Posts em destaque

5 tendências de óculos de sol do verão 2016

Quando falamos em verão, é impossível não pensar em praias, piscinas e, claro, muito sol. Para aproveitar o clima de calor, existe um item indispensável na sua vida: o óculos de sol. Sim, amigas, parece um mero detalhe fashion, mas esse acessório protege a região dos olhos – que é superdelicada – e mantém sua visão intacta. Além disso, nos deixa mais elegantes, não é mesmo?

Eu sou completamente viciada em óculos de sol e já perdi a conta de quantos tenho em casa. Sempre que chega o fim do ano, eu pesquiso as tendências do acessório, encontro o modelo que mais combina com o meu rosto (cuidado FUNDAMENTAL, ok?) e parto para as compras. Os próximos meses não trazem muitas novidades, mas apresenta algumas opções bem bacanas. Vamos a elas?

 

Redondo

8370

Se você é ligada em moda, sabe que os anos 70 invadiram o último inverno e provavelmente ficou louca atrás de um óculos redondo em tons terrosos (febre da década mais disco de todas). Pois bem, o acessório continuará em alta neste verão, só que terá versões mais coloridas e alegres para combinar com o clima alegre da estação. Dica: quanto maior, melhor!

 

Quadrado

2015-New-arrival-Fashion-Women-s-Sunglasses-Personality-Paragraph-Square-Frame-Sun-Glasses-Female-UV-Summer

Acha seu rosto muito redondo para usar o modelo acima? Experimente o quadrado, que é chique por natureza, e que fica perfeito em mulheres mais clássicas. Sou suspeita para falar porque sou completamente viciada no meu. Também teremos algumas versões mais coloridas, assim como a boa e velha armação do tipo tartaruga.

 

Gatinho

822993105601958213_3ff6d6b876c3

 

Representantes dos estilos ladylike e pin-up piram só de ouvir falar em óculos gatinho. Hit das décadas de 50 e 60, voltou com tudo neste verão. Basta pesquisar para encontrar versões superdivertidas, com armações em cores e texturas diferentes e lentes espelhadas. Sabe aquela pool party do fim de semana? Invista no modelo que o sucesso será garantido, principalmente se você tiver o rosto fininho como o da Taylor Swift – que, aliás, é fã assumida do gatinho!

 

Espelhado

unnamed

Foi a grande sensação do verão passado e eu jurava que iria cair em desuso rapidinho. Adivinhem só, me enganei completamente. Os óculos espelhados vão continuar bombando (e muito) nos meses que vêm por aí. Para falar a verdade, eles são a cara da estação e ficam bem em todo mundo. As lentes são encontradas nas mais variadas cores, como azul, verde, amarelo, laranja. Pelo visto vou usar bastante a minha versão rosa (oba!).

 

Aviador

-font-b-Crazy-b-font-feng-free-shipping-Brand-Classic-new-model-men-women-fashion

Não gosta muito de seguir tendências de moda e deseja investir em um único modelo? Vá de aviador. Batizado em homenagem aos óculos usados pelos pilotos da Primeira Guerra Mundial, o modelo foi criado na década de 1930 e segue firme e forte até hoje, o que comprova sua popularidade. Gosto muito das versões mais puxadas para o marrom, mas o clássico preto também sobreviverá por muitos e muitos anos. Agora, se quiser algo mais divertido, pode comprar os coloridos e arrasar no verão!

 

Como falei no começo do post, não temos muitas novidades, mas dá para aproveitar o calor com muito estilo. Pode comprar um de cada?

