Posts em destaque

Top 5: Filmes para comemorar o Dia das Crianças

maxresdefault

Responda rápido: você também era do tipo que ficava ansiosa quando chegava outubro só por conta dos Dia das Crianças? Eu adorava! Era a chance de ganhar um presente (ou melhor, aquele brinquedo que eu tanto queria) em uma época que não era Natal nem meu aniversário. Claro que depois a gente cresce e a vida perde um pouco da magia, mas ainda assim a data é especial porque também comemora o Dia de Nossa Senhora Aparecida, conhecida como a padroeira do Brasil – celebração que rendeu uma palavrinha que a gente tanto ama: FERIADO!

Mas como será que surgiu essa homenagem para as crianças? A verdade é que o Fundo das Nações Unidas estipulou o dia 20 de novembro para celebrar a data, mas cada país acabou escolhendo o dia que achou melhor. No Brasil, a coisa toda aconteceu por volta dos anos 50, quando a Estrela – uma das maiores fábricas de brinquedos da época – lançou uma semana especial de comemorações, que culminou no famoso dia 12 de outubro.

Seja como for, é hora de aproveitar o feriadão prolongado para ficar perto das crianças (filhos, irmãos, primos) e assistir aquele filme especial. Vamos conferir o Top 5?

 

Toy Story 3

ts3escape

Todos os filmes da franquia Toy Story são lindos, mas por que escolher logo o 3? Porque é aquele em que a gente entende a importância que os brinquedos têm na nossa vida. Chega um momento em que a gente precisa dizer adeus aos bonecos que foram inseparáveis nos nossos primeiros anos. Nesta sequência, Andy ingressou na faculdade e vai morar em outra cidade. Com isso, deve levar apenas o suficiente na bagagem e percebe que não terá espaço para seus brinquedos. Woody, Buzz e todos os outros personagens que a gente ama vão se envolver uma nova aventura pra lá de emocionante (emocionante mesmo viu, gente? Pode até assustar crianças mais novas, então é bom tomar cuidado). Mas é lindo e tem tudo a ver com a data!

 

Os Goonies

5-things-you-might-not-know-about-the-goonies

Não me lembro de falar deste filme em outro Top 5 aqui do blog, mas é um clássico dos anos 80 (aliás, amo filmes infantis de aventura dos anos 80) que mora no meu coração até hoje. Uma turma de amigos acostumada a se envolver nas mais perigosas missões encara um novo desafio com tudo que as crianças amam: lugares macabros, piratas, gigantes, vilões caricatos e até um pouquinho de romance. Sabe aquela história que a gente pode ver várias vezes sem enjoar? Aqui está um ótimo exemplo. E o melhor: vale para crianças de qualquer idade, inclusive as mais “grandinhas”.

 

Os Batutinhas

the-little-rascals-20-year-anniversary

Acho que também já falei deste filme antes, mas é tão fofo e marcou tanto a minha infância que não tinha como ficar de fora. Sabe aquele período da nossa vida em que a gente odeia os meninos e os meninos nos odeiam? Então, essa é a pegada da história. Os Batutinhas são uma turma de amigos que se reúnem em um clubinho exclusivo para meninos. O problema é que um deles se apaixona por uma garota e passa a ser visto como traidor. O foco é justamente falar sobre o valor da amizade, especialmente com os primeiros amigos que fazemos ao longo da vida. Faz anos desde que assisti pela última vez e acho que está na hora de rever, quem concorda?

 

O Mágico de Oz

road

Você certamente já assistiu a história da garota Dorothy ao menos uma vez na vida, certo? O que quase ninguém acredita é que o filme original já tem 76 anos (isso mesmo, SETENTA E SEIS anos). A fórmula para fazer sucesso depois de tanto tempo? Os personagens tão característicos, desde a protagonista e seus sapatos vermelhos brilhantes que fazem qualquer garota pirar, até o trio formado pelo Espantalho, Leão e Homem de Lata, além das bruxas boa e má. Fora o cenário, que é realmente mágico e entrou para a história. Este é outro exemplo que a gente pode ver sem cansar, inclusive entre amigas.

