Posts em destaque

A origem das bolsas Wayuu

Você pode até não saber o nome, mas com certeza já viu as bolsas coloridas e artesanais, típicas de países da América do Sul. Batizadas em homenagem a uma tribo localizada entre a Venezuela e a Colômbia, as Wayuu fizeram o maior sucesso no último verão e devem continuar em alta. Por isso, se você ainda não adquiriu a sua, ainda dá tempo! Mas, antes de escolher o modelo, que tal saber mais sobre a origem desse acessório?

image

Nessa tribo, as mulheres ocupam posições de destaque e aprendem, desde cedo, a tecelar (daí a riqueza de detalhes!). Engana-se quem pensa que, com o sucesso, as peças passaram a ser produzidas em massa. Muito pelo contrário! Cada bolsa é feita por uma única pessoa e pode levar até um mês para ficar pronta.

10424265_649483075138140_4598255321125594333_n

As cores fortes e os desenhos também são pensados com muito cuidado. Isso porque cada símbolo e tonalidade deve traduzir os princípios da tribo. Em algumas bolsas é possível ver figuras geométricas, estrelas, plantas… Ou seja, tudo que é considerado importante para os membros da comunidade. Outras peças são mais abstratas, mas também representam a forma de pensar e se vestir dos Wayuu. Quanto mais detalhe tiver, mais valiosa!

10488128_649483215138126_7891191796432248355_n

Por toda essa história, não é de se espantar os preços elevados. Mas pense pelo lado bom: parte do valor é revertida para as tribos. Viu só? Além de ficar na moda, você ajuda a fazer com que esse estilo de vida seja mantido.

10505343_649483078471473_4803438958122454165_n

______________________________________________

Gostou das bolsas das fotos? Elas estão à venda!

É isso mesmo! Todas as bolsas usadas para ilustrar esse post estão à venda e esperando um lugarzinho no seu closet. Interessados em adquirir as peças e ter mais informações podem mandar um e-mail para wayuu_original@yahoo.com.  Ah, são originais mesmo, viu? Trazidas com muito carinho lá da Colômbia! Eu já tenho a minha e você?

Farm + Adidas Parte 2

detalhe

Lançada em março deste ano, a coleção da Adidas, em parceria com a Farm, foi um verdadeiro sucesso. Se você garantiu as peças ou não conseguiu chegar a tempo, prepare-se para uma excelente notícia! Vem aí a segunda parte da coleção colaborativa (Oba!). Pois é, a proposta é a mesma: trazer itens esportivos com estampas pra lá de lindas, inspiradas na natureza do Brasil. Dá só uma olhada no que estará a venda a partir do próximo semestre:

adidasfarm2

making_of_adidas-foto-fernando_azevedo031

Serão mais casacos, jaquetas, calças, leggings e mochilas! Em um primeiro momento, serão lançadas duas estampas: índigo e arara (essas aí de cima). No final do ano, a Farm trará mais dois padrões. Ou seja, teremos opções para todos os gostos. Ainda não foi divulgada a data oficial de início das vendas, mas já dá para começar a economizar.

making_of_adidas-foto-fernando_azevedo039

making_of_adidas-foto-fernando_azevedo049

making_of_adidas-foto-fernando_azevedo059_1

O jeito agora é esperar e controlar a ansiedade. Confesso que já estou apaixonada por essa estampa arara. E vocês?

(Via Vogue – Fotos: Fernando Azevedo/Divulgação)

________________________________________

Fik Dik Blog no Instagram

Pois é, o blog completou dois meses de vida e, para comemorar, criei um perfil no insta só para ele. Além de falar dos posts, vou trazer mais notícias sobre o universo feminino. O novo endereço foi lançado ontem e já está um sucesso. Quer seguir também? Então entra lá: @fikdikblog

As cores do inverno 2014

O inverno começa oficialmente no próximo dia 21. Ou seja, ainda dá tempo de correr para garantir as peças que farão sucesso nesta temporada. Antes de ir às compras, é importante conhecer as cores escolhidas para representar a época mais fria do ano. Há anos marcado por tons sóbrios e neutros, a estação agora passa a dividir espaço com padrões mais abertos e alegres (Oba!). Vamos conhecer?

Burgundy

IMG_5708

O bordô aparece repaginado, com mistura do vinho, do marrom e do púrpura. Resultado: cor pra lá de elegante que deixa os looks mais chiques. Batizado de burgundy em homenagem à região de Borgonha, na França, o tom aparece em calças, camisetas, calças, casacos, bolsas, sapatos e até mesmo na maquiagem. Mais uma boa notícia: cai superbem em qualquer estilo e tom de pele. Para combinar, use preto, branco ou cinza.