 

Fotos: ZeroUV, Aliexpress e Fancy

Os looks do American Music Awards 2015

Sabe quando eu sei que o ano está, de fato, acabando? Quando vejo o American Music Awards (AMAs)! Como o próprio nome indica, a premiação é conhecida por reunir os grandes nomes da música e os famosos que fizeram bonito ao longo do ano. A edição de 2015 rolou ontem (22) e deu o que falar: apresentações diversas (inclua aqui: Selena Gomez, Ariana Grande, Nick Jonas, Justin Bieber, Demi Lovato, Gwen Stefani, Alanis Morissette, One Direction e por aqui vai) com milhões de efeitos e caras e bocas. Ah, tivemos também J.Lo como apresentadora fazendo a gente morrer de inveja do corpaço que ela mantém aos 46 anos de idade (acho injusto a gente se matar no abdominal e ter que lidar com tanta beleza depois, não é mesmo?).

Por falar nisso, o que a gente mais gosta de ver nessas ocasiões é o tapete vermelho. Assisti do começo ao fim e posso garantir que foi uma noite complicada. Muitas apostaram em modelos ultradecotados, deixaram as pernocas de fora e escolheram cores mais neutras – o preto bombou -, mas a principal tendência foi o coque bem no alto da cabeça, no maior estilo cocoruto. Será que essa moda pega? Enquanto pensamos, vamos aos looks:

 

Selena Gomez

Selena

Selenita foi uma das primeiras a cruzar o red carpet e arrancou suspiros do mundo inteiro, além de ter sido considerada uma das mais bonitas da noite. Adoro essa tendência de vestidos metalizados e acho que a cor ficou linda nela, mas tem algo que incomoda MUITO nessa produção: esse cabelão de Maria Madalena. Todas nós sabemos que os cabelos longos não são mais vistos com bons olhos e falta uma tesoura pra dar um movimento nos fios, concordam? Fora que teria ficado bem melhor se ela prendesse e mostrasse as costas com esse decotão todo…

 

Gigi Hadid

Gigi

A modelo tem motivos de sobra para comemorar 2015, afinal, nunca esteve tão em alta. E temos que concordar: ela é linda, tem um corpão, a vida toda pela frente (apenas 20 anos de idade, gente!) e ousadia de sobra para pisar no tapete vermelho com esse modelo feito para poucas. Vamos lá: cropped, recortes em cima, decote profundo, saia justíssima e uma fenda generosa. Ficaria vulgar em qualquer pessoa, mas ela segurou e foi considerada uma das mais bonitas. Eu não curti muito, mas AMEI essa make trabalhada no nude (ponto certo para valorizar a roupa). E tem mais: ela NÃO cortou o cabelo, disse que foi apenas um truque. Passa esse truque pra gente, Gigi!

 

Gwen Stefani

Gwen

AMO a Gwen! Acho que ela tem um pacto secreto para se manter jovem e linda por tanto tempo. A mulher tem 46 anos de idade – sim, você leu certo: QUARENTA E SEIS – e está muito mais bonita do que a época de vocalista do No Doubt. Por isso, a gente releva esse modelito que está mais para mulher-aranha/viúva alegre and sexy. Sabemos que não ficou bom, mas não consideramos a pior da noite porque é a Gwen e ela pode usar o que quiser. Afinal, olha o sorrisão (mais uma que apostou no batom nude, perceberam?) e o cabelo 60s. Quero ser como ela quando crescer!

 

Demi Lovato

Demi

Ok, momento confissão: não gosto da Demi. Passam-se os anos e eu continuo achando que ela canta com voz de dor de pedra no rim (desculpem-me, fãs!). Seja como for, pisquei várias vezes até ter certeza de que era ele nesse vestido. Isso porque ela anda investindo em looks mais sensuais e decotados para mostrar que está em forma, então pra que esse modelo extremamente formal e ainda mais nessa estampa bem duvidosa? O pior de tudo, para mim, é o cabelo estilo diva dos anos 30 que não combinou com o vestido e com a make pesada. Parafraseando nosso amado Hugo Gloss: não ficou cool for the summer. Sorry, Demi!