 

Ratatouille

Ratatouillechefsha_1767843i

Em tempos de MasterChef Brasil e outros realities culinários, vale assistir esta animação da Disney/Pixar que não fez tanto sucesso por aqui, mas é uma delicinha. Tudo porque conta a história de um simpático ratinho que sonha em ser chef de cozinha, mas não pode realizar sua vontade porque… bem, porque ele é um rato e ratos não combinam nem um pouco com cozinhas. A solução? Compartilhar seu dom com Linguini, um ajudante atrapalhado que precisa manter seu emprego a qualquer custo. Nasce, então, uma parceria muito gostosa e que dá água na boca. Vale MUITO a pena!

 

Mesmo que você não tenha crianças por perto, que tal escolher a opção que mais gostou e relembrar os tempos de infância? Feliz Dia das Crianças 🙂

Top 5 – Filmes para curtir a primavera

E ela vem chegando, toda linda e florida! Sim, amigas, a primavera começa na próxima terça-feira (22) com a promessa de deixar nossos dias mais alegres. Além da temperatura mais quente, a estação significa renascimento (daí o surgimento das flores) e despertar. Eu gosto muito desta época do ano porque quer dizer que o fim do ano está chegando. Por mais que ultimamente a gente fique preocupada com o fim do ano porque tudo parece passar rápido demais, é um tempo gostoso em que todos parecem estar mais felizes. Por isso, preparei um Top 5 bem fofo para curtirmos a chegada da primavera.

O Jardim Secreto

o_jardim_secreto

Lembro de ter visto este filme pela primeira vez no cinema logo quando estreou e de depois ter visto inúmeras vezes. Sem dúvida, foi um dos que mais marcou minha infância. O mais legal é que, apesar de agradar em cheio as crianças, emocionou muitos adultos. É que ele fala justamente sobre esse renascimento das mais diversas formas. Mary, a protagonista, é uma menina mimada que perde os pais e vai morar com o tio em uma mansão na Inglaterra. Cansada de viver sozinha, ela começa a explorar a propriedade com a ajuda do primo e do filho de um dos serviçais e descobre um jardim trancado. Os três fazem de tudo para abrir esse jardim sem saber do poder que ele tem. É TÃO lindo, gente! Preparem o lencinho porque é impossível não chorar!

 

Sob o Sol da Toscana

sob-o-sol-de-toscana1

Este filme foi lançado em 2003, quando eu tinha apenas 15 anos, mas me marcou tanto. É que mostra situações que todas as mulheres já passaram ou vão passar em algum momento da vida. Isso porque a protagonista é uma escritora que se divorcia e decide recomeçar a própria vida em uma casa de campo na Toscana. Essa mudança faz com ela se conheça melhor, tenha altos e baixos em relação à autoestima e se abra para novos romances. O mais legal é que essa história é verídica e baseada em um livro homônimo. É a pedida ideal para ver com as amigas, com a irmã, com a mãe, enfim… Com mulheres ao lado!

 

Bambi

bambi-e-flor

Chegamos à cota Disney dos Top 5 aqui do blog com um dos filmes mais tristes já feitos pela companhia. Bambi deixou muita criança traumatizada (inclusive euzinha aqui) porque o pobre protagonista perde a mãe quando ainda é criança – em uma das cenas mais tristes do cinema – e tem que viver sozinho na floresta com seus amigos. Tudo parece perdido, mas ele cresce e se torna adulto na primavera, quando se apaixona e tem forças para impedir que novas mortes aconteçam. Muita gente da minha idade assistiu ao filme achando que não era tão velho assim, mas ele é de 1942 e o quinto a ser produzido pela Disney. Fiquei tão impressionada que nunca mais vi, mas está na hora de ver de novo. Quem concorda?

 

Mesmo se nada der certo

Mesmo-se-nada-der-certo

Ok, este filme não tem nada a ver com primavera, mas fala justamente sobre renascimento e novas chances. Tudo acontece quando uma compositora se muda para Nova York com o namorado, que é um músico de sucesso. Acontece que o moço (interpretado por ninguém mais ninguém menos que Adam Levine, nosso vocalista muso do Maroon 5) resolve terminar tudo e ela passa a viver sem rumo, quando se apresenta em um bar e desperta a atenção de um produtor que acabou de ser demitido e que precisa urgentemente encontrar uma nova sensação da música. Os dois decidem gravar um álbum independente em locais públicos da cidade, o que rende momentos engraçados e uma nova forma para os dois de encarar a vida. É bem bonitinho, cheio de músicas fofas e do mesmo diretor do filme Once (que eu AMO!).

