Posts em destaque

Eu li: A Vida Sem Filtros – Nah Cardoso

Olá, pessoal! Dia desses, fiquei sabendo que a Nah Cardoso, uma das principais influenciadoras do Brasil, lançou um livro. Acompanho a Nah e comprei o livro na pré-venda já naquela expectativa para ler. Eu sei o que vocês vão perguntar: “Camilla, mas você lê livros de youtubers? Sério MESMO?”. 

Bom, gente, eu tenho meu canal no YouTube, então, de certa forma, também sou youtuber. E não faz sentido eu não incentivar meus próprios colegas, né? Olha, acho que vale mais a pena pegar um livro – de quem quer que seja – na mão do que passar horas no celular ou em frente a um videogame. Então, acho ÓTIMO que os youtubers estejam incentivando os adolescentes a lerem mais.

Antes de falar o que eu achei do livro da Nah, aproveita e já confere a resenha no canal:

Como falei para vocês, acompanho bastante a Nah, mas é algo recente, de um ou dois anos para cá. Eu sei que ela está nesse meio há muito tempo, então, tinha muita curiosidade de saber como ela começou, os perrengues que passou e por aí vai. Eu achava que seria um livro onde a Nah contaria sobre a vida dela, mais ou menos nos mesmos moldes de outros livros de youtubers que eu li.

Já imaginou como seria viver a vida sem filtros?
Não, não estou falando dos filtros das redes sociais. Estou falando de algo mais profundo, de algo que todo mundo faz e nem percebe: dos filtros que a gente coloca no dia a dia e que dificultam a nossa vida. Quem me vê nas redes sociais com milhões de seguidores, pode ter uma primeira impressão: ela é tão segura, não deve sentir medo, nem ficar triste, deve ter uma vida perfeita. Mas você já parou pra pensar que eu não sou diferente de você? Eu sinto tudo isso que você sente. O que aprendi ao longo dos anos, foi retirar todos esses filtros. Não é uma tarefa fácil e muito menos rápida, mas vale muito a pena. Você pode não acreditar. Mas não foi por acaso que de tantos livros você escolheu justo este aqui. Sentimos as mesmas coisas, passamos pelos mesmos problemas e lidamos com o mesmo mundo. Mas não se engane, este livro não é sobre a Nah que você acompanha nas redes sociais. É sobre você. Sobre nós! Afinal, estamos conectados.

Bom, para minha surpresa, o livro até fala da vida da Nah, mas ela usa algumas passagens da vida dela para mostrar como podemos deixar a nossa vida melhor. Sim, o livro é de autoajuda, o que é bom porque mostra que ela saiu do senso comum dos livros de youtubers. E muitos dos conselhos dela eram o que eu realmente precisa ouvir – isso que é o mais legal de tudo!

Basicamente, ela diz que nós usamos alguns filtros – às vezes sem nem perceber – que nos impedem de ver como a nossa vida é de verdade. Entre esses filtros, podemos destacar o medo, a rejeição, a raiva, os rótulos… É bem verdade que muitas vezes a gente sente medo de algo, mas não para e respira fundo para perceber que esse medo não é real. Assim como a gente fica cega quando está com raiva, já percebeu?

download

 Como falei lá no começo do post, estava muito ansiosa para ler este livro, mas, quando vi que era autoajuda, fiquei com um certo receio. Será que ia ser bom? Ainda bem que superei esse medo (olha ele aí) inicial porque sim, é muito bom e mostra que a Nah é gente como a gente. E que, por trás de milhões de seguidores e do feed perfeito, existe uma pessoa que tem as mesmas dúvidas que nós. Não sei vocês, mas eu adoro quando isso acontece.

O livro está à venda nas principais livrarias do Brasil e a Nah está fazendo um tour de autógrafos em algumas cidades. Quem sabe ela não passa na sua?

Um beijo e até o próximo post!

Eu li: No Seu Olhar – Nicholas Sparks

Olá, pessoal! Muitas de vocês conhecem e até já leram pelo menos um livro do Nicholas Sparks, certo? Um dos maiores vendedores de livros da última década, ele é autor de muitos sucessos que viraram filmes, como Diário de Uma Paixão, Um Amor Para Recordar e Querido John.

