Posts em destaque

Achadinho: Sweet Kakau

Sou capaz de trocar quase qualquer coisa nessa vida por brigadeiro. Brincadeiras à parte, sou completamente alucinada por esse doce e muito disso se deve ao fato de que eu vivo ao lado de uma das pessoas que faz os melhores brigadeiros deste mundo: minha mãe.

Palavra de filha costuma não valer, mas mamãe sempre fazia bandejinhas de brigadeiros e só ouvia elogios das pessoas, não só da família, mas dos amigos, dos colegas de trabalho e por aí vai. Desde que me entendo por gente, ouço geral dizer para ela vender os docinhos, mas ela só adiava essa ideia.

Até que, no finzinho do ano passado, depois de distribuir kits de Natal cheios de brigadeiros para algumas pessoas, ela decidiu transformar o hobby em negócio. Foi assim que nasceu a Sweet Kakau, batizada em homenagem ao seu nome, Kátia. E, em pouquíssimos meses, ela já tem uma clientela fiel.

12507574_1082254935142069_4371001237955260385_n   12794637_1108685329165696_7707920568726804233_n

Além do sabor incrível – juro que nunca comi outro brigadeiro igual ou pelo menos parecido –, o diferencial é que tudo é feito com muito carinho. Ela acorda cedo e às vezes passa o dia todo na cozinha, mas sempre com sorriso no rosto e muita dedicação.

Fora os sabores, que agradam aos mais diversos paladares. Além do tradicional, tem de leite ninho (com ou sem Nutella), churros, amêndoas, pistache, casadinho, cookies com Oreo (meu favorito), bicho de pé, paçoca e por aí vai. Eu, como boa filha, já comi todos e posso afirmar que são maravilhosos.

12742639_1096540883713474_7322327303890217301_n 12376780_1104823316218564_648597213649009625_n

Para a Páscoa, que vem chegando aí, ela está com embalagens especiais com símbolos da festa, como ovos, cenoura e coelho. Dá para pedir brigadeiros normais ou no pote, além de biscoitinhos em formatos variados.

12715520_1101142849919944_5867981131240834189_n

A Sweet Kakau também faz pão de mel, ovos recheados em vários sabores, bolos e tortas. Ou seja, é só escolher o que mais combina com o seu gosto e com a ocasião e se deliciar! Podem encomendar sem medo que eu recomendo!

Sweet Kakau: Facebook | Instagram

Um beijo e até o próximo post!

7 dicas para aproveitar o Carnaval

Fevereiro chegou e nós temos uma única palavrinha em mente: Carnaval. A festa é uma das mais esperadas do ano e divide opiniões: tem gente que curte para valer, vendo os desfiles de escolas de samba ou os trios elétricos, e outro grupo que prefere descansar e aproveitar o verão. Seja qual for o seu time, são pelos menos quatro dias de folga, o que já é um motivo maravilhoso, concordam?

Antes de separar a fantasia ou fechar as malas, é preciso levar em mente alguns cuidados. Afinal, são horas e horas de folia, calor intenso e muita diversão. Aqui estão eles:

 

Beber água

107046

No Carnaval, a gente passa muito tempo em pé debaixo do sol, certo? A regra número um é manter o corpo hidratado. Como? Bem simples: beber (muita) água. Leve garrafinhas de casa e procure ingerir, no mínimo, dois litros. Esse truque também é uma ótima dica para intercalar entre as bebidas alcoólicas.

 

Alimentação

42-09-a-15-fev-686x350

Justamente por passarmos horas pulando e dançando, o que nosso corpo mais precisa é de energia. Para isso, a dica é investir em refeições ricas em carboidratos (arroz, pães, macarrão, batata etc) nos dias de folia. Se puder, leve frutas e barrinhas de cereais para comer ao longo da festa e evite frituras (sim, amigas, eu sei que é difícil). Quando chegar em casa, vale repetir mais um prato rico em carboidratos para repor o que foi perdido.

