Posts em destaque

É verão | 5 dicas para manter a pele bronzeada por muito mais tempo

Olá, pessoal! Início de ano é a época perfeita para curtir o melhor do verão, né? Quem é branquinha como eu aproveita o clima de calor para tirar de sair de vez do modo “branco escritório” e ficar com a pele bronzeada. Mas, para ficar com a beleza (e a saúde) em dia, é preciso seguir alguns cuidados.

O primeiro passo é não exagerar. O bronze vem aos poucos, mesmo que você sinta que só fica igual a um camarão e a sua amiga fica com a pele dourada em questão de segundos. Claro que isso muda muito de pessoa para pessoa (e algumas ficam bronzeadas mais rapidamente), mas você também pode chegar lá. É só ter calma e paciência.

Ah, e o protetor solar é FUNDAMENTAL, viu? Sério, tomar sol sem proteção faz muito mal. Além de provocar queimaduras, aumenta as chances de desenvolver envelhecimento precoce e está entre as principais causas do câncer de pele.

Por mais chato e melequento que possa ser, aplique o filtro solar pelo menos 15 minutos antes da exposição solar e reaplique a cada três horas. Recomenda-se produtos com FPS 30 (no mínimo, eu uso 50) e que sejam indicados para o seu tipo de pele.

Dito isso, é hora de anotar tudo que você precisa fazer para manter o bronzeado em dia. Bora conferir?

Tome banhos rápidos e frios

 

Você já sabe – ou deveria saber – que os banhos quentes fazem muito mal à pele . Isso porque a temperatura alta remove a camada protetora da pele e deixa a região mais propícia à desidratação e ao ressecamento.

Aproveite que está calor e tome um banho frio. Não precisa ser gelado, mas também não tem necessidade de entrar ser quente, concorda? Ah, e quanto mais rápido melhor. Além de cuidar da pele, você ajuda a preservar a água. Que tal?

Evite buchas e esponjas

E já que estamos falando de banhos, tem mais um cuidado extremamente importante: nada de usar buchas e esponjas, já que elas acabam arranhando a pele e removendo a camada superficial – exatamente onde ficam os pigmentos responsáveis pelo bronze.

Passe o sabonete bem devagar, com movimentos circulares. Deixe a água cair na pele, o que também ajuda a acalmar a região pós-sol. Além de bronzeada, sua pele vai se manter hidratada por muito mais tempo.

Invista nos hidratantes pós-sol

Mesmo que você cuide direitinho da sua pele durante a exposição solar, não tem jeito: ela vai ficar mais sensível e irritada. Às vezes, você nem ficou vermelha-camarão, mas está sentindo a pele ardendo. Por isso, é essencial aplicar hidratantes pós-sol  ou after sun.

O diferencial desses produtos é que são enriquecidos com nutrientes que acalmam a pele, como aloe vera, camomila e calêndula. A dica é aplicar à noite, após o banho, assim você dorme tranquila e com a pele bem hidratada.

Consuma os alimentos certos

Você provavelmente já viu alguma receita dos famosos sucos naturais que seguram o bronzeado, certo? Na verdade, a questão não é nem o suco, mas os ingredientes, que são ricos em vitamina C e betacaroteno, substâncias que ajudam a uniformizar o tom da pele.

Coloque no prato alimentos como cenoura, beterraba, couve, espinafre, tomate e pepino. Um incentivo a mais para seguir firme e forte na dieta, hein!

Use roupas de cor branca

Parece bobagem, mas é isso mesmo: quando você usa roupas na cor branca, automaticamente fica com a pele mais bronzeada. A explicação é simples. O tom de branco usado nas roupas é mais claro do que o seu tom de pele (seja ele qual for), daí ficamos mais morenas. Deu para entender, né?

Então, a dica é aproveitar os dias quentes e se jogar no look total white que está super em alta. Vale a pena, não é mesmo?

 

E vocês, quais outras dicas gostam de usar para prolongar o efeito do bronze?

