Posts em destaque

Estilosa sempre, até na academia!

Com a chegada do outono as temperaturas estão caindo dia após dia, mas não é por isso que temos que deixar de lado a preocupação com a nossa saúde e nosso bem-estar, não é mesmo? Então nada melhor do que praticar exercícios com estilo, seja na academia, no pilates, na yoga ou na corridinha no parque.

active 2

Foi-se o tempo em que roupas de academia eram só confortáveis e funcionais. Hoje, os looks de academia transbordam estilo e ditam inclusive tendências para o resto do mundo da moda. Recentemente, as fashionistas e as coleções das principais marcas internacionais começaram a trazer um quê de roupa esportiva em looks casuais, sociais e até glam. Essa tendência a misturar peças de moda fitness é uma consequência da moda que não abre mão do conforto para ter estilo e ficou conhecida como Athleisure.

Então, agora que já entendemos um pouquinho sobre esse banho de estilo que dominou a moda active, vão aqui algumas peças chave para compor um look perfeito!

Leggings

As leggings sempre fizeram parte do guarda-roupas de academia por serem confortáveis e práticas, facilitando a prática da atividade física. Apesar de serem peças curinga, elas não passam despercebidas. Nessa temporada vemos principalmente leggings em cores básicas, mas funcionais, com adesivos refletores e com bolsos mega práticos. Os detalhes ficam por conta das transparências, recortes, ou das estampas monocromáticas geométricas.

active 1

Tops

Os tops não podem faltar no seu armário de roupas active. Além de dar sustentação e conforto para os seios, os tops tornaram-se peças cheias de estilo, que podem ser usados por baixo de uma camiseta ou sozinhos, nos dias mais quentes. Os modelos variam também seguindo as tendências, aparecendo tiras, telas, alças cruzadas, recortes e até modelos cropped, para as que não se sentem tão confortáveis só de top.

AMARO-3324

Body

O body é, atualmente, um queridinho da moda em geral, mas não podemos esquecer das origens dessa peça super sexy e estilosa, a moda fitness. Por isso, usar body na academia continua sendo um hit! Os modelos que estão bombando nessa estação são os com recortes nas laterais e nas costas. E aí, vai experimentar?

AMARO-3262

E vocês, o que acham da moda fitness? Eu amo!

Um beijo e até o próximo post!

*Post feito  em parceria com a AMARO

8 peças masculinas que ganharam o guarda-roupa feminino

Olá, pessoal! Vocês devem ter reparado que nos últimos anos o universo da moda tem apostado na igualdade de gêneros na hora de se vestir. Ou seja, não existe mais aquele papo de que isso é de homem ou de mulher. Qualquer pessoa pode (e deve) usar o que gosta e fim de papo. Eu gosto muito dessa proposta e acho que ainda temos que evoluir muito nesse sentido, mas já é um grande começo.

Essa tendência fez com que o estilo boyish ficasse mais em evidência. Para quem não sabe, esse estilo propõe justamente criar looks com algumas peças masculinas. Muitas delas passaram a ser tão usadas que já viraram parte do guarda-roupa feminino. Vamos conferir algumas?

Camisa de alfaiataria

7f968927be9ae125a7aa528154cc1e60

Essa peça é tão básica no dia a dia que fica até difícil acreditar que só começou a fazer parte do armário feminino por volta dos anos 1950, quando figuras como Coco Chanel e Audrey Hepburn apostaram na camisa e se tornaram ícones de estilo. Apesar de ser um item muito presente no ambiente de trabalho, a moda mostrou que dá para usar de diversas formas e em qualquer situação, até mesmo com tênis e por baixo de vestidos.

Oxford

8256699ee83059add6262762d3bf128b

Outra peça-chave do estilo boyish que tem conquistado um número cada vez maior de pessoas é o oxford, sapato que migrou da moda masculina para a feminina, ganhando diversas texturas e saltos. Recentemente, o modelo acompanhado por uma plataforma mais grossa gerou polêmica, mas virou febre. Eu acho muito confortável e estiloso, até cheguei a ter um, mas não sei se combina muito com o meu estilo.

Colete

517e141374952421290fe11427c6eb18

Experimente assistir a alguns filmes históricos e preste atenção no figurino dos homens. A grande maioria usava colete, uma peça que passava a sensação de nobreza e elegância. Hoje ele não é usado com tanta frequência pelos homens, a não ser quando combinam com o terno em alguma ocasião formal. Já as mulheres abraçaram de vez a peça, que ganhou todas as versões e comprimentos possíveis. Entre os queridinhos, estão o colete jeans e o maxicolete. Eu amo usar colete, e vocês?

