Categorias
Cultura Livros

Meu livro: Vagalumes

Quem me acompanha aqui no blog sabe que eu adoro livros. Quando eu era mais nova, até brincava que queria ser escritora e passava horas e horas no computador escrevendo livros. Era só abrir a tela do Word e começar a ver as minhas histórias tomando forma que eu sentia um enorme prazer crescendo dentro de mim. Confesso que muitas dessas histórias eram um tanto loucas e, obviamente, nunca foram para frente.

Foi mais ou menos esse é o caminho que percorri com Vagalumes, meu livro de maior sucesso. Fiquei completamente apaixonada pelo projeto musical Owl City em 2009 (quem visita este blog com frequência também sabe disso) e as músicas começaram a fazer tanto sentido na minha vida que, de repente, sem mais nem menos, eu tinha criado uma história baseada nessas tais músicas. Isso começou lá em 2010, há pouco mais de cinco anos.

Naquela época, eu ouvia Owl City todos os dias e as ideias da história se formavam com tanta intensidade na minha cabeça que eu precisava colocar no computador. Os primeiros capítulos seguiram com velocidade total e ficavam mais consolidados conforme as novas músicas eram lançadas, mas tive um momento de pausa e só retomei anos mais tarde, quando pensei que teria a oportunidade de entregar uma cópia do livro para o Adam Young, idealizador do projeto – infelizmente, isso (ainda) não se concretizou.

11140063_1197685620244794_689662845005023048_n

Quando finalmente terminei, fiquei com uma sensação de orgulho tão grande que eu resolvi publicar. Inscrevi a obra no Prêmio Sesc no ano passado e prometi a mim mesma que, se não ganhasse, publicaria ele mesmo assim. Quando o resultado foi negativo, decidi que era hora de transformar meu sonho em realidade. Registrei o livro, paguei por um projeto gráfico e finalmente publiquei no Clube de Autores, uma plataforma online em que qualquer pessoa pode publicar livros sem custo algum.

A história fala sobre Vicky e Matt, dois amigos de infância que eram vizinhos e que moravam em uma cidadezinha da Califórnia. Ela queria muito ser uma atriz de sucesso na Broadway e precisou contar com a ajuda dele para realizar seu sonho. Quatro anos depois, a estreia de sua peça não dá certo e ela resolve voltar à cidade onde nasceu para acertar as contas com o passado.

Não vou fazer resenha do meu próprio livro (deixo essa função para vocês 🙂 ), mas adianto que os dois vivem um romance bem fofinho, que – como acontece em todas as histórias – sofre algumas reviravoltas. É fácil, gostoso de ler e bem inspirador!

Muita gente já comprou e você pode fazer o mesmo clicando aqui. Deixo desde já o meu muito obrigada a todos que já leram ou que me apoiaram ao longo desses anos. Se quiser comprar e me dar sua opinião, vou ficar extremamente feliz!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.