Posts em destaque

Por dentro da coleção Lolitta para C&A

lolitta-para-cea

Alguém aí estava sentindo falta das coleções da C&A elaboradas em parceria com grifes famosas? Pois depois de um período reservado para as liquidações de meio de ano, a fast fashion voltou com tudo e lança nesta terça (11) uma collection com a Lolitta, marca top da estilista Lolita Hannud e conhecida por vestir celebs e bloggers baladas em todo o Brasil.

Quem conhece, sabe que a designer adora criar peças de tricô em jacquard e bandagens que valorizam as curvas do corpo feminino. Resumindo: são looks que favorecem meninas que estão com o corpo em dia. Para esta série, ela apostou na mesma padronagem que faz muito sucesso e trouxe muitos recortes e estampas geométricas, gráficas e listradas. Além disso, tem peças lisas e rendadas. Tudo bem delicado e moderno ao mesmo tempo, sabem?

IMG_4123

Os vestidos são o ponto alto da coleção. O preço que não é lá muito agradável: os listrados estão a partir de R$ 299

Como eu sou muito ansiosa, aproveitei que a coleção foi lançada antecipadamente aqui em São Paulo e fui conferir antes. O que dá para afirmar é que a collection vai ser sucesso absoluto. Estava uma loucura, com muitas mulheres cheias de vontade de pegar tudo. O caos era tão grande que tinha fila no provador e algumas experimentavam no corredor mesmo (imaginem a situação)

IMG_5295[1]IMG_5291[1]

Na verdade, tudo é tão lindo que até justifica essa loucura toda. O que eu mais gostei é que a paleta de cores é bem feminina, alegre e a cara do verão que vem chegando por aí. Tem muita coisa em rosa clarinho, branco, nude, vermelho e verde, além dos clássicos preto e branco. Fora que as peças são superversáteis, dá para usar em qualquer ocasião, até mesmo no trabalho (as calças flare são maravilhosas para quem trabalha em ambiente mais formal).

São milhares de opções de blusinhas, saias – as skaters são fofíssimas -, camisas, jeans, jaquetas e acessórios como bolsas, sapatos e brincos. Os tecidos também são maravilhosos com destaque para as malhas e o couro. Por falar nisso, estava morrendo de medo de não conseguir entrar nos vestidos ou então de ficar com o corpo todo marcado, mas vestiu tão bem, gente… Difícil mesmo foi decidir o que levar. Aqui estão minhas escolhas:

IMG_5319[1] IMG_5322[1]

Vestido geométrico mais sequinho em cima e rodado embaixo e conjunto de blusinha laranja e saia skater

A collection está disponível em 43 lojas da C&A, mas também dá para comprar pelo site. Para deixar todo mundo na vontade, aqui estão algumas peças lindas:

lolitta-cea13

lolitta-cea3

Lollita-blazer

Curtiram? Agora é só correr para garantir as peças desejadas antes que elas se esgotem! 😉

Vantagens do curso de automaquiagem da Contém1g Perdizes

IMG_5330[1]

Vocês já devem ter percebido que eu tenho falado com frequência da Contém1g Perdizes. É que eu sou tão bem atendida quando vou lá que volto para casa cheia de vontade de postar minhas descobertas aqui no blog. A mais recente foi o curso de automaquiagem que elas promovem lá mesmo na loja. Por mais que a gente pense que sabe tudo de maquiagem, a verdade é que sempre temos uma dificuldade aqui ou uma dúvida ali. E muitas vezes não adianta pesquisar ou ver tutoriais no Youtube. Não tem nada, nada mesmo, que seja melhor do que alguém ali do seu lado para te ajudar a caprichar na make.

A Contém1g Perdizes disponibiliza vários módulos de curso, desde iniciante até avançado. Eu já tinha feito um mais básico, então desta vez optei por uma aula focada em olhos. Não sei vocês, mas a minha maior dúvida era fazer aquele esfumado perfeitinho, sem exageros ou borrões. Em pouco mais de uma hora de curso, aprendi não só a esfumar como tive várias dicas para aplicar em todo o rosto.

