Posts em destaque

Inverno 2018 | As 5 tendências que você mais usou nesta temporada

Olá, pessoal! Já estamos em setembro e entramos na reta final do inverno. A primavera começa oficialmente no dia 22 e chegou a hora de fazer uma retrospectiva para lembrar tudo que foi tendência de moda nesta temporada. Aliás, eu adiantei em março quais seriam as peças que fariam sucesso neste inverno, quem lembra? Bom, agora chega de falar e vamos direto aos fatos:

Óculos de sol pequeno e retrô

Famosos entre os hippies entre os anos 60 e 70, os óculos de sol pequenos já vinham fazendo a cabeça das fashionistas, mas viraram uma febre neste inverno, né? O acessório chegou com armações e lentes coloridas e foi bastante usado, especialmente em festivais de música. No começo, eu achava bem estranho. Agora, gosto e acho que realmente combina muito com quem tem estilo. Não comprei um porque tenho o rosto quadrado e não fico bem com óculos pequenos. De qualquer forma, acho que ele tem tudo para continuar em alta na primavera-verão.

Bota meia (ou sock boots)

Olha eu trabalhada na tendência com a minha sock boots querida (primeira vez que eu usei, mal sabia eu que viraria um vício)

Quase não houve espaço para outro modelo de bota neste inverno. Quem deu o que falar foi a bota meia, também conhecida como sock boots. É aquele modelo bem justinho e sem costura, que acaba “grudando” na perna e fica parecendo uma meia. A gente viu opções de tudo quanto é jeito: colorida, canelada com listras (bem na pegada de uma meia esportiva), curtinha, com salto fino, com salto quadrado…até eu me rendi, comprei uma e usei muito. Aliás, é tão quentinha e confortável que eu pretendo continuar usando.

Mostarda

Confesso que eu não botava muita fé que a cor mostarda faria sucesso. Mas adivinhem? Fez e muito! Muita gente apostou no tom e usou em apenas um detalhe ou para montar looks monocromáticos, outra grande tendência deste inverno. Por ter essa aparência mais “fria”, a cor combinou bem com outros tons terrosos e serviu até para alegrar produções mais básicas. Não sou muito fã de tons amarelados, mas olha só que curioso: “ressuscitei” um shortinho mostarda que eu tinha e levei na mala para a viagem que eu fiz para a viagem que fiz para a Disney da Califórnia e para Las Vegas. Acabou que eu usei MUITO (só que eu fui no auge do verão norte-americano).

Vinil

Quem é ligada em moda sabe que nós tivemos uma forte influência dos anos 80 neste inverno, né? Nos últimos meses, vimos muitas peças em lurex, muito brilho, brincos exagerados, laços e, principalmente, vinil. O material foi bastante usado em saias e acessórios, como sapatos e bolsas. Muita gente, inclusive, levou o vinil para looks de festas e eventos, deixando a produção mais estilosa e moderna. Tenho alguns sapatos em vinil e adoro. Em roupa, acho um pouquinho mais complicado porque marca muito rsrs… quem sabe ainda não me rendo.

Xadrez Príncipe de Gales

Já faz um tempo que o xadrez deixou de estampar apenas as camisas e as roupas típicas das festas juninas. A cada inverno, ele conquista mais pessoas e é usado em todas as peças, desde casacos até calças. Mas, neste ano, quem fez sucesso foi o xadrez Príncipe de Gales, que tem fundo cinza e listras bem pequenas e finas. É chique e tem tudo para continuar em alta no próximo inverno. Eu amei essa tendência logo de cara e fiquei doida para comprar um blazer com essa padronagem. Ganhei um de presente da minha mãe e usei MUITO.

 

E você, lembra de outra tendência que deu o que falar neste inverno?

Um beijo e até o próximo post!

Cabelos lindos no inverno | 4 dicas para manter o loiro saudável durante o frio

Olá, pessoal! Estamos em agosto, no auge do frio, e quem mais sofre com esse clima? Ok, eu sei que é difícil, quase impossível, levantar da cama nesta época e que não é tão fácil assim sair por aí com camadas e camadas de roupa. Mas, na verdade, enquanto você está protegido com o seu look de inverno, seu cabelo fica lá, todo exposto e sofrendo horrores.

É mais do que normal perceber que os fios estão mais ressecados e opacos no inverno. Isso é ainda pior para quem, assim como eu, tem cabelo loiro. Nossos fios são mais frágeis por conta do excesso de processos químicos e têm uma tendência maior ao ressecamento. Imagine quando são expostos a fatores como vento, chuvinha fina, frio…pois é, a situação não é nada fácil, gente!

