Posts em destaque

7 dicas de maquiagem para quem usa óculos

Os óculos de grau são indispensáveis na vida de quem tem um problema de visão, mas divide opiniões. Tem gente que acha charmoso e estiloso, enquanto outras pessoas fazem qualquer coisa para não usá-lo. Eu sempre morri de vontade de usar e, mesmo tendo problema apenas no olho esquerdo, uso óculos há quase cinco anos.

Seja como for, os óculos – por menores que sejam – acabam chamando atenção. E aí entra uma questão que tira o sono de muitas mulheres: como fazer para usar maquiagem e óculos ao mesmo tempo? Até pouco tempo, era comum deixar o acessório em casa e ir a festas e outros eventos de lente (ou até mesmo sem enxergar), mas agora os óculos caíram no gosto da moda. E vamos combinar: dá para se maquiar, usar óculos e o mais importante, ficar linda! Para isso, é importante seguir alguns cuidados. Vamos a eles?

Prefira sombras claras

maxresdefault (2)

Para realçar os olhos e não “brigar” com os óculos, o segredo é não pesar no make dos olhos. Isso significa que sombras muito escuras, como preto e cinza, estão fora de cogitação. Durante o dia, vale investir em tons suaves, como rosa e lilás. Para eventos noturnos, a dica é escolher bronze ou até mesmo marrom-claro. Pode confiar que dá certo e ainda faz com que seus olhos fiquem mais abertos!

Faça do delineador o seu melhor amigo

glasses-1

 

Basta aquele acabamento com o delineador para seus olhos ganharem destaque. E como é exatamente isso que queremos quando usamos óculos, o jeito é carregar o delineador para cima e para baixo. Só que a história não é tão simples assim: o traço não pode ser muito grosso e nem todo mundo é expert no uso do delineador, então treine bastante (em casa mesmo) para se sentir segura!

Esqueça o lápis preto

landscape_nrm_1432311801-bobbi-brown-glasses

 

O lápis preto faz parte do nécessaire de muita gente. No meu caso, então, é um verdadeiro amor. Posso me esquecer de levar blush, mas jamais do lápis. Para as viciadas de plantão, vale uma dica que eu aprendi: ele diminui os olhos. Pois é, passar lápis preto em toda a linha d’água faz com que os olhos pareçam menores, exatamente o oposto do que queremos quando usamos óculos. O jeito é passar o lápis preto somente até metade da linha d’água ou investir no lápis bege ou marrom.

Lembre-se da pálpebra inferior

10

A maioria de nós gasta um tempão para passar sombra, delineador e rímel na pálpebra superior, mas acaba se esquecendo da inferior. Vale a pena dar uma atenção maior para ela, já que também dará aquele destaque bacana por baixo dos óculos. Além do lápis clarinho (ou até metade da linha d’água), é recomendado passar uma camada fininha de sombra branca com ajuda do pincel para levantar o olhar e abusar da máscara. Só tome cuidado para não cair no exagero, combinado?

Destaque para a sobrancelha

types of makeup by glasses

As sobrancelhas funcionam como uma moldura natural dos nossos olhos e acabam aparecendo, mesmo que apenas um pouco, por cima dos óculos. A primeira regra é deixá-las sempre em dia e em formato e espessura que combinem com o seu rosto . A segunda é preencher possíveis falhas para que elas fiquem mais uniformes. Esqueça os lápis, que acabam dando um ar artificial, e invista nas sombras específicas para essa área do rosto, ok?

Deixe os cílios curvados

download (1)

Quem já está acostumada a usar maquiagem por baixo dos óculos com certeza já passou por um momento em que os cílios esbarram nas lentes. Isso acontece porque eles ficam maiores e mais grossos quando a gente passa rímel. Não dá para riscar o item da lista de make – aliás, quanto mais dele, melhor –, então o jeito é ter sempre um curvex por perto para dar aquela levantada nos cílios e deixá-los livres de qualquer contato com os óculos. Ah, dizem que o ideal é passar o curvex sempre antes do rímel!

