Posts em destaque

Feliz ano novo | Minhas 6 metas para 2019

Olá, pessoal! Estamos em dezembro e agora não tem jeito: 2018 está mesmo acabando e a gente começa a pensar no próximo ano. Eu sou muito supersticiosa e sempre fui de fazer pedidos na noite de ano-novo. Mas, na maioria das vezes, eram aqueles pedidos que não dependem só da gente, sabem? Se você está pensando em “arrumar um namorado”, você acertou. Cansei de pedir isso quando era mais nova e nunca dava certo – por que será né?

Já faz um tempo que eu aprendi que funciono com metas. Eu preciso anotar tudo no papel, fazer listas e encarar essas metas como desafios que precisam ser cumpridos. Sei que não é todo mundo que gosta disso, mas eu me sinto MUITO bem quando cumpro uma meta. Então, resolvi adotar a prática de listar algumas metas de ano-novo.

Agora, chegou a hora de contar quais são minhas metas para 2019. Vocês vão perceber que são coisas possíveis de serem alcançadas, muitas que só dependem de mim, sabem? Então chega de falar e vamos lá!

Continuar ganhando dinheiro como influenciadora

Eu AMO ser influenciadora e realmente encaro tudo isso como uma profissão, um trabalho sério. Minhas amigas que também são influenciadoras sempre me pedem dicas de organização porque eu faço tudo com antecedência: tenho um planejamento mensal de todas as minhas redes (incluindo o blog aqui), trabalho muito nos fins de semana gravando e editando vídeos e subo conteúdo novo no canal três vezes por semana, faça chuva ou faça sol.

2018 foi muito bom neste sentido porque foi o ano em que eu realmente foquei em ser influenciadora. Tinha a meta de ganhar mais com isso do que o que eu ganhei no ano passado e eu bati antes do fim do ano. Não, eu ainda não vivo só disso, mas vou dar duro para alcançar esse objetivo. Mas, como o importante é ter os pés no chão, não vou fazer nenhuma meta específica. Eu só quero continuar ganhando dinheiro com o meu trabalho e crescer cada vez mais. Vocês entenderam, né?

Ser mais econômica

  1. Nada como a sensação de sonho realizado, né?

Neste ano, eu tive uma das melhores experiências da minha vida: viajar para o exterior sem ninguém da família, só com uma amiga. Foi incrível de diversas maneiras, mas principalmente porque pela primeira vez eu precisava saber como gastar direito o dinheiro que eu tinha levado, contando com alimentação, transporte, compras, enfim…voltei não só com dinheiro sobrando na carteira, mas com uma outra visão em relação a tudo isso.

Eu sempre fui muito consumista e parar de gastar é um baita de um desafio para mim. A parte boa é que agora eu penso umas mil vezes antes de comprar alguma coisa e tenho achado tudo muito caro. Eu até tinha colocado como meta deste ano economizar uma quantia X por mês, mas na real eu não vou ser tão específica também. Quero aprender a ter uma vida econômica melhor. É isso.

Bater a meta da nutricionista

Em 2018, aos trancos e barrancos, eu consegui emagrecer (uma meta que foi cumprida)! Claro que contou muito o fato de eu ter me apaixonado por tratamentos estéticos e pegar mais pesado na academia, mas eu também tentei comer melhor. O resultado foi 6 kg a menos na balança e muitas medidas reduzidas.

Agora, eu quero bater a meta da minha nutricionista. Ainda tenho mais alguns quilos para perder e, quando chegar lá, preciso fazer o mais difícil: manter. Mas essa é a segunda parte, eu quero ver o ponteiro da balança diminuindo e voltar a gostar do meu corpo. Estamos quase lá!

Ler mais

 

Bom, vocês sabem que amo ler e vira e mexe trago resenhas de livros aqui no blog. Acontece que neste ano eu acabei lendo menos. Não sei bem o motivo, mas acho que eu foquei tanto em aproveitar meu tempo livre para produzir conteúdo para o canal que os livros ficaram de lado. Mesmo assim, até que consegui ler um número bom de livros em 2018.

Esta meta na verdade é mais um puxão de orelha em mim mesma por ter lido menos neste ano (vocês perceberam que eu me cobro muito né? Pois é!). Também não vou colocar nenhum número específico em relação ao número de livros, mas quero me envolver em várias histórias e trazer boas resenhas para vocês no ano que vem.

Ver mais séries

Está aí algo que eu realmente gostaria de fazer: assistir mais séries. Eu vivo correndo né, então, eu não tenho muito tempo para isso. Acaba que eu escolho uma série que está em alta no momento e demoro muuuuito para terminar. Ou deixo para fazer uma maratona em feriados ou fica só na promessa (a última opção é a que mais acontece).

