Posts em destaque

8 tendências que você usou muito neste inverno

Olá, pessoal! Estamos na contagem regressiva para a chegada da primavera. A estação mais florida do ano começa no próximo dia 22 e o frio promete ir embora de vez. Mas, enquanto isso, é tempo de fazer aquela retrospectiva gostosa sobre o nosso closet durante a temporada de outono/inverno. Não sei vocês, mas eu curti bastante a moda desta estação e já dá até um climinha de saudade. Vamos conferir o que bombou?

Suede

9e3332a197af851063d9b9a4964fb8f4

Não tem como começar esta lista de forma diferente. O tecido da vez já tinha surgido de forma tímida no último verão, mas chegou com força total e invadiu todas as peças do armário feminino. Com pegada boho e clima dos anos 70, o suede (nome chique para a boa e velha camurça) foi visto em calças, bermudas, blusas, casacos, bolsas e até mesmo botas. O mais legal é que ele veio em várias lavagens, como caramelo, vermelho, azul e preto. Saiba mais sobre como usar o suede neste post.

Tênis branco

1752128bbf1854f042b3011c906f5731

Se você é ligada em tendência, tenho certeza absoluta de que passou esta temporada desejando um tênis branco. Mas não era qualquer tênis branco, não. O modelo da vez pegou força no Superstar, da Adidas, lançado há alguns anos, e que voltou com tudo. Ele tem pegada esportiva e listra de várias cores, sendo que o tradicional P&B foi o mais disputado. A parte boa é que várias marcas de calçados entraram na onda e lançara versões mais baratas (O meu é da marca própria da Dafiti e custou R$ 80). A gente usou com tudo: calça, saia, vestido e por aí vai!

Metalizado

20e7855581dd802a9f1bc428730f147d

Reparou que as últimas temporadas de outono/inverno não tinham muito brilho? Esse talvez tenha sido um dos motivos que elevou o toque metalizado ao topo do sucesso. As roupas ganharam versões prateadas, douradas e bronze com clima futurista, mas que deixou o look chique e sem pesar. E não para por aí: o metal também foi visto nos calçados (inclusive no tênis branco) e até mesmo no universo da beleza, com linhas de batons e esmaltes com esse acabamento. A decoração não ficou de fora e investiu em peças com acabamento rosê gold. Isso sim que é bombar!

Veludo molhado

2fdee08fdffed4b1b608cd09abcff190

Muitas de vocês já sabem que eu vivi toda a minha infância nos anos 90 e eu me lembro muito bem de uma calça preta de veludo que eu amava. O tecido foi esquecido, mas a década voltou com força total neste ano e o veludo pegou carona. Só que agora ele tem uma lavagem com efeito molhado, mais “molinho” e que se assemelha muito ao toque metalizado aqui de cima. Entre as cores que fizeram sucesso, estão vermelho, azul e verde. O que a gente mais desejou eram os conjuntos de terninhos e os macacões com esse acabamento.

Maxicolete

cd9c6bd551ee7ae97ddb305fe54e9616

O colete já se tornou indispensável no inverno. É só esfriar para vermos todo tipo de versões por aí, especialmente o de pele fake e o de matelassê. Mas, nesta temporada, o comprimento da peça cresceu e quem roubou a cena foi o maxicolete, com estilo de alfaiataria e barra na altura do joelho. Estranhamos no começo, mas aprendemos a usar por cima de vestido ou até mesmo para servir como destaque de looks do dia a dia. Ah, e ficou ótimo com tênis, não ficou?

Gola alta

654e941f3cb5a2e53a3867c6fbf067c7

Sempre achei chique gola alta, mas nunca soube como usar e ficar estilosa. Ainda bem que ela voltou a ter nossa atenção nos últimos meses, assim pude pesquisar melhor sobre as combinações ideais. Antes eu tinha até um pouco de vergonha de sair de gola alta (ela tinha caído em desuso e eu me achava meio vó quando usava), mas usei até cansar nesta temporada. Principalmente nos dias de frio rigoroso que fizeram aqui em São Paulo. Tomara que ela continue em alta porque eu amo!