Um beijo e até o próximo post!

Eu li: Um Pequeno Favor – Darcey Bell

Olá, pessoal! Ultimamente, temos vivido um boom de filmes inspirados em livros , né? Na maioria das vezes, eu já li o livro quando o filme estreia e fico naquela expectativa para saber como vai ser a versão do cinema. Mas também acontece de ver o filme antes de ler o livro e não ter o mesmo impacto quando leio, sabe?

Bom, falei tudo isso porque há alguns meses, fui ver um filme no cinema e antes de começar passou o trailer de Um Pequeno Favor. Achei interessante porque era uma trama cheia de mistério e porque era estrelado por duas atrizes que eu adoro: Anna Kendrick e Blake Lively. Na hora, eu até pensei: “poxa, se tivesse um livro desse filme seria muito bom”. Mas passou.

Algumas semanas depois, entrei em uma livraria só para matar tempo (tinha horário para assistir a outro filme no cinema) e, de repente, encontrei o livro inspirado no filme. Comprei na mesma hora e fiquei MUITO feliz com a possibilidade de ler antes de ver a versão do cinema. Sério, eu nem sabia da existência do livro!

Li rapidinho, em uma semana, e agora chegou a hora de contar tudo para vocês! 🙂

A história

A trama do livro se concentra em Stephanie, que tem um blog dedicado à maternidade e é apaixonada por seu filho, Miles. Tudo começa quando sua melhor amiga, Emily, desaparece de forma misteriosa. É tudo muito estranho porque horas antes, ela pediu que Stephanie pegasse seu filho, Nicky, na escola. Além disso, Emily sempre foi uma mãe exemplar e nada daquilo fazia sentido.

Stephanie começa a se aproximar de Sean, marido de Emily, e precisa lidar com o pequeno Nicky, que sofre com a ausência da mãe. Enquanto isso, eles se perguntam onde Emily está e por quais motivos ela resolveu desaparecer.

O livro caminha assim até mais ou menos a metade, até que começa a ter várias reviravoltas. Chega em um ponto que você não sabe mais quem está certo e quem está errado. Sabe aquela coisa de que ninguém é tão inocente assim?

Enquanto a primeira parte do livro é narrada sob o ponto de vista de Stephanie (mesclando capítulos em primeira pessoa e os posts que escreve em seu blog), a segunda e a terceira contam com capítulos narrados por outros personagens. Então, dá para ter várias visões da mesma história, o que eu achei ótimo!

O que eu achei

Eu amei o trailer do filme e adoro essas histórias de suspense e mistério. Apesar de amar livros de romance estilo mulherzinha, eu realmente gosto quando pego uma história diferente para ler.

E foi assim no começo. Não conseguia parar de ler e não via a hora de saber o que tinha acontecido com a Emily. Aliás, preciso dizer que a primeira parte do livro é muito boa, por mais que a Stephanie seja bem bobinha, fui lendo sem parar e, quando vi, já estava na metade.

Eu adorei esse lance que a Darcey Bell, autora do livro, fez de mostrar que ninguém é tão inocente assim. Todo mundo esconde alguma coisa. Chega uma hora em que você não sabe mais o que pensar sobre os personagens, deu um nó tão grande na minha cabeça que eu só queria entender como aquilo tudo ia terminar.

Tudo caminhava muito bem, mas acho que a Darcey Bell se perdeu um pouco nessa loucura toda. A ideia inicial era solucionar o mistério do desaparecimento da Emily, mas de repente isso vira só um detalhe, sabe? E sei lá, o livro tem um final condizente com a história, mas deixou algumas pontas soltas que não fizeram muito sentido. Ficaria melhor se eu pudesse falar o que de fato acontece, mas não quero dar nenhum spoiler. Vocês me entendem, né?

No geral, eu gostei do livro e achei que a história prende muito. Não é o meu livro preferido e eu até perdi a vontade de ver o filme no cinema, mas estou esperando sair em algum streaming para comparar. Quem sabe gosto mais do que o livro, né?

