Posts em destaque

7 truques de maquiagem para boca, pele e olhos

Olá, pessoal! Não tem nada mais gostoso do que se maquiar, não é mesmo? Para mim, é um verdadeiro ritual e quanto mais a gente se maquia, mais aprende e fica fera. Eu gosto muito do assunto e algumas de vocês já sabem que eu estou fazendo um curso de maquiagem profissional com a Renata Meins. E é assim, absorvendo conteúdo e colocando-o em prática que eu aprendo uma série de truques de make que funcionam mesmo!

Antes de começar a falar sobre eles, quero lembrar de um conselho que eu aprendi logo nas minhas primeiras aulas do curso. O ponto principal da maquiagem é deixar o rosto em harmonia, ou seja, ela deve respeitar o seu formato de rosto e as suas feições. É exatamente por isso que o que fica bom em uma pessoa pode não ficar bom na outra. Portanto, vou falar aqui sobre os truques que eu aprovei e que deram certo comigo, ok?

Passar lápis de boca antes do batom matte

946cfe0c3a5d8aee8d410f9557620006

Esse aqui foi o truque mais recente que eu aprendi e gostei tanto que agora ando viciada em lápis de boca. Sempre amei batons matte, mas tinha muita dificuldade para aplicar porque eles acabam borrando com facilidade e é impossível tirar esses borradinhos. Fui viajar, parei no aeroporto para comprar um batom e o vendedor me deu o truque do lápis. Gostei tanto, mas tanto, que saí de lá com um acervo inteiro na mala. Basta contornar os lábios com o lápis e preencher o resto com o batom. Assim, ele não encosta nos cantinhos e não borra. Fácil fácil e ainda dá um super destaque para a boca!

Molhar o pincel antes de passar a sombra

da98c48d5f17b0476e50d59341d76edd

Não adianta, eu gosto mesmo de sombra em pó. O que não é nada legal é a sujeira que ela faz. Além de passar um primer específico para olhos durante a preparação da pele, uma dica muito bacana é molhar de leve a pontinha do pincel antes de aplicar a sombra. Os pigmentos entram em contato com a superfície molhada e fixam melhor nos olhos. Fora que fica show para fazer um efeito degradê ou aquele esfumado que a gente tanto ama. Eu recomendo muito esse truque!

Usar base e pó para fazer o batom durar mais

3b6e09d5688f865611e9445c35a0336a

Estou acostumada a usar batom matte, que costuma durar mais, mas é um verdadeiro pavor quando a gente passa um batom cremoso normal e ele sai depois de cinco minutos. É um tal de retocar aqui e ali toda hora. Para evitar esse problema, a dica é aplicar um pouco de base antes do batom e depois passar uma camada leve de pó com a esponjinha. Desse jeito, ele também adere melhor nos lábios e tem a duração prolongada. Bom, né?

Usar lápis branco para aumentar olhos pequenos

9ac68b569baeb22e71768b3b89329471

Gosto muito desse truque. Meus olhos são pequenos e sempre sofri porque carregava demais na make e eles pareciam ainda menores. Aí aprendi que o lápis branco é a melhor opção para passar na pálpebra inferior porque abre os olhos e ainda ilumina toda a região. É uma ótima opção para aqueles dias em que a gente está com preguiça de se maquiar, sabe? Basta o rímel e o lápis branco e, pronto, o olho do dia a dia já fica lindo e bem aberto.

Passar lápis preto até metade da pálpebra inferior

Sem título

Não sei vocês, mas o primeiro item de make que eu usei na vida foi o lápis preto. Era o máximo quando eu usava lápis para ir à escola, me achava super. Aí fui crescendo e o amor pelo lápis preto continuou firme e forte. Mas essa, vejam bem, era uma das coisas que faziam com que os meus olhos parecessem menor do que já são. Isso acontece porque o lápis preto carrega e “fecha” o olhar. Como fazer se você também é apaixonada por ele? Anota aí: é só aplicar até metade da pálpebra inferior, começando sempre pelo canto externo. Pode soar estranho no começo, mas depois você se acostuma. Eu garanto!