Olhem, parece muito fácil, mas acho que vai ser a meta mais difícil porque realmente é um costume que eu vou ter que criar, tornar um hábito e acostumar o cérebro a ter vontade de ver séries. A parte boa é que eu vou poder dar váárias dicas para vocês sobre séries. Aliás, aproveitem para deixar algumas sugestões de séries nos comentários – quem sabe não começo por elas, hein!

Cozinhar 

  

Vejam bem: eu tenho 30 anos e não sei nem fazer o básico quando o assunto é cozinha. Mas, como sou a típica geminiana contraditória, eu adoro ver livros de receita e programas culinários e sempre digo coisas como “nossa, como essa receita é fácil”, sendo que eu nunca tentei fazer nada. Bom, ainda bem que sempre dá tempo de mudar, né?

Há alguns meses, resolvi fazer uma receita de um doce que eu vi no programa Fazendo a Festa (meu programa de TV favorito do momento) e fiquei chocada que 1) deu muito certo e 2) é realmente muito fácil de fazer. Claro que eu me empolguei, né? Resolvi começar fazendo doces mesmo e depois vou partir para os salgados. Ah, vou compartilhar essas minhas novas experiências culinárias com vocês. Acho que vai ser bem legal!

 

E vocês, quais são suas metas para 2019?

Um beijo e até o próximo post!

Como se vestir nas festas de fim de ano

Outro dia comentei aqui no blog que o mês de dezembro é mais corrido – e gostoso – por conta da quantidade de eventos. O clima de confraternização vai além do Natal e do Ano Novo e envolve uma série de jantares, almoços, reuniões e por aí vai. Com a agenda tão cheia de compromissos, a pergunta que fica é: como se vestir nessas ocasiões?

Pois é, o primeiro passo é entender que cada um desses eventos exige um look diferente. Enquanto o Natal é mais família, o jantar de amigo secreto com as amigas é mais informal. É mais do que normal ficar em dúvida, mas não há motivos para desespero. Preparei um guia para te ajudar nessa missão (quase) impossível. Vamos lá?

 

Amigo secreto

amigo secreto

Normalmente, é o primeiro evento da sua lista interminável de comemorações em dezembro. Chega novembro e você já recebe uma infinidade de convites para entrar em grupos com os amigos da escola, o pessoal da faculdade, os colegas do trabalho… São tantos que a gente até pensa em desistir (ainda mais em tempos de crise), mas eu ADORO essa brincadeira!

Justamente por ter um clima descontraído, o look pode ser mais leve. O calor é comum nesta época do ano, então aproveite para criar uma combinação que deixe as pernocas de fora. Pode ser com um vestido soltinho – de preferência estampado para combinar com a estação alegre – ou regatinha + saia. Arremate com rasteirinha e bolsa a tiracolo.

 

Festa da firma

festa da firma

Aqui a coisa fica mais séria porque o clima é de festa, mas os convidados são seus colegas, ou seja, aquelas pessoas que você vê todo dia. Isso significa que você será observada o tempo todo. E qualquer coisa errada pode render assunto por todo o ano seguinte e inclusive prejudicar sua carreira (assuntos para outro post que entrará em breve).

Por isso, é preciso ter MUITO cuidado na hora de escolher a roupa. Qualquer tipo de exagero deve ser evitado. Isso inclui comprimentos curtos demais, brilhos além da conta e decotes profundos. Quer se sentir sexy? Dá para ter o mesmo efeito com um vestido preto discreto, mas poderoso. Para não errar, invista em algo na altura dos joelhos e deixe o destaque por conta da maquiagem.

 

Natal

natal

 

Como falei lá em cima, o Natal é aquele momento que você curte com a família. Os mesmos exageros que você deve evitar na festa da firma também devem ficar de fora desta ocasião. Imagine se sentar ao lado da sua avó com um vestido tipo periguete? Não rola, né? Fora que a data tem um significado muito especial e pede justamente esse momento de união, então não tem nada a ver com balada.

Aqui o segredo é achar um ponto de equilíbrio entre a combinação do amigo secreto e a da festa da firma. Coloque uma roupa bacana (vestido, blusinha e saia ou até mesmo um macaquinho), arrume bem o cabelo, mas não exagere muito no make porque você vai acabar passando mais tempo em casa do que na rua.

 

Réveillon

u1o5we-l

Normalmente é assim: passamos as primeiras noites de Ano Novo com a nossa família quando somos crianças, mas depois planejamos viagens e outros eventos e é comum que a gente só ligue para os pais para desejar sorte no próximo ano. Em festas com amigos ou com o namorado, dá para deixar os cuidados um pouco de lado e encontrar algo que combine com o seu estilo.

