quantidade de alimentos juninos à base de milho: curau, bolo, pamonha, canjica e tantas outras maravilhas. Mas o melhor quitute desse grupo todo é a espiga de milho, que protege contra doenças cardíacas, retarda o envelhecimento, controla a pressão arterial e ainda fortalece os ossos. Vale também um saquinho pequeno de pipoca para comprovar os benefícios. O que não pode? Exagerar no sal e na manteiga, que são perigosos e calóricos.

 

Pinhão

e8d2081f00b82df378e855abde135358

Já falei sobre as maravilhas do pinhão no post sobre as comidas típicas de inverno, mas vale relembrar para dar água na boca. Fonte de fibra, ele ajuda nas funções intestinais e controla os níveis de colesterol. Mas ainda tem mais: melhora a circulação sanguínea e estabiliza a pressão arterial. O único ponto de atenção é o excesso, já que o alimento também é calórico.

 

Bolo de fubá

dd3ae13cf80187e48ecc0712dd2a2a1f

Rola um papo de que o fubá engorda e muita gente tira essa delícia (que tem gosto de infância na casa da vó, fala aí) do cardápio. Você também ama essa maravilha aqui? Então pode se animar, porque o ingrediente é uma excelente fonte de fibras, ótimas para quem sofre de doenças cardíacas, obesidade e diabetes, além de dar uma forcinha para o sistema imunológico. O que não dá é cair matando e comer o bolo inteiro, ok?

 

Espetinho de carne ou frango

f97533f07a330d423ae00cdde691aa22

É um clássico da festa junina que faz superbem à saúde. Além do alto teor de proteínas, essenciais para a nossa sobrevivência, eles ajudam a ganhar massa muscular, atuam no sistema imunológico e ajudam no transporte de oxigênio dentro do corpo. O problema é que a gente não consegue comer um espetinho só, então o resultado se transforma no excesso de comida. Viu, amiga, tem que se controlar!

 

Vinho quente

7c67d8767e298364a0cc70e0c7933643

Nada mais gostoso do que uma bebida quentinha para aliviar o frio, não é mesmo? E se essa bebida ainda for boa para a saúde? O vinho quente é composto por resveratrol, substância que protege o coração. Isso sem falar no poder de dilatar os vasos sanguíneos, o que estabiliza a pressão arterial, e de controlar as taxas de colesterol. Antes de pegar sua caneca e preparar o brinde, é bom ficar atenta, já que álcool em excesso é um dos maiores vilões da saúde.

 

Gostaram das dicas? Agora fica mais fácil se jogar na festa junina sem culpa!

 

Um beijo e até o próximo post!

Fotos: Pinterest

Para comer sem culpa: 6 benefícios do chocolate

Todo ano é a mesma coisa: a Páscoa chega e a gente não sabe se enfia o pé na jaca e come aquele ovo de chocolate supercalórico ou se continua firme e forte na dieta. O doce que nós tanto amamos é considerado um vilão para muita gente, mas tem lá seus benefícios. E são vários, viu?

Mas claro que nem tudo é essa maravilha. Para que possa ser um aliado da nossa saúde, o chocolate precisa ser amargo e, de preferência, com mais de 70% de cacau, já que o fruto é o todo poderoso. Por isso, pode esquecer o chocolate ao leite e o branco. Sei que é triste, mas pelo menos a gente não passa vontade na Páscoa. Bora ver esses tais benefícios?

 

Diminui o estresse

e62f83e4ce9a2fe53469e01c890f8862

Não tem como negar: todo mundo está – ou já esteve – estressado. A gente faz mil coisas ao mesmo tempo e parece que a vida fica corrida, não é mesmo? Os perigos do estresse a gente já sabe, mas dá para recorrer ao chocolate ao invés de tomar mil remédios. Isso acontece porque ao consumir o doce, somos bombardeadas pela endorfina e pela dopamina, hormônios que ajudam no relaxamento. Bom, né?

 

Faz bem ao coração

38c520bf384e31e729448fda59378aa2

Assim como tem muita gente estressada, tem um time bem grande de pessoas hipertensas e muitas delas são jovens. Quem se encaixa nesse quadro sabe que é preciso maneirar na alimentação e praticar atividades físicas, mas dá para adoçar tudo isso com um pedacinho de chocolate. A explicação é que ele é rico em antioxidantes que inibe uma enzima capaz de aumentar a pressão arterial.

 

Funciona como anti-inflamatório

Sem título

A dose recomendada pelos especialistas é de 30 gramas, o que equivale a um quadradinho. Parece pouco, mas é o suficiente para ajudar em inflamações crônicas. Além de todos os nutrientes anteriores, ele também tem flavonoides, componentes que destroem os radicais livres que causam o problema. Taí um excelente tratamento, não é mesmo?

 

Melhora o humor

Sem título

Já perceberam como o chocolate é mágico? Basta uma mordidinha para nos sentirmos mais alegres. Parece que todo o peso do excesso de compromissos e responsabilidades que a gente carrega some imediatamente. A verdade, no entanto, é que ele é uma fonte poderosíssima de serotonina, neurotransmissor que causa aquela sensação maravilhosa de bem-estar. Ficou triste? Come chocolate (um pouquinho só, tá?) que passa!

 

Deixa a aparência saudável

Sem título

O chocolate também promove um efeito incrível na nossa pele. Além de deixar a nossa saúde em ordem, ele é tão maravilhoso que previne o envelhecimento. Graças aos antioxidantes e à alta concentração de vitaminas A e do complexo B, ele atua diretamente na regeneração do rosto. Está explicado porque é usado em diversos cosméticos, não é mesmo? Vou super passar a investir nesses produtinhos!

 

Ajuda a emagrecer

5219c12c4f5832210dacec7d797a4a85

Opa, como assim? Chocolate ajuda a perder peso? Parece loucura, mas é verdade. O doce é composto, entre outros nutrientes, por cafeína, que acelera o metabolismo e provoca a queima de calorias. Isso sem falar que ele também promove saciedade, ou seja, evita que a gente coma o que não deve e em horas erradas. Maravilha!

 

Viram só, dá para ser feliz nesta Páscoa sem se preocupar com a balança.

 

Um beijo e até o próximo post!