Escurecer as laterais do nariz para afinar

274a04a3dc5f7ea4a63923daac06f897

Já assisti a milhões de vídeos explicando como fazer contorno e tive até uma aula prática, mas ainda não peguei o jeito. Mesmo assim, uma coisa que fixou na minha cabeça foi a técnica para afinar o nariz. O segredo é apostar em uma base dois mais escuros que a sua pele e aplicar nas laterais com auxílio de uma esponjinha. Pode marcar bem e, em seguida, use um pincel para espalhar o produto, confundir com o seu tom de pele e causar a sensação de que o nariz está mais fino. Na primeira vez é difícil, mas é só testar que uma hora você consegue.

Usar corretivo colorido para disfarçar olheiras

6fcebeafc8a8061681e3833fe7af7614

Mais alguém aí sofre com olheiras? No meu caso, além do estresse e das noites mal dormidas, tem o fato genético, já que muita gente na minha família curte um visual panda. Nessas horas, o jeito é fazer do corretivo o seu melhor amigo. Mas não pode ser qualquer corretivo, viu? O correto para disfarçar as olheiras é usar o corretivo salmão, que tira o aspecto azulado e aproxima mais do tom natural da pele. Ah, na hora da aplicação, invista na técnica do triângulo invertido, usando o pincel para marcar um triângulo, cuja base fica próxima aos olhos e vai afinando conforme alcança o ossinho da bochecha.

 

E aí, gostaram das dicas? Quais outros truques vocês gostam de usar?

Um beijo e até o próximo post!

Testei: Limpador de Pincéis Vult – Recebidos Netfarma

Olá, pessoal! Vocês já sabem que eu amo maquiagem, mas tem uma coisa nesse meio que eu morro de preguiça: lavar pincéis. A gente sabe que essa etapa é fundamental, já que manter os pincéis limpos é uma questão de saúde, pois retira o acúmulo de resíduos de produtos, que servem de porta de entrada para fungos e bactérias. Mas haja tempo e disposição pra lavar todos os eles com shampoo especial, deixar secando e guardar tudo de volta.

Sempre me senti mal por cometer esse pecadinho de beleza, mas aí a Vult chegou com um produto que salvou as nossas vidas. Entre os lançamentos da marca para a Beauty Fair do ano passado, estava o Limpador de Pincéis em spray. O diferencial é que, justamente por ser em spray, bastavam algumas borrifadas para deixar o pincel novinho em folha.

image2 (9)

Fiquei loooouca para testar na mesma hora, mas aí acabei adiando a compra e fiquei MUITO feliz quando a Netfarma mandou o Limpador de Pincéis aqui para casa. Aproveitei que tinha um pincel de base bem sujinho para ver se ele funcionava mesmo e resolvi compartilhar minha opinião com vocês!

Como funciona

Desenvolvido com fórmula livre de óleo, o Limpador de Pincéis tem o objetivo de retirar os resquícios de produto sem prejudicar as cerdas naturais do pincel. Com isso, evita a proliferação de bactérias e garante que as suas ferramentas de maquiagem estão sempre prontas para uso.

O modo de uso é bem simples. Basta borrifar o líquido algumas vezes diretamente nas cerdas do pincel e esfregá-lo delicadamente com um lenço de papel. Depois, é só esperar que fique seco para usar novamente. Não tem como ser mais fácil, não é mesmo?

image4 (2)

Minha opinião

Como falei lá em cima, morria de preguiça de limpar meus pincéis, então este produto aqui me ganhou de início pela praticidade. Testei cheia de expectativa e juro que fiquei surpresa quando vi todo o restinho de base indo embora no lenço de papel. Pensei: “não é que funciona mesmo?”.

Como ele estava bem sujinho, só precisei repetir o processo mais uma vez e pronto, o pincel estava novinho de novo. E o cheirinho delicioso que fica? Juro, achei tudo de bom e um verdadeiro milagre pra quem vive correndo como eu!

image5 (1)

Como bastam algumas borrifadas, o produto de 110 ml rende muito! O melhor de tudo é que vocês encontram essa maravilha na minha lojinha dentro do site da Netfarma por R$ 32,99. E fica sempre a dica: usando o meu cupom abaixo no banner em compras acima de R$ 129,90 vocês ganham 5% de desconto. Corre e coloca agora o Limpador de Pincéis no carrinho porque vale MUITO a pena!

