Posts em destaque

Especial Dia dos Namorados | Os 7 casais mais fofos do cinema

Olá, pessoal! Hoje, dia 12 de junho, é o Dia dos Namorados. Muita gente aproveita para fazer um programa gostoso do lado do boy, nem que seja apenas sair para jantar ou pedir uma comidinha em casa. O importante é estar ao lado da pessoa que ama e, claro, celebrar o amor.

Muitos de vocês sabem que eu sou solteira e não tenho previsão de sair desse time tão cedo, mas nem por isso deixamos de achar essa data fofa, né? Afinal, sempre têm aqueles casais que são tão fofos que a gente torce para que fiquem sempre juntos. Quer exemplo melhor do que os casais do cinema?

Lá nos primeiros anos do blog, preparei uma lista com os meus casais favoritos do cinema (clique aqui para conferir). Como faz tempo que fiz essa lista, acabei lembrando de outros e de alguns novos que também merecem um espaço por aqui. Nada mais justo do que fazer uma continuação, né? Bora conferir!

Mia e Sebastian (La La Land)

 

Quando eu pensei em fazer uma continuação do post com casais fofos, logo lembrei da Mia e do Sebastian. Afinal, La La Land é o meu filme favorito de todos os tempos (se você quer saber porque eu gostei tanto, é só clicar aqui). Aquele lance de química, né? Tanto que eu realmente torço para que a Emma Stone e o Ryan Gosling namorem na vida real (sim, eu sei que ele é casado e não quero destruir o relacionamento de ninguém, mas não custa sonhar né rs). Fora que eu acho que a Mia e o Sebastian são como qualquer outro casal, né? Se amam, brigam e fazem muitos sonhos. Ai, lembro deles e já tenho vontade de chorar, socorro rsrs…

Confira uma lista com filmes que retratam o empoderamento feminino!

Rose e Jack (Titanic)

Gente, COMO ASSIM eu não tinha colocado a Rose e o Jack na outra lista? Eu nasci em 1988 e vivi toda a minha infância nos anos 90. E quem também foi criança ou adolescente nessa mesma época sabe bem o quanto esse filme marcou a nossa vida. Era um tempo em que não marcavam os lugares no cinema e as filas para ver Titanic eram quilométricas (tentei assistir duas ou três vezes antes de conseguir entrar numa sessão porque sempre estavam lotadas). Rose e Jack foram O casal do fim dos anos 90, nós nos apaixonamos perdidamente pelo Leonardo DiCaprio e a Kate Winslet ganhou nosso respeito desde então. Fora que eles são amigos até hoje, gente! Como não amar?

Ellie e Carl (Up – Altas Aventuras)

Bom, preciso dizer que Up – Altas Aventuras está entre os meus dez filmes favoritos da vida. Sério, é aquele desenho mais para adultos do que criança que dá um aperto no coração. Eu sempre me acabo de chorar quando eu vejo e a tristeza começa logo no início do filme, quando a gente acompanha o amor de Ellie e Carl. Eles se conheceram quando ainda eram crianças, se apaixonaram, se casaram e passaram a vida toda juntos. Até que ela morre (já velhinha) e ele se vê sozinho e sem saber o que fazer. É MUITO vida real, né gente? É triste, mas é o tipo de casal que faz a gente acreditar no amor, sabe? Daqueles que são verdadeiros mesmo. Fora que eu AMO o Carl, é um dos meus personagens favoritos da Disney!

Annie e Alvy (Noivo Neurótico, Noiva Nervosa)

Outro filme que eu amo, justamente por mostrar o dia a dia dos casais. Na grande maioria dos casos, funciona assim: vocês se apaixonam perdidamente, fazem grandes planos, conseguem realizar alguns, até que as brigas começam a desgastar o relacionamento. Annie e Alvy são um exemplo claro disso: ela é uma cantora iniciante (com um jeito MUITO estiloso de se vestir, por sinal) e ele é um humorista divorciado. Não demora muito para os dois morarem juntos e começarem a passar por todas essas coisas que eu citei aqui. Mas eles são tão fofinhos como casal que a gente torce mesmo. Juro, vale muito a pena assistir!

Descubra também os filmes mais indicados para comemorar o Dia do Amigo!

Sally e Harry (Harry e Sally – Feitos Um Para O Outro)

Fofo, né gente? Assim como acontece em Noivo Neurótico, Noiva Nervosa, o filme Harry e Sally – Feitos Um Para O Outro mostra o dia a dia de um casal. A história se passa no finzinho dos anos 80 e mesmo assim a Sally e o Harry poderiam muito bem ser nossos amigos, de tão próximo da realidade que é o caso deles. Aquela coisa: os dois se odeiam no começam, até que descobrem estar apaixonados. Só que eles ficam no vai e vem: terminam, até que se encontram do nada e voltam a ficar juntos. Destino, né mores? Fora que são várias cenas clássicas neste filme. Também vale a pena ver e tenho certeza que vocês também vão se apaixonar e torcer muito para a Sally e o Harry.

Melanie e Jake (Doce Lar)

O filme Doce Lar com certeza fez parte das comédias românticas que mais marcaram minha adolescência. É aquela história que começa de um jeito e toma outro rumo, sabe? Melanie é uma estilista (também dona de um figurino e de um corte de cabelo que causam inveja) que está prestes a se casar com o filho da prefeita de Nova York. Tudo vai muito bem, só que ela precisa voltar para sua cidade natal e implorar para que Jake, seu ex-marido, assine o divórcio. Pois é, gente! E não é que a gente torce o tempo todo para eles não separarem e voltarem a ficar juntos? Melanie e Jake também se conheceram quando ainda eram crianças e são aquele tipo de casal que briga o tempo todo, mas que se completa. Também são muito fofos e queridos.

Satine e Christian (Moulin Rouge – Amor em Vermelho)

 

Não sei vocês, mas eu fui assistir Moulin Rouge – Amor em Vermelho no cinema só por conta da música-tema Lady Marmelade, que fez muito sucesso. E vejam só: acabei completamente apaixonada pelo filme. Satine é a principal cortesã do Moulin Rouge e Christian é um jovem escritor que frequenta o local. Como o filme é musical, eles têm cenas muito fofas juntos, especialmente quando ele canta a música Your Song para ela. Os dois formam aquele casal que enfrenta um amor proibido, mas que ganha a nossa torcida logo de cara. Não é um filme fácil de entender e ele é até um pouco estranho, mas não dá para negar que Satine e Christian estão na lista dos casais mais fofos de todos os tempos.

 

E vocês, lembram de outro casal que ainda não coloquei nesta lista? Deixem nos comentários, quem sabe não trago a terceira parte…

Um beijo e até o próximo post!