Posts em destaque

Tecidos de inverno: em quais apostar?

Já contei aqui algumas vezes que as roupas são o que mais gosto no inverno. E ok, concordo que a gente sai parecendo um esquimó por causa das camadas e camadas de roupas, mas elas são, sim, mais chiques. Um casaco mais estilo e, pronto, efeito instantâneo de poder!

As roupas básicas para curtir o friozinho você já conhece, mas será que sabe quais são os tecidos mais usados nesta época? Fui atrás deles e aqui estão as diferenças entre cada um:

 

02bdbd895d865664ffceeec738435dca

Como falar de inverno e frio sem pensar na lã? Quentinha por natureza, normalmente aparece cheia de tramas e texturas em casacos, vestidões e acessórios como gorros, luvas e cachecóis. Muita gente reclama que a lã pinica, então, uma boa dica é trocar por crochê ou tricô. Ah, vale lembrar do nosso compromisso ecológico: prefira sempre a lã fake. As ovelhas agradecem!

Malha

b3eac33ad1f6a980ef529130c762d0a1

Não é tão quentinha quanto a lã, mas é ideal para blusas, que ficam por baixo dos casacões. Uma parte chatinha do inverno é que só entrar em um lugar coberto que já sentimos vontade de tirar as roupas pesadas, daí a importância de usar algo mais leve. Uma das vantagens é que a malha é superelástica e veste bem. O tipo de malha mais comum é o jersey, muito presente também em calças e jaquetas.

Veludo

2060fe7d4c4a87ee3df95ce13bdb0f44

Olha ele! Estrela deste inverno, o veludo caiu nas graças de todo mundo, especialmente peças que ficam com aquele efeito molhado. Tons sóbrios, como marrom e vinho, continuam sendo os favoritos, mas agora abriram espaço para opções como verde, rosa e azul. Vejo muitos vestidos, blusas, calças e jaquetas com o material e o mais legal de tudo é que veste superbem!

Sarja

1e38631440b992884e1c6ece7886dfd8

Alternativa mais pomposa, a sarja é mais usada em épocas de meia estação (primavera e outono). Como não costumamos ter invernos rigorosos, vale arrematar o look com uma calça ou um casaco feito com o material, principalmente naquelas dias em que o solzinho dá as caras. Normalmente, as peças usam uma versão verde-militar do tecido, mas também é possível apostar em tons como preto, marrom e vermelho.

Gabardine

63040be6609f01318d54de486c4742e7

Estranhou o nome? Pois sabe que o tecido muito provavelmente está em alguma peça do seu armário.  É um dos materiais mais presentes no nosso inverno devido ao peso médio e ao entrelaçamento das tramas (normalmente de algodão) na diagonal, o que causa uma textura imponente e sofisticada. É o material mais comum das tench coats e também aparece em calças, vestidos e saias.

Tweed

a83ac34d7d7a9ad31ac5db90afa1dd36

De longe, o tecido mais charmoso do inverno! Eternizado por ninguém mais ninguém menos que Coco Chanel, carrega todo o clima elegante do estilo ladylike e se destaca pelas tramas feitas com fios diferentes de lã, que formam uma textura áspera (é justamente por isso que muita gente diz que pinica). É supercomum em casacos mais sequinhos, mas também aparece em conjuntos com saias e vestidos. Eu adoro!

Couro

3160cfbd8325b7a4c229379a936c0059

E o que dizer da sua jaqueta de couro, que praticamente vira sua melhor amiga no inverno de tanto que você usa? O tecido é um clássico do frio justamente por ser pesado e ficar bem justo ao corpo – diferente dos outros, ele não estica –, esquentando quase que imediatamente. Além da jaqueta, vale investir em calças e saias feitas com o material. Mas atenção: antes de comprar, verifique se o couro é sintético, que mantém as mesmas características, mas sem agredir os animas. Combinado?

 

E aí, quais tecidos mais costumam usar no inverno?

Um beijo e até o próximo post!

Fotos: Pinterest

5 Biquínis do verão 2016

Basta a temperatura subir e o céu se abrir para ficarmos com vontade de praia e piscina. Nada mais natural, afinal, não existem lugares melhores para se refrescar do calor. Para as fashionistas de plantão, esta época do ano é ainda mais gostosa porque traz uma grande variedade de tendências de biquínis e outros itens da moda praia. E esta temporada está tão linda e democrática que a minha vontade é comprar todos os modelos (provavelmente a sua também). Veja só por que:

 

Neoprene

1biquinineoprene2

Essa moda começou lá no verão do ano passado, muito por conta da marca australiana Triangl, que criou peças feitas com neoprene. Como é bem característica – e um pouquinho ousada – eu duvidava que a febre fosse continuar. Tanto que segurei a vontade e não comprei. Mas acabei me surpreendendo porque ele voltou com tudo neste ano e a boa notícia é que muitas lojas brasileiras criaram versões econômicas. Era tudo o que eu precisava para investir e garantir um para mim. Comprei o meu no site da C&A e, adivinhem só, veste SUPERBEM. Vai ser sucesso!

 

Coração

vx_5-423x520

Ele também bombou no ano passado e recebeu esse nome por causa da calcinha franzidinha, que promete o efeito de levantar o bumbum. Essa característica, aliás, faz com que eu tenha que passar longe da peça (tenho quadril grande, então não rola). Mesmo assim, preciso dizer que quase enlouqueço quando vejo as opções comercializadas por aí. São delicadas, românticas, superfemininas, enfim… Para morrermos de amor mesmo!

 

Crochê e tricô

biangel

No ano passado, o crochê invadiu a moda praia e passou a ser visto no corpo de muitas mulheres. Mas, até então, os modelos eram monocromáticos (na maioria das vezes eram brancos). Agora eles aparecem coloridos e com uma pegada étnica que tem tudo a ver com o estilo folk que bombou no último inverno. Quer deixar a peça ainda mais cool? Experimente combinar com uma saída do tipo camisão e combinar com pulseiras variadas. Ah, esse biquíni também é o ideal para aquela pool party do fim de semana.

 

Lacinho

_MG_8475

O bom e velho modelo com tirinhas laterais. É o preferido de dez entre dez brasileiras por valorizar nosso shape, mas carrega um problema cruel: como a tira é bem fininha, é normal que as gordurinhas da região fiquem marcadas. Eu me sinto desconfortável com esse detalhe (até porque meu quadril grande é cheeeio de gordurinhas), mas tem gente que não liga. Por isso, o segredo é se sentir bem, independentemente de peso. Combinado?

 

Tops diferentes

450xN538155426-18-2143 TP_z_1

Houve um tempo em que a gente queria mostrar o máximo possível de pele (alô, fio dental). De uns tempos para cá, no entanto, passamos a ficar mais contidas. Quer um exemplo? Anote aí: os tops agora estão maiores e estilosos. Vale opções mais soltinhas (como se fossem top croppeds), com alças assimétricas, recortes e por aí vai. Acho lindo e superválido para eventos noturnos. Durante o dia é bom tomar cuidado porque ninguém merece ficar com uma marca gigante de sol, não é mesmo?

Agora é só preparar o cartão e arrasar nas compras!