 

Vida de Inseto

maxresdefault

Normalmente posto apenas um filme da cota Disney por Top 5, mas Vida de Inseto é tão bonitinho que vale a pena fazer uma exceção. A trama gira em torno de uma colônia de formigas que precisa estocar comida durante a primavera. Flik faz parte do grupo e cria um projeto engenhoso para ajudar na coleta, mas acaba destruindo toda a comida que tinha sido guardada e as formigas são ameaçadas por gafanhotos. Flik decide encontrar outros animais para ajudar a resolver o problema e a confusão começa. A história pode até não parecer a mais animada, mas o filme é cheio de significados para nós, adultos. Sabem aqueles em que a gente tira um monte de significado? Então 🙂

 

Agora você já sabe: é só escolher o filme que mais gostou, chamar os amigos e apertar o play! Bom início de primavera!

Novos filmes da Disney e da Pixar

Os próximos anos prometem muitos sucessos para os fãs da Disney e da Pixar. As duas empresas, que pertencem ao mesmo grupo desde 2006, querem conquistar um público ainda maior e reviver clássicos no cinema. Cada uma, no entanto, tem a sua maneira de fazer isso.

A Disney segue firme e forte com o seu projeto de criar versões live-action de animações consagradas. Alice no País das Maravilhas, A Bela Adormecida e mais recentemente Cinderela são alguns dos desenhos que ganharam histórias com personagens reais. A Pixar vai apostar em sequências de suas principais animações.

Vamos saber o que vem por aí?

A Bela e a Fera

download (2)

Uma das histórias mais clássicas de todas as princesas da Disney, a Bela e a Fera só terá sua nova versão lançada nos cinemas em 2017, mas a gente não vê a hora de assistir. Até onde sabemos, a trama vai girar em torno do desenho dos anos 90 e, claro, terá a mesma magia do conto original. Motivos para morrer de ansiedade desde já: Emma Watson, nossa eterna Hermione, será a protagonista. Combinou muito, né?

Mulan

maxresdefault

Há alguns meses, a Disney anunciou que vai investir em uma nova produção baseada em Mulan, animação de 1998 (que por acaso vem a ser uma das minhas favoritas). Ainda não se sabe quem estará no elenco e quando será a estreia, mas eu já estou roendo as unhas. Para quem não sabe, a história fala sobre uma garota chinesa que se passa por um soldado para honrar sua família.

Procurando Dory

img515b0a29e506f

Como não se apaixonar pela peixinha Dory, que sofre de amnésia e tenta a todo custo ajudar a encontrar Nemo em Procurando Nemo? Pois bem. Ela agora será a protagonista da sequência que chegará aos cinemas em junho do ano que vem. Um ano depois da primeira parte da história, Dory passa a morar com os peixes-palhaços, mas resolve partir em uma busca para encontrar sua família e saber quem de fato é. Por enquanto, podemos ter certeza de que vai ter muita fofura no fundo do mar.

Carros 3

download (3)

Vou confessar um segredo: apesar de a primeira sequência de Carros ter sido lançada há quase dez anos, só vi agora. Mas gostei tanto que logo emendei na sequência e achei tão fofa quanto. E vem mais coisa por aí. Relâmpago McQueen. Mate e toda a turma dos dois primeiros filmes vão pisar novamente nos cinemas. A produção já é dada como certa, mas ainda não foram divulgados mais detalhes sobre o longa. Rola o boato, no entanto, de que Carros 3 estreará em 2017.

Toy Story 4

maxresdefault (1)

Levante a mão quem não se emocionou vendo Toy Story 3. A terceira parte de um dos desenhos mais bem sucedidos da Pixar chegou em 2010 com a proposta de fechar a trama. Isso porque fala sobre o final da infância e o momento de se desapegar dos brinquedos. É tudo tão lindo que a gente chora de verdade. Pensei que a história ia ficar por aí, mas uma quarta sequência já está em produção. Aparentemente, o novo filme não será uma continuação da trilogia e não terá foco na interação entre brinquedos e humanos. Será? De qualquer forma, reserve o mês de junho de 2017 para conferir o resultado.

