Posts em destaque

Unicórnio: dicas para usar a tendência da vez no cabelo e na maquiagem

Olá, pessoal! Quem aqui é ligada em tendência com certeza sabe que os unicórnios estão mais em alta do que nunca. Sabe aquele cavalo bonitão com crina colorida e um único chifre grande em espiral? Pois é, a figura mitológica, vista como símbolo da bondade e da pureza, invadiu o mundo da beleza e conquistou um número ainda maior de fãs ao redor do mundo.

d1c523a762efab7ae88f7fe135266153

Há pouco tempo, estive no Beauty Festival, evento organizado pela Glamour Brasil, e assisti a uma palestra comandada pelas jornalistas de beleza da revista, que mostraram as principais tendências desse universo e lá estava ele, o unicórnio. Aproveitei as dicas das meninas, reuni outras e preparei uma lista com todas as dicas para aderir ao movimento da vez. Vamos conferir?

Trança unicórnio

Esqueça as boxers braids (tranças boxeadoras). O penteado da vez tem o objetivo de imitar o chifre do unicórnio e inclui uma trança embutida e centralizada bem no alto da cabeça. Normalmente, elas exigem que o cabelo que vai ser trançado seja desfiado para dar volume e ficar mais parecido com a crina do unicórnio. Mas, se estiver muito difícil, pode fazer uma trança mais fina e sequinha que vai ficar linda de qualquer jeito!

e58df1ccde7cbb0610ccde558df69b35 aae76baea9801aa5a0cb2fc862ea078f

e5c277069072b8effef5a679c79d29af 85f31876213caa2c2aae8f281afc0909

O mais legal de tudo é que a trança por si só já causa um efeito bem bacana. Mas, dependendo da ocasião, dá para finalizar com babyliss, coque, rabo de cavalo ou o que mais a sua imaginação permitir. Está com dúvida sobre como fazer? Existem vários tutoriais no YouTube. É só procurar e treinar bastante que uma hora sai. Fica lindo, viu?

Rainbow Hair

Outra tendência de cabelo inspirada nos unicórnios para as mais ousadas. O Rainbow Hair nada mais é do que pintar os fios com as cores do arco-íris, algo que remete à crina dos animais fofinhos que a gente tanto ama. Tem que ter muito estilo para usar, mas fica lindo. Eu sou superapegada ao meu loiro e não pretendo trocar de cor, mas sempre fico babando quando vejo fotos desses cabelos.

45154e37f9476734b309842866128b65 e1420ee7d48c9596d19e98c23b583044

af65846d133d858c566649838b0f2108 f8ca014efaa6ce647bdd722f0cb26721

8c6aac7c9ecb66d58a9c4848dd60ef87 25fe29ea501e7b95d728ee543c3e9ce7

b4b30dc1fa90ef1bab52f0127bc52ff1 fb1f35644918b2d77e4e541a1b4584d5

Normalmente, o Rainbow Hair é feito com mechas grossas e proporcionais de cada cor, mas uma boa dica para quem está com medo de ousar é escolher um único tom e pintar apenas as pontas (o rosa clarinho é um dos mais escolhidos). Outra opção que eu acho bem legal para quem tem bastante cabelo é fazer as mechas coloridas na parte debaixo do cabelo e cobrir com outro tom uniforme e mais próximo do “normal”. Não é lindo?

Glitter na maquiagem

Eu sempre fui perua e tenho um fraco por maquiagens coloridas e cheias de brilho, mas no dia a dia acabo usando tons mais neutros. Até tinha uns pigmentos há tempos atrás, que só eram usados em festas de Carnaval e outros eventos que combinavam com glitter. E não é que justo agora que eu repassei os meus, o danadinho resolve voltar com tudo?

A proposta é lembrar do brilho dos unicórnios, então vale usar glitter em praticamente tudo: para dar aquele tchan por cima do batom, ressaltar o olhar quando aplicado bem embaixo da linha das sobrancelhas ou junto às têmporas e até mesmo por cima da sombra.

71cd958113984334d068e4499256648d 5cddad6769c6943abb72f0c7b53f3b71

2f0ef8dc801a00b2e717569a1d070326 ad31c41c07caa3f7bca83560fd202907

2e9087fa39c91a2de01980cb95aaea49 5d20fc1671a5be1a3b956e38f0edbb07

Por falar nisso, vale apostar no make com tons pastel, como azul, rosa e lilás. Estou doida para testar essas combinações, acho que vai ficar ótimo!