 

E vocês, já leram? O que acharam?

Um beijo e até o próximo post!

Testei: Iluminador BT Glow | Bruna Tavares

Olá, pessoal! Bora para a primeira resenha do ano aqui no blog? Bom, eu sempre digo que maquiagem é treino: quanto mais você fizer, melhor fica. Eu me formei como maquiadora em 2017 e venho me aperfeiçoando e testando coisas diferentes desde então. E, olha, modéstia à parte, acho que melhorei muito desde então!

Um dos itens que eu mais gosto de usar nesses meus treinos é o iluminador. Eu sempre gostei de brilho e sempre comprava um ou outro iluminador, mas depois fui aprendendo a aplicar nos pontos certos do meu rosto e agora virou paixão. Tenho muitos aqui em casa e sempre gosto de variar. Ah, e não me canso de comprar quando surgem novos! 🙂

Foi exatamente o que aconteceu quando soube do lançamento da linha de iluminadores BT Glow, da Bruna Tavares com a TBlogs. Eu faço questão de acompanhar diariamente o blog da Bruna para conferir todas as novidades de maquiagem e PIREI quando vi essa linha. No começo, pensei em não comprar justamente por ter muitos, mas a vontade ficou lá, sempre me tentando rsrs…

Até que no fim do ano passado, a Sephora anunciou que ia começar a vender os produtos da Bruna Tavares e, entre eles, os iluminadores BT Glow. Decidi não adiar mais e comprar logo para poder testar e contar tudo para vocês!

Como funciona?           

A linha BT Glow é composta por iluminadores líquidos MARAVILHOSOS. O diferencial deles é que a embalagem é conta-gotas, então, você pode dosar a intensidade de brilho e usá-los sozinhos ou misturando com a sua base ou hidratante preferido. Resumindo: é um produto bem versátil, você usa como quer. Bom, né?

Ao todo, a linha conta com seis cores:

  • Champagne: tom perolado ideal para peles claras;
  • Rose Peral: rosê clarinho e perolado (o queridinho rosa millennial);
  • Taupe: tom neutro (nem dourado nem prata) e clássico;
  • Gold: dourado com fundo transparente que se adapta em todos os tons de pele;
  • Rose Gold: outra cor do momento, um tom mais metálico de rosa que também funciona para todo mundo;
  • Bronze: marrom acobreado perfeito para peles negras, mas que também serve para dar aquele efeito de pele bronzeada.

Bom, vocês sabem que eu sou PÉSSIMA quando o assunto é escolha, né? Para ser sincera, queria todos. Mas acabei ficando em dúvida mesmo entre o Champagne e o Rose Pearl por achar que eram os que ficariam melhor em mim, já que a minha pele é bem clarinha. No fim, não consegui mesmo me decidir e levei os dois, beijos! (Quem nunca né?)

Importante destacar que a fórmula dos iluminadores BT Glow é resistente à água e própria para todos os tipos de pele. Ah, ela também é vegana e cruelty free! ♥

Minha opinião

Alguns dias antes de comprar, conversei com algumas influenciadoras que já tinham testado e todas me disseram que o iluminador era maravilhoso, mas extremamente pigmentado. E é isso mesmo: pensa naquele iluminador megabrilhante que você tem. Agora multiplica por 10. Pronto, você entendeu rsrs…

Na verdade, não acho ruim que ele seja superpigmentado, pelo contrário! Acho ótimo e por mim, quanto mais brilho, melhor! O problema é que se a gente não tomar cuidado e pesar a mão, o resultado pode ficar um pouco exagerado.

Também acho legal avisar que a fórmula é bem cremosa e fluida, então, o jeito é pegar só um pouquinho e aplicar bem de leve. Minha dica é pingar uma gotinha em locais estratégicos (nas bochechas acima do blush, no meio do nariz e no arco do cupido) e espalhar com os dedos ou com pincel. Eu espalhei com os dedos mesmo porque acho mais fácil e dá para dosar melhor a intensidade.

