Posts em destaque

Testei: Iluminador BT Glow | Bruna Tavares

Olá, pessoal! Bora para a primeira resenha do ano aqui no blog? Bom, eu sempre digo que maquiagem é treino: quanto mais você fizer, melhor fica. Eu me formei como maquiadora em 2017 e venho me aperfeiçoando e testando coisas diferentes desde então. E, olha, modéstia à parte, acho que melhorei muito desde então!

Um dos itens que eu mais gosto de usar nesses meus treinos é o iluminador. Eu sempre gostei de brilho e sempre comprava um ou outro iluminador, mas depois fui aprendendo a aplicar nos pontos certos do meu rosto e agora virou paixão. Tenho muitos aqui em casa e sempre gosto de variar. Ah, e não me canso de comprar quando surgem novos! 🙂

Foi exatamente o que aconteceu quando soube do lançamento da linha de iluminadores BT Glow, da Bruna Tavares com a TBlogs. Eu faço questão de acompanhar diariamente o blog da Bruna para conferir todas as novidades de maquiagem e PIREI quando vi essa linha. No começo, pensei em não comprar justamente por ter muitos, mas a vontade ficou lá, sempre me tentando rsrs…

Até que no fim do ano passado, a Sephora anunciou que ia começar a vender os produtos da Bruna Tavares e, entre eles, os iluminadores BT Glow. Decidi não adiar mais e comprar logo para poder testar e contar tudo para vocês!

Como funciona?           

A linha BT Glow é composta por iluminadores líquidos MARAVILHOSOS. O diferencial deles é que a embalagem é conta-gotas, então, você pode dosar a intensidade de brilho e usá-los sozinhos ou misturando com a sua base ou hidratante preferido. Resumindo: é um produto bem versátil, você usa como quer. Bom, né?

Ao todo, a linha conta com seis cores:

  • Champagne: tom perolado ideal para peles claras;
  • Rose Peral: rosê clarinho e perolado (o queridinho rosa millennial);
  • Taupe: tom neutro (nem dourado nem prata) e clássico;
  • Gold: dourado com fundo transparente que se adapta em todos os tons de pele;
  • Rose Gold: outra cor do momento, um tom mais metálico de rosa que também funciona para todo mundo;
  • Bronze: marrom acobreado perfeito para peles negras, mas que também serve para dar aquele efeito de pele bronzeada.

Bom, vocês sabem que eu sou PÉSSIMA quando o assunto é escolha, né? Para ser sincera, queria todos. Mas acabei ficando em dúvida mesmo entre o Champagne e o Rose Pearl por achar que eram os que ficariam melhor em mim, já que a minha pele é bem clarinha. No fim, não consegui mesmo me decidir e levei os dois, beijos! (Quem nunca né?)

Importante destacar que a fórmula dos iluminadores BT Glow é resistente à água e própria para todos os tipos de pele. Ah, ela também é vegana e cruelty free! ♥

Minha opinião

Alguns dias antes de comprar, conversei com algumas influenciadoras que já tinham testado e todas me disseram que o iluminador era maravilhoso, mas extremamente pigmentado. E é isso mesmo: pensa naquele iluminador megabrilhante que você tem. Agora multiplica por 10. Pronto, você entendeu rsrs…

Na verdade, não acho ruim que ele seja superpigmentado, pelo contrário! Acho ótimo e por mim, quanto mais brilho, melhor! O problema é que se a gente não tomar cuidado e pesar a mão, o resultado pode ficar um pouco exagerado.

Também acho legal avisar que a fórmula é bem cremosa e fluida, então, o jeito é pegar só um pouquinho e aplicar bem de leve. Minha dica é pingar uma gotinha em locais estratégicos (nas bochechas acima do blush, no meio do nariz e no arco do cupido) e espalhar com os dedos ou com pincel. Eu espalhei com os dedos mesmo porque acho mais fácil e dá para dosar melhor a intensidade.