O mais bacana é que o curso começa desde a preparação da pele. Então, a gente aprende a hidratar e tonificar o rosto antes de passar base, pó e corretivo. Duas coisas que aprendi logo de cara: tenho que deixar a mão mais leve na hora de segurar o pincel (alguém mais descarrega toda a tensão nos dedos?) e me concentrar mais no que estou fazendo. E também descobri que as sobrancelhas precisam ser muito cuidadas, afinal, elas fazem um papel muito importante para destacar nosso olhar, não é mesmo?

IMG_5336[1] IMG_5339[1]

Outra coisa que eu gostei muito no curso é que você coloca a mão na massa – ou melhor, na make – o tempo todo. A maquiadora fica do seu lado para te ajudar a acertar na aplicação e na dose, mas é você quem faz tudo. Assim, consegue aprender melhor a se maquiar. Esse cuidado faz toda a diferença!

Quanto ao olho esfumado, que eu tinha muitas dificuldades, é mais simples do que eu pensava. Meu problema é que eu sempre tentava fazer o desenho com sombra preta e nunca chegava no resultado esperado. Olha só que dica bacana que me deram: começar com uma sombra marrom, que deixa o rosto mais leve, e forçar o esfumado no côncavo. Contei aqui que eu tenho certo pânico de usar o delineador, mas uma opção incrível que me deram é utilizar o lápis e fazer um traço bem fininho rente aos cílios. Fácil, né?

Por falar nisso, outra dica que eu amei é o truque para olhos pequenos, como os meus. Sempre teimei em passar lápis preto em toda a linha d’água e isso, adivinhem só, deixa os olhos ainda menores. O que fazer? Aplicar lápis cor de pele na região e um traço preto logo embaixo só até o centro do olho. Levei esse ensinamento para a vida, gente! Nunca mais vou deixar de usar!

Claro que aprendi muitas outras coisas, como passar iluminador na parte central acima da boca (conhecida como coração) para destacar o batom. Mas o legal mesmo é que tudo é feito de forma personalizada, então cada aluna tem a chance de descobrir o que é melhor para o seu tipo de rosto, tom de pele e por aí vai. E o bacana é que a gente ganha um fascículo no final do curso para praticar em casa. Porque esse é o conselho mais valioso: treinar todos os dias. Mesmo. Só assim para nunca mais esquecer!

O resultado ficou incrível e o mais legal é pensar que fui eu que fiz:

IMG_5331[1] IMG_5332[1]

Gostou da ideia? Então que tal mais um incentivo para fazer agora mesmo? O curso tem um valor de investimento de R$ 100, mas em compras acima de R$ 150 na Contém1g Perdizes, você ganha um módulo! Bom, né? O melhor é que vale para a vida toda, afinal, você nunca mais vai se maquiar da mesma forma. E, claro, dá para fazer todos os módulos e ficar ainda mais expert em make! Eu recomendo para todo mundo e não vejo a hora de fazer o próximo! 😉

E tem mais: leitoras do blog têm 10% de desconto em compras na Contém1g Perdizes! É só apresentar a senha “FIKDIK Blog” para arrasar por lá! A Contém1g Perdizes fica na Rua Cardoso de Almeida, 731, esquina com a Rua Dr. Homem de Melo. Difícil mesmo é controlar a vontade de querer levar tudo! 

Top 5 – Livros para comemorar o Dia dos Pais

Chega o finzinho de julho e a gente já começa a ver algumas propagandas temáticas na televisão. As vitrines das lojas também já começam a se preparar para uma data muito especial: o Dia dos Pais. Aqui no Brasil, é comemorado no segundo domingo de agosto, mas, nos Estados Unidos e na Europa, a celebração acontece no terceiro domingo de junho.

Sempre estranhei essa diferença, afinal, o Dia das Mães acontece no mesmo dia em muitos países. Fiz algumas pesquisas e descobri que a comemoração em junho tem a ver com o dia de São José, pai de Jesus Cristo. No Brasil, o mês de agosto está relacionado ao dia de São Joaquim, pai de Maria e, consequente, avô de Jesus.

Seja como for, o Dia dos Pais é o momento perfeito para ficar ao lado daquela pessoa tão importante para nós, que ajuda a formar nossos valores todos os dias. Aqui no blog, datas especiais também são comemoradas em formas de listas. No ano passado, trouxe cinco personagens que foram pais em filmes famosos. Desta vez, selecionei pais de livros conhecidos e que ocupam um lugar muito especial no nosso coração. Vamos conferir o Top 5?

