Posts em destaque

Beleza em tempos de crise: comprar no Brasil x comprar fora

def939ab3bc44d0130fbca3392a37114

Todas nós sabemos que o Brasil está em crise e um dos resultados mais claros disso é a alta do dólar. Não, este post não tem a menor intenção de falar sobre política. Mas nós, apaixonadas por beleza, sabemos que a valorização da moeda norte-americana tem um peso muito importante quando o assunto é compras, especialmente produtos de maquiagem.

A coisa ficou tão feia para o nosso lado que alguns produtos, por mais caros que sejam, estão saindo mais barato aqui do que lá fora. Isso porque o dólar está sendo cotado por volta de R$ 4, mas o dólar de turismo, aquele que a gente troca na casa de câmbio, está beirando os R$ 4,50. E tem mais: quem já viajou para os Estados Unidos sabe que lá não pode parcelar e que todas as taxas são cobradas por fora, então o valor da “etiqueta” encarece no final.

Para terem uma ideia, comparei os valores de cinco produtos que eu amo de paixão e que sei que muita gente também gosta. O resultado foi chocante:

 

Batom M.A.C. – Preço no Brasil: R$ 69 / Preço nos EUA: R$ 81

{A8D9BAC7-C68F-4025-91BA-C3E1FDC8D230}_Lipstick_225px

Nos tempos áureos em que o dólar estava cotado a R$ 2, o batom da M.A.C. saía por U$ 15. Era uma felicidade só, ainda mais para mim, viciada assumida dos batons da marca. Sempre tenho uma listinha com várias opções de cores e fazia a festa lá fora. Lembro de uma vez ter comprado um aqui e pensado “gente, mas que absurdo esse valor”. Pois bem, imaginem agora que um “tubinho” gringo sai por mais de 80 reais. Socorro!

 

They’re Real Benefit Preço no Brasil: R$ 119 / Preço nos EUA: R$ 108

theyrereal-benefit-1jul

Sou fã da Benefit e fico louca quando a marca lança um novo produto. O meu favorito, sem sombra de dúvidas, é a máscara de cílios They’re Real. Ele é tão querido pelas mulheres que se tornou o best-seller da empresa. Ou seja, é aquele item que a gente precisa ter, sabe? A Sephora foi a primeira loja a vender o rímel no Brasil e eu achava o valor surreal. Quem diria que hoje os preços estão quase próximos. Ainda que seja um pouco mais barato lá fora, vale a pena comprar aqui e parcelar.

 

Paleta de sombras Naked Urban Decay – Preço no Brasil: R$ 229 / Preço nos EUA: R$ 333

 

604214916630_naked

Essa comparação foi a mais chocante! Amo os estojos de maquiagem da Urban Decay e levo as sombras para qualquer lugar que vou. Quando a Sephora abriu suas portas no Brasil, lá em 2012, lembro de ter ficado completamente assustada com os preços dos conjuntos Naked. Comprei todas as minhas lá fora (inclusive a Smoky, a mais recente lançada pela marca), mas ficou impossível, né? Se você já tem a sua, cuide muito bem porque agora ela vale ouro.

 

Shampoo Aussie Moist – Preço no Brasil: R$ 39,90 / Preço nos EUA: R$ 19

shampoo-aussie-moist-400-ml--frente-1000x1000

Faz tempo que eu ouço falar do Aussie, mas só testei no ano passado. Desde então, sou completamente viciada e comprei vários produtos da marca na minha última viagem. Na época, era quase impossível pensar que algo que custa 4 dólares era vendido acima de 60 reais por aqui. A desculpa é que era importando, muito procurado e por aí vai, mas recentemente ele passou a ser vendido no Brasil por um preço justo (não que seja barato, mas…) e nossa vida ficou um pouco melhor. Ainda assim, vale a pena trazer de fora se você for viajar.

 

Base Original Bare Minerals – Preço no Brasil: R$ 99 / Preço nos EUA: R$ 126

 

base+mineral+original+bareminerals+sorocaba+sp+brasil__8CC541_1

Conheci a Bare Minerals em um dia qualquer, passeando no shopping, e fiquei tão apaixonada pela base que uso todos os dias. Sério, passo até para ir à padaria no domingo, sabem? Comprei meu primeiro potinho aqui, mas depois só comprei lá fora (uso tanto que sempre fico pedindo para alguém trazer para mim). Mas fiz a comparação e descobri que aquele preço que eu achei bizarro há alguns anos agora é mais barato do que o valor em dólar. Pelo visto vou ter que começar a frequentar a loja brasileira da marca com mais frequência…

 

Claro que o objetivo do post não é impedir que você se programe para viajar. Aliás, eu adoro viajar e acho que não tem nada mais válido do que gastar dinheiro com viagem. Mas agora temos aquela difícil missão de colocar os gastos na balança e ver o que vale mais a pena!