 

E vocês, o que acham dessa tendência?

Um beijo e até o próximo post!

Fotos: Pinterest

Testei: Base Cushion – Make B.

Olá, pessoal! Dias desses vi um lançamento que me deixou de queixo caído e com uma vontade doida de testar: a Base Cushion, da Make B. A linha de maquiagens de O Boticário inovou ao apresentar uma base com formato inédito de aplicação, proteção solar FPS 40 e efeito matte.

img_1382

Relutei por um tempo, especialmente por causa do peço (que é um pouco elevado para os meus padrões), mas não aguentei muito tempo. Sou louca por novidades, ainda mais quando prometem ser inéditas, então quando me dei conta, já estava comprando a minha base.

Como funciona?

A novidade da Base Cushion é que todo o produto fica armazenado em uma espécie de esponja que absorve o produto e proporciona uma aplicação uniforme e na dose certa. Ou seja, você deve pegar a própria esponjinha que vem na embalagem e pressionar para então aplicar na pele. (Nem preciso dizer que quando fui testar, fiquei passando a esponja por cima do produto como faço com outras bases e estranhando o fato de “não vir nada” rs)

As sujeirinhas mostram o quanto eu já usei e virei fã, não liguem!

As sujeirinhas mostram o quanto eu já usei e virei fã, não liguem!

Depois, é só dar algumas batidinhas pelo rosto para espalhar a base. Ela é líquida, mas como fica armazenada nessa esponja, a aplicação é bastante uniforme e dispensa o uso de lenços para remover aqueles acúmulos de produto em algumas regiões. Além disso, como ela tem efeito matte, seca muito rápido e promete vários resultados, como textura oil free (indicada para quem tem pele oleosa), cobertura natural e hidratação prolongada por 24 horas. Precisa de mais?

Minha opinião

Sempre sofri com bases líquidas justamente por despejar uma quantidade muito grande de produto. Mas essa base é praticamente um milagre porque dá conta do recado da maneira certa e sem deixar o rosto pesado. Passei o dia todo com ela e não “sentia” a maquiagem de tão leve que é.

img_1389

Esse sistema de armazenamento com esponja realmente é muito bom. Além de todos os benefícios que já falei, evita o desperdício de produto e, por isso, rende que é uma beleza. Fora que é superfácil de aplicar e o fator de proteção altíssimo é uma maravilha para quem tem a pele clarinha como eu.

Por falar nisso, a base vem em três tons: nude, bege médio e mel. Testei primeiro o nude, mas ficou muito branco para o meu tom de pele. O bege médio ficou um pouco amarelado, mas rapidamente se adaptou e realmente trouxe uma cobertura bem natural!

Processed with VSCO with t1 preset

Agora vamos ao único ponto negativo: o preço. Comprei a minha na loja de O Boticário do Shopping Eldorado, aqui em São Paulo, por R$ 149, o mesmo valor que está no site. Sim, é caro e eu só comprei mesmo porque testei antes e gostei do resultado. Mas, se a gente parar para pensar que é uma tecnologia inédita por aqui e que traz todos esses efeitos, até que vale a pena o investimento. Aproveite que o Natal está chegando e coloque na sua listinha de presentes. Eu já virei fã!

E vocês, já testaram a Base Cushion? O que acharam?

Um beijo e até o próximo post!

Testei: Base Matte – Ruby Rose Maquiagens

Olá, pessoal! Vocês sabem que uma das coisas que eu mais amo é testar produtos de marcas novas. Fico ainda mais feliz quando posso indicar um produto bom e barato, como aconteceu com a base matte da Ruby Rose. Quem é ligada em beleza e maquiagem, com certeza já ouviu falar sobre essa base. Aliás, é só dar pesquisar pela internet para ver o tanto de resenha que já fizeram dela.

img_1239

Conheci essa maravilha durante a Beauty Fair. Minha amiga Flavinha (dona do instagram mais legal de todos: @flavinhatips) tinha dito que queria muito ver a base e lá fomos nós atrás do estande da Ruby Rose. Testamos rapidinho na mão mesmo e já deu para sentir que a textura era muito boa, mas eu só consegui comprar no dia seguinte, em um estande que vendia produtos de várias marcas.

Como funciona?