 

Ciara

Ciara

Ela é linda? É! Tem músicas que fazem a gente se acabar de dançar? Tem! Está com o corpo devidamente em dia? Ô, se tá! Particularmente, não gostei muito do vestido porque pareceu que ela queria apelar e ela não tem porque fazer isso (basta analisar os argumentos que falamos antes). Mas juro que ela está tão linda que eu vou passar. Cadê celulite, braço gordinho, gordurinhas a mais e aquela pancinha que a gente não perde por nada? Ela parece até uma boneca de tão surreal. Fora que a make puxada para o bronze está sucesso! Só não curti o rabo, parece ter sido feito aos 45 do segundo tempo. Um coque funcionaria melhor!

 

Nina Dobrev

Nina

Incluí a Nina neste post só para lembrar de que a gente pode fazer mil tratamentos capilares, mas nunca termos fios tão poderosos como estes acima. Mas me incomoda um pouco essa estampa, acho que deu uma envelhecida. Fora que a capa combinada deixou o look ainda mais pesado e ficou desnecessária. Também teria prendido o cabelo para valorizar o decote tomara que caia. Ah, mais um exemplo de make (bem) natural, mas aqui acho que ficou básica demais. Faltou um acabamento! Mas é a Nina e ela já me prendeu em frente à TV por muitas horas e episódios de The Vampire Diaries, então está ok.

 

Rebel Wilson

Rebel

Antes que alguém diga (ou escreva alguma coisa), falo logo que eu estou adorando esse movimento contra a ditadura da beleza e que as gordinhas devem sair por aí sem medo de serem julgadas, ok? Tanto que o problema maior aqui não é nem o vestido, mas o excesso de informações. Tecidos brilhantes já chamam atenção e o torcidinho na altura da cintura aumentou a barriga. O cabelo volumoso com pegada anos 60 também pesou, assim como a maquiagem, trabalhada com tanto contorno que deixou o rosto dela achatado. Seja como for, a Rebel estava toda feliz porque ganhou o prêmio de melhor trilha sonora com o filme Pitch Perfect 2 – aliás, AMO a personagem dela no filme!

 

Kendall Jenner

Kendall

Você pode gostar ou não do clã Kardashian/Jenner, mas tem que concordar quando o assunto é a beleza da Kendall. Ela é tão bonita que segurou com classe a tendência do coque-cocoruto e ficou MARAVILHOSA de franja! Aliás, amei o conjunto do penteado com a make-nada e o brinco com pegada egípcia. Mas o vestido é um pouco estranho né? Principalmente na parte das costas. Mas a pessoa é modelo, magra, com pernas longas e ar fino, então passa.

 

Kylie Jenner

Kylie

Já ouvi falar que a Kylie é a nova Kim. Se o assunto for cafonice nos looks, podemos dizer que ela está seguindo os passos da irmã mais velha. Ficou feio, né? Não tinha necessidade nenhuma de ser tão vulgar. Couro, recortes, fendas… É muita coisa em um look só! Mas gostei do rabo de cavalo e da maquiagem. E vou dar um desconto porque a menina tem só 18 anos e, segundo as revistas norte-americanas de fofoca, está passando por um momento complicado. Outro dia vi um vídeo em que a criticam e realmente pegam pesado!

 

Chloë Moretz

Chloe

Tenho muito carinho pela Chloë porque ela viveu a Mia em Se Eu Ficar, mas ela precisa URGENTEMENTE de um stylist. Pra ontem! Ela já vinha derrapando no tapete vermelho, mas resolveu ir à festa em cima da hora e investiu naquele look que a gente usava quando éramos adolescentes e íamos para a balada querendo impressionar, lembram? Quem pisa em um tapete vermelho usando TIC TACS no cabelo? Sério, quis chorar quando vi. Vou dar mais um crédito porque é a Chloë e ela só tem 18 anos, mas o sinal de alerta foi aceso.

 

Ellie Goulding

Ellie

Gosto muito da Ellie, mas ela também anda precisando de um stylist. Não dá para defender esse look pedrita moderna combinado com o penteado wet hair. Nem vou falar muito porque eu gosto de verdade das músicas dela. Mas sério: me ajuda a te ajudar, miga!