A boa notícia é que dá para resolver! Se você tem cabelo loiro, já sabe que precisa de muita paciência para mantê-los saudáveis, né? Pode até dar preguiça de cuidar, mas as dicas que eu vou dar abaixo me ajudam muito e – o melhor de tudo – são superfáceis de serem seguidas. Vamos conferir?

Fugir da água quente

Foto: Passaneura

Já vou começar logo pela dica mais difícil. Quem me acompanha aqui no blog, sabe que eu sempre recomendo evitar banhos quentes. Mas e quando tá aquele frio de doer, gente? Confesso que até eu tenho vontade de ligar só a água quente e me jogar. Acontece que a temperatura elevada da água remove a camada protetora dos fios e abre as cutículas, daí é um pulo para ficar com os cabelos mais ressecados e sem vida. Então, amiga, não tem jeito: tem que fazer um esforço e procurar tomar banho morno. Seu cabelo agradece!

Confira algumas dicas para não deixar sua pele ressecada no frio!

Investir em um bom protetor térmico

Meu protetor térmico favorito é o spray da linha Liso Leve and Solto da Lola

Como você tem o cabelo loiro, já deve saber que secador, chapinha, babyliss e outras ferramentas que a gente ama devem ser evitadas, pois amarelam os fios. Só que no frio a gente tem duas alternativas: secar com secador ou ficar doente por causa do cabelo molhado. Lógico que a primeira opção ganha, né? Então, para evitar que os fios fiquem amarelos e ressecados, você precisa ter um bom protetor térmico por perto. Pode usar no cabelo todo, mas em quantidade pequena para não deixar os fios pesados e oleosos.

Intensificar a hidratação

Foto: Cabelos de Rainha

Cabelo loiro e hidratação combinam, né? Por isso que eu sempre digo que para ser loira você precisa gostar muito de cuidar dos seus fios. Qual a melhor solução para fios ressecados e opacos? Investir em máscaras, com certeza. Como cada fio precisa de um cuidado específico, você pode perguntar para o seu cabeleireiro qual a melhor máscara para hidratar em casa e, de vez em quando, fazer uma hidratação no salão também. Ah, é fundamental respeitar o tempo de ação informado na embalagem do produto, ok?

Foco no leave-in

Eu adoro o leave-in da linha Banho de Verniz da Forever Liss

Nunca fui de ligar muito para o leave-in, mas desde que comecei a usar, percebi o quanto ele é maravilhoso. A primeira vantagem é que ele não precisa de enxague e vai cuidar do seu cabelo por muito mais tempo, inclusive quando você estiver na rua e os fios estiverem expostos ao vento e ao frio. O resultado disso é um cabelo muito mais saudável e sem frizz. Não sei vocês, mas eu sofria MUITO com frizz no frio e o leave-in ajuda muito a fazer com que esses fiozinhos fiquem no lugar.

 

E vocês, como fazem para cuidar do cabelo loiro no frio?

Um beijo e até o próximo post!

Beleza no inverno | 5 dicas para cuidar do seu rosto durante o frio

Olá, pessoal! Contei para vocês que uma das coisas que mais mudou na minha vida com a chegada dos 30 anos foi a preocupação com o rosto. A gente começa a notar algumas manchinhas, umas pequenas rugas e mais que isso: entendemos que, se a pele não estiver bem cuidada, a maquiagem nunca vai ficar realmente boa.

E esses cuidados devem ser intensificados nesta época do ano, quando estamos no inverno. Você já percebeu que a pele fica mais ressecada no frio, né? Isso acontece porque as baixas temperaturas trazem ventos gelados e clima seco, fatores que contribuem para que a pele perca umidade. Daí é um pulo para o ressecamento.

O primeiro passo para ficar com a pele linda no inverno você já sabe qual é: beber água. Sim, gente, beber água é importante em qualquer época do ano, mas no frio é ainda mais, já que ajuda e muito a deixar a pele hidratada. Separei outros cuidados, vamos conferir?

Confira os erros de beleza que você precisa abandonar agora mesmo!

Evitar banhos quentes

Vamos combinar uma coisa? Não tem nada mais gostoso do que aquele banho quentinho em pleno inverno. Eu adoro, mas esse hábito faz MUITO mal não só para a pele, mas para o cabelo também. A água quente que a gente tanto gosta no frio é prejudicial porque remove a camada protetora da pele, favorecendo vermelhidões e o ressecamento. Já nos cabelos, a água quente deixa as cutículas abertas, um fator de risco para que os fios fiquem quebradiços e com pontas duplas. Como resolver? Simples: tome banho com água morna. Vale a pena, vai?