 

Cuidado com a procedência

destaque

Bateu uma fominha ou ficou com sede no meio da festa? Cheque a origem do que será consumido. Evite comidas vendidas na rua (churrasquinhos, cachorros-quentes e sanduíches naturais) e procure sempre opções com embalagens fechadas. Quanto às bebidas, certifique-se de que as latinhas estão lacradas, sem furos ou outros danos, e lave bem antes de abrir.

 

Filtro solar e repelente

A20151214092356_mulher_usando_repelente

A gente sabe que o filtro solar deve ser usado em qualquer dia do ano, mas precisa ser reforçado neste período intenso de calor. Para se proteger, use, no mínimo, fator 30 de proteção e reaplique a cada três horas. Outro cuidado básico é o repelente. Como passamos muito tempo em áreas abertas no Carnaval, ele evita picadas de mosquito e as doenças que eles podem transmitir. Não dá para esquecer, ok?

 

Roupas leves + sapato confortável + chapéus e óculos

chapu-de-palha-abas-grandes

Taí um combo de sucesso em tempos de Carnaval. Por roupas leves, entenda uma regata com shortinho ou um macaquinho de tecidos como algodão e linho. No caso dos sapatos, o ideal é ir de tênis ou então uma sapatilha bem confortável para evitar bolhas e cansaço. Quanto aos chapéus e óculos, a recomendação é para te manter protegida do sol. Que tal incorporá-los à fantasia?

 

Saia de casa apenas com o básico

carnival0129_1_innerbig

Ninguém merece voltar para casa com algo faltando, certo? Acontece que, nessa época, o número de furtos e arrastões cresce, então todo cuidado é pouco. Leve apenas o que for realmente necessário, como documentos e dinheiro (se possível, trocado). Deixe cartões em casa e evite falar no celular ou trocar mensagens para não chamar atenção. A selfie pode ser antes da festa, ok?

 

Descanse e durma bastante

mulher-dormindo

Para repor as energias, não tem segredo melhor do que o descanso. Esses momentos de pausa são fundamentais para que o nosso organismo se recupere e ainda contribuem para manter a nossa aparência saudável (sabe a terrível cara de panda no dia seguinte?). Procure dormir, no mínimo, oito horas, e tenha certeza de que esse sono será feito com qualidade. Ah, essas dicas também valem para aliviar a ressaca!

 

Gostaram das dicas? Quais são seus truques para aproveitar o Carnaval?

Um beijo e até o próximo post!

 

Fotos: Fit Day, Gold Adoçantes, Guia Ingresse, Primeira Página e Pinterest 

Barbie em todos os tipos de corpos, cores e tamanhos

Quem nunca brincou de Barbie, não é mesmo? Era tão divertido, a gente cortava o cabelo das bonecas, perdia os sapatinhos e fazia mil aventuras nas histórias mais loucas possíveis de serem imaginadas. Tudo, claro, num cenário bem improvisado. Nosso quarto – ou qualquer outro espaço usado para brincar – se transformava nos mais diversos ambientes. Sério, fez parte da infância!

Mas tinha um probleminha nisso tudo. A Barbie sempre foi loira, branca e magra (tudo bem, ela tinha uma amiga morena chamada Teresa que era linda), mas neste mundo ultraconectado e moderno em que a gente vive, não tem como seguir com esse padrão. Foi justamente pensando nisso que a Mattel inovou e acabou de lançar bonecas em todos os tipos de corpos, etnias, peles e estaturas:

 16_01_08_matl_0141_website_desktop_topslider_slide1_ig_br_tcm892-117878

lookbook_barbie_fashionitas_2016_divulgacao

QUE COISA MAIS LINDA! Não só pela ideia, que foi genial por ressaltar a importância de respeitar a diversidade, mas por resgatar uma pontinha da nossa infância. Mostrei para várias amigas e todas se identificaram em alguma boneca. Todo mundo quer comprar, brincar e voltar no tempo. Aposto que você também quer! Aliás, estou PIRANDO na Barbie loirinha de quadril grande… Ela é super eu!