 

Tove Lo

Tove Lo

Sei que muita gente pode torcer a cara, mas a Tove Lo faz a linha estranhona da Lorde, então achei que o look combinou com ela. Fora que deu uma super ilusão ótica, então tá valendo. Curti o cabelo jogado para trás, para destacar mais o modelo, e a make dark. Foi uma escolha ousada, mas assertiva.

 

Fifth Harmony

Fifth

Vou ser rápida: nunca vi tanto vestido feio reunido em uma única foto. Salvo o primeiro, que tem a transparência, mas acho que merecia um pouco mais de classe. Será que elas não têm uma amiga para dar conselhos sinceros? Sério, estão precisando.

 

Jennifer Lopez

JLO

J. Lo usou VÁRIOS modelitos, mas trago aqui o mais polêmico. Teve gente até dizendo que parecia uma melancia. Mas querem minha opinião? Eu AMEI! Usaria aqui e agora, claro que com um pouquinho menos de volume na saia. Curti a cor, o brilho, a tendência do degradê (tá em alta, gente!), o sapato claro que alonga a perna e o comprimento mídi. O problema mesmo é o coque-cocoruto. Faço esse penteado direto quando vou tomar banho e não quero molhar o cabelo, então não consigo ver como algo glamouroso.

 

Meghan Trainor

Meghan

Meghan é a prova de que menos é mais: o vestido básico preto ficou bonito e clássico. O cabelo ondulado jogado para frente deu um toque mais jovem (lembro que ela só tem 21 anos), mas o olho marcado + batom vermelhão pesou. Seria melhor se fosse com uma opção mais puxada para o rosa. Verdade seja dita, a cantora foi a grande vencedora da noite. Não, ela não levou prêmios, mas deu um beijaço no Charlie Puth. Juro, fiquei sem ar e com uma pontada de vontade de beijar alguém assim também:

E essa mãozinha boba?

E essa mãozinha boba?

 

Ariana Grande

Ari

Ari finalmente deu adeus ao aplique cafona de debutante, fez uma apresentação bacana, está com uma música boa, mas falta um salzinho, né? Para mim, ela ainda se comporta como uma garotinha de 15 anos. Olha a pose na hora de tirar foto e o bendito do coque no alto da cabeça. Fora que eu acho o vestido feio, pronto falei. Mas ela desbancou Taylor Swift e ganhou como artista feminina do ano. Tá bom para vocês?

 

A pior da noite: Zendaya

Zendaya

Conheço essa moça de nome, não faço ideia do que ela canta, mas tenho certeza absoluta de que ela saiu de casa querendo se tornar um flamingo. Que coisa mais feia! Uma rendinha bem mequetrefe, daquelas que a gente paga baratinho no centro, sabem? Ficou tão brega e tão cafona. E o sapatinho combinando? Seria uma versão pomposa da Penélope Charmosa? Uma roupagem moderna da Pantera Cor-de-Rosa? Um algodão doce de salto alto? Juro, amiga, volta para casa e tenta de novo porque não rolou MESMO.

 

A melhor da noite: Carrie Underwood

Carrie

 

Fiquei muito na dúvida entre a Meghan Trainor e a Carrie Underwood para ocupar o posto de melhor da noite, mas optei pela Carrie porque ela já está no meu radar do tapete vermelho há muitos e muitos anos. Acho que a musa country é uma das mulheres mais bonitas do mundo (acho mesmo) e normalmente ela arrasa. Não gostei 100% do look (tem brilho demais), mas ela segurou com muita classe. E eu AMEI o cabelo solto bem escovado e a make com olhos marcados. Ficou diva na medida certa!

 

E você, assistiu ao AMAs? O que achou dos looks?