Eu AMEI esses iluminadores porque uma gotinha já dá conta do recado e deixa um brilho LINDO. Não sei vocês, mas eu gosto de ver cada produto que eu usei no resultado final da make, sabe? Então eu realmente amei que o brilho fica bem visível!

Sobre as cores, amei as duas! O Champagne ficou mais prateado, com um efeito perolado lindo para usar à noite. O Rose Pearl é uma graça e fica bem delicado durante o dia, sabe? Ou seja, vou super usar os dois porque foi amor real mesmo!

Agora, vamos falar sobre o preço. Como falei, comprei os iluminadores BT Glow na Sephora do Shopping Eldorado, aqui em São Paulo, e paguei R$ 56 em cada. No site da TBlogs, eles custam R$ 55,90. Dá no mesmo, né? Por isso, minha dica é ver se alguma Sephora da sua cidade vende os produtos da Bruna Tavares, assim você não precisa pagar o frete do site.

Não é o iluminador mais barato do mundo, mas acho que vale, sim, se você puder investir nisso. Afinal, é um iluminador mais chique e você pode deixar para usar só em festas e eventos. Estou completamente apaixonada por eles e já virou vício!

 

E vocês, já testaram?

Um beijo e até o próximo post!

Testei: Sombra líquida Glitter & Glow – Stila

Olá, pessoal! Quem gosta de acompanhar as novidades do mundo de maquiagem já reparou que as sombras líquidas estão com tudo, especialmente as de glitter. Confesso que eu nunca fui muito fã de sombra líquida (prefiro as em pó mesmo e morro de medo de fazer meleca com as líquidas), mas é uma novidade que veio para ficar. Tanto que a maioria das empresas nacionais de maquiagem apostou nessa tendência durante a última Beauty Fair.

A Stila foi uma das marcas pioneiras nesse boom da sombra líquida de glitter e lançou a linha Glitter & Glow Eu sempre gostei da marca e até tinha alguns produtos em casa, mas só fui saber da sombra líquida no começo deste ano, por conta de uma foto postada pela Niina Secrets. E eu não nego: sou fortemente influenciada por ela. Foi só ler que ela estava amando a sombra da Stila que eu já fiquei com vontade de testar também.

Bom, a sombra líquida  da Stila era o primeiro item da wishlist que eu levei para a viagem que eu fiz em julho para a Disney da Califórnia e para Las Vegas. Era o que mais queria comprar e aproveitei para fuçar o preço e as cores que tinham na Sephora que fica dentro do Ceasar’s Palace. Lá, a atendente me informou que a Sephora não estava mais trabalhando com a Stila. PENSEM NO MEU DESESPERO. Já estava até vendo quem seria a alma caridosa que ia trazer a sombra para mim.

Dias depois, fui em outra Sephora (a do hotel The Venetian) e lá tinham todas as cores da sombra líquida Glitter & Glow. Horas mais tarde, passei na Sephora do shopping Fashion Show e lá também tinham todas as cores. No fim, não entendi nada rsrs… Acabei comprando a cor Rose Gold Retro porque era a que eu mais queria (qualquer coisa rose gold ganha meu coração fácil fácil).

Como funciona?

A sombra líquida Glitter & Glow é feita com um mix de blends de pérola e glitter, que ajudam a deixar os olhos brilhantes. O diferencial é que os produtos são formulados com água para uma perfeita fixação nas pálpebras, além de melhorar o processo de aplicação.

Ao todo, a linha conta com 17 cores de sombra líquida, divididas da seguinte forma:

Acabamento de glitter

  • Diamond Dust
  • Gold Goddess
  • Kitten Karma
  • Rose Gold Retro (a que eu comprei)
  • Smoldering Satin
  • Smoky Storm
  • Wanderlust
  • Bronzed Bell
  • Gypsy
  • Next to Notte
  • Molten Midnight

Acabamento metálico

  • Perlina
  • Enchantress
  • Fairy Tail
  • Sunset Cove
  • Sea Siren
  • Into the Blue

Como falei antes, eu acabei comprando a sombra líquida na cor Rose Gold Retro pelo simples motivo de ser rose gold e porque foi a cor que eu vi na foto da Niina. Na hora, eu até fiquei com vontade de levar outra cor, mas não sabia ainda se eu ia gostar e fiquei com medo de gastar muito e me arrepender depois. Importante destacar que elas são livres de parabenos, sulfatos e ftalatos. Ah, a Stilla é cruelty free!