Eu sempre fui muito fã dele, mas comecei a pegar birra porque todos os livros têm a mesma fórmula e estava começando a cansar. Normalmente, gosto de ler uma história dele por ano e escolhi No Seu Olhar porque estava na minha pilha há tempos. Achei que seria mais do mesmo, mas gente… AMEI cada página! Sério, me surpreendi tanto que gravei uma resenha para vocês:

A história começa bem no estilo dos outros livros do Nicholas Sparks. Collin tem 28 anos e sempre se envolveu em confusão. Depois de ter sido expulso de várias escolas, preso e abandonado até pelos pais, decidiu tomar um rumo na vida e se mudar para uma cidade de praia na Carolina do Norte.

Tudo vai bem até que ele encontra uma moça em uma noite chuvosa tentando trocar o pneu do carro. Ele resolve ajudar e os dois sentem que há algo de estranho no ar, mas cada um segue seu rumo.

download

A moça em questão é Maria, uma advogada que também tem 28 anos e é filha de imigrantes mexicanos. Logo eles se encontram de novo e começam a namorar, mas Maria passa a receber ameaças por causa de um caso mal resolvido que defendeu no passado. Quando percebe, está correndo perigo de vida e passa a contar com a ajuda de Collin para solucionar esse mistério.

Estava acostumada a ler livros do Nicholas Sparks que eram romance puro, daqueles que a gente pega até bode de tanto mimimi e tragédia. Mas No Seu Olhar foi uma surpresa porque fugiu da regra e criou uma história mais voltada à trama policial e ao suspense. Não queria parar de ler e ficava tensa tentando adivinhar como essa história toda iria se resolver.

Se você é do tipo que ama livros de romance, não sei se vai curtir tanto porque o foco aqui é realmente o caso da Maria, mas eu amei demais! Fora que fala muito sobre família, amizade e as questões de assédio e violência que, infelizmente, ainda são vividas por muitas mulheres.

Por todas essas razões, No Seu Olhar virou meu livro favorito do Nicholas Sparks e arrisco dizer que ficará entre os melhores que eu li neste ano. Vale muito a pena!

 

E vocês, já leram? O que acharam?

Um beijo e até o próximo post!

Eu li: O Primeiro Dia do Resto da Nossa Vida – Kate Eberlen

Olá, pessoal! Todo mundo sabe que eu amo ler, mas e quando um livro que você não dava a mínima acaba te surpreendendo? Foi o que aconteceu com O Primeiro Dia do Resto da Nossa Vida, escrito pela Kate Eberlen. Gostei tanto que aproveitei para gravar uma resenha para o canal. Vem conferir:

A história do livro gira em torno de Tess e Gus, que se esbarram durante uma viagem à Itália quando os dois têm 18 anos. Apesar de sentirem algo estranho, cada um volta para sua casa e segue sua vida. Enquanto ele entra na faculdade de medicina e começa a namorar, ela descobre que sua mãe está com câncer terminal e se anula completamente para poder cuidar da irmã, Hope.

Os anos vão se passando e nós podemos acompanhar o desenvolvimento dos personagens. Gus se casa, tem duas filhas e passa horas trabalhando no hospital. Tess, por outro lado, fica perdida e não sabe o que fazer depois que sua irmã cresce e fica independente.

O_PRIMEIRO_DIA_DO_RESTO_DA_NOS_1474430501613962SK1474430501B

O mais legal do livro é que ele fala sobre as coincidências da vida. Nós ficamos aflitos ao saber que, em muitos momentos, os dois estão no mesmo lugar em um mesmo momento, mas não se encontram. Fica a mensagem de que nós teríamos um destino traçado e que, por mais que demore, tudo vai seguir conforme o combinado.

Como falei lá em cima, comecei a ler esse livro sem esperar muita coisa, mas acabei completamente surpreendida. É muito bom e bem próximo da vida real, o que eu amo demais! Por isso, recomendo para todo mundo. Vocês também vão adorar!

 

Alguém aí já leu? Me contem o que acharam nos comentários!

Um beijo e até o próximo post!

Eu li: Uma Noite Com Marilyn Monroe – Lucy Holliday

Olá, pessoal! De uns tempos para cá, estão surgindo várias séries de livros para a gente acompanhar, né? Normalmente, eu não gosto muito de sequências porque quase nunca são boas como os primeiros volumes e eu me sinto presa e obrigada a ler todos os livros para saber como vai terminar a história.