Jaqueta jeans oversized

04aedfe183330c3e9448b8d16a78a65a

Lá nos anos 90, a gente usava tudo mais largo. Lembro das calças baggy, que faziam o maior sucesso e que entraram na minha vida na minha pré-adolescência. Daí o tempo foi passando e a gente usou tudo mais justinho, até que a moda fez a proposta de voltar com as peças oversized. E as lojas investiram em blusas soltinhas, calças largas e na jaqueta jeans comprida, uma das peças de maior sucesso da temporada. O look mais cobiçado dos últimos meses era combinar o jaquetão com vestido sequinho e tênis (reparou que ele está em todas, né?). Confesso que meu coração não suspirou pela jaqueta, mas quem sabe no próximo inverno?

Patches

8f2f606a2b68528d3863823f0b9bf212

Mais uma tendência inspirada nos anos 90. Os patches são como broches de tecido que a gente costura ou cola por cima das peças. A diferença é que eles são coloridos e engraçados, com frases e expressões que deixam o look mais divertido. Foi uma verdadeira febre, especialmente nas lojas de fast fashion, que investiram em calças, blusas, jaquetas, bolsas e sapatos com o acessório. Outras lojas vendiam cartelas separadas com patches para você mesma customizar. Eu comprei uma regatinha e fez tanto sucesso quando usava que me arrependi de não ter comprado mais. Gosto MUITO de dar esse toque engraçadinho nos meus looks!

 

E vocês, o que mais usaram neste inverno?

 

Um beijo e até o próximo post!

Fotos: Pinterest

6 itens que eram moda há dez anos

Olá, pessoal! Ando numa fase saudosista que tá difícil de aguentar. Dizem que a gente fica assim com a chegada dos 30 e eu fico preocupada porque ainda tenho dois anos para chegar lá. Se estou assim agora, imaginem quando estiver próxima de completar três décadas de vida rs…

Enfim, tudo isso para dizer que parece incrível pensar na nossa vida há dez anos. Tenho memórias maravilhosas de 2006, o ano em que eu entrei na faculdade, cheguei à maioridade e fiz amigas que levo comigo até hoje. Mas sabem o que é mais chocante? A moda daquele ano. Muita coisa mudou no nosso visual de lá para cá. Querem exemplos? Anotem aí:

Bota por cima da calça

bota-feminina-country-08

Hoje em dia, parece normal usar bota de cano alto por cima de calça skinny, certo? Bom, até 2006, esse visual era exclusivo dos rodeios. Aí a moda mostrou que, sim, dá para ser chique e ainda esquentar as pernocas durante o inverno com esse truque. O problema é que as botas da vez eram aquelas com plataformas altíssimas, no maior estilo pata de vaca. As botas não duraram muito (até me envergonho de ter usado aquele troço feio), mas a pegada de usar por cima da calça deu muito certo. Eu amo!

 

Calça com cintura baixa

1ef93c876e21c6680f5880783f34cd90

Elas viraram febre no início dos 2000 e tinham que acompanhar miniblusas (as mães do cropped) para deixar o umbigo de fora. Elas estavam começando a subir um pouquinho em 2006, mas ainda eram baixas para os nossos padrões atuais. O que a gente ganhou com isso? Barriga. Pois é, já foi comprovado que essas calças ajudam a aumentar a barriga. E, desde então, a gente voltou para a cintura alta em questão de segundos. E nunca mais – bom, só em algumas raras situações – mostramos o umbigo.

 

Influência do hip hop

high-school-musical-2-stills-37

Sabem o que bombava entre os adolescentes de 2006? A série High School Musical, da Disney. Se você não faz ideia do que eu estou falando, joga no Google para dar uma olhadinha no visual dos atores. As calças eram largas, sempre acompanhadas de um moletonzinho, com camisetas básicas ou de times de basquete. Sem falar nos tênis esportivos e nos bonés. Manja o bom e velho estilo hip hop? Era uniforme obrigatório de quem queria fazer bonito naquela época.

Início dos cabelos platinados

52af7dace98e820fb67373abe00e6e8b

Até 2006, loiras tinham os fios mais puxados para o amarelo e cabelo branco era coisa de vó. Aí apareceu a Carolina Dieckmann na novela Cobras e Lagartos com os fios completamente platinados e pronto, todo mundo foi na dela. No começo era um pouco chocante e a gente não via a coisa com bons olhos, mas fomos aceitando e hoje cabelo amarelo é sinal de descuido. Gostamos mesmo é de deixar ele mais para o cinza e aprendemos a amar os matizadores. Eu já tinha meus reflexos nessa época, mas não fazia a menor ideia de como platinar.

