Posts em destaque

Top 5 – Filmes que se passam na praia

Olá, pessoal! Estão curtindo o verão? Nesta época do ano, o calor aqui em São Paulo costuma ficar insuportável. Nós não temos praia, vivemos cercados de prédios enormes e aí não tem como fugir do calor, quando o tempo fica muito seco. É justamente por isso que eu sempre digo que prefiro o frio.

Mas como sou geminiana e adoro tudo que não faz sentido, eu também espero o ano todo pelo verão. Amo frio, mas detesto dias nublados (vai entender) e, no verão, a gente tem dias ensolarados, pessoas mais felizes, roupas mais coloridas e, claro, praia! Pois é, sou apaixonada por praia desde que me entendo por gente e tenho a sorte de poder entrar no mar com uma certa frequência.

Pensando nisso, separei uma lista com filmes que se passam à beira-mar. Procurei mostrar gêneros diferentes para agradar todo mundo, especialmente durante as famosas chuvas de verão ou para aquelas horinhas pós-almoço em que a gente precisa esperar a digestão para entrar de novo no mar. Vamos conferir?

A Última Música

78015eeb680b0bee553c6822595af4fe

Poderia colocar aqui qualquer filme baseado nos livros do Nicholas Sparks, que sempre têm cidades praianas como pano de fundo. Escolhi A Última Música porque acho que foi o que teve a melhor adaptação e o que mais prende (os outros são tão arrastados que dão sono). Este aqui até ganhou repercussão por conta da protagonista, vivida pela atriz e cantora Miley Cyrus (que, no meu tempo, era conhecida como a Hannah Montana).

O filme conta a história de uma adolescente rebelde (clichê, eu sei) que se irrita ao saber que vai passar as férias de verão na casa do pai, que fica em uma cidade litorânea. Ela é bem chatinha no começo, mas tudo muda quando conhece (e se apaixona) por um garoto popular da cidade. Isso faz com que ela comece a se aproximar do pai e mude suas atitudes. Prepara o lencinho porque alguns momentos são bem emocionantes!

Náufrago

e37c0277866d1a030b676e25dfe6de78

Sabem aqueles filmes com praticamente um único ator, que passam por momentos de tensão durante toda a história? Náufrago é assim e o próprio nome diz tudo: um homem está em uma viagem de trabalho, quando sofre um acidente e acaba parando em uma ilha. Ele convive nessa ilha por quatro anos e precisa lutar de todas as formas para continuar a viver.

Lembro de ter assistido no cinema algumas vezes, roendo todas as unhas enquanto aguardava o desfecho. A gente passa o filme todo sem saber se ele vai conseguir ser resgatado ou não e, enquanto isso, percebe como é importante querer viver. Completamente sozinho, ele aprende na raça a caçar, se esquentar e todas as outras coisas básicas e faz um amigo imaginário, a bola de vôlei Wilson. Ah, ele foi indicado ao Oscar, então vale muito a pena ver!

Como Se Fosse A Primeira Vez

7581e2e610db42607e6682444af0edf7

Um clássico da Sessão da Tarde com dois atores de muito sucesso nos anos 90 e 2000: Drew Barrymore e Adam Sendler. Ele é um veterinário famoso por ser mulherengo e que vê nela uma chance de aumentar sua fama. Só que ele acaba se apaixonando e descobre algo inusitado: ela sofre de perda de memória recente, o que faz com que se esqueça de coisas que acabaram de conhecer. Com isso, ele decide conquistá-la dia após dia.

Como o filme se passa no Havaí, as cenas são lindas e quase sempre envolvem uma praia paradisíaca. É tudo bem colorido, com direito a figurinos estampados e muitas flores. Eu também amo a trilha sonora, que tem músicas de bandas e cantores consagrados, e outras feitas exclusivamente para o filme. Bem fofo!