Hidratar as áreas ressecadas

Você já sabe o motivo que faz com que a nossa pele fique mais ressecada no inverno. Mas você já reparou que algumas regiões mais sensíveis ficam ainda mais ressecadas? Pois é, nessa listinha aqui a gente inclui os cotovelos, os joelhos, os lábios e até as olheiras. Por isso, não dá para deixar essas áreas de lado. Você precisa de hidratantes próprios para essas regiões, especialmente no caso dos cotovelos e dos joelhos. Para os lábios, use lip balms e manteigas de cacau. No caso das olheiras, invista em cremes específicos para a área dos olhos e lembre-se de dormir bem, que ajuda muito a tirar aquele ar de cansada, ok?

Cuidar do rosto à noite

Pensa só: durante o inverno, passamos o dia todo expostas ao frio, ao vento, à poluição e outros fatores que fazem muito mal para a nossa pele. É justamente quando estamos em casa que podemos dedicar um tempinho a mais para cuidar do rosto, que fica mais sensível nesta época do ano. A boa notícia é que existem alguns cremes e hidratantes próprios para o período noturno, ou seja, que agem na pele enquanto estamos dormindo (bom, né?). E, se você é esquecida como eu, coloca um alarme no celular para não perder o momento de cuidar do rosto. Afinal, quem não quer manter um rosto saudável e bonito?

Saiba como preparar a sua pele corretamente antes da maquiagem!

Não esquecer do protetor solar

Ahá! Aposto que tem gente aqui achando que o protetor solar só deve ser usado naqueles dias quentes de verão. Bom, aí vai a notícia: o protetor solar deve ser usado TODOS os dias, inclusive nos dias cinzas e chuvosos de inverno. Mesmo quando o sol está escondido, ele emite os famosos raios ultravioletas, que fazem para a nossa pele. Entre os perigos, está o envelhecimento precoce e até o câncer de pele. Então, deixa a preguiça de lado e aplica o protetor solar antes de sair de casa. Ah, vale lembrar que o produto deve ser adequado para o seu tipo de pele, ok?

Investir na água termal

Preciso confessar que eu sou completamente viciada em água termal. Como minha pele é seca, eu sempre aproveito para dar umas borrifadinhas de água termal no rosto ao longo do dia. No inverno, ela entra em ação para repor não só a água, mas uma gama completa de nutrientes, como cálcio, zinco e magnésio. Com isso, faz uma limpeza na camada mais superficial da pele e o resultado é que o rosto fica mais hidratado. E olha só que legal: hoje em dia, existem algumas opções de água termal bem mais em conta e em tamanhos perfeitos para levar na bolsa. Agora não tem desculpa para não usar, hein!

 

E você, tem outro cuidado que gosta de tomar para cuidar da pele no inverno? Me conta!

Um beijo e até o próximo post!

As 9 tendências que você usou muito neste inverno

Olá, pessoal! Não sei vocês, mas chega setembro e eu já fico louca com o início da primavera. Acho uma época muito gostosa de fim de ano e ainda não está tão calor, mas o que me faz realmente amar essa estação é a moda mais colorida e alegre. A gente pode até ficar mais elegante no inverno, mas eu adoro roupas coloridas, então já viu né?

Mas antes de falar para vocês do que vai bombar daqui para frente, quis aproveitar que o inverno está com os dias contados e fazer a nossa tradicional retrospectiva das peças que foram tendência nesta temporada. Listei as principais e tenho certeza absoluta de que você aderiu a pelo menos uma delas. Vamos apostar?

Bota de cano curto

05f14d237f93ff2df624fcf8bbe9eef1 (1)

Sempre fui a doida da bota de cano alto, mas sabe que eu nem olhei para elas neste ano? Vamos combinar que as lojas nem trouxeram muitas novidades nesse quesito. As rainhas foram as botas de cano curto mesmo, com salto quadrado médio. O destaque vai para três modelinhos que moraram no seu coração: a vermelha (envernizada ou de veludo), a branca (paquita feelings, baby) e metalizada com muito glitter. Eu cismei que era feio, mas comprei a vermelha de veludo na promoção. Por falar nisso, encontrei aqui ótimas opções de botas, vem ver!