Minha opinião

Bom, minha expectativa estava alta porque muita gente dizia que essa sombra líquida era maravilhosa. Testei pela primeira vez poucos dias depois de voltar de viagem e foi amor à primeira vista. Eu postei nos meus stories que estava amando a sombra da Stila e recebi muitos comentários de seguidoras e amigas que ficaram com vontade de testar.

A embalagem é muito linda e vem com 4,5 ml, além de um aplicador próprio na tampa. Passo a sombra líquida com ele mesmo e é muito fácil. Por ser bem pigmentada, a gente logo nota o brilho nos olhos e uma aplicação é suficiente. Dá para usar só ela e fazer aquele olho de impacto, mas também dá para esfumar com outra sombra.

Como a rose gold retro tem um tom de bronze rosado, eu gosto muito de misturar com sombras marrom opacas. Aí é só passar a sombra marrom primeiro, a sombra líquida depois e usar um pincel próprio para esfumar. Ela mistura superfácil com a sombra opaca e deixa um resultado bem natural. Você só precisa esfumar logo depois de aplicar a sombra líquida porque ela seca rápido, o que também é ótimo e evita a meleca.

De verdade, só tenho coisas boas para falar sobre essa maravilha. É fácil de aplicar, seca rápido, faz uma mistura ótima com outras sombras e é muito pigmentada. Bem mais tranquilo do que tentar aplicar glitter solto. O único “problema” é que agora eu quero outras cores da sombra líquida, então, já vou anotar para comprar na minha próxima viagem (que eu não faço ideia de quando vai ser rsrs…).

A parte ruim é o preço. Eu paguei U$ 24 na Sephora, o que equivale a cerca de R$ 96 (carinho né?). A Stila não é vendida oficialmente nas lojas brasileiras da Sephora, mas eu pesquisei e encontrei alguns revendedores no Mercado Livre. O preço é bom, então, minha dica é avaliar direitinho esses revendedores e verificar se oferecem segurança, qualidade e originalidade do produto. Se estiver tudo certinho, vale a pena comprar por aqui, já que ainda dá para parcelar.

 

Vocês já testaram essa maravilha? Sério, essa sombra líquida é muito amor!

Um beijo e até o próximo post!

Testei: Paleta de sombras Love, Trust & Fairy Dust | Tarte

Olá, pessoal! Vocês sabem que se tem uma coisa com a qual eu gasto meu dinheirinho é maquiagem, né? Depois que fiz o curso e me formei como maquiadora profissional, aprendi a escolher melhor os produtos de make que eu compro e a entender que eu não preciso de tudo. Mesmo assim, confesso que eu ainda sou muito consumista quando o assunto é maquiagem.

Eu acompanho diariamente o blog Pausa para Feminices, da Bruna Tavares, e eu sempre gosto de ver o que tem de novidade no mundo de make. Foi lá que eu soube que a Tarte tinha lançado uma linha de produtos inspirados em…FADAS! Eu pirei quando vi as fotos dos produtos porque era tudo muito lindo, rosa e brilhante rsrs. Aproveitei para colocar na minha wishlist da viagem que eu fiz em julho para a Disney da Califórnia e para Las Vegas.

Não tinha certeza se encontraria alguma coisa dessa linha porque viajei alguns meses depois que ela foi lançada e tinha outra promessa comigo mesma: NÃO comprar mais paleta de sombra porque eu tenho muitas aqui em casa. Aí fui na Sephora do hotel The Venetian e pah, vi a paleta Love, Trust & Fairy Dust. Foi amor à primeira vista, desde a caixinha da embalagem até as cores das sombras. E aí não teve jeito: comprei, usei MUITO e agora posso contar tudo para vocês!