Eu AMEI esses iluminadores porque uma gotinha já dá conta do recado e deixa um brilho LINDO. Não sei vocês, mas eu gosto de ver cada produto que eu usei no resultado final da make, sabe? Então eu realmente amei que o brilho fica bem visível!

Sobre as cores, amei as duas! O Champagne ficou mais prateado, com um efeito perolado lindo para usar à noite. O Rose Pearl é uma graça e fica bem delicado durante o dia, sabe? Ou seja, vou super usar os dois porque foi amor real mesmo!

Agora, vamos falar sobre o preço. Como falei, comprei os iluminadores BT Glow na Sephora do Shopping Eldorado, aqui em São Paulo, e paguei R$ 56 em cada. No site da TBlogs, eles custam R$ 55,90. Dá no mesmo, né? Por isso, minha dica é ver se alguma Sephora da sua cidade vende os produtos da Bruna Tavares, assim você não precisa pagar o frete do site.

Não é o iluminador mais barato do mundo, mas acho que vale, sim, se você puder investir nisso. Afinal, é um iluminador mais chique e você pode deixar para usar só em festas e eventos. Estou completamente apaixonada por eles e já virou vício!

 

E vocês, já testaram?

Um beijo e até o próximo post!

Os looks do Globo de Ouro 2019

Olá, pessoal! Quem me acompanha aqui no blog há bastante tempo sabe que eu adoro fazer a cobertura dos looks do Globo de Ouro. O Globo de Ouro abre a temporada de premiações de Hollywood. Eu adoro porque é um prêmio para séries e filmes, então vai um monte de gente rsrs…

Falando sobre os looks, eu tinha certeza absoluta que a maioria das celebridades ia levar a tendência do coral para o tapete vermelho. Afinal, coral é a cor de 2019 pela Pantone, né? Mas acabou que elas apostaram no brilho e em cores mais fortes. Bora ver quem passou por lá?

Amy Adams

Amy é a nossa eterna princesa Giselle do filme Encantada (quem lembra?). Eu tenho um carinho muito especial por ela e quase sempre gosto das escolhas dela para o tapete vermelho. Desta vez, não foi diferente. Adorei esse tom de azul e o decote ombro a ombro. Achei que ficou bem elegante e na medida certa para a ocasião. Também adorei o destaque da pulseira e a make bem clean.

Anne Hathaway 

Bom, a Anne Hathaway também é a nossa eterna princesa Mia. A série de livros O Diário da Princesa é a minha favorita da vida e eu ADORO a Anne. Nem sempre eu curto as escolhas de looks dela, mas achei que ela mandou muito bem. É um vestido bem polêmico, mas eu gostei da brincadeira com o toque metálico na parte de cima. Achei o decote bem bonito e o cabelo combinou muito. Ficou uma princesa moderna.

Camila Belle

Camila tem sangue brasileiro, então a gente gosta rsrs… Eu acho ela um pouco arroz de festa, mas quando é para elogiar, a gente elogia. Mais uma que apostou no azul, mas eu achei o modelo sensacional! Modelou o corpo dela e essa make é espetacular. Não vou me alongar muito porque vai ter vídeo lá no canal com as melhores makes da premiação, mas foi uma das minhas preferidas da noite!

Catherine Zeta-Jones 

Olhem bem para essa mulher. Musa, né? Agora e se eu falar que ela vai fazer 50 ANOS em 2019? Queria eu chegar aos 50 divando assim. Pessoalmente, amo esse tom de verde e achei o vestido muito elegante. Mas é a Zeta-Jones, qualquer coisa que ela usa fica mara. Concordam?

Charlize Theron

A Charlize é uma das minhas musas de Hollywood. Sério, ela é linda de todos os jeitos (até suja, careca e sem braço. Quem já viu Mad Max – Estrada da Fúria vai concordar). Ela apostou em um modelo preto e branco, que sempre dá certo, e deixou o destaque do cabelo por conta do franjão (amei)!