Parka

6c33cf44955e1691d36c1e3fbc9875bc

A gente tem vivido um movimento de resgatar os anos 90 e eu estou amando, afinal, foi a década da minha infância e tem gostinho de nostalgia. No mundo da moda, a parka veio para relembrar aquela vibe grunge, principalmente se combinada com uma camisa xadrez e com um gorrinho. Difícil mesmo era entrar em uma loja e não ter vontade de comprar todas as opções. Eu comprei uma há alguns anos, mas juro que fiquei muito tentada a comprar uma mais compridinha, de cor diferente, porque já virou um item básico. Quem sabe realizo essa vontade no ano que vem.

Veludo

cc56023b5c80ad7884a4158fb70456cd

O veludo já vinha ensaiando uma volta e chegou a ser destaque no inverno passado, mas neste aqui ele reinou absoluto. A gente viu o material em TODAS as peças do vestuário e em diversas cores, sendo que as principais eram azul, vermelho, verde e rosa. E o que dizer do veludo molhado? No começo a gente estranhou, mas depois morreu de amores. Eu gosto muito desse tecido, acho que tem tudo a ver com inverno e deixa qualquer produção elegante. Posso estar muito errada, mas acredito que ele ainda vai continuar fazendo sucesso.

Meia arrastão

f55a31c8af9ccb7099c4b183ece46484

Até este ano, a gente só via meia arrastão em fantasia ou nos filmes. Mas essa moda é mesmo muito curiosa, não é mesmo? Quem diria que a gente ia cair de amores pela meia que deu um toque todo especial para looks com pegada street style. A primeira vez que vi uma meia arrastão por baixo de uma calça jeans destroyed, achei estranho demais. Mas depois a gente foi aceitando e eu recentemente tenho AMADO a meia arrastão soquete combinada com bota curtinha. Não fica fofo?

Rosa Millennial

b789c2c4e6331fa865d1fde867366dac

 

A cor que fez a gente suspirar e deixou nosso inverno mais doce e romântico. O rosa millennial, bem clarinho e quase branco, fez tanto sucesso que a gente nem lembra mais que a cor escolhida para 2017 pela Pantone foi o Greenery, um verde bem aberto (você lembrava?). Quem bombou mesmo foi essa tonalidade mais clarinha, que a gente viu em casacos, blusas, calças, bolsas, sapatos e por aí vai. Por mim, poderia durar para sempre. Um charme essa cor, não é mesmo?

Jaqueta bomber

621d04dc3654b9dc0af7befdfb3b4f52

Outra peça que a gente cansou de ver durante estes últimos meses, né? As bombers vira e mexe entravam nas tendências de inverno, mas eu nunca dei muita bola. Até que chegou esta temporada e começaram a aparecer uns modelos com flores bordadas, combinações de cores incríveis e eu percebi que era algo que fazia toda a diferença no look. Ensaiei muito antes de comprar por causa do preço, até que me deu a louca um dia e eu comprei uma vermelha e dourada que já está grudada em mim de tanto que uso. E você, quer uma jaqueta também? Clique aqui para conferir modelos lindos!

Casaco de pelúcia

3ed91c398d0b2f62e4613c6693a671b9

Há alguns anos, tudo que a gente queria era o colete de pelo, lembram? Pois bem, a febre da vez foi o casaco todo peludo, que chegou com a proposta de deixar o visual mais descontraído. Vi muito casaco com pelos brancos ou tingidos de rosa (adivinhem?) millennial, mas essa é uma tendência que não me agradou. O ideal é usá-lo por cima de blusas com calças jeans mais sequinhas. Vejo algumas fotos de inspiração e até curto, só que definitivamente não combina com o meu estilo. E vocês, o que acham?

Puffer jackets

O nome é estranho, mas você já viu – ou até mesmo já usou – esse casaco na academia ou em viagens para locais muito frios. As puffer jackets nada mais são do que aquelas jaquetas acolchoadas com costura na vertical e horizontal, formando vários quadradinhos. É mais uma opção para incrementar os looks do dia a dia e eu gosto, viu? Não é algo que use com frequência, mas acho que fica descolado. E o melhor de tudo é que esse casaco esquenta bastante.

Mule

f8b3d2953b738d0fdd901f427da37ecd

Fala a verdade: você também olhou para esse sapato bicudo com o calcanhar inteiro à mostra e um salto bem baixinho e pensou que era algo de vó. Não é feio em um primeiro momento? O mule também ensaiava uma volta bem tímida e quando veio desta vez, eu tinha certeza absoluta que, mais uma vez, não ia vingar. Mas a verdade foi o contrário: o sapato pegou, caiu no gosto das fashionistas e, de repente, todo mundo começou a usar. Vou ser sincera, gente, continuo achando feio, mas tudo pode mudar, não é mesmo?