Os Incríveis 2

download (4)

Alguém aí se lembra da família de super-heróis mais engraçada da década passada? Os Incríveis chegou em 2004 e fez muito sucesso. Até falaram em uma sequência na época, mas a produção só vingou agora. Ainda bem, porque é o tipo de história fofinha que merece uma continuação. Em abril, o roteirista do filme disse que estava começando a escrever a nova trama, então o lançamento ainda deve demorar. Vamos aguardar!

Esses filmes são os que já foram dados como certeza pelas empresas. Mas rola um papo de que outras histórias chegarão aos cinemas em novas versões, como Mogli, A Pequena Sereia e Pinóquio. Queremos todos, pode ser?

Top 5 – Filmes para comemorar o Dia do Amigo

8364499611_52d9278c91_o

Nesta segunda (20) comemora-se o Dia do Amigo. É aquele momento de receber e mandar mensagens para aquelas pessoas que são especiais na nossa vida. Afinal, somos obrigadas a concordar que não existe nada melhor do que ter um amigo ao nosso lado, aquele que está por perto em todos os momentos (bons ou ruins).

Alguém arrisca um palpite sobre a origem da data? Vamos lá: em 20 de julho de 1969, o homem pisou na lua pela primeira vez e o médico argentino mandou cartas para vários países e em vários idiomas, pois considerava o feito um símbolo de união entre as pessoas.

Por isso, a dica é entrar no clima e aproveitar o fim de semana para reunir os amigos e preparar uma maratona de filmes que falem sobre o tema. O top 5 de hoje está cheio de boas opções. Vamos conferir?

Agora e sempre

1345535210955_originaal

Foi o meu filme favorito durante a infância. Perdi a conta de quantas vezes vi. E olha que foi lançado em 1995, uma época em que não existiam DVDs e internets. Naquela época a gente tinha que alugar a fita VHS e eu aluguei uma centena de vezes, juro! O principal motivo? É a típica história de amizade entre mulheres que a gente tanto gosta!

Inseparáveis nas férias de verão de 1970, quando tinham apenas 12 anos, quatro amigas voltam a se encontrar 25 anos mais tarde e começam a lembrar dos bons momentos. O enredo pode até ser bobinho, mas é legal ver que muitos sonhos que elas tinham viraram realidade ou ficaram no passado. E mais: muitos desses desejos são os mesmos que nós temos. Ou seja, algo que não muda nem com o passar de décadas. Filme LINDO e imperdível!

Monstros S.A.

_monsters_inc_prequel_officially_titled_monsters_university_A cota Disney dos meus top 5 vem com uma das animações mais bonitinhas da última década. Quando Monstros S.A. chegou aos cinemas, em 2001, ninguém botava muita fé. Eu mesma achava que o filme tinha todo o jeito de ser chatinho. Só que os comentários foram tão positivos que ele se tornou extremamente querido. Tudo porque aposta em uma forma criativa para falar de um tema que todos nós conhecemos: a amizade.

Essa relação é mostrada de duas formas. No começo, quando sabemos que Mike e Sully são inseparáveis e fazem tudo juntos, até mesmo trabalhar como monstros que assustam crianças enquanto estão dormindo. O problema é que essa amizade fica conturbada quando Sully se afeiçoa pela garotinha Boo, uma humana que entrou por acaso no mundo dos monstros. Apesar do ciúme de Mike, eles precisam se unir para fazer com que Boo (aliás, a personagem mais fofa dos últimos tempos) volte ao seu lugar.

Thelma e Louise

thelma_and_louiseAssim que pensei neste top 5, lembrei do filme que, na minha opinião, é o que mais simboliza a amizade feminina. Verdadeiro clássico da década de 90, traz as duas mulheres do título como protagonistas de uma aventura com direito a tudo que a gente gosta: romance, aventura, fugas em alta velocidade, paisagens inspiradoras e por aí vai!