Como funciona?

A paleta de sombras Love, Trust & Fairy Trust segue a mesma proposta dos outros produtos da linha, ou seja, tem cores inspiradas em sonhos e flores. Tudo bem delicado e romântico. Ao todo, são 10 cores em tons de rosa, roxo e nude. Como toda boa paleta, temos cores com brilho e outras mattes.

As cores dessa paleta de sombras são:

  • Magic: bronze metálico e brilhante
  • Mystical: fúcsia metálico e brilhante
  • Wish: marsala matte
  • Gossamer: nude matte (ótimo para fazer a base dos olhos)
  • Frolic: marrom matte
  • Twinkle: nude metálico e brilhante
  • Flitter: rosinha metálico e brilhante
  • Wonder: marrom escurão matte (bom para aquele smokey eye que a gente ama)
  • Whimsical: rosa queimado matte
  • Giggle: nude rosado matte

É importante destacar que todas as cores foram feitas com argila amazônica e pigmentos minerais para fazer com que durem por mais tempo e se misturem com facilidade na hora de esfumar. Livre de parabenos e ftalatos, a paleta de sombras é dermatologicamente testada. Ah, a Tarte é cruelty free, então, ganha ainda mais o nosso amor!

Minha opinião

Bom, eu amo cores e amo paleta de sombras, então, sou suspeita para falar algo sobre essa belezinha. O que eu mais gostei foi da variedade de tons. Já usei de todas as formas: para uma make mais clean (só com os tons de nude), para uma proposta mais romântica (misturando rosa e roxo) e até para noite, usando as cores mais escuras. Amei todas vezes e é uma paleta muito versátil!

Eu gosto de aplicar com pincéis porque acho que fica mais fácil para esfumar. Mas nada impede que você use seus dedos, se prefere fazer a maquiagem assim. Todas as cores são MUITO pigmentadas e rendem bem!

Agora vamos ao preço. Como falei no começo do post, comprei a paleta de sombras Love, Trust & Fairy Trust na Sephora de Las Vegas e paguei U$ 39 (o que equivale a R$ 159). A marca Tarte (ainda) não é vendida oficialmente aqui no Brasil e eu só encontrei um lugar que vende a mesma paleta por R$ 275.

Para evitar qualquer problema, a minha sugestão é juntar dinheiro e comprar durante uma viagem ou encomendar para alguém que vai viajar. Sim, é caro, mas é uma ótima paleta de sombras (além de linda) e eu acho que vale a pena por conta da versatilidade, já que dá para usar de diversas formas.

 

Alguém mais já testou? O que achou?

Um beijo e até o próximo post!

Testei: Corretivo Radiant Creamy Concelear – NARS

Olá, pessoal! Se vocês pudessem escolher apenas um item de maquiagem para ter pelo resto da vida, qual seria? O meu, com certeza, seria o corretivo. Eu tenho muitas olheiras (por herança familiar e outros motivos), então, passo corretivo até para ficar dentro de casa.

Eu tenho muitos corretivos e sempre sofri para conseguir esconder as minhas olheiras. Até que eu fiz um curso de make e aprendi a usar corretivos coloridos. Deu certo, mas às vezes eu confesso que rola uma preguiça, já que esse truque envolve vários produtos (corretivo colorido, corretivo do tom da minha pele, pó para selar e pincéis ou esponjas para aplicar tudo isso).

Por isso, sempre que vejo alguém falar que testou um corretivo maravilhoso, fico com vontade de testar também. Já tinha escutado muita gente falar sobre o corretivo Radiant Creamy Concelear, da NARS, então aproveitei para colocar na minha listinha de produtos que eu queria comprar na viagem que fiz recentemente para a Disney da Califórnia e para Las Vegas.

Fui na Sephora do hotel The Venetian e não sei muito bem o porquê, mas esse corretivo estava na minha lista de dúvida. Acabei levando, afinal, poderia testar e contar tudo para vocês.