 

E você, lembra de outra tendência que usou bastante neste inverno?

Um beijo e até o próximo post!

Diferenças entre os tipos de fios de meia calça

Olá, pessoal! Vamos combinar uma coisa? Não existe nada no vestuário feminino que seja tão desagradável quanto a meia calça. É desconfortável e, ainda por cima, coça que é uma beleza. Fora que qualquer descuido pode acarretar em furos e desfiados na meia. Sério, ô treco chato de usar!

Mas ela tem lá sua importância e é bem isso que você está pensando mesmo: proteger o corpo do frio. No inverno, a gente usa mais calça e é normal, só que, às vezes, temos alguma festa ou evento mais chique que pede um vestido e uma saia. E aí, amiga, não tem como fugir: você vai ter que usar meia calça – a não ser que queira morrer de frio e correr o risco de ficar doente!

A parte boa é que existem diversos tipos de fios e texturas. Dependendo da temperatura, dá para colocar uma meia mais fininha que não coça tanto. Em outros casos, por exemplo em uma viagem para um país com inverno rigoroso, é preciso usar uma meia mais grossa por baixo da calça (já precisei, viu?) e ficar mais quentinha. Para não ter dúvidas, vamos conhecer as diferenças entre eles?

Finas

206e007d022fa274ff619f7e51714f69

O nome diz tudo: são meias com fios bem fininhos e ideais para dias em que o frio não está tão forte. Não por acaso, são as que a gente mais costuma usar. As numerações costumam ir desde o 7 até o 20, sendo que o 15 é um dos mais comuns. É a melhor pedida para deixar as pernas a mostra de uma forma mais natural e ainda pode ser usada para disfarçar manchas ou marcas. Para não ter erro, peça à vendedora para testar o tom na sua pele (normalmente, elas possuem algumas amostras para testes).

Eu sempre uso a mais próxima da minha cor de pele, mas um bom truque é escolher um tom acima para parecer bronzeada. Ah, outra dica legal é escolher um modelo em que os dedos ficam descobertos para usar com ankle boots e outros sapatos abertos na frente. O único ponto de atenção é que elas devem ser colocadas com muuuuito cuidado porque rasgam com mais facilidade.

Grossas

89ba9f174c5553bb27a698b86e5b0930

Por serem mais quentes, podem ser usadas quando o frio fica mais intenso ou mesmo para criar um efeito diferente no look. A numeração vai do 40 até 80, sendo que os fios ficam bem visíveis. A preta é a mais vendida, mas eu acho legal escolher outras cores e texturas (como cinza, azul-marinho, vermelho ou até xadrez) para combinar com peças mais básicas.

Lembre-se de que este caso é oposto do de cima, ou seja, as meias grossas costumam coçar e pinicar mais, especialmente as feitas com lã. Mulheres de pernas grossas (tamo nessa, time!) devem evitar meias de cores claras, pois costumam aumentar o corpo. De resto, é só escolher a que mais combina com o que você já tem no armário e arrasar!

Muito grossas

239bc05a2c56c578b78a0bae7db6378a

Pois é, existem meias ainda mais grossas do que as citadas aqui em cima. Elas costumam variar entre fio 110 e 150 e podem ser usadas em dias extremamente frios ou até mesmo como calça legging. O material é o mais resistente do grupo e costuma misturar algodão, poliamida e elastano. Esse mix de tecido também deixa a meia confortável – ela é a mais quente, mas a que menos coça.

O mais legal das meias muito grossas é que apresentam grande variedade de acabamentos e texturas. Existem as metalizadas (ideais para combinar com um look de pegada anos 80), as estampadas com animal print, as caneladas e por aí vai!  Ah, aqui também se encaixam as meias de compressão, bastante usadas em procedimentos cirúrgicos e por atletas de corrida, pois facilita a circulação das pernas.

Outros tipos

b8e71c04260f7e9a87016863078f2cea

Se você adora o estilo ladylike e quer levar algo de romântico para o look, uma boa dica é investir nas meia calças com estampas de póas ou coração, feitas com fios fininhos. Fica superfofo e dá um ar divertido e charmoso!

Como o assunto é meia, vale falar sobre a arrastão, com fios trançados que não protegem do frio e que são mais usados por quem curte o estilo rocker ou em festas a fantasia. Temos ainda a 7/8, que para na altura das coxas com um detalhe rendado e é preferida das pin-ups e a 3/4, que para no tornozelo bem no estilo soquete.

 

E vocês, quais tipos mais costumam usar?

Um beijo e até o próximo post!