Jeans boyfriend

9918120657c8fce3d8d717c62c30dd95

O nome já diz tudo: é uma calça jeans mais larguinha e passa a sensação de que você pegou emprestado do boy. Apesar de ser feita para a moda feminina, tem elementos claramente inspirados nas calças masculinas, como o corte reto, a cintura na altura do umbigo e a padronagem mais gasta. Eu não gostava muito, até que comprei uma por acaso e posso garantir que é a melhor calça que eu tenho no armário. Superconfortável, não marca e ainda emagrece. Muito amor!

Gravata

7941d94f33a1747815ff62aac5ef1bf5

Se você, assim como eu, viveu sua infância ou adolescência no comecinho dos anos 2000, com certeza vai se lembrar da Avril Lavinge. Quando ela surgiu, tinha um estilo roqueirinha com direito a várias peças do armário masculino, entre eles, a gravata, chegando a servir de inspiração para muitas garotas. Em 2017, é mais difícil usar a típica gravata masculina, mas as mulheres adoram fazer uma graça na região do pescoço e da gola da camisa. Vale uma gravata mais curta aberta (tipo de smoking), um lenço ou até mesmo camisas com laços chamativos, que explodiram no ano passado e continuam em alta.

Bonés, chapéus e gorros

bc9a05ee04d72989d0e9b3b4bdaef993

Sim, você pode até estar acostumada a usar todos esses acessórios, mas, recentemente, modelos tipicamente masculinos estão fazendo a cabeça (literalmente) das mulheres. Precisa de alguns exemplos? Anote aí: bonés de aba larga, chapéu panamá ou fedora e gorros mais largos e compridos. Todos eles começaram na moda masculina, por influência de modalidades esportivas, de astros da música e até do street style. Qual deles você gosta mais?

Jaquetas bomber

b9365484d0c6350f8f12249daa135de6

Estou em um relacionamento sério e muito profundo com essas jaquetas, gente! Olhando bem para elas, dá até para sacar como surgiram. Tudo começou na Primeira Guerra Mundial com as jaquetas típicas dos aviadores. Depois, ganhou o mundo dos esportes e chegou ao universo escolar, quando recebeu números e nomes bordados. Agora ela é febre nas ruas, com diversas aplicações e modelagens. Para ser classificada como bomber, a jaqueta tem que ter a gola, os punhos e as barras marcados com elástico. Juro, estou completamente apaixonada por elas!

Macacão

db902135ae3e042e0710cdf20a351788

Quem aí curte? Quando surgiu, o macacão era uma peça de trabalho bastante usada por caminhoneiros e funcionários de fábricas. Até que veio o movimento hippie, que começou na segunda metade dos anos 60 e ganhou força na década seguinte, e mostrou que a peça poderia ser usada, sim, no dia a dia e por qualquer gênero. Desde então, o macacão aparecia de forma tímida nos looks, mas virou símbolo de estilo nesta década, quando surgiram modelos de todos os tecidos e comprimentos possíveis. Eu prefiro o macaquinho, e vocês?

 

Quais outras peças do guarda-roupa masculino vocês amam usar?

Um beijo e até o próximo post!

Fotos: Pinterest

Diferenças entre 9 tipos de botas

Olá, pessoal! O outono chegou e muita gente já está tirando as botas do armário. Mas a missão não é tão fácil assim! É que o vestuário feminino é tão amplo que nós temos à disposição uma nomenclatura variada para os diversos tipos de botas que existem por aí. Para muitas pessoas, a divisão fica apenas entre as botas de cano curto, médio e alto. Mas quem é ligada em moda sabe que a questão vai muito além disso. Vamos aprender a diferenciar os modelos?

Ankle boots

Vitrine Outlet

Vitrine Outlet

A mais curtinha de todas recebeu esse nome justamente por parar na altura do tornozelo (ankle, em inglês). Sucesso há alguns anos, a botinha normalmente é aberta na parte de cima, para facilitar o uso, e acompanha um salto bem alto e fino. No entanto, dá para encontrar versões mais confortáveis e baixinhas por aí. Fica ótimo em qualquer situação, inclusive no trabalho.

Open boots

Marisa

Marisa

Lembra muito a ankle, mas tem um detalhe crucial: é aberta na frente. A proposta é justamente deixar alguns dedos do pé a mostra. Assim como o modelo aqui de cima, a open pode ou não ter salto, mas normalmente é todinha fechada na parte de cima. Para ser bem sincera, acho estranho usar calçado de frio e deixar os dedos aparecendo, mas muita gente aposta na versão com saias jeans, jaqueta de couro ou camisas.

Biker

Biker

Marisa

Também tem cano curto, mas um pouco mais alto do que a ankle. A diferença é que é inspirada nas botas usadas pelos motoqueiros, com direito a tachas, fivelas e outros detalhes metálicos, numa pegada bem rocker mesmo. É perfeita para usar por cima de calças skinny ou leggings e combinar com jaquetas de couro. Só não rola com looks delicados, porque é pesada (mas eu sou completamente apaixonada pela que comprei no ano passado).