 

A era emo

104a48eb33760afd8a4841fe64ebcbc9

Olha aí o símbolo máximo de 2006: as bandas emo. As músicas dramáticas das bandas daquele momento faziam tanto sucesso que inspiraram toda uma cultura. Os cabelos eram coloridos, a maquiagem hipercarregada no lápis de olho, as roupas também eram coloridas com direito a frases ou rasgos. Eu ouvia praticamente todas essas bandas e curtia pra caramba, mas vamos confessar que era uma coisa estranha, né? Um gótico meio misturado com a pegada clubber dos anos 2000. Enfim, ainda bem que superamos essa fase.

 

Os vestidos floridos esvoaçantes

291489-6513-cp

Essa pegou mais o pessoal adulto. A novela das nove da época tinha a Vitória, interpretada pela Claudia Abreu, e fã de vestidões compridos e floridos. Virou febre e todas as lojas que apostavam na peça vendiam absurdos. Chegou ao ponto de um professor falar da personagem durante uma aula. Eu também me lembro de usar um modelo que eu amava no dia do meu aniversário de 18 anos. E eles ainda ressurgem a cada tanto, ainda mais agora que respiramos o estilo boho (falei mais sobre os vestidos da Vitória neste post).

 

E você, o que mais se lembra de ser moda em 2006?

Um beijo e até o próximo post!

Fotos: Pinterest

7 peças que você usou muito neste verão

É hora de se despedir mais uma vez do verão. Ele termina oficialmente no próximo dia 20, mas vai deixar muita saudade, especialmente no quesito moda. Mais democrática do que nunca, esta temporada pegou carona nos estilos boho, folk e gypsy e misturou com um temperinho dos anos 90. Foram meses coloridos e alegres, eu adorei!

Enquanto o outono não começa, é tempo de olhar para trás e relembrar as peças que fizeram sucesso. Selecionei alguns exemplos que tenho certeza de que já fazem parte do seu closet ou entraram na sua wishlist. Ficou curiosa? Então vamos lá:

 

O biquíni de tule

biquini

Ele começou tímido. No fim de 2015, a gente até via o famoso modelo de tule em algumas famosas, mas ninguém levava muita fé. Até que o verão chegou, todo mundo foi à praia ou à piscina e não se falava sobre outra coisa. O frisson foi tanto que a peça – feita originalmente pela estilista Adriana Degreas – ganhou cópias mais baratinhas. Eu achava ok, mas agora estou louca por um. Prometi comprar se a moda continuar no próximo verão!

 

O top ombro a ombro

e7e184da5adb95ed8b909c5c589efe0e

Só deu ele: o top estilo ciganinha, que deixa os ombros de fora, foi hit absoluto deste verão. Ele não invadiu só as praias, como também passou a fazer parte dos looks urbanos de muita gente. Febre nos anos 90, ele ganhou versão cropped e modelos de mangas longas, embora o franzidinho seja o nosso queridinho. As fashionistas de plantão correram para garantir uma (ou mais) peças do tipo. Eu adoro e espero que continue fazendo sucesso por muito tempo!

 

O óculos espelhado redondo

bc3b9e7fee7ecc06e7d1b98dc69ef0ff

Os espelhados já vinham fazendo sucesso desde 2014, mas, neste ano, os modelos redondos foram os eleitos. Um dos ícones da década de 70 – bastante revisitada no último inverno –, ganhou versão moderninha com as lentes coloridas e foi sucesso em todo o Brasil, especialmente o rosa. Acho superbonito e estou morrendo de vontade de comprar um (sou viciada em óculos, sorry!), mas o problema é que o modelo não fica bom em rostos redondos. Quem sabe acho um que fique bacana…

 

O biquíni de crochê

6245075c84d3a41fd5f5093ea9d06200

Ele começou a temporada mais badalado do que o tule (até falei dele nesse post). Colorido e diferentão, prometia ser um dos grandes sucessos deste verão. O problema é que ele não é muito elástico e só fica bem em quem tem muito estilo e está com o corpo super em dia. Talvez seja por isso que muita gente preferiu o biquíni de tule. Mas o crochê não invadiu só a moda praia. Perdemos a conta de quantos tops do material foram vistos nos últimos meses, não é mesmo?