Verde-esmeralda

IMG_5713

O verde bombou no ano passado, mas continua em alta. Dá para entender o motivo do sucesso. É uma cor sofisticada e versátil – vai do trabalho ao casamento. Em loiras e morenas, garante um contraste perfeito com o tom de pele. A dica é equilibrar a produção com outro tom mais sóbrio para evitar o exagero. Já as ruivas e donas de olhos claros podem usar à vontade. Aliás, essa é a melhor opção para destacar cabelos e rostos delicados.

Azul-bic

IMG_5719

É o famoso azul-royal. Assim como as outras opções, fica ótimo em qualquer ocasião e funciona como um ponto de luz nos looks de inverno. Por isso, invista em combinações com preto, branco e cinza. Quer alegrar ainda mais o visual? Então opte por acessórios metalizados. Tome cuidado apenas com produções monocromáticas, pois o resultado pode ficar muito pesado, principalmente se usado durante o dia.

Mostarda

IMG_5725

Solução para quem faz cara feia para o amarelo, é uma versão mais queimada e próxima do bege. Atenção para não ficar apagada: equilibre com cores mais fortes, como preto, cinza, marrom e verde-escuro. Medo de arriscar? Então invista no look blusa mostarda + calça jeans. Fica lindo! Ah, também dá para levar mais charme com o uso de pedraria. O que isso significa? Que essa é a melhor opção de cor para usar com colares bem coloridos, caso do turquesa e do coral.

 

Na onda dos maxi brincos

image

Foi-se o tempo em que os brincos serviam apenas para dar um toque na produção. Hoje eles são cheios de estilo e oferecem mais personalidade ao look. E para conquistar esse efeito, eles estão cada vez maiores (e põe maior nisso). Chamados de maxi brincos, os modelos da vez podem ser feitos com metal ou pedraria e apresentar formas geométricas e abstratas – os com formato de leque estão super em alta, aproveite!

image (1)

Como a variedade de opções é grande, o principal cuidado é escolher um modelo que combine com o seu tipo de rosto. Os maxi brincos mais compridos e trabalhados ficam ótimos em mulheres com pescoço comprido, pois valorizam o rosto e deixam a silhueta alongada.  Para isso, é importante usar vestidos com decotes ou que deixem o colo e os ombros em evidência. Assim, o acessório pode brilhar e se tornar um destaque.

Se você tem o rosto pequeno, opte por brincos mais pequenos e discretos, ok? E nada de acrescentar colares, pulseiras e outras joias. A dica aqui é que o modelo seja o seu único ponto de atenção.

Precisa de inspiração? Então confira as famosas que já aderiram ao acessório:

image (2)

Com tudo pronto, é só escolher o que mais combina com  o seu estilo e arrasar no próximo evento.

Botas Over the Knee: como usar?

Sem título

Depois de brilharem por várias temporadas de inverno, as botas de cano curto finalmente cederam espaço para as de cano alto. E quando falamos de alto, é alto meeeesmo. Chamada de Cruissardes ou Over the Knee, a bota da vez fica acima dos joelhos e carrega um visual ousado e moderno. Apesar de já ser um sucesso, tem muita gente que faz cara feia quando em pensa em aderir à moda. O principal motivo é acreditar que ela carrega um ar de vulgaridade. Mas é possível, sim, desfilar por aí com as botas do ano sem ser motivo de piada.

A maneira mais prática e confortável e usar com leggings que sejam da mesma cor da bota. Calça jeans skinny também é uma boa pedida. Para levar mais delicadeza ao look, combine com vestidos em cores neutras e maxicardigãs ou trench coats. Nem todo mundo gosta de meia-calça, mas aqui não tem jeito de escapar. Elas vão te ajudar a não passar frio e ainda deixarão a produção mais chique. Lembre-se da regra da legging, que também vale nesse caso: escolha sempre uma opção que tenha a mesma cor da bota. Essa é uma regra valiosa para alongar a silhueta de mulheres baixinhas.

image

Como as Over the Knees já chamam atenção, evite exagerar nos acessórios e no decote. Escolha peças que sejam mais sóbrias – preto, marrom, cinza, branco e nude são as melhores opções. Dê preferência a bolsas que também sejam neutras. Os modelos de alças com tamanho médio são os mais recomendáveis.

image (1)

Todo mundo sabe que esse tipo de bota fica melhor em mulheres altas, magras e com coxas finas. Mas se você (assim como eu e 80% da população feminina do Brasil) não faz parte desse time, não precisa ficar desanimada. Existem vários modelos que se adaptam ao seu biotipo. Para as baixinhas, a dica é apostar nas opções com saltos. Quem tem coxas grossas, pode escolher as botas com aba dobrável, que fica mais larga na parte de cima.

Depois da escolha, é só sair e esperar os elogios.