Posts em destaque

Eu li: Dando um Tempo | Marian Keyes

Olá, pessoal! Bora fazer a primeira resenha literária do ano aqui no blog? Bom, todo mundo que ama livros tem seus autores favoritos e comigo não é diferente. Tenho uma listinha de escritores favoritos e a Marian Keyes com certeza está entre eles. Já li quase todos os livros que ela lançou aqui no Brasil (só falta um). Aliás, foi graças a ela que eu me apaixonei pelo gênero chick lit – que eu costumo chamar de livros de mulherzinha.

Bom, fazia um tempinho que ela não lançava livros novos (o último foi A Mulher Que Roubou Minha Vida). No finzinho do ano passado, estava passeando em uma livraria quando vi Dando um Tempo. Fiquei empolgadíssima e resolvi levar na mesma hora. Só que tinha outros livros na frente e acabou que só consegui ler mesmo em novembro. Aliás, o livro tem quase 600 páginas, então demora mesmo (vamos combinar que a dona Marian curte uns livros enormes né?).

A história

Dando um Tempo conta a história de Amy, uma mulher de 44 anos que já foi casada e prometeu que nunca mais se envolveria com nenhum homem depois de encontrar seu ex na cama com outra mulher. Tudo vai bem, até que ela se apaixona por Hugh, engravida logo depois que eles começam a namorar e eles resolvem se casar. 20 anos depois, eles parecem levar uma vida ótima com suas três filhas.

Bom, eu disse que eles pareciam levar uma vida ótima, né? Um belo dia, Hugh diz para Amy que quer dar um tempo no casamento para entrar em período sabático de 6 meses e viajar pelo sudeste asiático. No entanto, ele JURA que continua amando Amy da mesma forma e que vai voltar conforme o prometido. Claro que ela se desespera e se pergunta o que faltou e o que ela deixou de fazer para ele tomar essa decisão.

Depois que ele enfim parte em sua viagem, Amy precisa se desdobrar para dar conta das filhas, do trabalho, dos cuidados com a casa… e nesse tempo ela começa a avaliar sua própria vida. Enquanto ela lembra de alguns dos acontecimentos mais marcantes de antes e durante o casamento com Hugh, ela percebe que essa história de dar um tempo não foi tão ruim assim.

Minha opinião 

Eu de verdade gosto de todos os livros da Marian Keyes. Mas Dando um Tempo me fez lembrar dos primeiros livros que eu li dela, há mais de 10 anos. A gente simplesmente não consegue parar de ler. Como os capítulos são curtinhos, você vai lendo e quando percebe metade da história já foi. Então, apesar de ter quase 600 páginas, eu li rapidinho, em menos de 1 mês.

Sou quase 15 anos mais nova que a Amy, não sou mãe e não sou casada. Mesmo assim, me identifiquei MUITO com ela. Faria exatamente as mesmas coisas que ela fez. É aquela história: a gente sofre, dá risada, fica com raiva. Eu simplesmente AMO livros assim e mergulhei de cabeça neste aqui!

Eu também amei os personagens secundários deste livro. Destaco Neeve, a filha mais velha de Amy, que é youtuber de maquiagem (tipo eu né gente rsrs). A mãe de Amy também é divertidíssima, assim como os colegas de trabalho de Amy. Eu sempre amei a forma com que a Marian Keyes constrói a personalidade de seus personagens e não foi diferente desta vez.

Eu AMEI este livro e indico de olhos fechados para todo mundo. É tão vida real que é impossível não gostar!

 

E vocês, já leram este ou outro livro da Marian Keyes? Me contem aqui nos comentários!

Um beijo e até o próximo post!