Moana: Um Mar de Aventuras

homepage_trailerthumbnail_moana_720_f3266261

Sempre dou um jeito de colocar um filme da Disney nos Top 5 aqui do blog e, desta vez, escolhi um lançamento. Moana chegou por aqui no comecinho deste ano e já é um verdadeiro sucesso. A personagem do título é a princesa de uma tribo na Polinésia escolhida para fazer uma viagem pelo oceano para buscar seus ancestrais. Ou seja, tem muita praia e muito mar nesse filme!

Eu cresci vendo os filmes das princesas da Disney e hoje, uma das minhas favoritas é a Mulan, por ser uma exceção e não ficar em casa esperando o príncipe encantado. A Moana pegou carona na história da Mulan e mostra que a companhia segue firme e forte com a proposta de quebrar o estereótipo das princesas. É ela que viaja, se envolve em aventuras e salva a família. O colorido das cenas é tão lindo que a gente sai do cinema com vontade de praia.

A Praia

8fd62064f715073127d5e93252d0a4df

Pois é, não dava para terminar esta lista e deixar de lado um dos filmes mais famosos que se passam em praias. Quando pensei neste Top 5, logo me veio à cabeça o filme protagonizado pelo Leonardo DiCaprio, quando ainda estava na sua melhor forma e beleza (o lançamento foi logo depois da fama que veio com Titanic).

No filme, ele vive um jovem que parte em uma viagem para conhecer um paraíso na terra chamado de “A Praia”. Quando chega lá, ele percebe que o local é realmente um sonho, mas, ao mesmo tempo, marcado por conflitos e violência. A música tema virou um clássico: Pure Shores, do All Saints (quem lembra?). E as praias usadas para as gravações, as ilhas Phi Phi (na Tailândia) ,ficaram famosas e até hoje aparecem entre os destinos mais visitados do mundo.

 

Agora é só escolher o favorito, separar a pipoca e apertar o play!

Um beijo e até o próximo post!

Minhas apostas para o Oscar 2016

Sou apaixonada por Oscar desde que me entendo por gente. A piração é tanta que eu sempre tento ver o máximo possível de filmes antes da premiação e ainda entro em verdadeiros debates com qualquer pessoa que seja (coisas de geminianos) para tentar provar que tenho razão ao torcer por um determinado candidato.

Neste ano, estou fraquinha. Acontece que a maioria dos filmes que estão concorrendo ao prêmio máximo do cinema – que acontece neste domingo (28) – estreou praticamente junto em meio a feriado, Carnaval e fins de semana em que eu já tinha o que fazer. Não sobrou muito tempo, mas é claro que eu já tenho a minha lista de apostas para os vencedores. Vamos conferir?

 

Melhor filme

Mad Max – Estrada da Fúria

O Regresso

O Quarto de Jack

Spotlight – Segredos Revelados

A Grande Aposta

Ponte dos Espiões

Brooklyn

Perdido em Marte

Spotlight

Estou tão ruim neste ano que, dos oito indicados, só assisti três. Mas, entre eles, está O Regresso, que, até agora, foi o melhor filme que eu vi em 2016. A história te prende, a fotografia é maravilhosa e a atuação do Leonardo DiCaprio, então, nem se fala. Aí você pergunta: “por que raios você está apostando em outro filme?”. Porque O Regresso é do mesmo diretor de Birdman e a Academia é cheia de frescura e dificilmente premia o mesmo diretor dois anos seguidos. Quem viu Spotlight diz que é muito legal e o filme ainda vem cheio de banca porque o elenco ganhou o prêmio máximo do SAG, do Sindicato de Atores. Acho que vai dar ele, mas eu daria para O Regresso.