Coturno

Vivaice

Vivaice

Por muitos anos, ficou marcada como o calçado preferido dos punks e metaleiros. Mas, aos poucos, passou a entrar para a moda até cair no gosto de vez. O cano é mais alto e pode parar cerca de cinco dedos abaixo dos joelhos, com direito a cadarços e solado bem grosso. Quem quiser algo mais discreto, pode encontrar umas versões mais delicadas com cano curto e abas dobráveis. É ótimo e superconfortável para encarar o frio no dia a dia.

Hiking boots

West Coast

West Coast

O nome pode parecer estranho, mas você certamente já viu vários modelos desse tipo. Mistura de tênis com salto dos anos 90 (como não amar?) com botas de montanhismo, podem ter cano curto ou médio com solado grosso e plataforma apenas na parte da frente, se tiver salto. Para ser caracterizada como hiking boots, ela tem que ter cadarços e a dica é usá-los fechados ou, em looks mais despojados, abertos e folgadinhos. Como usar? Fica ótimo com leggings e parkas.

Country

Brasil Cowboy

Brasil Cowboy

Alô, galera de cowboy! Por mais urbana que a gente seja, sempre rola uma influência do campo, né? Prova disso são as botas country, que chegaram tímidas no finzinho da década passada e agora são vistas nos looks das estilosas de plantão, deixando a gente morrendo de inveja. O que tem de marcante no modelo? O bico, que é bem mais fino, as abas arredondadas e os detalhes bordados, com franjas e tachas. Acho legal, mas não combina com o meu estilo.

Montaria

Katy Calçados

Katy Calçados

As botas de montaria caíram no gosto popular em 2012 e não param mais de ganhar adeptas. Como o próprio nome indica, esse modelo foi inspirado no calçado usado pelos praticantes de hipismo. O cano é bem alto e pode chegar até um pouco abaixo do joelho, são mais justas na região das pernas e salto bem baixo. Muitas apresentam alguns detalhes com fivelas ou costura metalassê (aqueles quadradinhos). É a mais confortável de todas e combina com qualquer roupa, estilo e ocasião.

Over the Knee

Tchwm Shoes

Tchwm Shoes

Também chamadas de Cuissardes, são as nossas paixões desde 2014 e se destacam pelo cano altíssimo, acima dos joelhos. Antes vulgares, provaram que dá, sim, para usá-las com muito estilo e elegância. Como? Combine com legging e meia-calça da mesma cor da bota e saias ou vestidos. Neste inverno, a ideia é subir ainda mais o cano, parando no meio das coxas. Será que pega? Seja como for, comprei a minha achando que não usaria, mas ela está até surrada de tanto que visto.

Galochas

Katy Calçados

Katy Calçados

Essa é fácil. As galochas nada mais são do que botas de borracha feitas para proteger da chuva ou da neve sem deixar os pés frios e molhados. Não temos neve aqui no Brasil, mas muita gente incorporou o modelo aos looks urbanos e o resultado fica ótimo. A maioria vem com estampas fofinhas e alegres, mas também dá para encontrar versões neutras. Vale até mesmo para os festivais de músicas realizados no meio barro – vai por mim, fui em um show com as minhas e deu supercerto!

 

E aí, qual bota vocês mais usam?

Um beijo e até o próximo post!

O guia da lingerie à mostra

Peça feminina essencial, a lingerie passou por grandes mudanças ao longo das décadas. Hoje exposta sem medo, de maneira descontraída, e vista muitas vezes como a peça-chave de vários looks, é difícil imaginar que até pouco tempo atrás, o conceito da lingerie era totalmente diferente, e deixar a roupa íntima à mostra era visto como algo indecente, vulgar e inapropriado.

1

Uma breve história da lingerie

A lingerie tem uma densa história cheia de transformações, e nem sempre foi confortável e versátil como é hoje. Cada década teve seus destaques, mas a revolução da moda íntima aconteceu de fato nos anos 50, com as divertidas Pinups, mulheres consideradas sex symbol, exibindo seus corpos de maneira sensual e delicada. Foi também a partir dessa década que as lingeries começaram a ser mais parecidas com as peças que vemos hoje em dia.

Mas como usar a lingerie aparente?

Mesmo com essa tendência em alta, muitas mulheres têm dúvidas quanto a montagem de looks com a peça à mostra e medo de fazer feio. Com a influência do street style na moda atual, podemos nos inspirar e ter uma ideia de como é amplo o leque de opções e truques de styling certeiros na montagem de looks com lingerie aparente. Podemos criar looks dos mais discretos aos mais chamativos. Só não se esqueça de brincar com as cores, estampas e tecidos para deixar a combinação de peças descolada, atual e cool.