Como funciona?

Considerado um dos corretivos mais vendidos nos Estados Unidos, o Radiant Creamy Concelear tem fórmula enriquecida com hidratantes botânicos que reduz a vermelhidão e controla a oleosidade. Além disso, conta com uma tecnologia chamada light-diffusing, que deixa a pele natural com acabamento brilhante.

O mais legal é que esse corretivo tem cobertura que varia entre média e alta e ação instantânea, camuflando olheiras e linhas de expressão sem ficar marcado. É indicado para todos os tipos de pele, com fórmula livre de parabenos e álcool.

Outro ponto bacana é que são mais de 20 opções de cores de corretivo. Tanto que eu olhei e fiquei alguns segundos sem saber qual pegar. Como normalmente eu fico melhor com a segunda ou terceira opção mais clara, testei rapidinho a cor marron glacé e gostei. Quando voltei para o Brasil e comecei a testar de verdade para fazer a resenha, percebi que tinha acertado. Esse tom é indicado para quem tem pele clara e neutra, meu caso!

Minha opinião

Eu gosto de testar bastante um produto antes de trazer a resenha aqui no blog, mas sabe quando é amor logo de cara? Na primeira aplicação, eu pensei: “MEU DEUS, QUE CORRETIVO MARAVILHOSO”. Tenho aplicado o corretivo depois da base, mas, como era a primeira aplicação, passei antes da base e foi impressionante o quanto ele cobriu minhas olheiras. Às vezes, eu saio só com esse corretivo e ele segura MUITO bem a camuflagem das olheiras.

O Radiant Creamy Concelear tem uma textura cremosa bem intensa, mas é muito fácil de aplicar e de espalhar. Usei com pincel e esponja e aprovei dos dois jeitos, mas estou na fase de preferir a esponja. Como não vi diferença, vai mais de gosto mesmo.

No meu caso, considero a cobertura média, quase alta, mas não é aquele rebocão total, sabe? Eu gostei muito do efeito que deu e achei que toda a região abaixo dos olhos fica com uma textura bem gostosa e hidratada. Ah, não craquela e não fica marcado.

Acho que o Radiant Creamy Concelear é ideal para usar em uma festa ou evento, mas nada impede que você também use no dia. Como eu falei, às vezes eu uso só ele e nem passo base, de tão incrível que é. Juro que foi o melhor corretivo que eu já testei até hoje. Só tenho coisa boa para falar dele!

Vamos agora à questão do preço. Lá fora, custa U$ 30 (o que equivale a cerca de R$ 120). Nas lojas brasileiras da Sephora, o mesmo corretivo é vendido por R$ 179 e você pode parcelar, o que não existe nos Estados Unidos. Se você tem viagem marcada, acho que vale esperar e comprar lá fora. Senão, compra aqui mesmo. É caro, mas vale cada centavo!

 

E vocês, já conhecem essa maravilha?

Um beijo e até o próximo post!

Testei: Base Born This Way – Too Faced

Olá, pessoal! Não é novidade para ninguém que eu gosto de maquiagem, mas vira e mexe eu descubro novas paixões dentro desse universo. Como assim, Camilla? Calma, eu explico: ultimamente, ando numa fase de me apaixonar por bases. Até ano passado, antes de fazer o curso de maquiagem, eu tinha apenas duas bases. Depois, fui comprando outras e agora ando querendo testar várias. Vocês sabem como é, né?

Eu sempre gostei de marcas fofinhas de make e conheci a Too Faced há alguns anos, em uma viagem que fiz para os Estados Unidos. Ficou mais fácil de testar os produtos da marca depois que ela veio para o Brasil. Eu tenho uma lista dos que eu mais quero e até contei aqui que eu comprei recentemente o Primer Hangover.