Mas, como tudo na vida, existem algumas exceções. No ano passado, li Uma Noite Com Audrey Hepburn já sabendo que era uma trilogia e terminei roendo as unhas de ansiedade esperando pelo próximo volume. Ganhei o segundo livro da série, Uma Noite Com Marilyn Monroe, de presente de Natal e devorei as páginas. Como sempre, aproveitei para gravar a resenha dele lá no canal. Assista aqui:

A trilogia gira em torno de Libby, uma mulher beirando os 30 anos que desistiu da carreira fracassada de atriz para se tornar designer de joias. Na primeira parte da história, ficamos na expectativa para saber se o namoro dela com Dillon, o galã bonitão do momento, vai dar certo. Mas, logo nas primeiras páginas da segunda parte, descobrimos que as coisas não andaram muito bem e eles terminaram depois de alguns meses.

Depois disso, Libby arranja um novo namorado e continua a contar com o apoio de Olly, seu melhor amigo desde a adolescência. Ele está prestes a abrir seu restaurante e pede a ajuda de Libby, mas ela acaba se enrolando e, quando vê, percebe que está perdendo o posto de melhor amiga para Tash, uma mulher obviamente linda e engraçada que deixa Libby morrendo de ciúme.

download

Tudo porque, assim como no primeiro livro, a protagonista precisa lidar com uma hóspede bastante inusitada em seu apartamento. Agora, quem decidiu se instalar por lá é Marilyn Monroe no auge de sua carreira. O mais legal de tudo é que a Marilyn ama ver TV e faz a gente rir horrores com seus comentários sobre o reality show das Kardashians (dá para imaginar a cena? É de chorar de rir!).

E, ao mesmo tempo, Libby ainda precisa lidar com Dillon, que ressurge arrependido de tudo que fez com ela e promete ser um homem melhor. E é aquela coisa: a gente sabe que ele não presta, mas fica na torcida para ela dar mais uma chance!

Como falei lá em cima, amei demais Uma Noite Com Audrey Hepburn, mas também me diverti muito com Uma Noite Com Marilyn Monroe. Fazia tempo que eu não lia um livro em que me pegava rindo sozinha. O único problema é que ele é tão bom que a gente lê rapidinho. Agora estou na expectativa para Uma Noite Com Grace Kelly, último volume da série, que deve chegar nas livrarias nos próximos meses!

Um beijo e até o próximo post!

Avaliação: ♥♥♥♥♥

Eu li: O Som do Amor – Jojo Moyes

Olá, pessoal! Vocês sabem que eu amo os livros da Jojo Moyes, né? Ela ficou bem conhecida no ano passado, depois que o livro Como Eu Era Antes de Você virou filme e levou todo mundo às lágrimas. O sucesso foi tanto que os outros títulos dela começaram a ser publicados em massa e o mais recente foi O Som do Amor, que chegou às livrarias no finzinho de 2016. Vem ver a resenha que gravei no canal do blog no YouTube:

De cara, gostei muito da capa (não é linda?) e da sinopse, que fala sobre Isabel, uma mulher de 30 e poucos anos que fica viúva e precisa se mudar com os dois filhos para uma mansão em uma cidade no campo. O problema é que essa casa é motivo de cobiça de Matt e Laura, um casal que mora nessa mesma cidade, e eles juram fazer o que for preciso para expulsar a família de lá.

Capa_oSomDoAmor_MAIN

Barraco? Casos de Família? Sim, tem tudo isso e mais um pouco. Matt aproveita que é pedreiro e se apresenta como uma pessoa muito gentil disposta a fazer toda a reforma da casa, que é antiga e está quase caindo aos pedaços. Só que, em vez de ajudar, ele faz com que a casa fique cada vez mais cheia de problemas, deixando a pobre da Isabel à beira da falência.

Como se não bastasse, ele ainda começa a dar em cima dela (mesmo sendo casado!) até que os dois dormem juntos. Só que, enquanto a Isabel odeia e resolve se virar para não depender mais de Matt, ele se apaixona por ele e se torna obsessivo e até violento. A parte boa é que a Isabel põe a mão na massa mesmo e se torna uma mãe de verdade, já que ela sempre trabalhou muito como violinista e deixava os cuidados do filho para uma babá.

No geral, gostei bastante do livro e confesso que às vezes era difícil dormir porque eu só queria ler e saber o que ia acontecer no próximo capítulo. Só achei que a história prometia mais, o Matt tinha potencial para ser um vilão barra pesada e acabou se tornando chato e bobo. Vale pela lição de que a gente sempre pode se reinventar e pela importância do amor de uma família. Não é o melhor livro da Jojo, mas vai te prender muito!

 

E vocês, já leram O Som do Amor? Me contem o que acharam nos comentários que vou adorar saber!

Um beijo e até o próximo post!

Avaliação: ♥♥♥♥