Posts em destaque

Testei: Paleta de sombras 9 Shades – Mariana Saad para Océane

Olá, pessoal! Não sei vocês, mas eu sempre fico DOIDA quando alguma marca lança uma paleta de sombras. É sempre a mesma coisa: eu sei que não preciso, mas a vontade de comprar permanece. Foi exatamente o que aconteceu quando soube que a Océane lançou uma paleta em parceria com a influencer Mariana Saad. Chamada de 9 Shades, ela chegou ao mercado em novembro do ano passado e só fui comprar meses depois.

Querer eu sempre quis, mas olhava e pensava que já tinha paleta em casa com as mesmas cores. Até que um dia eu vi que tinha o dinheiro para comprar, fui em um evento em que a Océane estava e pensei: “é agora!”. Comecei a usar no dia seguinte, gravei vídeo com ela para o canal e, depois de usar por muito tempo, chegou a hora de postar a resenha completinha aqui no blog.

Como funciona?

A paleta 9 Shades tem esse nome por ter 9 cores: 4 cintilantes e 5 opacas. Todas têm alta pigmentação e fixação, com textura aveludada. Tanto a Mari quanto a Océane pensaram em tons versáteis e atuais, para que você possa usar da forma que quiser e em qualquer ocasião do dia.

Cintilantes

  • Dust
  • Crystal
  • Cranberry
  • Gold

Opacas

  • Pumpkin
  • Dark Brown
  • Wine
  • Soft Brown
  • Black

Minha opinião

Antes de mais nada, preciso falar sobre o tamanho da paleta e das cores. Enquanto algumas são bem pequenas, a 9 Shades é bem grande e a gente logo vê que tem um ótimo rendimento. A escolha dos tons realmente foi bem acertada: tem as mais clarinhas, as rosadas (preferência nacional) e a dupla marrom e preto, perfeita para fazer aquele smokey eye que a gente ama!

Eu AMEI essa paleta logo na primeira aplicação. É muito fácil de pegar com o pincel e de aplicar. As cores são MUITO pigmentadas, fixam muito bem e esfumam de forma maravilhosa. Já usei todos os tons e é incrível como eles se misturam facilmente. O único ponto é que pode cair um pouco de sombra embaixo dos olhos. Por isso, vale fazer a maquiagem dos olhos antes da pele ou proteger a região com um pó fininho antes de aplicar as sombras.

O que eu mais gosto mesmo é a versatilidade. As cores mais clarinhas e cintilantes podem ser usadas como iluminador, os tons marrons servem com contorno e os rosados valem como blush. Ou seja, dá para levar só essa paleta na sua necessaire de viagem que já vai dar conta do recado.

Eu paguei R$ 72 na minha paleta, mas vi que dá para encontrar por R$ 68 em alguns sites. É caro? Olha, até é. Mas é grande, vai durar e tem mil e uma utilidades. Eu acho que vale o investimento. Estou apaixonada de verdade, já virou uma das minhas favoritas!

 

Você já usou? Conta para mim nos comentários!

Um beijo e até o próximo post!

Testei: Paleta de Sombras Born to Run – Urban Decay

Olá, pessoal! Preciso confessar uma coisa: eu AMO dar dicas de produtos baratinhos. Mas, de vez em quando, gosto de falar sobre alguns mais caros. Eu sempre digo para vocês que maquiagem boa não precisa ser cara. Só que algumas marcas gringas (que lá fora são baratas) chegam aqui com os valores lá em cima e aí o bolso pesa, não tem jeito.

Uma dessas marcas é a Urban Decay. Aqui no Brasil, ela ficou muito conhecida por produzir as paletas de sombra Naked, que foram uma FEBRE. Digo por experiência própria: eu tenho a Naked 1, Naked 2, Naked 3 e Naked Smoky. Amo todas, então, claro que eu pirei quando vi que a marca tinha lançado uma paleta nova, a Born to Run!

Ela chegou em solo brasileiro no finzinho do ano passado. Quando vi o preço, caí pra trás (vou falar disso depois). A Born to Run estava na minha wishlist há tempos, até que eu ganhei um voucher da Sephora. Estava em dúvida entra e uma outra paleta, mas acabou que essa outra estava em falta e eu acabei levando a da Urban Decay mesmo. Bora saber tudo sobre ela?

Como funciona?

Em inglês, Born to Run significa “Nascida para correr”. A paleta leva isso a sério e traz na capa da embalagem várias fotos de pontos turísticos ao redor do mundo. A proposta é de oferecer infinitas fugas dentro de um pacote de viagens. Ao todo, são 21 tons que variam entre básicos e neutros, cintilantes e opacos. Resumindo: a ideia é levá-la para todos os lugares, já que é possível criar os mais variados estilos de make com ela.

O diferencial fica por conta do Pigment Infusion System™Esse sistema mistura ingredientes e confere uma textura aveludada, muita pigmentação e fixação por muito mais tempo. Os tons da paleta são:

  • Breakaway (marfim quente)
  • Stranded (rosa pálido que puxa para o ouro)
  • Blaze (pêssego metálico)
  • Weekender (bege matte)
  • Still Shot (Pêssego brilhante)
  • Riff (marrom fosco)
  • Good as Gone (marrom profundo)
  • Hell Ride (fúcsia fosco)
  • Baja (laranja queimado matte)
  • Accelerate (cobre avermelhado metálico)
  • Guilt Trip (roxo esfumaçado)
  • Ignite (rosa ouro metálico)
  • Smog (acobreado profundo)
  • Wanderlust (verde e dourado)
  • Wildheart (fúcsia brilhante) – MINHA FAVORITA!
  • Punk (avermelhado fosco)
  • Double Life (ferrugem)
  • Jet (preto com roxo cintilante profundo)
  • Drift (cetim de carvão)
  • Radio (cetim esmeralda profundo) – OUTRA FAVORITA!
  • Big Sky (verde fosco)

Minha opinião

Bom, as paletas da Urban Decay são um luxo só, né? Eu realmente AMEI as cores da Born to Run e acho que dá, sim, para fazer várias combinações. Toda vez que uso e posto no stories lá no Instagram chove elogio (sério!). Elas são fáceis de aplicar e esfumam muito bem, criando um efeito muito lindo e sofisticado.