Claire Foy

A Claire é queridinha de muita gente por causa do seriado The Crown. Acho ela uma graça, super fofa, mas não sei, gente. Fiquei incomodada com esses brilhos no vestido. A maquiagem também não parece combinar muito. Acho que o vestido poderia ser liso, com uma make mais clean. Não ficou feio, mas não me agradou…

Dakota Fanning 

Assim como muitos de vocês, eu conheci a Dakota ainda criança, então é muito doido pensar que ela já tem 24 anos. Eu AMEI o look inteiro, adorei a cor e a textura do tecido no corpo dela. Curti super o conjunto com o colar, já que ajudou a valorizar o colo. Ela mandou muito bem ao prender o cabelo, deixando o destaque para o decote e o batom vermelho ficou lindo!

Elisabeth Moss

Todo mundo gosta da Elisabeth Moss por causa do seriado A Handmaid’s Tale. Eu também gosto, mas é normal ter um dia ruim no tapete vermelho. Eu até gostei da parte de cima do vestido, mas achei curto demais para a ocasião (se fosse midi, seria perfeito). Também não gostei muito do cabelo, parece que ela se atrasou e prendeu de qualquer jeito.

Emily Blunt

A nova Mary Poppins (aliás, ela ARRASOU no filme) é linda de todos os jeitos, mas eu amei MUITO esse vestido. Adorei a cor e os detalhes, achei bem moderno. A barra assimétrica me incomoda um pouco? Sim. Mas eu adorei o cabelo para trás e a make bem de princesa.

Emma Stone

Eu adoro a Emma, vocês sabem, mas estou confusa com a minha opinião sobre esse look. Gosto muito da cor, mas achei que acabou envelhecendo um pouco. Também acho que merecia um coque mais elaborado. O que vocês acham?

Gina Rodriguez

Outro vestido que me deixou confusa. Na primeira vez eu amei, depois achei estranho e agora não sei. Eu gosto muito da cor, mas acho que poderia ser um pouquinho menos decotado e mais acinturado. Não deixou ela muito reta?

Heidi Klum

A Heidi é a nossa arroz de festa favorita, está em todas rsrs… Eu só coloquei ela aqui porque eu já peguei muito no pé dela. Mas quando acerta, a gente tem que reconhecer. Concordo que não é todo mundo que vai gostar, mas eu AMEI! Achei muito princesa. Adorei o top mais estruturado e o cabelo solto bem menininha!

Janelle Monáe

Ela é linda e tem um rosto de boneca (amei super a make, aliás), mas eu nunca vou entender o gosto dela no tapete vermelho. Tá uma coisa meio Cleópatra, né? Enfim, não foi o pior look dela, mas foi a segunda pior da noite.

Jessica Chastain

Minha outra musa de Hollywood. Na próxima vida eu só peço pra ter o cabelo da Jessica Chastain (nada demais, vai rsrs…). Mas eu não gostei, achei que tem muita informação nesse look. O que mais me incomodou foi esse corpete, parece que ela ficou muito travada. E o cabelo dela é tão perfeito que merecia estar solto.

Julianne Moore

Aff, que mulher LINDA! Eu gosto muito de vestidos brancos no tapete vermelho. O look dela é um pouco confuso com essa mistura de texturas e o top parecido com um colete, mas eu super curti. Dá para acreditar que ela tem quase 60 anos? Deusa demais!

Lady Gaga

Bom, a Lady Gaga tem um gosto peculiar, né? Quem aí lembra do famoso vestido de carne que ela usou? Nossa mother monster está com tudo depois de arrasar no filme Nasce uma Estrela, mas eu não sou muito fã deste look. Gostei muito da cor, o problema é essa capa bufante. Se fosse só o vestido, seria PERFEITO. Mas amei a make e o cabelo.