Sem título

Essa coleção faz parte da linha Barbie Fashionistas e, segundo a Mattel, marca uma evolução na trajetória da boneca, já que agora faz parte do universo das crianças (e das adultas porque nós com certeza iremos comprar, certo?). A marca lançou até um vídeo explicando um pouco sobre essa coleção revolucionária:

Gostaram da novidade? Eu AMEI! 🙂

Um beijo e até o próximo post!

Fotos: Glamour Brasil

7 dicas para cumprir as promessas de ano novo

2016 já é uma realidade! Aqui estamos, prontas para começar um ano lindo, com muitas conquistas e… promessas! Pois é, tenho certeza de que muita gente aqui fez alguns pedidos na noite da réveillon, certo? Normal, afinal, faz parte do ritual da virada escrever (ou mentalizar) desejos para os próximos meses. O problema é que, na maioria dos casos, a gente deixa essas realizações no papel mesmo e só nos damos conta disso quando o ano termina.

Por isso, o primeiro post de 2016 aqui no blog não poderia ter outro tema. Cumprir as promessas de ano novo é fácil, basta apenas ter alguns cuidados em mente. Ficou curiosa? Então vamos lá:

 

Escolha algo possível de ser realizado

1297375954438_ORIGINAL

O primeiro passo é listar apenas o que depende somente de nós mesmas para ser alcançado. Ou seja, encontrar um amor (que é o desejo de muita gente) e ganhar na loteria não devem ser incluídos. Prefira algo mais fácil e próximo, como arrumar um emprego novo – ou então aquele aumento tão esperado. Se quiser entrar em forma, vale criar uma meta de quantos quilos quer perder até um determinado período.

 

Evite o negativismo

Muita gente não sabe, mas palavras como “não” e “nunca” exercem um poder enorme. É que elas são pesadas por natureza, então deixam qualquer promessa séria e difícil de ser alcançada. Por isso, evite colocá-las na sua lista. Quer um exemplo? Troque o “não tomar refrigerante” por “parar de tomar refrigerante”. Muito mais fácil, não é mesmo?

 

Não exagere no número de promessas

download

Outra dica valiosa é não se comprometer em mil desejos. Fazer muitas promessas acaba fazendo com que a gente desvie o foco daquilo que realmente é mais importante. Sem falar que o exagero se torna um empecilho para cumprir todos os nossos objetivos. O jeito é manter um sonho em mente – ou, no máximo, três.

 

Seja específica

images

Como falei lá em cima, não adianta querer emagrecer. É preciso focar no quanto você quer emagrecer. Isso vale para qualquer coisa. Se o desejo for o tal do aumento, foque no quanto você quer ganhar a mais. Quanto mais detalhes forem adicionados à promessa, a clareza para conquistá-la será muito mais nítida.

 

Corra atrás

images (1)

Não tem jeito, amiga: para alcançar um objetivo, a gente precisa arregaçar as mangas e gastar a sola do sapato. Temos que investir muito nesse sonho e, se for necessário, mudar alguns hábitos. Não tem como emagrecer sem ir à academia e sem fazer dieta. Da mesma forma, não tem como economizar para viajar se você não começar a se preocupar com os seus gastos. Ok, é difícil no começo, mas, aos poucos, se torna um costume. E vale muito a pena!

 

Visualize o resultado

Essa é uma dica que, normalmente, costuma dar muito certo! Experimente fechar os olhos e visualizar o seu objetivo sendo alcançado. Se a sua intenção for fazer aquela viagem dos sonhos, imagine-se na cidade, passeando e visitando os locais que você deseja com a família, o boy os as amigas. É tão gostoso, gente! Fora que dá um ânimo ainda maior para correr atrás. Super recomendo!

 

Não desista

download (1)

Aqui está um conselho que deve ser levado para a vida. Quando fazemos uma promessa, sabemos que ela envolverá uma série de dificuldades. Acredite em mim, elas irão aparecer. Muitas vezes, o seu sonho vai parecer inalcançável e a vontade de desistir vai ser enorme. Mas aí está seu grande truque: passar por cima de tudo isso. São esses momentos que nos tornam mais fortes e resistentes para chegar lá. E quando a gente chega, não tem quem nos segure. Não é mesmo?

 

Agora é só seguir essas dicas e aproveitar este ano que acabou de começar. Feliz 2016!