 

Alguém já testou este produto? O que vocês acharam?

Um beijo e até o próximo post!

Home_Fik_Dik

Wishlist – Dia dos Namorados

O mês de maio está chegando ao fim e estamos ficando cada vez mais perto do dia mais romântico do ano, o Dia dos Namorados! Apesar de ser uma data que alguns preferem esquecer (não tá fácil né?!) para outros é um dia de curtir com mozão e, claro, dar e receber presentinhos!

Resolvi selecionar algumas opções de presente que eu adoraria ganhar para ajudar os boys a não errar na escolha do seu presente. Então corre lá e mostra para ele, porque aqui vão ideias maravilhosas para agradar namoradas de todos os estilos, das mais peruas até a que ama um rock n’ roll!

Mais é mais!

Para as mulheres peruas que adoram um look de parar o trânsito, não poderíamos indicar nada mais nada menos que a super tendência glam da estação: os casacos de pele falsa. Isso não significa que quem usar vai ficar no estilo Cruela Devil! Os casacos tendência vem nas mais diversas cores, são mais curtinhos e ficam incríveis com o básico jeans e camiseta. Essas peças ajudam a brincar com o contraste de volume na silhueta, tática que é sucesso garantido.

Wishlist1

It mozão

Se você faz o estilo fashionista, sempre antenada no que rola no universo da moda, apaixonada por comprinhas e para lá de estilosa, essa dica de presente é perfeita! As queridinhas da moda do mundo inteiro apareceram recentemente com looks monocromáticos com uma cor em particular: o rosé blush. Dos pés a cabeça, a cor fica linda em sapatos, calças, saias, blusas, casacos, acessórios, tudo! Entenderam namorados? Deixe a sua namorada maravilhosa com uma ou duas peças rosé blush, é sucesso garantido.

Wishlist2

Geração saúde

Se você é daquelas fitness, que adora atividade física e uma vida que preze pelo bem-estar, nada melhor que ganhar de presente uma roupa que te ajude a praticar exercício sem perder o estilo e se encaixe nessa sua rotina no pain no gain. Calças legging com transparência, body com recorte, top de tiras, todas essas peças são escolhas certas para ficar ainda mais linda na academia.

active 1

Rock and Roll love

Existe também um estilo de namorada menos romântica, as que curtem um preto nada básico e adorariam um jantar a dois ao som de Guns’n Roses. Se identificou? Então você é rockeira, cheia de personalidade e apaixonada por música. Com o inverno chegando, nada melhor do que investir em uma botinha maravilhosa. Pode ser curta, longa, over the knee, coturno ou de plataforma e até de glitter, o importante é garantir a vibe despojada do rock.

Wishlist3

 

E aí, qual tendência vocês gostam mais? Sou suspeita, mas minha paixão tem sido peças rosé, ando apaixonada por elas! ♥

Um beijo e até o próximo post!

Post feito em parceria com a AMARO

Dica de viagem: 10 dias na África do Sul

Olá, pessoal! Quem aí me acompanha no canal e nas redes sociais? Vocês devem ter visto que eu aproveitei minhas férias para conhecer um lugar que estava há tempos na minha wishlist: África do Sul. Sim, amores, passei dez dias lindos nesse país que já mora no meu coração. Postei várias fotos no Instagram e estou postando alguns vlogs semanais lá no canal, mas muita gente me pediu para contar mais detalhes da viagem. Como sei que este destino está em alta e que muitos brasileiros querem ir para lá, resolvi compartilhar meu roteiro com vocês. Espero que gostem!

Dia 1 – Ida ao aeroporto

Esse é um dia muito gostoso e cheio de expectativa. Eu acordo feliz quando sei que estou prestes a ir para o aeroporto. Aqui não tem muito segredo, mas vale lembrar que existem duas companhias aéreas que ligam o Brasil à África do Sul: LATAM (brasileira) e South African Airlines (sul-africana). As duas fazem o voo direto São Paulo – Joanesburgo, então, se você mora em outra cidade que não seja São Paulo, será preciso fazer uma conexão.