2

Strappy Bra

O Strappy Bra foi conquistando lentamente o coração das fashionistas e hoje é um super hit. Em várias cores e tecidos que vão dos mais sofisticados aos mais simples, podemos encontrar o sutiã em renda, cetim, veludo, com ou sem estampas, recortes… incontáveis opções! Uma maneira super cool de usar essa peça é combinar o sutiã com uma blusa mais decotada, deixando em evidência o transpasse de tiras. Não tenha medo de ousar!

3

Sobreposição

4

Outro hit do momento é a inversão das peças, onde a lingerie fica por cima da blusa, dando um ar divertido ao look. Celebridades como as Kardashian-Jenner e irmãs Hadid usam e abusam dessa nova tendência. Combine um sutiã preto de renda delicado com uma camiseta branca básica e a chance de erro é nula. Mas não se prenda ao preto e branco. Brinque com as cores e crie combinações diferentes e coloridas.

O body

5

Uma das maiores tendências da última temporada, o body não vai voltar para fundo do closet tão cedo. Semelhante a um maiô, a peça é super versátil e combina com tudo, do jeans básico à saia midi. Transparências, rendas, recortes, estampas… tem body para todos os gostos! Para uma pegada mais formal, jogue um blazer por cima da peça e voilá, pronta para aquele encontro de negócios. Para os looks mais informais deixe o blazer de lado. O body sozinho vai dar conta do recado e deixar a combinação de peças extremamente descolada.

Contraste de cores

6

Contraste também é uma boa opção para os adeptos da lingerie à mostra. Um blazer branco com um top de renda preto, ou peças Color Block, por exemplo, criam uma combinação chique, mas que ainda assim, tem uma pegada de descontração.

Para as mais discretas, eis a solução!

Tem medo de arriscar e não se sentir confortável? Não se preocupe! Aposte em uma terceira peça que deixe a lingerie mais discreta. Uma jaqueta, casaco ou suéter complementam o look e deixam a lingerie de segundo plano. Abrir um botão da camisa para deixar uma pequena parte do sutiã à mostra também pode ser uma boa opção para as mais tímidas.

 

E vocês, o que acham dessa proposta de deixar a lingerie à mostra? Eu, particularmente, adoro!

Um beijo e até o próximo post!

Post feito em parceria com a AMARO

Testei: Máscara Seduction Força 10×1 Mandioca – Recebidos Netfarma

Olá, pessoal! E se eu dissesse para vocês que existe um produto que oferece 10 benefícios para os cabelos em uma única fórmula? Parece um sonho, mas ele existe e está fazendo o maior sucesso. Criado justamente para dar mais praticidade para as mulheres, a Eico Cosméticos lançou a linha Seduction Força 10x 1 Mandioca.

Estava supercuriosa para testar e recebi da Netfarma a máscara de tratamento da linha. Claro que a curiosidade falou mais alto e corri para o chuveiro na mesma hora para conferir na prática todos os benefícios.

Como funciona

Como falei antes, o principal destaque é oferecer dez benefícios em um só produto: hidratação, condicionamento, revitalização, regeneração e realinhamento das cutículas, brilho, maciez, crescimento, ação antifrizz e antiage, além de proteção solar. Tem coisa melhor?

image3 (4)

Esse verdadeiro milagre só é possível graças a uma combinação poderosa de ativos inovadores Bioquat Complex, associados ao óleo de linhaça, à mandioca e ao Panticol. Com isso, garante cabelos saudáveis da raiz às pontas.

Minha opinião

Quem não quer um cabelo lindo, totalmente protegido e saudável? Quando peguei a embalagem, algo me dizia que eu iria amar este produto e fiquei ainda mais feliz quando descobri que ela age de 5 a 10 minutos. Ou seja, dá para usar mesmo naqueles dias em que a gente está morrendo de pressa ou cansaço. AMO quando as marcas pensam nisso! ♥

image2 (6)

Senti meus fios mais macios logo de cara, enquanto aplicava o produto e massageava por todo o comprimento (recomendo não aplicar diretamente na raiz para evitar que o cabelo fique oleoso, ainda mais quem tem cabelo misto como eu). Esperei o tempo de ação, enxaguei e, gente, realmente fez MUITA diferença! Sabe quando você sente que o cabelo ganhou vida?

E o preço, então? Vocês encontram esta máscara mara por R$ 19,80 lá no site da Netfarma. Vale lembrar que o pote vem com 500g e rende muito, então vale cada centavinho. Vocês vão amar e ficar tão viciadas quanto eu!

 

E vocês, já conheciam a linha 10×1 Mandioca? O que acharam?

Um beijo e até o próximo post!