Charlie Swan (Saga Crepúsculo)

Crepúsculo_livro

Assim que pensei nesta lista, lembrei do pai da Bella, a mocinha dos livros da Saga Crepúsculo. Não sou muito fã da história, mas li todas as partes e sempre tive um carinho pelo personagem. Apesar de ter um jeito durão, ele faz de tudo para ver a filha feliz. Vamos aos fatos? Oferece um carro, arruma um quarto aconchegante, aceita o namoro dela com um cara meio esquisito e ainda aceita o casamento dela com esse mesmo rapaz. Quem conhece todos os detalhes da saga percebeu que, no fim, ele suspeitou da verdade e não falou nada, mas ficou lá firme, forte e fofo ao lado da família. Não por acaso, é o meu personagem favorito de todos da história. É como se ele fosse o nosso pai, sabem?

Steve Miller (A Última Música)

AUltimaMusica_capa

Sempre recorro aos livros do Nicholas Sparks porque, apesar de seguirem sempre a mesma fórmula, apresentam ótimos personagens coadjuvantes. É graças ao Steve que o enredo de A Última Música se desenrola. Afinal, é ele que recebe os filhos – entre eles, a protagonista Ronnie (vivida por Miley Cyrus no filme, quando ainda era uma mocinha jovem e angelical) – para passar uma temporada de férias. Ele é fofo do começo ao fim, mas Ronnie não o aceita muito bem no início, enquanto seu irmão adora brincar com o pai. Steve faz a gente rir e se encantar, mas principalmente chorar. E quando digo chorar, é chorar muito. Talvez seja por isso que ele tenha me marcado tanto.

Phillipe Rinaldi (O Diário da Princesa)

download

Jamais poderia deixar de fora a série de livros mais incrível que eu já li na vida e que marcou minha adolescência/começo de vida adulta. Sim, amigas, estamos falando de O Diário da Princesa. Nos filmes, o pai da minha querida Mia está morto, mas nos livros (que, aliás, são mil vezes melhores do que os filmes) ele está mais vivo do que nunca. Ok, ele não é lá muito presente, mas rende momentos engraçadíssimos. Quem leu sabe que ele sempre se mete em confusão porque resolve arrumar uma namorada nova, que quase sempre é uma jornalista ou modelo bonitona. O príncipe Phillipe também deixa sua mãe, a Rainha Clarisse, de cabelo em pé. Só de escrever já sinto saudade dos livros. Recentemente, a autora Meg Cabot disse que está trabalhando na continuação da série. Será? Nossos corações agradecem!

Papai Walsh (Melancia, Férias, Los Angeles, Tem Alguém Aí e Chá de Sumiço)

Download-Los-Angeles-Marian-Keyes-em-ePUB-mobi-e-PDF

Já disse aqui algumas vezes que sou completamente apaixonada pela família Walsh, retratada em alguns livros da escritora Marian Keyes. Cada uma das cinco filhas tem o seu próprio livro (citados aqui em cima) e até a hilária Mamãe Walsh ganhou seu livro no finalzinho do ano passado. Apesar disso, sinto falta de um livro sobre o único homem desse clã, que também é responsável por muitos momentos engraçados. Na minha opinião, o livro em que está mais inspirado é Los Angeles. Lembro de uma passagem em que ele e toda a turma vão visitar a filha Maggie nos Estados Unidos e todos decidem conhecer a Disneyland. Papai é orientado a tomar cuidado porque quebrou o braço da última vez em um brinquedo. Adivinhem como ele volta desse segundo passeio? Sim, com o braço quebrado na mesma atração. Uma figura!

Bill Tyree (Querido John)

Querido-John

Aqui está mais um exemplo de personagens pais dos livros do Nicholas Sparks. Só que, ao contrário de Steve, Bill não tem uma relação boa com o filho John, protagonista da história. Na parte inicial do livro, ele é retratado como um senhor introspectivo, cheio de rotinas e horários e apegado a uma coleção de moedas. Mais tarde, descobrimos que esses comportamentos são uma forma de autismo e John se dedica a cuidar dele, o que faz com que se reaproximem. Esse foi o primeiro livro do Nicholas que eu li e na época gostei muito. Hoje percebo que talvez seja um dos mais fracos em termos de história. O que se salva mesmo é justamente essa relação do protagonista com o pai.