Você pode até não ser supersticiosa, mas escolher um modelito branco, dourado ou prata é garantia de fazer bonito. E olha que bacana: brilhos são superaceitos, inclusive para quem vai passar na praia. É que o pessoal está em clima de festa mesmo, sabe? E quanto mais pompa, melhor!

 

Agora ficou mais fácil saber como se vestir durante os eventos do mês de dezembro, né?

7 motivos para amar o mês de dezembro

Sim, amigas, agora é oficial: estamos em dezembro. É só pensar nisso para eu ter aquela sensação de que o ano passou rápido demais e que eu não fiz nada daquilo que esperava (é assim com vocês também?). Acontece que nós ainda não sabemos como voltar no tempo, então o jeito é aproveitar esses dias que faltam. Motivos para isso não faltam. Quer ver alguns exemplos?

O mês passa mais rápido

4eb93ae9ab51014f57f871c20abde5b7

Dezembro tem 31 dias, a duração máxima que um mês pode ter, certo? Só que ele é tão cheio de festas, eventos e comemorações que é só piscar os olhos que já estamos nos deliciando com a ceia natalina. Sem falar que muita gente tira férias, recesso ou para apenas por alguns dias para celebrar essas datas tão importantes. Ou seja, é tudo MUITO rápido. Acho que é o mês que passa mais depressa. Quem concorda?

 

O clima é de comemoração

672527544_partyimagefinal

Assim como falei aqui em cima, o mês de dezembro é festeiro por natureza. Por ser o último do ano, chega prometendo momentos de reunião para comemorar tudo o que foi feito nos outros meses. São tantos eventos que a gente até perde a conta: os amigos secretos com os amigos e os colegas do trabalho, a famosa “festa da firma”, os jantares familiares… Ufa!

 

As pessoas ficam mais felizes

94de0f50c8afe13e3c3ebf7896713870

Essa rotina intensa de eventos é um dos motivos que explicam a felicidade que toma conta das pessoas nesta época do ano. Alguém já reparou que a maioria fica mais sorridente? Esse simples fato já faz com que a gente tenha mais pique para sair de casa, concluir as responsabilidades no trabalho e renovar as energias. Até porque esse clima é contagiante e você também vive mais feliz.

 

Temos a desculpa perfeita para fazer compras

5406467-happy-woman-after-christmas-shopping

Ué, temos ou não temos uma lista de presentes para comprar durante o fim de ano? Ninguém precisa saber que nós aproveitamos essa temporada para também nos presentar e fazer alguns estraguinhos no cartão, não é? Aqui você também pode incluir a enorme felicidade que é pedir de presente algo que estava a tempos na sua wishlist – e, de quebra, aproveitar o passeio para conferir as decorações natalinas que estão mais lindas a cada ano.

 

Temos a magia do Natal

christmas-stairwell-m

Sempre fui um pouco do contra e não gostava muito do Natal há alguns anos. Não conseguia ver essa magia toda que as pessoas falam, sabem? Mas, de uns tempos para cá, entendi perfeitamente. É uma época gostosa de união e as pessoas ficam mais receptivas. Fora que muita gente aproveita a temporada para fazer uma boa ação. Ok, isso deveria ser feito em todos os períodos do ano, mas já ajuda e muito.

 

O verão começa

Parece que a gente vive o verão desde o início da primavera, mas ele só chega de fato um pouquinho antes do Natal. É hora de comemorar os resultados daquele projeto verão que você iniciou meses antes e aproveitar tudo com muito estilo. Vale curtir a piscina e a praia até mais tarde – por causa do meu lindo e amado horário de verão – e usar todas as tendências de moda da estação. A temperatura lá em cima e o calor excessivo cansam um pouco, confesso, mas é fato que o verão é muito mais alegre!

 

É tempo de fazer planos

stock-photo-euphoric-woman-watching-her-smart-phone-in-a-train-station-while-is-waiting-270938732

A chegada do ano faz com que a gente repense o que fez ao longo dos últimos 12 meses e queria traçar novas metas para os próximos. É natural e importante para que a gente se sinta motivada a correr atrás de um foco. Sou super a favor de listinhas com pedidos e de todas as superstições possíveis para alcançar um objetivo. Mas só vale para coisas possíveis, tá? Nada de pedir um namorado e se trancar em casa depois ou de querer emagrecer e não se esforçar para cortar aquelas besteirinhas que a gente come em excesso.

 

Viram só como a gente pode se sentir feliz com a chegada de dezembro? Que os próximos dias sejam muito especiais para todas nós!

 

Fotos: Pinterest, Piccadilly Comedy, Colour Box, All You e Engadget