Posts em destaque

[Resenha] Rímel Roller Lash – Benefit

benefit_rollerlash_900x900

Já contei aqui antes que sou fã dos produtos da Benefit. Sou seguidora fiel de todos os perfis da marca nas redes sociais e fico enlouquecida quando algum produto é lançado. Foi assim com o rímel Roller Lash, que começou a ser vendido no Brasil no começo deste ano. Queria muito, mas preferi segurar a vontade, pois sabia que viajaria em breve e que poderia comprar por um preço bem mais acessível.

Realizei meu desejo e comprei meu rímel lá fora, mas só testei quando cheguei aqui. Aliás, foi um dos primeiros produtos que trouxe na mala a ser testado. Bastou uma pincelada para comprovar o que todo mundo me dizia: sim, o produto é realmente maravilhoso.

Vou começar falando sobre a embalagem. Quem conhece a Benefit sabe que a marca é campeã quando o assunto é fofura. Com o Roller Lash, a história não foi diferente. O tubo preto acompanha tampa rosa clarinha com textura que me lembrou uma casquinha de sorvete (sabe como é, sempre penso em comida). O contraste entre as cores deixa o produto ainda mais impactante.

IMG_4805[1]

Cílios bem destacados e fácil aplicação

Também vale a pena destacar a experiência da empresa em fabricar rímeis. Afinal, é dona do They’re Real, best-seller absoluto e um dos meus favoritos. Então, já dava para imaginar que a nova opção seria tão boa quanto a outra.

Dito isso, é hora de contar minhas impressões. Vi resultado logo de cara, na primeira aplicação. O líquido é bem consistente, tem boa fixação e levanta o olhar em questão de segundos. Outra coisa boa é que ele não é do tipo que escorre ou que borra. Ou seja, nada de gastar milhões de algodões e cotonetes para tentar limpar resíduos. Um pedacinho de papel já consegue cumprir esse papel sem prejudicar o resto da maquiagem.

O tamanho também me chamou atenção por ser grande e ter bastante quantidade de líquido. Como doses pequenas já são capazes de oferecer um bom resultado, o rendimento é enorme. Mesmo assim, é bem levinho, do tipo que a gente pode levar na bolsa sem medo.

Em resumo, posso dizer que entrou para a minha lista de produtos indispensáveis. Por aqui, é vendido a cerca de R$ 120. Como falei lá em cima, vale a pena encomendar ou esperar para comprar quando for viajar porque o mesmo tubinho sai por U$ 24 na Sephora americana – equivalente a R$ 72. Compensa, né?

Avaliação: ♥♥♥♥♥

[Resenha] Disney Villains – Vult

BEAUTY-FAIR-2014-VULT-VILLAINS2

Não é novidade para ninguém que eu sou louca por qualquer coisa relacionada à Disney. Então é fácil imaginar que eu praticamente tive um surto quando soube que a Vult lançou uma série de paletas de sombras inspiradas nas vilãs dos filmes clássicos das princesas. Enlouqueci ainda mais quando as vi de perto, afinal, eram a grande novidade do estande da marca na Beauty Fair do ano passado. Quis comprar na mesma hora, mas com a correria do evento, acabei deixando para depois.

Esse depois só foi concretizado quando uma amiga me deu de presente no amigo secreto que nós fizemos. Aliás, preciso dizer mais uma vez para ela (dessa vez por aqui) que foi um presente muito bem acertado porque eu queria MUITO essas benditas sombras. Para quem não sabe, as escolhidas para ganharem as sombras foram Cruella, dos 101 Dálmatas, Malévola, de A Bela Adormecida, e a Rainha Má, de A Branca de Neve e os Sete Anões.

As cores de sombra da paleta da Malévola são mais sombrias em tons de preto, roxo e marrom

As sombras da paleta da  Malévola são mais sombrias em tons de preto, roxo e marrom

Evil_queen_ab_ang

As sombras da Rainha Má aparecem em opções de preto, roxo e rosa

A Cruella tem sombras mais terrosas, além de um azul mais forte

A Cruella tem sombras mais terrosas, além de um azul mais forte

Fiquei na dúvida entre a da Malévola e a da Rainha Má que têm cores que eu uso com mais frequência. No fim, minha amiga acabou decidindo por mim e me deu a da Malévola, que sempre foi a minha vilã favorita. As cores são lindíssimas, dá vontade de usar tudo ao mesmo tempo, sabe? E o mais bacana é que dá para fazer combinações para usar tanto de dia como de noite.