Aplique base e corretivo no nariz

eyeglasses-makeup-11

Outra coisa que as pessoas acostumadas a usar óculos percebem é que o nariz é a parte do rosto que mais sofre com o acessório. Alguém aí já notou como a pele que cobre o nariz fica mais oleosa e propensa para ter cravos e espinhas, especialmente no calor? Além de manter a região sempre hidratada e protegida, vale passar uma base para igualar o tom da pele e um corretivo para disfarçar espinhas. Dica muito importante: como a pele costuma ficar oleosa e sensível, todos os produtos usados devem ser livres de óleo.

 

Gostaram das dicas? Com elas, fica mais fácil usar maquiagem, combinar com os óculos e arrasar no olhar!

Um beijo e até o próximo post!

Testei: Pó Compacto Soft Light Renata Meins – Arela Make Up

Olá, pessoal! Quem me acompanha lá no canal (não é inscrito ainda? Clique aqui e ative as notificações para não perder nenhum vídeo) sabe que eu estou fazendo um curso de maquiagem online com a Renata Meins, maquiadora e youtuber cheia dos paranauê da beleza, como ela costuma brincar.

Esse curso tem sido incrível, estou aprendendo a conhecer melhor meu formato de rosto e a minha beleza, mas também tenho aproveitado para aprender alguns truques para me maquiar melhor. Um dos principais problemas que eu enfrento todos os dias é a olheira. Pois é, ganhei esse “presentão” de herança de pai e mãe e ainda durmo pouco, ou seja, já estou acostumada com as manchas arroxeadas embaixo dos olhos.

Aprendi diversos truques para esconder as olheiras, mas fiquei bem curiosa para testar o pó compacto Soft Light, que a Renata lançou com a Arela Make Up. Segundo a própria Rê, a ideia é selar o corretivo e dar uma aparência mais saudável para o rosto. Aproveitei que os alunos do curso ganharam um descontinho para comprar produtos da linha e garanti o meu!

Como funciona?

A Rê postou um vídeo há um tempinho explicando o passo a passo do produto, mas a intenção é ajudar na preparação da pele e tirar aquela aparência marcada que a gente acaba deixando quando passa corretivo nas olheiras. Ela contou que o produto vem com fórmula bastante similar a um pó que a M.A.C. lançou em uma edição limitada e que causou o maior burburinho.

image3 (2)

O primeiro passo é lavar bem a pele para retirar qualquer impureza e deixar essa região embaixo dos olhos, que é uma das mais sensíveis do rosto, bastante hidratada. Depois, é importante aplicar um corretivo na cor salmão, que é o mais indicado para quem tem olheiras arroxeadas, e um sérum. Depois, vale usar um corretivo por cima do salmão, só que mais próximo do seu tom de pele, assim você consegue deixar um aspecto mais natural e sem aquela aparência esbranquiçada.

image2 (4)

Agora vem a parte do segredo: aplicar o pó compacto por cima de toda essa área. O ideal é usar uma esponja e fazer tudo de maneira bem leve e suave para cobrir a olheira de maneira uniforme. Parece um detalhe, mas faz toda a diferença!

Minha opinião

Como falei antes, já testei tudo que vocês podem imaginar para amenizar minhas olheiras. Por mais que algumas técnicas até dessem certo, sentia que dava para deixar o rosto ainda mais natural. E, olha, o resultado que eu consegui com o pó foi o melhor que eu já vi até agora. Realmente, a olheira praticamente sumiu e a pele ficou com uma aparência bem mais saudável.

image1 (7)

Comprei o pó rosado Soft Light no site da Arela por cerca de R$ 35, mas tive um desconto por ser aluna do curso da Renata. Parece que o produto esgota rapidinho quando tem reposição, então é bom ficar de olho. Eu recomendo demais, foi realmente um milagre na minha vida.

 

E vocês, já conhecem o pó Soft Light?

Um beijo e até o próximo post!

