Posts em destaque

Top 5 – Filmes sobre viagem no tempo

Olá, pessoal! Quem nunca sonhou em poder voltar no tempo para fazer algo diferente? Ou então pular alguns anos e ver como a sua vida vai estar no futuro? Essas vontades são tão comuns que vira e mexe são exploradas em filmes. Foi pensando nisso que eu decidi criar este Top 5. Afinal, a gente ainda não tem esse poder de viajar no tempo, mas pode se imaginar na situação dos personagens.

Esse tema é tão recorrente que eu logo de cara pensei em 10 filmes. Aí fui cortando aqui e ali até sobrarem 5. Quem sabe não me animo para fazer uma outra lista em breve, né? Enquanto isso, dá uma olhada nos escolhidos da vez.

De Volta Para o Futuro

 

de_volta_para_o_futuro

Não tinha como começar esta lista de outra forma. De Volta Para o Futuro é um clássico lançado há mais de 30 anos, mas que mora no nosso coração para sempre. Tanto que eu já perdi as contas de quantas vezes vi. Sabe aquele filme que a gente não resiste quando vê passando na TV e sempre assiste? É bem assim.

Se você não faz ideia sobre a história, aí vai: Marty McFly é um garoto que acaba acionando uma máquina do tempo construída em um Delorean por seu amigo cientista. Ele acaba voltando no tempo e conhece sua mãe antes do casamento com seu pai. Agora, ele precisa servir de cupido entre os dois para que o futuro – inclusive o seu próprio nascimento – não seja alterado. Juro, é maravilhoso!

Feitiço do Tempo

582x0_1414006930

Outro clássico, mas que eu demorei séculos para assistir. Sabe aquela sensação de já ter passado por uma situação antes, o bom e velho déjà vu? É mais ou menos isso que acontece com Phil, um repórter de televisão escalado para cobrir o evento “dia da marmota”, em que uma marmota decidirá se o inverno terminará mais cedo. Ele decide fazer tudo bem rápido para ir embora, mas descobre que está preso naquela cidadezinha e vive o mesmo dia inúmeras vezes.

Cresci ouvindo minha mãe falar da expressão “dia da marmota” e não sei por que, mas sempre imaginei que era um filme de aventura e bem antigo. Aí, quando finalmente assisti, descobri que está mais para uma comédia romântica e é do início dos anos 90. Fiquei viciada, queria descobrir o que poderia fazer de diferente para sair daquela situação. E o mais legal de tudo é que ele precisa mudar as próprias atitudes para conseguir o que quer. Muito fofo!

Te Amarei Para Sempre

Te-Amarei-Para-Sempre3

Essa é para quem gosta de um romance beeem água com açúcar, daqueles que dão até sono de tanto marasmo. Henry é um viajante no tempo que conhece Claire quando ela ainda é criança. Até aí, tudo bem, só que ele tem uma modificação genética que faz com que ele acorde em momentos diferentes da sua vida. Quando vira adulta, Claire precisa decidir o que fazer com o futuro do amado.

A história é curiosa, não é? Justamente por isso, é um pouco complicado no começo porque tudo parece estar meio fora de ordem. E é essa curiosidade que faz a gente continuar a assistir e ficar presa para ver como tudo vai terminar. Eu gostei (até porque tem a Rachel McAdams, eterna Regina George) e já assisti umas quatro ou cinco vezes.

Meia Noite em Paris

032507

Ahhh como eu amo este filme, gente! Contei várias vezes aqui no blog que sou muito fã do Woody Allen e acho que este aqui figura facilmente entre os meus favoritos. Saí tão encantada do cinema que assisti mais duas vezes, comprei o DVD e sempre encontro uma maneira de recomendar para alguma amiga. É uma mistura de loucura, comédia, romance e poesia que faz tão bem que todo mundo precisa assistir pelo menos uma vez na vida!

A trama gira em torno de um homem que viaja para Paris com a noiva e resolve sair à noite para buscar uma inspiração para o seu novo livro. Quando o relógio marca meia-noite, uma carruagem aparece e transporta esse homem para a época da Bella Epoque e lá ele se encontra com alguns dos nomes mais importantes do movimento, como Salvador Dalí e Ernest Hemingway.

Click

filmes_1017_Click 11

Viajar no tempo nem sempre significa voltar no passado, mas ir para o futuro. É exatamente essa a história de Click. Às vezes a gente está numa loucura tão grande que não vê a hora de pular alguns anos e ver todos esses problemas resolvidos, não é mesmo? Neste filme, Michael não aguenta mais lidar com os filhos, a esposa e o trabalho ao mesmo tempo e acaba voltando para casa com um controle remoto universal. Com ele, pode abafar os latidos do cachorro, interromper a DR com a mulher e até mesmo ver a si mesmo no futuro.

O filme tem um climinha de comédia, mas vem com uma baita mensagem por trás. Quando Michael começa a avançar nos anos de sua vida, percebe que deixou de acompanhar muita coisa, como o crescimento dos filhos. Seu casamento também não andou muito bem e, quando ele percebe, sua vida inteira já passou. Sabe aquela história de aproveitar cada segundo porque é o que realmente importa? Um dos filmes mais lindos que eu já assisti na vida, juro!

Bônus: Barbie, a Estrela do Rock

Barbie em a Estrela do Rock (1)

Não poderia ir embora sem mencionar meu filme favorito durante a infância. Por muitos anos, essa história da Barbie ficou adormecida em algum lugar da minha memória até que eu lembrei por acaso enquanto gravava um vídeo para o canal do blog contando o que eu mais gostava de fazer quando era criança. E foi só lembrar que pronto, corri para assistir em VHS (lembra do pai do DVD?) na casa de uma amiga minha. Foi tão especial rever, gente!