 

Fotos: Just Jared e Pure People

5 Biquínis do verão 2016

Basta a temperatura subir e o céu se abrir para ficarmos com vontade de praia e piscina. Nada mais natural, afinal, não existem lugares melhores para se refrescar do calor. Para as fashionistas de plantão, esta época do ano é ainda mais gostosa porque traz uma grande variedade de tendências de biquínis e outros itens da moda praia. E esta temporada está tão linda e democrática que a minha vontade é comprar todos os modelos (provavelmente a sua também). Veja só por que:

 

Neoprene

1biquinineoprene2

Essa moda começou lá no verão do ano passado, muito por conta da marca australiana Triangl, que criou peças feitas com neoprene. Como é bem característica – e um pouquinho ousada – eu duvidava que a febre fosse continuar. Tanto que segurei a vontade e não comprei. Mas acabei me surpreendendo porque ele voltou com tudo neste ano e a boa notícia é que muitas lojas brasileiras criaram versões econômicas. Era tudo o que eu precisava para investir e garantir um para mim. Comprei o meu no site da C&A e, adivinhem só, veste SUPERBEM. Vai ser sucesso!

 

Coração

vx_5-423x520

Ele também bombou no ano passado e recebeu esse nome por causa da calcinha franzidinha, que promete o efeito de levantar o bumbum. Essa característica, aliás, faz com que eu tenha que passar longe da peça (tenho quadril grande, então não rola). Mesmo assim, preciso dizer que quase enlouqueço quando vejo as opções comercializadas por aí. São delicadas, românticas, superfemininas, enfim… Para morrermos de amor mesmo!

 

Crochê e tricô

biangel

No ano passado, o crochê invadiu a moda praia e passou a ser visto no corpo de muitas mulheres. Mas, até então, os modelos eram monocromáticos (na maioria das vezes eram brancos). Agora eles aparecem coloridos e com uma pegada étnica que tem tudo a ver com o estilo folk que bombou no último inverno. Quer deixar a peça ainda mais cool? Experimente combinar com uma saída do tipo camisão e combinar com pulseiras variadas. Ah, esse biquíni também é o ideal para aquela pool party do fim de semana.

 

Lacinho

_MG_8475

O bom e velho modelo com tirinhas laterais. É o preferido de dez entre dez brasileiras por valorizar nosso shape, mas carrega um problema cruel: como a tira é bem fininha, é normal que as gordurinhas da região fiquem marcadas. Eu me sinto desconfortável com esse detalhe (até porque meu quadril grande é cheeeio de gordurinhas), mas tem gente que não liga. Por isso, o segredo é se sentir bem, independentemente de peso. Combinado?

 

Tops diferentes

450xN538155426-18-2143 TP_z_1

Houve um tempo em que a gente queria mostrar o máximo possível de pele (alô, fio dental). De uns tempos para cá, no entanto, passamos a ficar mais contidas. Quer um exemplo? Anote aí: os tops agora estão maiores e estilosos. Vale opções mais soltinhas (como se fossem top croppeds), com alças assimétricas, recortes e por aí vai. Acho lindo e superválido para eventos noturnos. Durante o dia é bom tomar cuidado porque ninguém merece ficar com uma marca gigante de sol, não é mesmo?

Agora é só preparar o cartão e arrasar nas compras!

 

9 tendências das novelas que fizeram muito sucesso na vida real

Sabemos que o público que assiste novelas está bem menor e que o Netflix realmente mudou nossa vida, mas não podemos negar que as histórias da televisão influenciam a moda. A cada tanto, surge algum acessório usado por uma personagem que causa um boom daqueles. Quer ver um exemplo? As meias de lurex da novela Dancin’ Days, exibida lá no finalzinho dos anos 70. Você provavelmente não assistiu, mas sabe que era normal sair por aí com as tais meias – e ainda por cima combinadas com sandálias de salto.