Testei: Esponja de silicone para maquiagem

Olá, pessoal! Quem é ligada em beleza e maquiagem sabe que o ano começou com uma novidade daquelas: a esponja de silicone. Pois é, aprendemos a usar esponjas redondinhas, depois nos apaixonamos pelas beauty blenders (as esponjas mais durinhas em formato de gota) e agora estamos de queixo caído pelas de silicone.

Confesso que a primeira sensação que eu tive foi de estranhamento, mas vi algumas resenhas superpositivas e a curiosidade falou mais alto. Então, resolvi testar. Comecei procurando em sites gringos, mas, pelo preço, achei que valia mais a pena comprar por aqui. Acabei achando no Mercado Livre e testei poucos dias depois que chegou. Fiquei tão contente com o resultado que decidi gravar um vídeo para compartilhar minhas opiniões com vocês:

A esponja de silicone é indicada para aplicar qualquer produto que seja líquido ou cremoso. Nessa lista, entram base, corretivo, blush, iluminador e por aí vai. O grande diferencial dela, pelo menos para mim, é o fato de não absorver NADA de produto. A gente sabe que as outras esponjas acabam “sugando” um pouco do produto, mas esta daqui me surpreendeu demais. É até estranho e eu precisei dosar mais na quantidade para não desperdiçar produto e acabar manchando o rosto.

Em relação à aplicação, também achei que facilita bastante. Às vezes, a gente acaba fazendo um pouco mais de força para espalhar o produto (até porque eu fico com dó de pegar mais quantidade e acabar logo rs) e isso pode deixar a pele mais sensível e até comprometer o resultado final da make. Com a esponja de silicone, é só dar umas leves batidinhas que você já sente o produto aderindo à pele.

image2 (2)

Agora vem a melhor parte: a limpeza. Sinceramente, morro de preguiça de lavar minhas esponjas. E mesmo lavando, eles sempre ficam com um restinho de produto. Aí entra a vantagem do silicone: é só jogar um pouco de água que a esponja fica novinha, como se nunca tivesse sido usada. É realmente prático e maravilhoso!

Como falei lá em cima, comprei minhas esponjas (pedi logo duas porque já sabia que o negócio era bom rs) no Mercado Livre e paguei R$ 28 em cada uma. Se você procurar por “esponja silicone maquiagem” no site vai ver que existem vários modelos com diversos preços. É só buscar um vendedor que seja qualificado e pronto. Juro, vale cada centavinho!

 

E vocês, já testaram a esponja de silicone? O que acharam? Deixem nos comentários que estou curiosa para saber! 🙂

Um beijo e até o próximo post!

Avaliação: ♥♥♥♥♥

11 itens básicos para levar na sua bolsa

Olá, pessoal! Existe algo presente na vida de qualquer mulher, seja qual for o estilo e a rotina de vida: a bolsa. Você pode usar uma bolsa pequena, grande ou até mesmo uma mochila. Mas dificilmente sairá por aí sem levar algo a tiracolo. É que, convenhamos, são tantas coisas para carregar que a gente até sente uma pontinha de inveja dos homens, que jogam tudo – e esse tudo se resume a carteira, celular, chaves e olhe lá – nos bolsos e pronto.

f90b7321c723d747e5b11739bee80163

Mas, afinal, que tanto a gente tem para levar na bolsa? Eu brinco que levo minha vida na bolsa e passo a semana toda com uma enorme, onde coloco até livro, roupa da academia e o que mais precisar. Mas isso não é bom, já que carregar peso faz mal para a postura e para várias regiões do corpo (minha coluna e meus ombros que o digam). Por isso, não sigam o meu exemplo, ok?

(Quer saber o que eu levo na minha bolsa? Clique aqui para ver) 

Para facilitar, preparei uma listinha com itens indispensáveis em qualquer bolsa feminina. Parece bastante, mas faz uma diferença e tanto no seu dia a dia. Quer ver só?