Programe-se para chegar com pelo menos três horas de antecedência para fazer o check-in, despachar as malas, parar para umas comprinhas no Duty Free (quem nunca né, gente?) e esperar para entrar no avião com calma. Ah, em tempo: escolhemos o voo da South African porque já estava no pacote que fechamos, achei que é uma companhia média, mas dá para encarar sem medo.

Dia 2 – Joanesburgo

Tem gente que chega em Joanesburgo e já embarca direto para a conexão até Cape Town (Cidade do Cabo). Nós preferimos passar uma noite por lá mesmo, já que é mais perto das reservas onde ficam os safáris. Joanesburgo é como São Paulo, não tem muuuita coisa para fazer, mas recomendo alguns passeios que mostram bastante sobre a história da cidade. 

IMG_5389

Descansamos a parte da manhã no hotel, já que a diferença de fuso horário para o Brasil é 5 horas a mais, ou seja, enquanto estamos acordando aqui, lá já é hora do almoço. Mesmo com o cansaço, minha dica é aproveitar a tarde para conhecer o Museu do Apertheid, um regime horrível que segregou racialmente a população da África do Sul por muitos e muitos anos. Depois, vale passar na casa do Nelson Mandela, um dos líderes do movimento de libertação desse regime, que fica em Soweto, um bairro mais afastado e humilde do centro. 

IMG_5383

Para terminar o dia, passe no Nelson Mandela Square, um complexo gigante com shopping e restaurantes. Fiz comprinhas incríveis na Forever 21 (uma das poucas que existem no país) e jantei no Hard Rock Cafe. Vale a pena!

Dia 3 – Joanesburgo – Hoedspruit

Ir para a África do Sul e não fazer um safári não tem a menor graça, não é mesmo? Essa era a nossa maior expectativa com a viagem, então optamos por fazer o safári logo nos primeiros dias de viagem. Acordamos em Joanesburgo, tomamos café e partimos ainda de manhã para o aeroporto da cidade para viajar até Hoedspruit (fala-se Rudsprut), onde fica a reserva dos animais. O avião é bem pequeno e de hélice, dá pânico em quem tem medo, mas a viagem é curtinha, dura 1 hora!

IMG_5411

Aqui, é importante levantar alguns pontos: a maioria das pessoas fica no Kruger National Park, mas nós ficamos no Kapama, uma reserva privada. Sinceramente? Não aconselho o Kruger porque é aberto, ou seja, qualquer pessoa pode entrar e, com isso, os animais ficam mais nervosos. Alguns hotéis, aliás, não são cercados e você precisa fechar as janelas para não entrar macacos e tal. Fiquem em reservas privadas que é beeeem melhor e vocês terão mais liberdade!

O aeroporto de Hoedspruit é minúsculo, mas fica do lado da reserva do Kapama (mais um ponto positivo), então, já fica um Ranger (motorista) com um jipe te esperando para levar ao hotel. Ficamos no Kapama River Lodge, que é o mais popular da reserva, mas não deve em nada, viu? Sobre o safári, é tão incrível que já vou logo pular para as fotos:

IMG_5536

IMG_5508

Alguns itens importantes: são dois safáris por dia, das 6:30 às 9:30 da manhã e das 16h às 19h, ou seja, sim, você vai acordar muuuito cedo, mas o próprio hotel liga lá pelas 5:30 para te acordar (vale a pena, amiga). O jipe tem lugar para dez pessoas, então, provavelmente você vai com outras famílias. O grupo todo se forma no primeiro safári e vocês farão todos os safáris juntos, com o mesmo ranger e tracker (aquele cara que vai sentado fora do jipe caçando pegadas dos animais). JURO, É A COISA MAIS LINDA QUE EU JÁ FIZ NA VIDA! Façam que vocês vão amar (e quem puder, faça com o John, melhor ranger!).