Nunca tinha usado nada da Vult antes e, não sei muito bem o porquê, mas achava que as sombras não eram tão boas. Acabei surpreendida porque elas são ótimas e não devem em nada às marcas estrangeiras. Para que possam entender melhor, testei duas opções: uma com tons de roxo, mais para a noite, e outras com cores mais neutras para usar durante o dia.

image1 (4)

Comecei pelas roxas e gostei do resultado logo de cara. Precisei apenas de duas pinceladas para que elas assumissem o tom que eu gosto, que é um pouco mais forte. Isso é muito bom para quem está com pouco tempo para se arrumar e precisa de algo mais prático. Percebi que, por serem em pó, acabaram escorrendo um pouco e manchando a região embaixo dos olhos, mas nada que um demaquilante não resolva né, gente? E olha que boa notícia: elas saem bem rápido, ninguém precisa gastar mil algodões nem irritar a pele.

image2

Com a marrom, a história foi diferente. Como falei lá em cima, gosto de sombras bem fortes, daquelas que as pessoas olham para você e sabem que, sim, você está usando maquiagem. Achei elas muito clarinhas e precisei de três pinceladas para que elas aparecessem no meu rosto. Mas tem um lado bom: dá para usar sem medo no ambiente de trabalho. E, assim como as outras que eu testei, elas são retiradas de forma rápida com o demaquilante.

No geral, é uma paleta muito fofa e imperdível para fãs de Disney. Quem gosta de maquiagem e realmente investe para ter bons produtos pode até achar que essas sombras são mais ralinhas, mas é uma ótima ideia para quem está em busca de algo rápido, prático e fofo.

Vi que alguns lugares elas estão esgotadas, mas é possível encontrar em sites especializados por preço aproximado de R$ 35.

Avaliação: ♥♥♥♥

9 produtos básicos de maquiagem para levar em viagens

IMG_6481

Quem me conhece sabe que eu sou a doida da maquiagem, aquela que começa a se arrumar duas horas antes da festa só para ter mais tempo para o ritual de beleza. O problema maior é quando tenho alguma viagem e preciso levar apenas parte dos meus produtos. E, como toda geminiana, sou extremamente indecisa e passo horas pensando no que vai entrar na nécessarie. Por isso, preparei um kit básico com o meu próprio acervo para te acompanhar em qualquer viagem.

A maioria dos produtos é importada porque eu prefiro gastar um pouquinho a mais quando o assunto é make. Mas nada impede que você substitua por outras marcas. O importante é ficar bonita, ok?

1. Primer: Stay Flawless (Benefit)

IMG_6484

Não dá para começar a pensar na maquiagem e deixar o primer de fora. É um item indispensável! Eu, particularmente, gosto muito da Benefit. E o que mais me chamou atenção nesse primer é que ele realmente tem duração de 15 horas. Fora que a embalagem é uma graça, então vale super a pena!

2.  Corretivo: Studio Finish Concelear (M.A.C.)

IMG_6510

Eu tenho muitas olheiras e não vivo sem corretivo. Passo até para ir à padaria. Eu prefiro os corretivos na versão creme porque funcionam melhor na minha pele e esse da M.A.C. consegue corrigir minhas imperfeições na primeira aplicação. Uma alternativa mais barata é o Making Of, da Contém 1g. Comprei depois que eu fiz um curso de automaquiagem em uma das unidades da rede e uso sempre.

3. Base: Bare Minerals

IMG_6489

O mais legal dessa base é que ela consegue deixar a pele uniforme sem ficar com uma textura grossa e pesada. Quando eu comprei, tive o auxílio de uma vendedora muito fofa que me ensinou o jeito certo de usar. Não tem segredo: é só colocar um pouco na tampa e agitar com o pincel para ativar os compostos minerais. Esse também é carinho, mas é muuuuuito bom!

4. Sombras: Naked (Urban Decay)

IMG_6511

Como eu sou a indecisão em pessoa, gosto dos estojinhos com mil opções de sombras. Além de oferecer várias combinações, a Naked tem uma textura bem leve que deixa o traçado mais delicado. E sabe o que é melhor? Cada estojo tem uma paleta em tons diferentes. Eu tenho a Naked 2, que puxa mais para o dourado, e a Naked 3, com sugestões voltadas para o rosa.