Carteira

É o mais importante de todos. Mesmo que seja pequena, você vai precisar de um espaço para guardar documentos (nada de sair por aí sem eles, ok?), cartões, carteirinha do plano de saúde (se tiver) e dinheiro. Básico, vai? E, olha, mesmo que a sua escolha seja uma bolsa menor para sair no finde, é fundamental levar ao menos RG, dinheiro, cartão de débito e o que mais precisar.

Celular

Em tempos de smartphones, quem consegue fazer alguma coisa sem ter o celular por perto? Fora que é uma questão de segurança e praticidade, já que facilita para encontrar as amigas ou o boy no local que vocês escolheram para se encontrar, além de avisar alguém caso algo aconteça. E, olha, mais importante ainda é levar um carregador ou bateria extra. Afinal, ninguém merece ficar incomunicável!

Chaves

Não tem nada pior do que chegar em casa e ficar trancada do lado de fora. Só quem já passou por isso sabe da sensação de desespero e de burrice própria por não ter levado a chave. Pois bem, outro item obrigatório em qualquer bolsa. E se você dirige, já sabe que a chave do carro também fará parte da sua bolsa. Dica esperta: aproveite os compartimentos internos para guardá-las e use chaveiros fofinhos para facilitar a localização.

Guarda-chuva

E quando cai aquela chuva inesperada, você está na rua e de repente se lembra de que não tem um guarda-chuva? Nada disso aconteceria se você tivesse o item dentro da bolsa. Eu sou precavida e prefiro andar com um pequeno, até porque eu moro em São Paulo e aqui o tempo é uma loucura, já que pode fazer muito frio e muito calor em diferença de horas. O mais legal é que você pode escolher um colorido, estampado, ou seja, que tenha tudo a ver com o seu estilo.

Remédios

Ok, confesso: sou um pouco hipocondríaca. Não que eu saia por aí tomando mil remédios a cada cinco minutos, mas eu gosto de ter uma bolsinha onde coloco algumas medicações que resolvem algumas dores cotidianas que eu tenho de vez em quando (entenda como dores de cabeça, cólica, enjoo, dor no estômago). Às vezes a gente sente essas dores e não vê a hora de tomar algo para ver se melhora. Essa minha bolsinha também já salvou várias amigas minhas que estavam mal. Só vale uma recomendação: automedicação é MUITO perigoso! Se estiver mal de verdade e sentindo algo estranho, procure imediatamente um médico, ok?

Bolsa com absorventes

Outra situação a qual todas nós estamos sujeitas: a menstruação inesperada. Ai gente, que desespero que dá quando isso acontece. E quando a amiga não tem um absorvente para emprestar e você é capaz de vender sua alma só para encontrar uma farmácia? Para não passar por isso, leve alguns dentro de uma bolsinha. Simples e fácil!

Nécessaire de make

Aqui depende muito do que você gosta de usar. Se você não gosta de maquiagem, leve pelo menos um batom para dar aquele up depois do almoço ou para retocar no meio de algum evento. Para nós, amantes do mundo da make, eu recomendo um lápis, um rímel, um blush e um corretivo, além do batom. Muitas vezes, tenho preguiça de levar esses itens na bolsa, aí surge um convite inesperado e me sinto mal por sair de cara lavada. Falei mais sobre o que levar na nécessaire de make neste vídeo.

Lenços de papel

Servem para tudo, não é mesmo? Desde ajudar quando estamos gripadas até limpar uma sujeirinha aqui ou ali. São várias finalidades que parecem bobas, mas que podem surgir a qualquer momento – e você faria de tudo só para ter um lencinho por perto. Vale muito a pena!

Álcool gel

Uma questão de higiene e saúde. Mãos limpas são a primeira recomendação para quem quer fugir de qualquer doença. Só que nem sempre tem uma pia por perto, daí a importância do álcool gel. Ah, prefira os pequenos (quase como amostrinhas), cheirosinhos e coloridos!