Seja qual for a escolha, o mais importante é aproveitar o domingo ao lado do seu pai. Feliz Dia dos Pais! 🙂

5 motivos para começar o Projeto Verão agora

tenis-de-corrida-verao-2014

Todo ano é a mesma história. Chega setembro ou outubro e nós começamos a ficar desesperadas para ficar com o corpo em dia e aproveitar o verão sem neuras. Prometemos que vamos à academia todos os dias e decidimos banir doces da nossa vida até o Natal – muito embora a gente saiba que isso quase nunca acontece.

O famoso Projeto Verão, que ficou ainda mais em evidência com o boom das redes sociais, causa muito mais pique durante a primavera, mas começá-lo no inverno (mais precisamente AGORA) tem suas vantagens. Pode parecer ansiedade, só que a chance de ter bons resultados é maior. Por quê? Bom, por conta de cinco fatores que eu explico a seguir:

Disposição

mulher-malhar-musuclacao-dor2

Ok, ir à academia no frio dá muita preguiça. Mas, como disse no post sobre as vantagens do inverno, treinar nesta época é muito melhor porque o metabolismo acelera para manter a temperatura corporal. Com isso, a queima de calorias é beeem maior. Isso significa que os resultados aparecerão mais rápidos e você se sentirá mais motivada para cumprir a promessa de mexer o corpo todos os dias. E isso não vale só para academia, viu? Qualquer esporte e modalidade valem. É só procurar aquele que te dá mais prazer.

Planejamento

images

Com cinco meses de antecedência para a chegada do calor, dá para organizar melhor o seu Projeto Verão. Que tal planejar metas para cada mês com base no que você deseja conquistar? Pode ser uma estimativa de quantos quilos pretende perder ou um incentivo para adotar de vez um estilo de vida mais saudável. E, claro, tudo sem desespero. Ninguém precisa de um treino pesadíssimo na academia se dá para obter o mesmo resultado a longo prazo. Ter calma é essencial, combinado?

Esqueça a culpa

Aqui entra o peso terrível na consciência quando a gente não vai à academia ou come mais do que pretende. É horrível, não é? Pois essa é uma grande vantagem de quem começa a focar no verão agora. Como ainda tem um tempinho, dá para aceitar o convite dos amigos e jantar algo mais calórico. Afinal, é tranquilo para compensar depois. E se perder uma aula de spinning hoje, dá para repor amanhã. Lógico que temos que ter o cuidado para não transformar esses hábitos em rotina, mas fica tudo melhor quando a culpa não existe.

Mais tempo para comemorar os resultados

images (1)

Quando temos pressa, queremos emagrecer a qualquer custo e ver os resultados com mais rapidez. O problema é que quase sempre essa conquista se transforma em uma luta diária. Temos pouco tempo para eliminar calorias e a balança nem sempre colabora. Aí vem a irritação, o peso na consciência e o excesso de treino pesado. Eis outra grande vantagem: com muitos meses de antecedência, dá para emagrecer mais devagar (que é a maneira mais correta) e conquistar cada quilo perdido. Bom, né?

Autoestima

images (2)

Mais do que uma questão de vaidade, emagrecer apresenta inúmeros benefícios para a saúde. Todo mundo sabe que estar em dia com a balança afasta o risco de doenças e ajuda a manter o corpo mais protegido e saudável. Mas a melhor vantagem, para mim, é a autoestima. Nós nos sentimos tão bem quando conseguimos perder aqueles quilinhos a mais, não é mesmo? O ânimo muda, a felicidade aumenta, o humor melhora e a vontade é sair por aí com o novo corpo . Vale até prometer para si mesma um banho de loja, afinal, muitas roupas serão perdidas com essa mudança física.

Por fim, é importante lembrar que a velha história do peso ideal não existe. O que importa mesmo é se sentir feliz com o próprio corpo e, se não estiver contente, correr atrás do objetivo 🙂

6 Tendências de verão para ficar de olho

Parece estranho pensar no verão quando estamos em pleno inverno, não é? Pois saiba que enquanto nós estamos tirando as botas e os casacos do armário, nossas amigas que moram nos Estados Unidos, na Europa e em outras regiões do hemisfério norte estão curtindo o calorão.