Thelma é dona de casa, enquanto Louise é garçonete. Ambas possuem algo em comum: estão cansadas da vida que levam. É a desculpa perfeita para largarem tudo para trás e caírem na estrada. Só que nem tudo é perfeito e, no meio do caminho, elas se envolvem em um crime e precisam escapar da polícia. Vale inclusive pelo final – não vou contar para não estragar a surpresa – que eu amo e que entrou para a lista das cenas mais clássicas do cinema.

Os Goonies

gooniesOutro filme que eu amava quando criança e que amo até hoje. Os Goonies foi mais um da série de filmes de aventura lançada na década de 80 e estrelada por crianças. Um dos motivos que explicam o sucesso é o fato de tornar realidade muitos dos nossos sonhos de infância: turma de amigos, caça ao tesouro, navio pirata e muita diversão!

Os Goonies sempre se reúnem quando o assunto é perigo e mistério e encontram uma oportunidade de ouro quando entram em uma casa abandonada. Cada ambiente revela uma surpresa e os garotos embarcam em um verdadeiro labirinto que parece não ter fim. Essa trilha pra lá de envolvente só faz com que eles saiam ainda mais unidos. É a pedida ideal para assistir com uma turma gostosa de amigos. E ver e rever quantas vezes quiser. Vale a pena!

Intocáveis

intocaveisEsse filme prova que a amizade surge da maneira mais improvável possível. Vindos de mundo diferente, um ex-presidiário e um rico aristocrata se unem em um momento pra lá de delicado. Acostumado a viver no mundo da riqueza, Philippe fica tetraplégico depois de um acidente de paraquedas e resolve contratar Driss como seu cuidador. O problema é que ele só se candidatou ao emprego para continuar a receber o seguro desemprego e não faz ideia de como cuidar do paciente.

Com momentos engraçadíssimos e outros mais dramáticos, tem uma mensagem linda e mostra como uma amizade sincera pode nos transformar em pessoas melhores. Esse também faz parte daquela lista de filmes que a gente pode ver e rever sem enjoar. E eu recomendo deixar uma caixinha de lenços por perto porque é impossível segurar a emoção.

Seja qual for a escolha, aproveite para contar aos seus amigos como eles são especiais não só no dia da amizade, mas sempre. Feliz Dia do Amigo!

Top 10: Os casais mais fofos do cinema

CA-dia-namorados-casais-inspiradores-disney-carl-elie-D-732x412

Quando era mais nova, tinha pânico só de pensar no Dia dos Namorados, comemorado nesta sexta-feira (12). Era terrível ser solteira e ver todas as amigas recebendo flores, pensando em presentes ou então no jantar. Superei meu trauma ao perceber que a data não tem nada de mais. Ok, é um dia fofinho e normalmente cheio de surpresas, mas o certo seria você ser surpreendida pelo namorado nos outros dias, concordam?

Pois bem, para celebrar a data, preparei uma lista com os casais mais fofos do cinema. Faço sempre listas com cinco opções, mas encontrei tantas duplas bonitinhas que o Top 5 acabou virando Top 10. E como o assunto é romance, a maioria dos filmes é bem água com açúcar. Vamos saber quais são?

Kat e Patrick (10 Coisas que Eu Odeio em Você)

10-things-i-hate-about-youVerdadeiro clássico do final dos anos 90, o filme é uma versão atualizada de “A Megera Domada”, de Shakespeare. A história gira em torno de um garoto que se apaixona por uma menina, mas só pode namorá-la depois que a irmã mais velha dela, Kat, também estiver encaminhada. Parece fácil, mas a irmã é insuportavelmente chata e, por isso, não arruma ninguém. Escalado para a missão, o bad boy Patrick tenta conquistar Kat.

Por conquistar, entenda canções no meio da escola, declarações e muita fofura. É tudo tão bonitinho que eles descobrem que estão apaixonados de verdade e a gente, claro, torce para que fiquem juntos. A história fez tanto sucesso que serviu de inspiração para a novela “O Cravo e a Rosa”. Para resumir: podemos ver inúmeras vezes sem enjoar.