A base da Ruby Rose não foi criada apenas para cobrir as imperfeições e deixar a pele do rosto uniforme. Ela também tira a oleosidade e dá aquela textura mais fosca e opaca, normal do efeito matte. Ah, e vale lembrar que ela é líquida, outra tendência que eu percebi durante a feira. Quase todas marcas de maquiagem estão apostando em bases e corretivos líquidos, sinal de que é hora de aposentar as versões em pó ou creme.

img_1240

Para aplicar, não tem muito segredo. Tem gente que prefere usar um pincel, mas eu gosto de passar com a esponjinha mesmo. Seja qual for o método escolhido, precisa espalhar bem para cobrir o rosto inteiro e não deixar falhas, ok?

Minha opinião

Antes de testar essa base, eu não tinha tido boas experiências com bases líquidas e sempre preferi versões em creme. Mas foi só aplicar um pouco no rosto para entender o motivo de tanto sucesso. Ela é realmente muito boa, tem uma ótima cobertura e eu adorei a textura matte, a pele fica mais sequinha e zero oleosa.

A embalagem vem em formato de bisnaga com 29 ml. Pode até parecer pouco (eu achei que ia acabar rapidinho), mas o produto rende muuuito. Eu uso, no máximo, duas doses pequenas para cobrir todo o rosto. Por falar nisso, é importante dizer que a cobertura é de média para alta. No geral, acho que é uma base mais para o dia a dia, só que tem esse efeito mais seco que algumas pessoas não gostam muito.

img_1245

Outra dica valiosa: a base é vendida em vários tons, então vale testar antes de comprar para ter certeza. Meu tom de base normalmente é o segundo mais claro, mas achei que estava clarinho demais e acabei levando o L3, que ficou mais natural. Mesmo assim, achei que a cor fica um pouco escura depois que seca, mas gostei mesmo assim.

Agora vamos à melhor parte: o preço. No site da Ruby Rose, a base sai por cerca de R$ 10, mas dizem que dá para encontrar por R$ 8 nas perfumarias. Eu paguei R$ 14 na feira mesmo sabendo que poderia achar mais barato, mas estava na loucura de testar logo e contar tudo aqui para vocês. Resumindo: é um produto maravilhoso, barato e compete de igual para igual com muitas marcas gringas. Tem coisa melhor?

 

E vocês, conhecem a base matte da Ruby Rose?

Um beijo e até o próximo post

Avaliação: ♥♥♥♥♥

Testei: Primer HD – Mori Make Up

Olá pessoal! Sempre conto aqui que uma das melhores coisas de ter um blog é conhecer marcas novas. Estou sempre pesquisando temas para postar aqui e numa dessas minhas andanças por aí, vi muitas meninas postando fotos e resenhas da Mori Make Up e aí a pulguinha da curiosidade me picou. Estava louca de vontade de testar alguma coisa deles para saber se era bom mesmo.

image1-1

Aproveitei que a Mori Make Up estava na Beauty Fair para conferir os lançamentos e saber mais sobre os produtos. A marca estava com um espaço muito bacana para atender as blogueiras e nós saímos de lá com um kit lindo e cheio de produtinhos lindos, entre eles, o primer HD. Foi o primeiro que eu acabei testando porque o primer que eu costumo usar acabou e eu precisava muito de outro, então uni o útil ao agradável rs…

Como funciona?

Para quem não sabe, o primer é um produto que a gente deve passar antes de aplicar qualquer item de maquiagem. Ele é necessário para preparar e proteger a pele, além de garantir um resultado mais uniforme. O primer da Mori garante tudo isso, mas vem com um diferencial: a cobertura HD, perfeita para tirar qualquer marca, linha de expressão e dar um efeito sequinho com zero oleosidade.

image3

Além de todos esses benefícios, ele é formulado com proteínas de arroz. É ótimo porque deixa a pele bem hidratada, calma e livre de qualquer irritação. Já usei outros primers com essa mesma composição e é incrível como a pele – pelo menos a minha – aceita muito bem o produto.

Minha opinião

Não tem muito segredo na hora de usar um primer, mas eu gostei muito deste aqui por ser líquido. É superfácil de aplicar (eu gosto de passar com uma esponjinha) e rende bastante, o que evita o desperdício de produto. Fora o cheiro, que é ótimo e a sensação de pele hidratada que dura por todo o dia.