Fotos: Pinterest, Sephora, Claudia Dal Pozzo, Urban Decay, Ponto Com e Que Barato

9 produtos básicos de maquiagem para levar em viagens

IMG_6481

Quem me conhece sabe que eu sou a doida da maquiagem, aquela que começa a se arrumar duas horas antes da festa só para ter mais tempo para o ritual de beleza. O problema maior é quando tenho alguma viagem e preciso levar apenas parte dos meus produtos. E, como toda geminiana, sou extremamente indecisa e passo horas pensando no que vai entrar na nécessarie. Por isso, preparei um kit básico com o meu próprio acervo para te acompanhar em qualquer viagem.

A maioria dos produtos é importada porque eu prefiro gastar um pouquinho a mais quando o assunto é make. Mas nada impede que você substitua por outras marcas. O importante é ficar bonita, ok?

1. Primer: Stay Flawless (Benefit)

IMG_6484

Não dá para começar a pensar na maquiagem e deixar o primer de fora. É um item indispensável! Eu, particularmente, gosto muito da Benefit. E o que mais me chamou atenção nesse primer é que ele realmente tem duração de 15 horas. Fora que a embalagem é uma graça, então vale super a pena!

2.  Corretivo: Studio Finish Concelear (M.A.C.)

IMG_6510

Eu tenho muitas olheiras e não vivo sem corretivo. Passo até para ir à padaria. Eu prefiro os corretivos na versão creme porque funcionam melhor na minha pele e esse da M.A.C. consegue corrigir minhas imperfeições na primeira aplicação. Uma alternativa mais barata é o Making Of, da Contém 1g. Comprei depois que eu fiz um curso de automaquiagem em uma das unidades da rede e uso sempre.

3. Base: Bare Minerals

IMG_6489

O mais legal dessa base é que ela consegue deixar a pele uniforme sem ficar com uma textura grossa e pesada. Quando eu comprei, tive o auxílio de uma vendedora muito fofa que me ensinou o jeito certo de usar. Não tem segredo: é só colocar um pouco na tampa e agitar com o pincel para ativar os compostos minerais. Esse também é carinho, mas é muuuuuito bom!

4. Sombras: Naked (Urban Decay)

IMG_6511

Como eu sou a indecisão em pessoa, gosto dos estojinhos com mil opções de sombras. Além de oferecer várias combinações, a Naked tem uma textura bem leve que deixa o traçado mais delicado. E sabe o que é melhor? Cada estojo tem uma paleta em tons diferentes. Eu tenho a Naked 2, que puxa mais para o dourado, e a Naked 3, com sugestões voltadas para o rosa.

5. Lápis: Powerpoint Eye Pencil (M.A.C.)

m.a.c.-powerpoint-eyeliner-in-engraved

O lápis preto é capaz de salvar qualquer olhar e pode ser usado em todas as ocasiões. O problema é que nem todos duram por muito tempo. Ponto positivo para o lápis da M.A.C., que tem um traçado bem forte. O único porém é que ele precisa ser apontado a cada tanto e tem uma vida útil curta. Outra opção é investir no lápis retrátil, com mecanismo que faz a ponta deslizar. Comprei o da Vult por acaso e gostei muito!

6. Rímel: Voluminous (L’Oreal)

IMG_6495

Como o próprio nome indica, o diferencial desse rímel é o volume. Basta uma camada para perceber os cílios maiores e destacados. Por conta disso, é mais grosso que o normal e fácil de borrar. Para dar uma segurada, eu combino com o They’re Real, da Benefit, que é mais fininho, mas também aumenta o volume.

7. Blush: Orgasm (Nars) e Blushbaby (M.A.C)

IMG_6497

Olhos prontos, é hora de deixar as maçãs do rosto coradas. Tenho dois favoritos e nunca consigo me decidir por um só quando vou arrumar a nécessarie de viagem. Acontece que o Orgasm é mais rosado e fica lindo para usar durante a noite. Já o Blushbaby tem tom próximo do pêssego e combina com a minha pele, que é mais clarinha. Os dois são fáceis de aplicar e funcionam na primeira aplicação.

8. Batom: Bombshell, On Hold e Angel (todos M.A.C.)

IMG_6512

Ok, confesso: sou completamente viciada nos batons da M.A.C. e já perdi a conta de quantos eu tenho. Em viagens, eu costumo levar três – um mais suave para usar durante o dia (Angel) e dois mais fortes para usar à noite. O Bombshell é mais puxado para o rosa enquanto o On Hold lembra um vermelho queimado. O segredo é sempre ter mais de uma opção para combinar com diferentes tipos de make.

9. Iluminador: Girl Meets Pearl (Benefit)

IMG_6508

Tenho três iluminadores da Benefit e todos são muito bons, mas esse oferece um brilho perolado e tem sistema retrátil. Com isso, eu consigo aplicar somente a dose necessária. As áreas que devem ser iluminadas dependem do formato do rosto. Eu aplico na zona T (testa + nariz), nas têmporas e nos lábios, como se fosse um gloss.