O mais legal de tudo? Não tem como prever quando e o que vai fazer sucesso. As apostas podem dar errado e aquilo que ninguém esperava torna-se a febre da vez. Separei algumas opções para relembrarmos. Aliás, fui vítima da maioria desses modismos (acontece, né?). Vem ver:

 

O anel/pulseira da Jade – O Clone (2001)

0111

Eu me lembro perfeitamente do dia da estreia dessa novela. Tinha 13 anos e naquela época, a internet já existia, mas não era do jeito que é hoje. Portanto, era normal sentar à frente da TV. Não sei bem quando começou, mas, de repente todo mundo queria o bendito do anel/pulseira da Jade. Qualquer loja de acessórios – inclusive as joalherias ricas – investiam na peça e a galera comprava em massa. Tive milhares porque sempre fui desastrada e quebrava o negócio em dois dias. Taí o começo da sensação que a atriz causa quando lança uma tendência.

 

Os vestidos soltinhos da Vitória – Belíssima (2005)

claudia-abreu-vestido-vitoria-02

Essa novela não fez tanto sucesso quanto O Clone, mas também me deixou sentadinha no sofá por horas. Parte do meu vício era explicado com o figurino da Claudia Abreu, marcado por vestidos longos, floridos e esvoaçantes. O auê veio alguns meses depois, quando o ano já tinha virado e eu estava no meu primeiro ano da faculdade. Lembro de passar o dia do meu aniversário de 18 anos com um vestido roxinho bem no estilo dos que a atriz usava. Eram lindos de verdade!

 

O esmalte azul da Clara – Em Família (2014)

o-esmalte-azul-de-giovanna-antonelli-na-novela

Essa novela foi exibida no ano passado e foi alvo de críticas negativas (confesso: era ruim mesmo). O que nos leva a crer que o único motivo que nos deixou ligadas em alguns capítulos era o tal do esmalte azul da Clara, personagem da Giovanna Antonelli (olha ela aí de novo). Não era nem preciso assistir para comprovar o sucesso: todo mundo sabia que o azul bic era tendência nas unhas. O tubinho, da marca da própria atriz, chegou até a esgotar em algumas lojas. Precisa dizer mais? Clique aqui para relembrar o post sobre o tema.

 

A blusa ciganinha da Babalu – Quatro por Quatro (1994)

ciganinha13

Como mencionei lá em cima, era comum reunir a família ao redor da televisão há algumas décadas. Um dos principais sucessos da década de 90, Quatro por Quatro marcou a estreia da Leticia Spiller como a Babalu, que se tornou um clássico. Todas as peças usadas pela personagem faziam sucesso, mas a principal era a blusa ciganinha, que deixava os ombros de fora. Até eu, com meus míseros seis anos de idade, tinha a tal da blusa. E olha como o mundo dá voltas: o mesmo modelo é uma das principais tendências deste verão. Quanto à Letícia, o tempo fez muuuuito bem. Vocês também não acham que ela fica mais bonita a cada ano?

 

O colar e a bolsa da Carminha – Avenida Brasil (2012)

carminha-raphael-dias

Mais alguém aí morre de saudade da melhor novela dos últimos tempos? Como era bom torcer pela Carminha (a melhor personagem da Adriana Esteves) mesmo sabendo que ela era uma vilã daquelas. Meu sonho era ter todo o figurino dela para mim. Para quem não lembra, ela normalmente aparecia de camisas e calças brancas no maior estilo fino de ser. Dois clássicos desse guarda-roupa fizeram muito sucesso: a bolsa dourada metalizada da Michael Kors (lembra dela?) e o colar com a medalha de Nossa Senhora das Graças – tenho os dois até hoje!

 

As saias plissadas da Darlene – Celebridade (2003)

darlene-de-celebridade-1444075585798_300x300

Lembro de ter usado muitas sainhas plissadas – bem no estilo colegial mesmo – durante a minha adolescência, mas nunca parei para pensar na influência da Darlene, personagem da Deborah Secco que era fã da peça. Ela tinha um jeito bem menininha e combinava super. Talvez por isso que tenha feito mais sucesso com a minha faixa etária. Para terem uma ideia, comemorei minha festa de 16 anos com uma saia desse modelo – aliás, tenho outras em casa e uso bastante porque adoro peças desse tipo.