Fiona e Shrek (Série Shrek)

shrek-and-fiona-weddingShrek foi um dos maiores acertos do mundo dos filmes de animação dos anos 2000. Ninguém botava muita fé quando a primeira parte saiu, mas todos que viram saíram surpreendidos e incentivaram outras pessoas a assistir. Tudo porque faz uma crítica muito divertida aos contos de fada. Para quem nunca viu, mostra a história de um ogro que precisa resgatar a princesa Fiona.

Eles não têm nada a ver, mas Shrek descobre que Fiona se transforma em ogra à noite. A partir daí, percebem que têm muitas coisas em comum e decidem se casar. São tão fofos juntos que fizeram uma série de quatro filmes para mostrar a vida deles, incluindo a chegada dos três bebês ogros. Meu favorito é o segundo, que começa quando eles voltam de lua de mel.

Summer e Tom (500 Dias com Ela)

summer1Lançado em 2009, o filme foi uma verdadeira revolução e conquistou inúmeras fãs. Vi alguns meses depois e não achei tudo isso, mas gostei por mostrar um relacionamento do ponto de vista do homem. Como o próprio nome diz, a história aborda os 500 dias em que Tom e Summer se relacionaram.

É bacana ver que os homens podem sofrer por amor da mesma forma que a gente e que também sonham. A cena mais legal, para mim, é a que a tela é dividida entre a expectativa de Tom e a realidade em que vive. Também vale a pena por causa do figurino de Summer, que é cheio de estilo.

Vivian e Edward (Uma Linda Mulher)

pretty-woman_0_0Esse filme é tão atual que a gente custa a acreditar que ele já tem 25 anos. Chocante, né? Em 1990, Julia Roberts ainda era a rainha das comédias românticas e interpretou, ao lado de Richard Gere, um dos casais mais clássicos do cinema contemporâneo. Na história, ela é Vivian, uma garota de programa contratada por um milionário que a transforma em uma mulher elegante para acompanhá-lo em eventos da sociedade.

Rapidamente, passam a nutrir um sentimento de respeito e amizade que, mais tarde, se transforma em um relacionamento. Mas, para ficarem juntos, eles precisam lidar com o preconceito e o julgamento das outras pessoas. Muito fofinho, o filme também ficou conhecido pela música Pretty Woman. Aliás, é só pensar nele que começo a cantar mentalmente a canção.

Bridget e Mark (O Diário de Bridget Jones)

Film Title: Bridget Jones: The Edge of ReasonBecky Bloom é, sem dúvida, a minha melhor amiga no mundo dos livros. Mas, assim como a Becky, Bridget Jones pode ser considerada uma inspiração para muitas mulheres. Acontece que ela é tão gente como a gente que a identificação é imediata. O filme é tão bonitinho e, ao mesmo tempo, engraçado que mais parece nossa vida no cinema.

Bridget é uma mulher de trinta e poucos anos que decide escrever um diário com diversas resoluções de ano novo, entre elas arrumar um namorado. Ela até conhece um cara bonitão e sedutor, mas é pelo eterno Mark Darcy que a gente suspira. Ele é comum, mas muito atencioso e carinhoso com a heroína. Gosto tanto dessa história que a incluí no meu Top 5 de filmes para comemorar o ano novo.

Hazel e Augustus – A Culpa é das Estrelas

Stars1A adaptação cinematográfica do livro homônimo do escritor John Green foi, sem dúvida, um dos maiores sucessos de 2014. Junte uma história fofa e muito triste e um casal cheio de química e, pronto, aí está a fórmula do sucesso. O mais incrível, para mim, é ver como a Ansel Elgort é um ator promissor. Estava acostumada a ver ele como o Caleb, da série Divergente, mas adorei vê-lo na pele de Augustus.

Não faz ideia do que acontece no livro e no filme? Vamos lá: a história começa mostrando Hazel, uma garota que vive há anos com um câncer no pulmão e se afasta do mundo. Incentivada pelos pais, ela começa a frequentar um grupo de apoio e conhece um jovem que superou a doença. Ele é responsável por fazer com que ela realize todos os sonhos enquanto pode e, claro, por mostrar como o amor verdadeiro é poderoso. Tudo é tão lindo que é bom preparar o lencinho.