Dia 4 – Interação com elefantes

Neste dia, acordamos mais cedo ainda para fazer uma interação com elefantes no hotel Camp Jabulani, que também fica dentro da reserva do Kapama. É frio, tem vento, mas você vê o amanhecer no meio da savana e ainda encontra uns bichinhos no meio do caminho. Chegando lá, alimentamos três elefantes, colocamos a mão dentro da língua deles e tiramos muuuuitas fotos. Conhecemos o Jabulani, elefante que dá nome ao hotel e que também serviu de inspiração para o nome da bola da Copa do Mundo de 2010, que rolou lá na África do Sul (quem não lembra do famoso bordão “Jabulaaaaaaaani”?).

18199170_10154443987266434_20940559622175235_n

Como fizemos este passeio de manhã, não conseguimos fazer o safári. Voltamos para o café da manhã e tivemos algumas horinhas livres antes do almoço (eu aproveitei para entrar na piscina e tomar sol). Depois do almoço, descansamos um pouquinho, mas logo era hora do safári da tarde. Neste dia, vimos búfalos, girafas, zebras, um camaleão muito fofico e ficamos no meio de uma manada de elefantes gigantescos à noite. Lindo demais!

Dia 5 – Hoedspruit – Franschhoek

Tem gente que fica mais dias no safári, mas nós ficamos dois dias. Se você puder, recomendo ficar os quatro dias porque é algo viciante, a gente sempre quer ver mais animais livres, leves, soltos e na própria natureza. Como nosso voo era na hora do almoço, deu tempo de fazer o safári da manhã e foi maravilhoso porque conseguimos ver uma rinoceronte (que eu batizei de Chiquinha de tão linda), fechando assim, os Big Five: vimos os cinco animais mais difíceis de serem encontrados nos safáris da África do Sul – rinoceronte, leão, búfalo, elefante e leopardo. Fala se não é demais?

18268238_10154445489571434_3544452509051980168_n

Depois, fizemos as malas e partimos mais uma vez em um voo no avião minúsculo de hélice, mas desta vez ficamos quase três horas no ar e fomos até Cape Town. De lá, fomos de carro por quarenta minutos até Franschhoek (fala-se Franschuk), uma cidadezinha muito acolhedora que fica aos pés das montanhas e é conhecida por abrigar algumas das melhores vinícolas da região. Porque ir para a África do Sul e não beber vinho é o mesmo que ir até lá e não fazer um safári, não é mesmo?

Dia 6 – Vinhos, vinhos e… vinhos!

Nos hospedamos em um hotel lindo chamado Leeu House e fomos muito paparicados lá, mas saímos logo cedo em um tour para conhecer duas vinícolas. Paramos na Boschendal, um lugar maravilhoso com um jardim imenso e um local estratégico para fazer uma degustação. Eu não entendo praticamente nada de vinhos, mas juro que foi difícil escolher qual deles era melhor. 

IMG_5826

Depois, fomos de carro mesmo rapidinho até Stellenbosch, outra cidade conhecida pelos vinhos e por abrigar a melhor faculdade do país. De Franschhoek, a viagem dura meia hora, então deu tempo de parar no meio do caminho em outra vinícola bem luxuosa. Em seguida, almoçamos no La Motte e super recomendo porque a comida é maravilhosa. O menu é fechado e eles trazem todos os pratos em porções generosas para você dividir com a sua família. Sobrou ainda um tempinho para passear na principal rua da cidade, onde dá para comprar artesanatos e coisinhas fofas.

Dia 7 – Franschhoek – Cape Town

Nosso transfer para Cape Town era na hora do almoço, então deu tempo de conhecer mais uma vinícola (sim, viciamos) antes da viagem. Nem precisei de dois minutos para me apaixonar por Cape Town, gente! Chegamos em uma segunda-feira, céu azul, e a Table Mountain, a montanha que funciona como principal ponto turístico da cidade e que tem esse nome por ter uma forma de mesa, nos recebeu de braços abertos. Dá para subir até o topo dela e, como ela fecha em dias de chuva e vento, aproveitamos para deixar as malas no hotel e já fomos até a montanha.