De verdade, não tenho nenhum ponto negativo para falar deste primer. Amei que ele é praticamente igual ao outro que eu estava usando, de outra marca e infinitamente mais caro. É tão bom quando a gente encontra uma opção boa e barata, né?

image2

Ganhei o meu primer na feira, mas pesquisei e vi que ele é vendido em sites e perfumarias por valores que vão de R$ 10 a R$ 30, sem dúvida um preço bem ok para um produto bom e nacional. Vale SUPER a pena e eu já sei que vou fazer estoque aqui em casa porque virei fã!

 

E vocês, conhecem o primer HD da Mori Make Up?

Um beijo e até o próximo post!

Avaliação: ♥♥♥♥♥

Testei: Base e Corretivo HD – Vult

Olá, pessoal! Contei aqui para vocês que este ano marcou minha estreia na Beauty Fair como blogueira. Já tinha ido na feira algumas vezes como jornalista, mas agora fui pelo blog e, com isso, consegui ser atendida em espaços exclusivos que muitas marcas montaram exclusivamente para influenciadores.

O que isso quer dizer? Bom, é que além de conferir todos os lançamentos das marcas e ter informações muito bacanas para compartilhar aqui com vocês, temos a chance de ganhar alguns produtos. E eu penso que é nosso dever como blogueira testar esses produtos e vir aqui contar para vocês (a gente sabe que tem muita gente que se aproveita dessa situação toda só para “ganhar brindes”, mas não é o meu caso rs…)

ctmc16321

Enfim, a Vult estava com um dos estandes mais legais da feira, todo inspirado em música – especificamente o rock – e levou mais de 90 lançamentos! Juro, era tanta coisa que fica até impossível trazer tudo aqui para vocês, mas nós recebemos um kit bem legal com três produtinhos, entre eles, a base e o corretivo HD.

Como funciona?

Como o próprio nome diz, os dois produtos possuem efeito HD, ou seja, uma tecnologia de alta definição que disfarça rugas, manchas, marcas e linhas de expressão. Justamente por isso, eles prometem uma alta cobertura, o que é ótimo para quem gosta de um produto mais “pesado” e que fica melhor em eventos noturnos – não que seja regra, tá gente? Eu amo produtos com alta cobertura e uso a qualquer hora do dia!

A base chega em 16 tonalidades e vem com uma fórmula reforçada, à prova d’água e microesferas de disfarce óptico que, além de esconderem as “imperfeições” do rosto, hidratam e protegem a pele. O corretivo também chega reforçado em 9 cores com pantenol e vitamina E, que ajudam a proporcionar um toque seco e aveludado.

dzqa14801

Tons do corretivo (mais em cima) e base

A aplicação pode ser feita de diversas formas: com esponjinha, pincel ou até com o próprio dedo. Eu passei com a base com a esponjinha e o corretivo com pincel, mas depois dei umas batinhas com o dedo. Vale lembrar que os dois produtos são líquidos, então quem está acostumado a usar versões em pó ou creme pode estranhar.

Minha opinião

Contei aqui no blog algumas vezes que eu tenho olheiras bem profundas (herança de família e resultado das poucas horas de sono que eu faço por dia), então estava doida para testar um corretivo com alta cobertura. Cobriu bem, mas não o suficiente, por isso acho que talvez ele esteja mais para uma cobertura média. Aconselho a combinar este corretivo com outro mais suave para esconder as olheiras – no meu caso, essa misturinha funcionou muito bem.

dxwq29221ftxm63251

Quanto à base, eu gostei bastante. Achei que ela realmente escondeu algumas marquinhas que eu tenho e suavizou a vermelhidão da pele. Só não sei se o tom foi o mais adequado. Lá na feira, eles não tinham todas as cores, então me deram a R10 (base) e a R106 (corretivo), mais indicadas para peles bem clarinhas. Acho que ficou um pouco amarelado, mas nada gritante.

eosb85281

A base começa a ser vendida agora em outubro pelo valor sugerido de R$ 33,50. O corretivo chega às lojas em novembro e tem preço sugerido de R$ 23,50. Podem ir preparando o bolso porque são dois produtinhos muito bons que prometem fazer o maior sucesso. Eu gostei bastante e indico para todo mundo!

 

Gostaram da novidade?

Um beijo e até o próximo post!

Avaliação: ♥♥♥♥ (base e corretivo)