Desodorante

Tem coisa mais nojenta e desagradável do que ficar ao lado de uma pessoa que está com o desodorante vencido? Eu tenho pavor, parece que o cheiro gruda em mim! Tem gente que transpira mais mesmo, então vale andar com uma versão menor do seu desodorante dentro da bolsa. E mesmo que você não seja do tipo que transpira muito, pense que essas coisas podem acontecer e que incomoda aos outros. Fundamental, ok?

Perfume

Por falar em cheiro, quem não ama ficar cheirosa? Aqui também vale levar versões pequenas ou amostras daquele perfume que você ama (cujo cheiro já virou meio que uma marca registrada sua) e que vai te salvar na hora daquele convite inesperado para fazer um programa.

 

Gostaram do post? O que mais vocês costumam levar na bolsa?

Um beijo e até o próximo post!

Fotos: Pinterest

Testei: Base Cushion – Make B.

Olá, pessoal! Dias desses vi um lançamento que me deixou de queixo caído e com uma vontade doida de testar: a Base Cushion, da Make B. A linha de maquiagens de O Boticário inovou ao apresentar uma base com formato inédito de aplicação, proteção solar FPS 40 e efeito matte.

img_1382

Relutei por um tempo, especialmente por causa do peço (que é um pouco elevado para os meus padrões), mas não aguentei muito tempo. Sou louca por novidades, ainda mais quando prometem ser inéditas, então quando me dei conta, já estava comprando a minha base.

Como funciona?

A novidade da Base Cushion é que todo o produto fica armazenado em uma espécie de esponja que absorve o produto e proporciona uma aplicação uniforme e na dose certa. Ou seja, você deve pegar a própria esponjinha que vem na embalagem e pressionar para então aplicar na pele. (Nem preciso dizer que quando fui testar, fiquei passando a esponja por cima do produto como faço com outras bases e estranhando o fato de “não vir nada” rs)

As sujeirinhas mostram o quanto eu já usei e virei fã, não liguem!

As sujeirinhas mostram o quanto eu já usei e virei fã, não liguem!

Depois, é só dar algumas batidinhas pelo rosto para espalhar a base. Ela é líquida, mas como fica armazenada nessa esponja, a aplicação é bastante uniforme e dispensa o uso de lenços para remover aqueles acúmulos de produto em algumas regiões. Além disso, como ela tem efeito matte, seca muito rápido e promete vários resultados, como textura oil free (indicada para quem tem pele oleosa), cobertura natural e hidratação prolongada por 24 horas. Precisa de mais?

Minha opinião

Sempre sofri com bases líquidas justamente por despejar uma quantidade muito grande de produto. Mas essa base é praticamente um milagre porque dá conta do recado da maneira certa e sem deixar o rosto pesado. Passei o dia todo com ela e não “sentia” a maquiagem de tão leve que é.

img_1389

Esse sistema de armazenamento com esponja realmente é muito bom. Além de todos os benefícios que já falei, evita o desperdício de produto e, por isso, rende que é uma beleza. Fora que é superfácil de aplicar e o fator de proteção altíssimo é uma maravilha para quem tem a pele clarinha como eu.

Por falar nisso, a base vem em três tons: nude, bege médio e mel. Testei primeiro o nude, mas ficou muito branco para o meu tom de pele. O bege médio ficou um pouco amarelado, mas rapidamente se adaptou e realmente trouxe uma cobertura bem natural!

Processed with VSCO with t1 preset

Agora vamos ao único ponto negativo: o preço. Comprei a minha na loja de O Boticário do Shopping Eldorado, aqui em São Paulo, por R$ 149, o mesmo valor que está no site. Sim, é caro e eu só comprei mesmo porque testei antes e gostei do resultado. Mas, se a gente parar para pensar que é uma tecnologia inédita por aqui e que traz todos esses efeitos, até que vale a pena o investimento. Aproveite que o Natal está chegando e coloque na sua listinha de presentes. Eu já virei fã!

E vocês, já testaram a Base Cushion? O que acharam?

Um beijo e até o próximo post!