IMG_0546[1]

IMG_0455[1]

Subir na Table Mountain foi o passeio mais lindo que eu já fiz na vida, juro! As paisagens são de tirar o fôlego e dá tranquilamente para passar o dia todo lá em cima. Uma coisa que eu gostei demais é o chão do bondinho que leva a gente até lá é giratório, então todo mundo tem a chance de ver a vista de todos os ângulos. Sensacional! Foi um dos melhores dias da viagem e nós jantamos no Nobu, um restaurante japonês famoso que fica na região do Waterfront, recomendo muito para quem gosta desse tipo de comida.

Dia 8 – Cabo da Boa Esperança + Praia dos Pinguins

Visitar o Cabo da Boa Esperança é mais um passeio obrigatório de quem vai para a África do Sul. Para quem não sabe, é o ponto que marca a junção dos oceanos Atlântico e Índico e muito conhecido por ser uma região brava na época das viagens dos navegadores europeus. Fica a algumas horas de Cape Town, então, recomendo fechar um transfer. Começamos parando em Cape Point, depois fomos para o Cabo da Boa Esperança. Prepare a câmera porque as paisagens também são maravilhosas.

18425191_10154455242376434_7576088751470898789_n

Depois, peça para ir até Boulders Beach, a praia habitada por… pinguins! Isso mesmo, os pinguins africanos são os únicos que podem pisar na areia e entrar no mar lá, nós passamos por uma ponte bem grande para ver esses bichinhos de perto. Eles amam tomar sol, nadam e pulam onda exatamente como a gente. Fora que é cheio de filhotinho, é fofo demais!

18425360_10154454356721434_6723383256382204500_n

Na volta, nossa guia fez um caminho inesquecível pelas praias e, mesmo assim, deu tempo de fazer uma paradinha no Victoria Wharf, shopping localizado dentro do Waterfront, onde ficava nosso hotel, e fazer umas comprinhas. Fomos muito lá, então já já conto mais!

Dia 9 – Robben Island

Mais um passeio que eu gostei muito de fazer: visitar Robben Island, a ilha onde fica a prisão que abrigou Nelson Mandela durante os anos terríveis do regime do Apertheid. Você precisa comprar logo que fecha a viagem porque as balsas ficam lotadas. Pegamos a balsa das 11h no Waterfront e partimos em uma viagem de 40 minutos em alto-mar até a ilha. Balança bastante, mas a vista é maravilhosa. Você ri e se diverte ao mesmo tempo!

18485900_10154465874676434_5740285313626985025_n

Ao contrário do que eu pensava, a ilha abriga muito mais do que a prisão. O passeio envolve entrar em um ônibus e dar uma volta completa na região, com paradas para tirar fotos, e, só depois, entrar na prisão. Lá, o tour é bem rápido, mas dá para ter uma noção de como tudo foi horrível, além de ver a cela do Mandela. Na volta, sobrou mais um tempinho para fazer compras.

Dia 10 – Último dia

Ai gente, já acordei triste nesse dia. Mas deixamos o último dia livre e ficamos praticamente o tempo todo no Victoria Wharf, o shopping que contei para vocês. Ele fica na região do Waterfront, um complexo com muitos restaurantes e lojinhas. Lá, tem H&M, Michael Kors, Pandora, Zara, Topshop e outras redes maravilhosas. O preço é mara, mas eu gosto de coisa estampada, então achei tudo muito liso por lá haha… Mas enfim, recomendo demais passar nesse shopping e torrar Rands, além de dar uma voltinha na roda gigante que tem na mesma região.

18485763_10154465873341434_1461620515364893068_n

 

Espero que vocês tenham gostado do meu roteiro. A África do Sul é um país lindo demais e eu acabei deixando algumas coisas de fora nesta viagem por causa do tempo que eu tinha, mas já estou me programando para voltar daqui uns anos… Quem sabe?

E aí, o que acharam? Quem tiver dúvidas, é só deixar aqui nos comentários que eu respondo com o maior prazer!

Um beijo e até o próximo post!