Para as amantes do mundo fashion, é hora de acompanhar todos os looks que estão bombando por lá e começar a se preparar para o que será febre por aqui nos próximos meses. O que dá para concluir é que o próximo verão será bem democrático, ou seja, estará aberto para todos os estilos. Que tal dar uma olhada nas peças que serão peças-chave da próxima estação?

Vestidos-camisão

vestido-jeans-camisa-jeans-camiso-jeans-importado-14071-MLB4360849664_052013-O

O nome é engraçado, mas é exatamente o que você está pensando: transformar uma camisa velha ou larga em vestido. Essa tendência pega carona no estilo boyish que está fazendo sucesso nesta temporada e propõe dar um ar fashion para a camisa de alfaiataria. O ideal é utilizar uma camisa em cor mais clara e tecido leve (vale até pegar a do namorado), dobrar as mangas e dar um ar feminino com um cintinho amarrado na cintura. O melhor da peça é que é econômica, afinal, todas nós temos uma camisa velha no fundo do armário.

Mochila

072013-elizabeth-keene-pink-backpack-manhattan-beach-fashion-blogger-summer-looks-crochet-pink-backpack-white-denim-shorts-9830

Lembra das mochilinhas de couro e lona que faziam sucesso na década de 90? Elas voltaram com força total. Eu mesma comprovei que este é O item do momento. Todas as meninas possuem mochilas com estampas fofas e coloridas. O toque do verão e de modernidade é justamente esse: misturar o couro com listras, cores abertas, rendas e outros detalhes que ajudam a dar mais personalidade para a peça. Lá fora era muito fácil de encontrar e quase todas as lojas vendiam algumas opções. Fiquei tentada a comprar uma, quem sabe nos próximos meses…

Cabelos coloridos

4-Main12

Essa é outra tendência que eu percebi durante a minha viagem de férias. Muitas meninas – de qualquer idade, inclusive as mais velhas – tinham os cabelos totalmente coloridos ou algumas mechas chamativas. O bacana é que algumas faziam questão de misturar tons como rosa e roxo e o resultado era lindo de verdade. Esse estilo com certeza vai pegar por aqui. Mas vale lembrar que só combina com pessoas que tenham essa atitude e que trabalhem em locais mais informais.

Pantacourt

7684304e3e71fa5e5d4768f758a69f7d

Você certamente já ouviu falar sobre essa peça, que virou febre neste inverno. Trata-se de uma versão curta da Pantalona (daí o nome). É um tipo de bermudão, com caimento um pouco abaixo dos joelhos e barras largas. Neste inverno, a peça apareceu em tecidos pesados como couro. A ideia é que ela seja usada em tons neutros e leves no verão. Vale lembrar que a pantacourt tem atitude de sobra, por isso, é preciso ter estilo para saber combiná-la com o restante do look.

Top cropped

images

Confesso que não sou a maior das fãs dos croppeds e sempre relutei em usar, mas, de uns tempos para cá, comecei a olhar para eles de outra forma. Acho que a peça até vale em pessoas com o corpo em dia e em determinadas situações. E não tem jeito: eles vieram para ficar e não vão embora tão cedo. Pelo menos foi o que vi nas araras das lojas norte-americanas. É muito cropped para pouca roupa “normal”. Ou seja, o jeito é treinar muito para ficar em forma e se acostumar a usar os famosos tops. E aqui vai mais uma confissão: comprei dois tops croppeds e ainda não usei, mas estou louca para que isso aconteça!

Total branco

b1d3ceab76949d861d98a015fcc96578

Já faz um tempo que a gente vê a força do branco. Se antes era visto como uma cor sem graça, hoje ganhou ar cool e sofisticado. Muitas fashionistas pegaram carona na tendência e usam e abusam de looks totalmente brancos. Quer clima melhor para aderir ao estilo do que o calor do verão? É a temporada perfeita para usar roupas leves e fresquinhas. O melhor de tudo é que a gente sempre tem uma camiseta branca no fundo do armário, então já dá para começar a testar as produções em casa.

Enquanto o verão não chega, a dica é caprichar nos looks de inverno e buscar inspirações para se preparar para os próximos meses.