Meu único ponto negativo é que as sombras acabam esfarelando na hora da aplicação e podem manchar a área abaixo dos olhos. Por isso, o ideal é começar a maquiagem pelos olhos para não ter que refazer a pele, ok? Quanto à pigmentação, acho que podia ser um pouquinho mais forte, mas nada muito preocupante.

O que assusta mesmo é o preço. Aqui, ela custa R$ 349. Sim, é MUITO caro e eu só consegui comprar porque tinha um voucher (mesmo assim, paguei a diferença chorando por dentro). Lá fora, ela é vendida por U$ 49 (cerca de R$ 200). Vale a pena se você REALMENTE vai usar e se puder comprar em uma viagem – ou encomendar para alguém que vai para fora. Apesar disso, eu AMEI e quero fazer várias combinações!

 

E você, já usou a Born to Run?

Um beijo e até o próximo post!

Testei: Paleta de sombras Love, Trust & Fairy Dust | Tarte

Olá, pessoal! Vocês sabem que se tem uma coisa com a qual eu gasto meu dinheirinho é maquiagem, né? Depois que fiz o curso e me formei como maquiadora profissional, aprendi a escolher melhor os produtos de make que eu compro e a entender que eu não preciso de tudo. Mesmo assim, confesso que eu ainda sou muito consumista quando o assunto é maquiagem.

Eu acompanho diariamente o blog Pausa para Feminices, da Bruna Tavares, e eu sempre gosto de ver o que tem de novidade no mundo de make. Foi lá que eu soube que a Tarte tinha lançado uma linha de produtos inspirados em…FADAS! Eu pirei quando vi as fotos dos produtos porque era tudo muito lindo, rosa e brilhante rsrs. Aproveitei para colocar na minha wishlist da viagem que eu fiz em julho para a Disney da Califórnia e para Las Vegas.

Não tinha certeza se encontraria alguma coisa dessa linha porque viajei alguns meses depois que ela foi lançada e tinha outra promessa comigo mesma: NÃO comprar mais paleta de sombra porque eu tenho muitas aqui em casa. Aí fui na Sephora do hotel The Venetian e pah, vi a paleta Love, Trust & Fairy Dust. Foi amor à primeira vista, desde a caixinha da embalagem até as cores das sombras. E aí não teve jeito: comprei, usei MUITO e agora posso contar tudo para vocês!

Como funciona?

A paleta de sombras Love, Trust & Fairy Trust segue a mesma proposta dos outros produtos da linha, ou seja, tem cores inspiradas em sonhos e flores. Tudo bem delicado e romântico. Ao todo, são 10 cores em tons de rosa, roxo e nude. Como toda boa paleta, temos cores com brilho e outras mattes.

As cores dessa paleta de sombras são:

  • Magic: bronze metálico e brilhante
  • Mystical: fúcsia metálico e brilhante
  • Wish: marsala matte
  • Gossamer: nude matte (ótimo para fazer a base dos olhos)
  • Frolic: marrom matte
  • Twinkle: nude metálico e brilhante
  • Flitter: rosinha metálico e brilhante
  • Wonder: marrom escurão matte (bom para aquele smokey eye que a gente ama)
  • Whimsical: rosa queimado matte
  • Giggle: nude rosado matte

É importante destacar que todas as cores foram feitas com argila amazônica e pigmentos minerais para fazer com que durem por mais tempo e se misturem com facilidade na hora de esfumar. Livre de parabenos e ftalatos, a paleta de sombras é dermatologicamente testada. Ah, a Tarte é cruelty free, então, ganha ainda mais o nosso amor!

Minha opinião

Bom, eu amo cores e amo paleta de sombras, então, sou suspeita para falar algo sobre essa belezinha. O que eu mais gostei foi da variedade de tons. Já usei de todas as formas: para uma make mais clean (só com os tons de nude), para uma proposta mais romântica (misturando rosa e roxo) e até para noite, usando as cores mais escuras. Amei todas vezes e é uma paleta muito versátil!

Eu gosto de aplicar com pincéis porque acho que fica mais fácil para esfumar. Mas nada impede que você use seus dedos, se prefere fazer a maquiagem assim. Todas as cores são MUITO pigmentadas e rendem bem!

Agora vamos ao preço. Como falei no começo do post, comprei a paleta de sombras Love, Trust & Fairy Trust na Sephora de Las Vegas e paguei U$ 39 (o que equivale a R$ 159). A marca Tarte (ainda) não é vendida oficialmente aqui no Brasil e eu só encontrei um lugar que vende a mesma paleta por R$ 275.

Para evitar qualquer problema, a minha sugestão é juntar dinheiro e comprar durante uma viagem ou encomendar para alguém que vai viajar. Sim, é caro, mas é uma ótima paleta de sombras (além de linda) e eu acho que vale a pena por conta da versatilidade, já que dá para usar de diversas formas.

 

Alguém mais já testou? O que achou?

Um beijo e até o próximo post!