 

Melhor ator

Bryan Cranston – Trumbo (saudade do Mr. White)

Leonardo DiCaprio – O Regresso

Michael Fassbender – Steve Jobs

Eddie Redmayne – A Garota Dinamarquesa

Matt Damon – Perdido em Marte

Leo

A briga está boa, mas chegou a vez do Leo, gente! A gente sofre com ele cada vez que perde um Oscar e olha que o nosso eterno Jack só tem filme bom no histórico. Depois de ganhar o Globo de Ouro e o SAG, ele chega como favorito e merece demais. Tem gente dizendo que este Oscar vai ser para vingar sua atuação em O Lobo de Wall Street, mas eu gostei mais dele em O Regresso. Pensem que o cara passa mais da metade do filme sem falar e te entrega tudo que sente apenas pelo olhar. É só pra quem pode! Está na torcida pelo Eddie Redmayne? Gosto demais dele, mas é difícil a Academia premiar um ator por dois anos seguidos.

 

Melhor atriz

Cate Blanchett – Carol

Brie Larson – O Quarto de Jack

Saoirse Ronan – Brooklyn

Charlotte Rampling – 45 Anos

Jennifer Lawrence – Joy: O Nome do Sucesso

brie

Não assisti a nenhum dos filmes estrelados pelas atrizes (estou dizendo que a coisa está feia), mas a minha escolha vai porque a Brie ganhou o Globo de Ouro e o SAG. Dizem também que o filme é maravilhoso e, sinceramente, dá vontade de ver só pela sinopse. Arrisco dizer que a Cate Blanchett divona e a Jennifer Lawrence podem surpreender, mas acho difícil.

 

Melhor ator coadjuvante

Christian Bale – A Grande Aposta

Tom Hardy – O Regresso

Mark Ruffalo – Spotlight – Segredos Revelados

Mark Rylance – Ponte dos Espiões

Sylvester Stallone – Creed – Nascido para Lutar

creed

Essa, para mim, é a categoria mais disputada deste ano. Christian Bale é muito bom (ainda que eu tenha achado o papel dele ok em A Grande Aposta) e o Tom Hardy está irreconhecível e não lembra nem de longe o que fez em Mad Max. Escolhi o Stallone porque ele ganhou o Globo de Ouro e porque dizem que ele está ótimo. Mas acho que o Mark Ruffalo tem chances. Vamos aguardar…

 

Melhor atriz coadjuvante

Jennifer Jason Leigh – Os Oito Odiados

Rooney Mara – Carol

Rachel McAdams – Spotlight – Segredos Revelados

Alicia Vikander – A Garota Dinamarquesa

Kate Winslet – Steve Jobs

da

Outra briga da boa! De todas, a única que vi em cena foi a Jennifer e ela está muito bem. Mas acho mesmo que a disputa vai ficar entre a Kate Winslet (vencedora do Globo de Ouro) e a Alicia Vikander (ganhadora do SAG). Voto na Alicia porque ela é a nova sensação de Hollywood. A academia sempre gosta de um rosto novo estrangeiro. Mas acharia lindo se a Kate ganhasse e tirasse altas fotos do lado do DiCaprio. Sabem como é, amamos os dois desde Titanic!

 

Melhor diretor

Alejandro G. Iñarritu – O Regresso

Tom McCarthy – Spotlight – Segredos Revelados

Adam McKay – A Grande Aposta

George Miller – Mad Max: Estrada da Fúria

Lenny Abrahamson – O Quarto de Jack

mad

Acho que quem deveria ganhar é o Iñarritu, mas não me lembro de um diretor que ganhou duas vezes seguidas (alguém sabe se isso já aconteceu?). Pode ser que o Tom McCarthy vença, mas acredito no George Miller porque Mad Max está concorrendo em dez categorias e foi uma das grandes surpresas deste ano. Cheio de polêmicas – eu, por exemplo, não achei o filme tudo isso que falam –, Mad Max deveria ganhar em alguma das categorias principais e aqui está a saída perfeita. E vamos combinar: o filme não tem uma história muito relevante, mas é bem feito. Muito disso em função da direção.

 

Vale lembrar que a premiação acontece neste domingo (28) e o red carpet começa a ser transmitido a partir das 20:30.

 

E vocês, em quem apostam?

Um beijo e até o próximo post!