 

A saia de botão

0df6d3c97c1bcc3489ccc0e094d118e5

Outra peça que fazia sucesso nos anos 70, a saia de botão era mais vista com o comprimento longo. Ela até voltou a aparecer agora, mas o modelo que quase nos levou à loucura foi o mini, com shape sequinho. Muita gente apostou na versão tradicional jeans, mas também vi algumas puxadas para o marrom ou verde-musgo. Acho lindo e superfeminino.

 

O strappy bra

9d2ed0ec93c24deb95f2ab494aab25aa

Ah, o strappy bra… A gente torceu a cara quando ele apareceu, mas hoje morremos de amor. Chegamos ao ponto de comprar as blusas pensando se ficam boas com os nossos sutiãs. Foi um caso de amor total! Para quem não sabe, o strappy é o sutiã com várias tiras feitas justamente para aparecer. Aliás, quanto mais tiras, melhor. Arrisco dizer que ele ainda vai fazer sucesso por um tempinho. Vamos aguardar!

 

O top jeans

4ce314eaf478b30b8c401c6239c0c2bc

 

Até pouco tempo, não tinha nada mais brega do que combinar calça jeans com camisa feita do mesmo material. Aí está o bacana da moda, porque o cafona pode virar cool do dia para a noite. O jeans foi tendência absoluta desde a primavera e apareceu até em bolsas e sapatos. Mas o que a gente mais viu foi o top feito com jeans clarinho, com ou sem alças. Fresquinho e soltinho, é a cara do verão. E a gente promete que vai continuar usando…

 

Gostaram das dicas?

Um beijo e até o próximo post!

Fotos: Pinterest

5 Biquínis do verão 2016

Basta a temperatura subir e o céu se abrir para ficarmos com vontade de praia e piscina. Nada mais natural, afinal, não existem lugares melhores para se refrescar do calor. Para as fashionistas de plantão, esta época do ano é ainda mais gostosa porque traz uma grande variedade de tendências de biquínis e outros itens da moda praia. E esta temporada está tão linda e democrática que a minha vontade é comprar todos os modelos (provavelmente a sua também). Veja só por que:

 

Neoprene

1biquinineoprene2

Essa moda começou lá no verão do ano passado, muito por conta da marca australiana Triangl, que criou peças feitas com neoprene. Como é bem característica – e um pouquinho ousada – eu duvidava que a febre fosse continuar. Tanto que segurei a vontade e não comprei. Mas acabei me surpreendendo porque ele voltou com tudo neste ano e a boa notícia é que muitas lojas brasileiras criaram versões econômicas. Era tudo o que eu precisava para investir e garantir um para mim. Comprei o meu no site da C&A e, adivinhem só, veste SUPERBEM. Vai ser sucesso!

 

Coração

vx_5-423x520

Ele também bombou no ano passado e recebeu esse nome por causa da calcinha franzidinha, que promete o efeito de levantar o bumbum. Essa característica, aliás, faz com que eu tenha que passar longe da peça (tenho quadril grande, então não rola). Mesmo assim, preciso dizer que quase enlouqueço quando vejo as opções comercializadas por aí. São delicadas, românticas, superfemininas, enfim… Para morrermos de amor mesmo!

 

Crochê e tricô

biangel

No ano passado, o crochê invadiu a moda praia e passou a ser visto no corpo de muitas mulheres. Mas, até então, os modelos eram monocromáticos (na maioria das vezes eram brancos). Agora eles aparecem coloridos e com uma pegada étnica que tem tudo a ver com o estilo folk que bombou no último inverno. Quer deixar a peça ainda mais cool? Experimente combinar com uma saída do tipo camisão e combinar com pulseiras variadas. Ah, esse biquíni também é o ideal para aquela pool party do fim de semana.

 

Lacinho

_MG_8475

O bom e velho modelo com tirinhas laterais. É o preferido de dez entre dez brasileiras por valorizar nosso shape, mas carrega um problema cruel: como a tira é bem fininha, é normal que as gordurinhas da região fiquem marcadas. Eu me sinto desconfortável com esse detalhe (até porque meu quadril grande é cheeeio de gordurinhas), mas tem gente que não liga. Por isso, o segredo é se sentir bem, independentemente de peso. Combinado?