 

A correntinha de cintura da Suelen – Avenida Brasil (2012)

436102-Correntinha-na-cintura-da-Suelen-Avenida-Brasil-1

Olha o sucesso da novela aí. Amávamos as confusões entre a Nina e a Carminha, mas também gostávamos do jeito de periguete da Suelen. A Isis Valverde sempre teve um corpão, mas dava até uma invejinha com essa personagem. Tudo porque ela vivia com a barriga de fora e tinha uma correntinha em volta da cintura que caiu no gosto da maioria das pessoas (pelo menos dessa febre eu escapei, ufa!). Hoje ele saiu da condição de brega e ganhou uma versão mais ousada. Sim, amigas, estamos falando do bodychain, com correntes que dão volta no corpo todo.

 

O cinto da Helô – Salve Jorge (2013)

cinto-da-delegada-hel-novela-salve-jorge-dourado-feminino_MLB-O-3649886381_012013

Mais uma prova do poder da Giovanna Antonelli. Não gostava dessa novela, odiava a mocinha, tinha verdadeiro pavor daquela música Esse Cara Sou Eu, mas morria de amores pelo figurino da delegada Helô. Além das calças justas e das camisas com estampas animal print, o que mais me chamou a atenção era o cinto grosso dourado. Foi a sensação de nove entre dez mulheres e o mais bacana de tudo é que a peça continua em alta, sendo muito utilizada com tops croppeds. Gosto bastante!

 

O cabelo da Maria Clara – Império (2014)

andreia-horta-maria-clara

Ok, não tem nada a ver com moda, mas o corte da filha do Comendador foi um dos mais pedidos no ano passado. Arrisco dizer que você tem uma amiga que cortou o cabelo para ficar igual à Maria Clara. Estou certa? Ate dá para entender porque era um curtinho prático e superbonito. Sobrevivi a essa febre pelo simples motivo de que meu rosto não combina com cortes do tipo. Ufa!

Adidas lança coleção em parceria com a Salinas

Modelo Fogo 1127

Se tem algo em que as marcas podem apostar é em coleções feitas em parceria. A Adidas, marca esportiva top, é prova disso e já lançou uma série de peças com as estampas da Farm que fez muito sucesso por aqui. Agora, a grife se prepara para lançar uma nova fornada de modelos feitos com a Salinas, grife carioca de beachwear.

A Adidas a gente já conhece (e ama), mas não é todo mundo que conhece a Salinas. Comprei um biquíni lá um dia por acaso e, desde então, fiquei apaixonada por tudo. Sabe quando as peças esbanjam conforto e bom gosto? São dois itens essenciais para usar em praia e piscina, concordam?

Dito isso, dá para imaginar a minha loucura quando soube dessa parceria, que aterrissa nas lojas nesta quinta-feira (5). A inspiração para a coleção não poderia ser mais especial: o Rio de Janeiro, que continua lindo – alguém duvida?

adidas

Provando que dá para misturar suor e sal com muita elegância, as peças exploram o elemento fogo, com grafismos e cores quentes. Segundo os representantes das duas marcas, o objetivo é fazer com que as mulheres saiam de casa e se exercitem ao ar livre com roupas próprias para corrida, treinamento e musculação.

Se você ainda não está com vontade de comprar tudo, aqui vai um ótimo incentivo: as peças trazem tecnologias pra lá de inovadoras, como o ClimaLite – tecido leve que afasta o suor da pele – e proteção contra os raios UVA e UVB (resumindo: tudo de bom!).

São diversos modelos de tops, jaquetas, camisetas, leggings, shorts, maiôs e calçados. Difícil mesmo é escolher apenas um – ou alguns.

Fotos: Assessoria de imprensa Salinas