Na época, fiquei em dúvida entre o primer a base Born This Way, queridinha de muita gente. Resolvi aproveitar para comprar na viagem que fiz para a Disney da Califórnia e para Las Vegas. Tinha uma wishlist com outros produtos para comprar na Sephora e deixei para fazer isso no penúltimo dia da viagem, em uma loja que fica no hotel The Venetian. Comecei a testar logo que voltei ao Brasil e agora já posso contar tudo para vocês! 🙂

Como funciona?

Bom, antes de mais nada, preciso falar sobre a variedade de cores dessa base. Pesquisei enquanto escrevia este post e vi aqui que são 35 tonalidades ao todo. Como boa geminiana, eu fico doida com essa variedade toda e não sei nem por onde começar.

Normalmente, sempre me dou bem com a segunda ou terceira opção mais clara de base, então fiquei com isso na cabeça, peguei alguns tons mais clarinhos e fiz o teste (aplicando um pouco acima da mandíbula). O ideal é sair da loja e esperar algumas horas para ver a melhor cor, mas, como estava com pouco tempo, esperei só um pouco e acabei escolhendo a cor Swan.

A base Born This Way foi criada com o objetivo de trazer uma cobertura alta sem deixar aquele aspecto pesado na pele. Como o próprio nome diz, ela promete deixar o rosto com um viço tão natural que vai parecer que você nasceu assim, mas sem imperfeições. Importante destacar que ela é livre de óleo – quem tem pele oleosa também pode usar!

Para isso, a base aposta em uma combinação poderosa com os seguintes ingredientes:

  • Água de coco (responsável por hidratar a pele);
  • Rosa alpina (que fortalece toda a região do rosto);
  • Ácido hialurônico (nutriente conhecido por promover uma aparência rejuvenescida).

Vale lembrar que a embalagem segue a proposta fofinha da marca e é toda linda, com tampa preta e logo dourado, além de uma parte transparente que permite visualizar melhor a cor da base. Ah, a Too Faced é uma empresa totalmente cruelty free. Bom demais, né?

Minha opinião

A base Born This Way vem com o formato de pump. Testei com pincel e com esponja, mas sempre aplicando antes o conteúdo na palma da mão (vale também aplicar em placas de metal específicas para maquiagem). Já tive minha fase de amar aplicar base com pincel, mas agora tenho AMADO usar a esponjinha. De qualquer forma, não vi diferença no resultado, dá para aplicar dos dois jeitos, ok?

Contei lá em cima que foi uma tortura encontrar o tom certo para mim e eu estava com pouco tempo. Na hora, a Swan pareceu a melhor opção. Ainda acho que é, sim, a cor da base que mais se aproxima do meu tom de pele, mas acho que ficou um pouquinho esbranquiçada, sabem? Nada muito gritante, até porque dá para amenizar com outros produtos e não interfere no resultado.

Quanto à cobertura, sou bem suspeita. Como eu não uso muita maquiagem no dia a dia, gosto de rebocão quando vou me produzir. Então, eu realmente amei a cobertura dessa base. Não diria que é uma cobertura altíssima, mas de média para alta e o suficiente para cobrir algumas manchinhas que eu tenho. Ah, e ela cumpre o que promete: em nenhum momento, eu sinto a pele ressecada ou pesada. Pelo contrário, ela fica macia, hidratada e com um brilho bem natural.

Agora vamos ao assunto mais polêmico dessa resenha: o preço. Eu paguei U$ 39 dólares, o que equivale a mais ou menos R$ 156. Na Sephora do Brasil, a mesma base sai por R$ 185 (lembrando que dá para parcelar, coisa que não existe nos Estados Unidos). Por essa diferença, eu acho que vale mais a pena comprar aqui, a não ser que você não encontre o seu tom.

Eu sei que é uma base cara e que não é todo mundo que pode gastar tudo isso em um produto de maquiagem, mas considero um investimento. É uma base maravilhosa, que cumpre tudo o que promete e ideal para usar quando você tem uma festa, evento mais chique ou mesmo quando quer uma make estilo rebocão. Estou apaixonada por ela e valeu cada centavo!

 

E você, já conhece essa base?

Um beijo e até o próximo post!