Esse filme é de 1987 e foi lançado junto com uma boneca da Barbie que vai ao espaço. O filme, claro, entra na temática, e se passa nos anos 70, logo depois que o homem foi à lua. A história começa quando Barbie e seus amigos, que formam uma banda com ela, decidem fazer um show no espaço. O problema é que, na volta, eles entram em um túnel do tempo e acabam voltando no tempo até 1959, quando as primeiras bonecas Barbie surgiram. A história é bem bonitinha (claro que perde um pouco da graça quando você vê com os olhos de adulta), mas eu amo até hoje as músicas – baixei no celular e tudo, viu?

 

E vocês, lembram de algum filme que volte ou avance no tempo? Escrevam nos comentários que eu vou adorar assistir!

Um beijo e até o próximo post!

Top 5 – Filmes para comemorar o Dia do Amigo

Ter um amigo (ou muitos) é uma das melhores coisas da vida! Não importa se você conheceu na escola, na faculdade ou recentemente, essa pessoa será um grande companheiro, que dará os conselhos que você precisa a qualquer hora do dia! Isso sem falar nos programas que ficam mais divertidos quando vocês estão juntos.

E tem mais: a amizade é tão especial que faz um bem danado para a saúde – especialistas já concluíram que ela é capaz de prolongar a expectativa de vida. Bom, né?

Não por acaso, foi criado o Dia do Amigo, comemorado em 20 de julho aqui no Brasil e em outros países da América do Sul (em outras localidades, a data é 30 de julho) em homenagem à chegada do homem na lua, que simbolizou a união das pessoas em torno de um objetivo que parecia impossível.

Nada melhor, então, do que aproveitar este dia tão especial para fazer um Top 5 com amigos inseparáveis. Vamos conferir?

 

Woody e Buzz (Toy Story)

toy-thumb-600x338-136310

Quando o primeiro filme da franquia Toy Story foi lançado, eu era bem criança e achei chato. Aí cresci, vi de novo e amei. Estou para dizer, aliás, que é uma das minhas animações favoritas, muito em razão dos personagens. E por falar nisso, quer dupla que mais simboliza a amizade do que o caubói Woody e o astronauta Buzz Lightyear? Eles começaram se odiando, muito em razão de ciúme, e, aos poucos, tornaram-se inseparáveis. Apesar de amar o Slinky, o cachorro de mola, eu tenho um carinho enorme por essa duplinha aqui – e não sei dizer qual deles gosto mais!

 

Harry, Rony e Herminone (Harry Potter – a série toda)

141159108

Estou longe de ser maníaca por Harry Potter, mas sei que esses três aqui se conheceram no primeiro livro e, desde então, viraram melhores amigos. Grande parte das aventuras de todos os filmes, baseados nos livros homônimos, é realizada quando eles estão juntos e a amizade é tão grande que um faz de tudo para proteger os demais. Enquanto Harry descobre-se bruxo pouco antes de entrar para Hogwarts, a escola de bruxaria, Rony é de uma família tradicional de bruxos e Hermione é uma trouxa (palavra usada para caracterizar quem não é bruxo) que é nerd e sabe tudo.

 

Marty e Doc (De Volta Para O Futuro)

4fe818f5caac65cefafa698b2076f605

Ô delícia de filme, né gente? O filme já tem mais de 30 anos e o tal do futuro da segunda parte da história já chegou – bem diferente do que foi retratado, por sinal –, mas eu posso ver e rever várias vezes sem enjoar. Nessa primeira sequência, o garoto Marty se encontra com um cientista que ele carinhosamente chama de Doc, só que, ao fugir de um grupo de terroristas, ela acaba voltando no tempo e indo parar em 1955. Ele agora conta com a ajuda do amigo, em versão mais jovem, para fazer com que seus pais se apaixonem e ele possa voltar para a sua realidade. Juro, amo todos os filmes da trilogia e recomendo ver em sequência!

 

Mike, Sully e Boo (Monstros S.A.)

3110a513b08bb0fe0268ef8b51b113e7

Moradores de Monstrópolis, uma cidade habitada apenas por monstros, Mike e Sully são melhores amigos e trabalham assustando crianças pequenas todas as noites por meio da porta do armário delas, que faz a conexão entre os dois mundos. Tudo caminha bem até que Boo, uma garotinha muito fofa decide abrir a tal da porta e acaba invadindo a terra dos monstros. Depois de acolhê-la, Sully passa a nutrir um carinho enorme pela menina, mas tem que lidar com o ciúme de Mike, que não gosta nada da presença dela. Ah, vale a pena também assistir Universidade Monstros, que não é tão legal quanto o primeiro, mas mostra o início da amizade entre Mike e Sully. Fofo, fofo, fofo!

 

Carter e Edward (Antes de Partir)

f85feafe9b19097f431cfaad7b63fd24

Sabe quando duas pessoas que não têm nada a ver se encontram por acaso e viram amigos? É o que acontece neste filme. Internado em um hospital para combater o câncer, Carter acaba tendo que dividir o quarto com o dono do hospital, Edward, que também está com câncer. Com poucos meses de vida, eles decidem escrever uma “lista da bota”, com tudo o que desejam fazer antes de morrer. Depois disso, partem juntos, então, para realizar todos os itens e acabam virando amigos. É lindo demais e superinspirador. Eu tenho a minha listinha também e comecei a escrever depois de ver o filme!

 

Gostaram das sugestões? Aproveite para assistir ao lado dos seus amigos!

 

Um beijo e até o próximo post!