8 looks com vestidos para você se inspirar

Olá, pessoal! O vestido é uma peça atemporal, elegante e que possui um lugar especial coração das mulheres há muito tempo. Seus diversos tipos de modelos combinam com todas as ocasiões do dia a dia: trabalho, happy hour, festa, para ficar em casa, caminhar pela praia, andar pelo shopping… a versatilidade dessa peça é inquestionável. Para inspirar e fazer você se apaixonar ainda mais pela peça mais clássica e elegante do mundo da moda, confira oito celebridades e fashionistas que apostaram em um look com vestido e acertaram em cheio!

looks1

Que o veludo é o queridinho do momento, estamos carecas de saber. O tecido brilhante e sofisticado utilizado no vestido evasê, deixou o look de Chiara Ferragni bem feminino e pode servir como inspiração para as mais românticas. A aplicação de flores é tão delicada, né? Para quem gosta de ousar, cores intensas, veludo molhado e muito brilho são a aposta certa! A bota, escolhida por Chiara em seu look para quebrar um pouco do ar romântico, deixa o estilo mais rebelde e moderno, perfeito para quem prefere uma pegada mais glam.

looks2

Olivia Palermo, considerada um ícone de moda para muitos, possui um estilo próprio e está sempre extremamente estilosa. No look escolhido, Olivia mistura tendências e peças oversized para criar um estilo com muita personalidade, ideal para um dia frio no escritório. Ao jogar o casaco verde militar oversized por cima do vestido de tricô com gola alta, o look fica elegante e sofisticado. A bota preta de couro quebra um pouco da formalidade e adiciona um toque Punk na mistura de tendências.

looks3

A modelo e It-girl Alexa Chung combinou o incrível slip dress estampado com um tênis Converse cano alto e voilà, nasce um look despojado e moderno. O suéter amarrado na cintura dá um charme a mais, mas se você quiser usar o vestido em uma noite de festas, trocar o tênis por uma sandália de tiras é a aposta certa! Uma T-shirt branca por baixo do vestido também é uma opção para as mais fashionistas.

looks4

Mais uma vez, Olivia nos mostra que é possível misturar peças de diferentes estilos e criar um look supercool e descolado. A bota Over The Knee, uma grande tendência das últimas temporadas tanto nas passarelas quanto no Street Style, é perfeita para um dia frio e combinada com o vestido xadrez, deixou o look delicado, mas com um toque ousado e poderoso. A blusa de mangas longas por baixo também é uma excelente opção para quem não quer abrir mão do vestido no inverno.

looks5

A it-girl Helena Bordon optou por uma peça que promete ser destaque nas próximas temporadas. O vestido jardineira pode ser combinado com uma camiseta básica, com estampas ou até mesmo com lingerie a mostra. A influencer escolheu a última opção, e para dar um toque divertido, misturou com o vestido um tênis colorido criando uma combinação descontraída e casual. Estilo e conforto são as palavras-chave desse look!

looks6

A blogueira e influenciadora Lala Rudge escolheu uma combinação clássica e delicada. O vestido branco com detalhe de laço preto e mangas bufantes caiu superbem com o colete longo, deixando o look feminino e fashionista. A bolsa vermelha dá uma cor a mais ao look.

looks7

And the Oscar goes to… Emma. Que Emma Stone é uma grande atriz, todos nós sabemos. Mas a ganhadora do Oscar e estrela do sucesso La La Land também tem um estilo incrível e de muita personalidade. A atriz optou, nesse look, por uma combinação elegante e chique, ideal para um dia de trabalho. O vestido tubinho combinado com o blazer longo deixa o look muito sofisticado e o scarpin preto é o complemento perfeito. E como nós mulheres não vivemos sem uma bolsa, opte por uma transversal com alça de corrente. Elegância na certa!

looks8

Além de ousar com um look total white, Kendall Jenner escolheu uma combinação de peças que tem tido destaque no mundo da moda. O vestido por cima da calça, antes visto como algo inusitado e um pouco estranho pela maioria, agora é um hit e promete ficar por aqui por várias temporadas. Com fenda ou sem fenda, não tenha medo de ousar. Combine o vestido com uma calça de alfaiataria ou jeans e arrase!

 

E aí, gostaram das ideias? Me conte seu look favorito nos comentários que vou amar saber!

Um beijo e até o próximo post!

Post feito em parceria com a AMARO