Lupita Nyong’O

Mais uma que apostou no azulão. Lupita é uma linda, né? Ela segura qualquer look, até os mais estranhos. Eu gostei desse. O vestido é todo diferentão, a make tá linda e o cabelo combinou super. Mas sei lá, achei que passou batido.

Nicole Kidman

É aquela coisa: às vezes a Nicole acerta, outras ela erra bem feio. Hoje eu achei que ela acertou. A cor é bem bonita e o vestido tem uma textura linda, modelou esse corpo lindão dela. Adorei a clutch redonda e o cabelo ficou bem bonito, com o franjão. A make é bem discreta, combinou super. Tá vendo, nesse caso aqui, menos é mais!

Octavia Spencer

Adoro a Octavia desde o filme Histórias Cruzadas, mas acho o gosto dela meio duvidoso. Eu achei que o vestido é muito volumoso e acabou achatando a silhueta, além do decote, junto com o cabelo, fazer com que ela pareça sem pescoço. Tá na lista das piores para mim, infelizmente.

Penelope Cruz

Também acho a Penelope maravilhosa, mas achei esse vestido muito estranho. A barra me incomoda muito, gente. Parece aquelas montanhas de isopor usadas em maquetes da escola (maldade, eu sei, mas é verdade rsrs). Acho ela tão linda que este aqui ficou entre os piores. Sério, vejam outros vestidos que ela usou, são muito mais bonitos.

A pior da noite: Rosamund Pike

Sério, ela é uma atriz tão fantástica que até hoje a gente lembra dela em Garota Exemplar. Eu até sei que ela tem um gosto beem estranho, mas este aqui ficou bizarro demais. O problema foi o casaco, que acabou pesando o decote todo diferentão e aí ficou muita coisa para um look só. Também achei que faltou um cabelo mais elaborado ou uma make mais bonitona. Foi a pior da noite para mim!

A melhor da noite: Julia Roberts

Julinha ganhou nosso coração com as comédias românticas dos anos 90. Está com 51 anos e continua musa. Sério, achei essa proposta muito moderna, com a calça, mas ao mesmo tempo muito chique. A cintura marcada está super em alta e o decote assimétrico também. Adorei o cabelo mais despojado e a make é bem suave. Maravilhosa e apenas plena! Minha favorita de longe!

 

Teve mais gente que passou pelo tapete vermelho do Globo de Outro, mas eu decidi fazer uma seleção para não deixar o post imenso. Ah, só para constar: cheguei hoje de viagem, meu voo atrasou duas horas, mas cá estou, fazendo esta cobertura. Então não me deixa na mão e me valoriza, ok? 🙂

Me conta qual foi seu look favorito?

Um beijo e até o próximo post!

Top 5 – Filmes (antigos) que têm tudo a ver com as férias de verão

Olá, pessoal! Estamos em janeiro, época de praia , sol, piscina, calor, verão e férias para muita gente. Eu vivia entediada nesta época e hoje moro de saudade, era tão bom. Como eu sempre morei em São Paulo, ia no máximo duas semanas para a praia e depois ficava em casa sem fazer nada. Na verdade, o que eu mais amava era ver filmes na Sessão da Tarde.

Bom, janeiro é véspera da entrega do Oscar e os cinemas estão lotados de bons filmes. Mas eu resolvi fazer uma lista diferente para quem curte aquele cineminha em casa mesmo. É que muitas daquelas histórias que eu via na TV hoje são antigas demais e se tornaram clássicos. Juro que acho muito estranho quando falo sobre um filme da infância e alguém diz que não viu (tenho dificuldade para aceitar que eu estou ficando velha, me deixem rsrs..).

Pensando nisso, reuni os filmes que eu mais gostava de ver nesta época e que, para mim, têm aquele gostinho de férias de verão. Sim, eles são bem antigos e talvez você nunca tenha ouvido falar sobre, mas fica aí a sugestão para assistir ao lado dos irmãos e dos primos. Bora conferir?