5. Lápis: Powerpoint Eye Pencil (M.A.C.)

m.a.c.-powerpoint-eyeliner-in-engraved

O lápis preto é capaz de salvar qualquer olhar e pode ser usado em todas as ocasiões. O problema é que nem todos duram por muito tempo. Ponto positivo para o lápis da M.A.C., que tem um traçado bem forte. O único porém é que ele precisa ser apontado a cada tanto e tem uma vida útil curta. Outra opção é investir no lápis retrátil, com mecanismo que faz a ponta deslizar. Comprei o da Vult por acaso e gostei muito!

6. Rímel: Voluminous (L’Oreal)

IMG_6495

Como o próprio nome indica, o diferencial desse rímel é o volume. Basta uma camada para perceber os cílios maiores e destacados. Por conta disso, é mais grosso que o normal e fácil de borrar. Para dar uma segurada, eu combino com o They’re Real, da Benefit, que é mais fininho, mas também aumenta o volume.

7. Blush: Orgasm (Nars) e Blushbaby (M.A.C)

IMG_6497

Olhos prontos, é hora de deixar as maçãs do rosto coradas. Tenho dois favoritos e nunca consigo me decidir por um só quando vou arrumar a nécessarie de viagem. Acontece que o Orgasm é mais rosado e fica lindo para usar durante a noite. Já o Blushbaby tem tom próximo do pêssego e combina com a minha pele, que é mais clarinha. Os dois são fáceis de aplicar e funcionam na primeira aplicação.

8. Batom: Bombshell, On Hold e Angel (todos M.A.C.)

IMG_6512

Ok, confesso: sou completamente viciada nos batons da M.A.C. e já perdi a conta de quantos eu tenho. Em viagens, eu costumo levar três – um mais suave para usar durante o dia (Angel) e dois mais fortes para usar à noite. O Bombshell é mais puxado para o rosa enquanto o On Hold lembra um vermelho queimado. O segredo é sempre ter mais de uma opção para combinar com diferentes tipos de make.

9. Iluminador: Girl Meets Pearl (Benefit)

IMG_6508

Tenho três iluminadores da Benefit e todos são muito bons, mas esse oferece um brilho perolado e tem sistema retrátil. Com isso, eu consigo aplicar somente a dose necessária. As áreas que devem ser iluminadas dependem do formato do rosto. Eu aplico na zona T (testa + nariz), nas têmporas e nos lábios, como se fosse um gloss.

Makes e unhas para a Copa

Que me perdoem aqueles que torcem contra, mas é hora de celebrar a Copa do Mundo. Pelo próximo mês, a combinação de verde e amarelo tomará conta das ruas, das casas, dos carros e, por que não, de você? Pois é, agora é tempo de dar adeus ao visual mais certinho e se jogar nas cores. Claro que é preciso ter calma e atenção para não cair no exagero. Mas dá para entrar no clima e mostrar seu lado brasileira. Quer ver só?

Maquiagem

image (1) 2

Você é do tipo que adora jogar uma corzinha na make? Então pode comemorar! Durante a Copa, a dica é abusar de tons de amarelo, verde, azul, dourado e branco. Para não virar motivo de piada, é importante avaliar o local em que você assistirá a partida. No estádio, vale chamar a atenção. Por isso, use e abuse de cores fortes  (dá até para incluir um brilho com glitter e sombras metalizadas, viu?). A mesma regra vale para festas, desde que seja algo informal e mais descontraído – nada de chegar toda trabalhada no look pátria amada em um lugar onde você não conhece ninguém, combinado?

Em comemorações mais formais, o ideal é fazer uma maquiagem mais discreta e suave. Procure usar cores mais claras e deixar o brilho para outra ocasião.

Unhas

image

Apesar de não chamarem tanto a atenção quanto o rosto, as mãos também pode mostrar a sua torcida pela seleção. O melhor de tudo é que dá para deixar a imaginação rolar solta. As mais contidas podem optar apenas por uma cor de esmalte dentro da paleta brasileira, enquanto as mais ousadas podem fazer desenhos da bandeira e brincar com texturas diferentes. Quem acompanha as tendências de nail art pode aplicar os temas da Copa com técnicas como francesinha, meia lua, ombré e border nail.

A mesma regra da make vale aqui: unhas mais chamativas devem ficar restritas aos festejos mais badalados, ok?