Categorias
Beleza Cabelos

8 causas dos cabelos ressecados

Olá, pessoal! Quem me conhece, sabe que nada me dá mais pavor do que um cabelo mal cuidado. Deixar os fios em ordem não é apenas uma questão de aparência e vaidade, mas ajuda a passar uma boa imagem (inclusive no ambiente de trabalho) e tem tudo a ver com higiene.

Só que nem sempre é fácil cuidar deles, não é mesmo? Vivemos numa correria tão grande que às vezes falta tempo para dar atenção aos cabelos. A falta de manutenção pode causar uma série de problemas e o mais comum é o ressecamento. Mas, afinal, o que vem a ser esse tal de ressecamento?

Antes de mais nada, é importante lembrar que o cabelo ressecado é diferente do seco. Enquanto o seco tem essa textura por falta de hidratação, o ressecado é uma versão bem piorada: nesse segundo caso, os fios têm as escamas abertas, o que faz com que tenham frizz, ausência de brilho, pouco movimento e facilidade para quebrar. Na grande maioria dos casos, esse combo de efeitos do mal aqui em casa é causado por uma série de fatores. Vamos saber mais sobre cada um?

Poluição

causes-environmental-pollution_1b8b6a8bf4c61726

A gente sabe que estar em contato com poluição faz mal para a saúde e nos deixa suscetíveis a uma série de doenças. Por que, então, seria diferente com os cabelos? Assim como a sujeira gruda no nosso rosto, ela também se fixa nos fios e tira o brilho, favorecendo o ressecamento. Para reverter o quadro, é preciso lavar muito bem e caprichar na hidratação.

Cloro da piscina

9d8ab5562ff085b1b4b2e052af19ed46

Concordo que não tem nada mais gostoso do que um banho de piscina em um dia quente. O problema é que ela abriga um dos maiores inimigos da beleza: o cloro. Usado para deixar a água limpa e protegida, ele também gruda nos cabelos, abre a cutícula dos fios e os deixa mais quebradiços. Quem é loira, então, sabe que pode sair da piscina com os fios verdes. O que fazer? Lavar os fios no chuveiro antes e depois de mergulhar e usar a dupla spray de proteção + reparador de pontas.

Água salgada do mar

download

Gosto muito de praia e acho mesmo que mergulhar no mar é uma das melhores técnicas para aliviar a tensão e renovar as energias. Pena que o cabelo sofre muito com isso. O sal pode até parecer inofensivo, mas “puxa” toda a água dos fios. Essa desidratação é um pulo para o ressecamento. Alguém aí já percebeu como os cabelos ficam mais quebradiços, opacos e difíceis de pentear no verão? Por isso, tente maneirar nos banhos de mar e use um bom leave-in, além de um protetor solar específico para os cabelos.

Água quente

Ter os cabelos ressecados não é uma exclusividade do verão. Ok, ficamos livres da piscina e do mar, mas, por outro lado, tomamos banhos mais quentes. E quem lê este humilde cantinho com frequência sabe que vira e mexe eu bato na tecla dos perigos desse hábito: a água quente atinge a queratina dos fios, desregula a função natural de oleosidade e abre as cutículas, deixando os cabelos inchados. A parte boa é que é fácil de evitar tudo isso. Basta tomar banhos com água morna.

Processos químicos

246c20449f84840311e10b886e3a3cfc

Se você tem o hábito de pintar os cabelos ou de passar por alguma química (inclua aqui alisamentos, luzes, relaxamento etc.), provavelmente já se viu com os fios bem ressecados. Isso é uma consequência desses processos, que são bem agressivos aos cabelos, pois também abrem as cutículas e retiram a camada de brilho natural. Então, não tem jeito: sempre que terminar de passar por algum desses tratamentos, faça uma hidratação. Aliás, essa hidratação deve ser repetida quinzenalmente para proteger os fios e prolongar os efeitos do processo químico.

Secador + chapinha

Secando-cabelo

Eles são ótimos e eu não vivo sem. Mas é visível que, depois de alguns meses de uso, os fios (especialmente as pontas) ficam mesmo mais ressecados. Aqui funciona mais ou menos como o banho com água quente. O calor do secador e da chapinha atinge diretamente os fios, retira o brilho, abre as cutículas e tira o movimento. Se não der para deixá-los secar naturalmente, o segredo é aplicar um protetor térmico. Sério, faz muita diferença!

Alimentação

embutidos-na-alemanha

Sim, amiga, o cabelo ressecado também pode ser fruto da má alimentação. Itens como bebidas alcoólicas, embutidos (salame, mortadela, presunto) e produtos industrializados provocam a perda de água e são ricos em gordura. O resultado é que não é só a pele a saúde que acabam prejudicadas. Os fios também perdem o brilho e ficam mais quebradiços. Olha aí mais um motivo para evitar esses alimentos e seguir o regime à risca.

Falta de corte

img-524126-pontas-duplas20130723191374617361

Não tem nada melhor que o corte para devolver força e brilho para os fios. Se você está deixando o cabelo crescer, sabe que tem que ter muita paciência e dedicação para mantê-los bonitos. Afinal, é só ficar alguns meses longe do salão que as pontas começam a ficar mais ressecadas. Isso é normal, já que estamos todas expostas a esses fatores que eu listei aqui em cima. Por mais que você hidrate e cuide bem dos fios, uma hora ou outra vai ter que encarar a tesoura. Eu odeio cortar o cabelo, tenho verdadeiro pavor, mas me sinto bem mais leve quando renovo o corte.

 

Gostaram das dicas? O que mais vocês fazem para evitar que os cabelos fiquem ressecados?

Um beijo e até o próximo post!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.