Sandy e Danny (Grease)

Sandy-Danny-GreaseNormalmente, não repito filmes nos Top 5 aqui do blog, mas gosto tanto de Grease que é impossível deixa-lo de fora desta lista. Sou completamente apaixonada por musicais e posso dizer com toda certeza que Grease é um dos meus favoritos. Principalmente por conta do casal, que vivem uma história retratada nos anos 60, mas bastante atual. O que faz com que a relação de Sandy e Danny continue moderna é que ele é um bad boy que morre de vergonha do estilo dela, que é uma moça certinha. Vemos muito isso aí hoje em dia, não é mesmo?

Eles se conhecem no verão e vivem um lindo romance, mas nem imaginam que vão se reencontrar na escola onde ela vai começar a estudar. Danny precisa superar os próprios preconceitos para aceitar a moça e ela, por outro lado, deve aceitar o jeitão de malandro do namorado. Some a isso um figurino inspirador (falo mais sobre as roupas aqui) e músicas que ficam na cabeça por dias.

Latika e Jamal (Quem Quer Ser um Milionário?)

slumdog_millionaire11No Oscar de 2009, um filme surpreendeu por ser indicado em dez categorias e vencer em oito. Como ele ainda não tinha sido lançado no Brasil, surgiu todo um mistério em volta. Será que esse tal de Quem Quer Ser um Milionário era tão bom assim? Depois de ter visto um milhão de vezes, eu digo: sim, é MUITO bom e um dos meus filmes favoritos. O que mais gosto é a história superoriginal, que fala sobre um garoto indiano que participa de um programa televisivo para ganhar dinheiro.

Jamal sempre viveu de forma humilde e viveu nas ruas ao lado do irmão. Em uma dessas aventuras, conhece a garota Latika e se apaixona por ela ainda jovem. Só que a vida separa o trio e agora ele vive tentando encontrar seu grande amor e mostrar a ela que podem ficar juntos. O filme é tão envolvente que é impossível parar de assistir. Todo mundo quer saber se ele vai acertar a pergunta final, conquistar a riqueza e, claro, ficar ao lado de quem ama.

Carol e Melvin (Melhor É Impossível)

Quando pensamos em casais fofos, é mais comum nos lembrarmos de relacionamento entre jovens. Mas é muito legal quando um filme surge para mostrar que o amor não tem data e idade certa para acontecer. Isso acontece em Melhor É Impossível, que gira em torno de Melvin, um escritor racista e homofóbico que tem TOC e vive isolado. Ele só se mostra mais simpático quando está diante de Carol, a garçonete de um restaurante que ele frequenta.

A confusão começa quando Simon, seu vizinho homessexual é internado e Melvin precisa cuidar do cachorro dele. A partir daí, passa a ter mais contato com Simon e não consegue mais parar de pensar em Carol. Ele, inclusive, a convida para fazer uma viagem e descobre que precisa mudar seu jeito para ficar ao lado dela. E olha como o amor funciona: ele tenta de tudo e está superdisposto a ser uma pessoa mais amigável. O resultado é tão lindo que rendeu o Oscar de melhor ator para Jack Nicholson e de melhor atriz para Helen Hunt.

Bela e Fera (A Bela e a Fera)

Belle-and-Beast-beauty-and-the-beast-9326800-852-480Como é de costume aqui no blog, todo Top 5 tem que ter um filme da Disney. E aqui está a opção da vez, um verdadeiro clássico das histórias das princesas. Fiquei pensando em qual casal era o mais fofo e a resposta apareceu de imediato: A Bela e a Fera. É uma das poucas histórias antigas da Disney em que o príncipe participa bastante, tem personalidade e consegue ser amado mesmo com sua aparência e seu jeito rude.

Ok, é um pouco surreal pensar em uma garota que se apaixona por uma fera. Mas, vendo a trama com olhos de criança, a lição que fica é a de que muitas vezes é preciso quebrar estereótipos para encontrar um amor. Bela poderia ficar com o cara bonitão, mas se apaixonou por uma criatura muito estranha. E esse ser bizarro, aos poucos, muda seu aspecto grosseiro e se torna mais amigável. Bonitinho, vai?

Seja qual for a escolha, o importante é celebrar o amor em suas mais diversas formas. Feliz Dia dos Namorados!