Férias Frustradas

Passam-se os anos e este filme continua sendo a minha comédia preferida de todos os tempos. É aquela coisa: perdi a conta de quantas vezes eu já vi, mas continuo rindo nas mesmas partes e não me canso de ver de novo. É um clássico de 1983, mas é tão atual que até ganhou um remake em 2015 (que é engraçadinho, não chega nem aos pés do original).

Para quem não conhece, o filme fala sobre uma família que decide viajar de carro até um parque de diversões para aproveitar as férias. O problema é que dá tudo errado e é uma confusão atrás da outra. Sério, algumas coisas são tão surreais que a gente ri da loucura mesmo. Eu AMO e fez tanto sucesso que originou duas sequências: Férias Frustradas II e Férias Frustradas de Natal.

Conta Comigo

Não sei vocês, mas, para mim, férias de verão têm gostinho de amizade. É quando a gente chama os amigos para fazer qualquer coisa e volta para a escola com muita coisa para contar. E se tem um filme que resume tudo isso que eu penso é Conta Comigo, lançado em 1986 e baseado em um conto de Stephen King.

Como falei, o filme gira em torno de um grupo de 4 amigos na faixa dos 12 anos de idade que partem em uma aventura no meio de uma mata. Parecia só uma coisa de meninos, mas eles aprendem a importância de vários valores. Ah, olha só que legal: muitas das cenas do filme serviram de inspiração para a série Stranger Things (essa sim eu aposto que você viu), especialmente as que os personagens andam em trilhos de um trem.  

Dirty Dancing

Outro clássico da minha infância que eu não me canso de ver. Ele estreou em 1987, mas continuou fazendo sucesso na década seguinte e passa até hoje na Sessão da Tarde. Por mais bobinho que seja, a gente assiste, decora as falas e já teve vontade (pelo menos uma vez na vida) de aprender a coreografia da música principal, Time of my Life – aliás, música campeã de Oscar, tá mores?

Como eu falei, a história é simples: uma menina vai com seus pais para um acampamento de verão e lá se apaixona por um dos funcionários, que tem como hobby a dança. Não demora muito para ela aprender a dançar também, mas ela precisa lidar com seu pai, que não aprova o romance. Sabe aquele filme para ver e rever com a sua melhor amiga? Então!

Agora e Sempre

Mais um filme que fala sobre amizade, mas, desta vez, focado naquelas amizades entre amigas, que se tornam irmãs, sabe? Foi o meu filme preferido da infância e eu sempre assistia quando tinha alguma amiga em casa. Ele é de 1995 e eu tinha 7 anos na época, então, super me identificava com as personagens, que também eram novinhas e estavam descobrindo as coisas boas da vida.

Na verdade, a história começa quando as 4 amigas já são adultas. Cada uma seguiu sua própria vida, mas elas resolvem se reunir para lembrar das férias que passaram em 1970. Engraçado porque o filme tem uma vibe de nostalgia e eu não percebia isso quando era criança, mas faz super sentido agora que eu também sou adulta rsrs… preciso muito ver de novo!

The Wonders – O Sonho Não Acabou

Outro filme que me marcou MUITO quando eu era criança. Eu sempre gostei de música e passei a infância e a adolescência vendo programas de videoclipes musicais. Então, imaginem só como eu pirei quando vi que esse filme falava sobre a formação de uma banda fictícia que faz muito sucesso na década de 1960, mas acaba entrando para a lista de bandas de uma música .

Não tem tanto a ver com férias, praia e verão, mas é um filme que eu via muito nas minhas férias e lembro de ter visto com as amigas, a família, enfim… A música That Thing You Do também fez MUITO sucesso nos anos 90 e não nos pergunte como, mas a gente sabe a letra de cor até hoje. E ah, o filme é bem fofinho, também é super atemporal.

 

E você, lembra de outro filme que gostava de ver nas suas férias?

Um beijo e até o próximo post!