 

Tops diferentes

450xN538155426-18-2143 TP_z_1

Houve um tempo em que a gente queria mostrar o máximo possível de pele (alô, fio dental). De uns tempos para cá, no entanto, passamos a ficar mais contidas. Quer um exemplo? Anote aí: os tops agora estão maiores e estilosos. Vale opções mais soltinhas (como se fossem top croppeds), com alças assimétricas, recortes e por aí vai. Acho lindo e superválido para eventos noturnos. Durante o dia é bom tomar cuidado porque ninguém merece ficar com uma marca gigante de sol, não é mesmo?

Agora é só preparar o cartão e arrasar nas compras!

 

5 tendências do verão 2016

Estamos no final de outubro e agora é pra valer: o verão está quase chegando. A estação mais quente do ano começa oficialmente no fim de dezembro, mas as vitrines já estão bombando com as tendências que farão o maior sucesso nos próximos meses. Essa é a época ideal para pesquisar e encontrar aquilo que realmente combina com o seu estilo. Por falar nisso, a temporada é perfeita para as românticas de plantão. Pois é, as peças são delicadas e suaves e combinam super com o frescor do calor. Vamos conferir as novidades?

 

Gypsy

full-flower-crown

Nas últimas estações, vimos o Boho dominar as passarelas (e o seu closet). Neste inverno, o estilo continuou em alta, mas dividiu as atenções com o Folk. A junção desses dois elementos culminou no Gypsy, tendência absoluta deste verão. O nome é uma referência ao lifestyle dos ciganos e das peças-ícones desse grupo. Entenda como: blusas com os ombros a mostra, colares com argolas e penduricalhos, saias longas estampadas, lenços com amarrações na cabeça e make bronze. O mais bacana? Dá para fazer adaptações em qualquer situação, inclusive no trabalho (oba!).

 

Floral

d7ff9493ca273adc2638edbd9a26d702

Entra ano, sai ano e o floral continua como tendência absoluta do verão. Não é para menos, afinal, as flores combinam super com o calor. O legal é aqui vale usar a estampa em qualquer peça, desde vestidos até blusinhas. Para entrar no clima romântico desta edição, a dica é escolher opções mais discretas e suaves. Ou seja, nada muito colorido e em excesso. Quer arrasar ainda mais? Combine a estampa floral com as cores desta temporada, como amarelo e rosa.

 

Vestidos com recortes

2012-06-27_11-47-04

Também não são nenhuma novidade, eu sei, mas agora a gente vai cansar de vê-los por aí. Além dos modelos cut out – aqueles com aberturas nas laterais –, existem opções com top cropped (que passam a sensação de estar usando duas peças), outros com decotes nas costas e por aí vai. Eles também estão mais justos, então um conselho precioso é escolher um look que te deixe confortável.

 

Tons pastel

a-docura-das-candy-colors-10

Outro dia comentei sobre o rosa quartzo (também chamado de rose quartz), escolhida como a cor de 2016. O tom bem clarinho de rosa reascendeu uma tendência que já tinha causado burburinho antes: candy color. Sim, amigas, as tonalidades pastel voltaram com tudo. Sou suspeita porque sempre gostei dessas cores, mas adorei que agora ficou mais versátil: dá para misturar dois ou mais padrões ou montar um look monocromático e brincar com o contraste de uma mesma cor. Resumindo: uma calça azul-marinho, por exemplo, fica ótima com uma blusa azul-bebê. Super aprovo, gente!

 

Total jeans

blog-da-kju

Se você é frequentadora assídua de shoppings e lojas de departamento, já deve ter percebido que o jeans está presente em quase todas as peças do vestuário feminino. Antes visto como algo inconcebível no mundo da moda, sair por aí com tops e saias jeans é cool e a cara deste verão. Para ficar ainda mais legal, combine padronagens diferentes de jeans (uma peça mais clarinha combinada com outra mais escura fica show). Para quem não quer ousar tanto, a dica é arrematar os vestidinhos jeans – já vi tantos modelos lindos que a vontade é de comprar todos!

 

Para não se arrepender depois, pesquise bastante, tente não agir por impulso (ok, eu sei que é difícil) e pensar no que você já tem em casa antes de fazer estragos com o cartão. De qualquer forma, o verão está mais democrático do que nunca e cheio de opções para todos os gostos. Aproveite! 🙂

Fotos: Glam Radar, Garotas Estúpidas, Tia Alese Wong, Caveira Vaidosa e Blog da KJU