[Especial Retrô] O que teve de bom em 2015

O último post da série especial que criei como despedida deste ano não poderia ser diferente: a retrospectiva de 2015. Como este blog é voltado para o público feminino e fala sobre temas alegres e divertidos, minha intenção é sempre trazer assuntos leves e inspiradores. Mas, enquanto fazia a minha pesquisa habitual para lembrar o que teve de bacana nos últimos doze meses, descobri que… Bom, que o ano foi REALMENTE pesado. Sério, foi uma sucessão de notícias sobre mortes, desastres e ataques terroristas que eu até desanimei!

A solução foi apelar para a minha memória, que funciona muito bem quando quer, para pensar nos bons momentos deste ano. E olha que nós até tivemos alguns. Na verdade, soubemos tirar lições positivas de coisas ruins. Claro que ainda temos muito para percorrer, mas estamos no caminho certo. Olha só:

 

Voltamos à infância com os livros de colorir

download (1)2015 vai ficar marcado como o ano que registrou o maior número de vendas de livros de colorir para adultos. Por volta de março ou abril, todo mundo começou a falar sobre o Jardim Secreto, uma obra que prometia a pintura como forma de relaxamento para quem vive estressado. E, de repente, o livro fez tanto sucesso que muitas editoras e autores pegaram carona e lançaram obras similares. Lápis de colorir nunca estiveram tão em alta!

Em casa, dividi o livro com a minha mãe. Cheguei até a reservar os desenhos que mais queria pintar para que ela não chegasse nem perto. Fui viajar de férias em maio e trouxe um estojo com 72 cores de lápis (foi uma das minhas compras mais felizes). Aí a febre abaixou e hoje em dia algumas pessoas até continuam pintando, mas bem menos. Mesmo assim, foi MUITO legal voltar a ser criança. Eu era um desastre nas aulas de artes, mas descobri que, sim, eu sei pintar e realmente relaxa.

 

Viciamos no Dubsmash

Dubsmash-androidEsse nome aqui em cima pode não te remeter à nada, mas aposto que você baixou – ou pelo menos ficou sabendo sobre – o aplicativo que convidava os usuários a dublar, desde músicas até memes. Exprimente abrir seu Instagram e voltar nos seus posts de abril e maio. Você usou tanto o programa que seus amigos até pegaram bode, certo?

Mas como era engraçado, gente! Tinha de TUDO ali, até o que você menos imaginava. Gravávamos várias dublagens em sequência, mandávamos para todos os grupos de Whatsapp, chamávamos os pais ou os irmãos para participarem. Só que a coisa viralizou de tal modo que enjoou rapidamente. Digo por experiência própria: eu deletei um mês depois.

 

As redes sociais nunca foram tão polêmicas

Você também pegou um certo bode do Facebook? Agora, eu penso duas vezes antes de postar qualquer assunto que renda polêmicas. Explico: parece que todo mundo é obrigado a ter uma postura e “brigar” por ela. Vale desde posição política, feminismo, peso e opção alimentar. Você posta alguma coisa e, de repente, se depara com uma porção de comentários até exagerados só porque você não pensa de uma determinada forma.

São assuntos importantíssimos e acho a discussão superválida. O problema é o politicamente correto, que me cansa demais. Uma brincadeira começa a ser vista como algo de mau gosto só porque dá a entender que privilegia um ponto de vista que não é aceito pela maioria. Eu mantenho a opinião de não comentar e brigar no perfil de outras pessoas, então fico muito chateada quando vejo gente comentando no meu. Daí optei por não entrar mais em polêmicas. Chato, né?

 

Os realities culinários dominaram a nossa televisão

151022184435_master_chef_junior_624x351_reproducao_nocreditA primeira temporada do MasterChef Brasil, exibida no ano passado, foi um dos maiores sucessos de audiência de 2014. Neste ano, no entanto, o reality alcançou ainda mais gente com a segunda temporada e, rapidamente, emendou em uma versão protagonizada por crianças. E, para ser sincera, achei ainda mais legal do que a com adultos.

A febre foi tão grande que praticamente todas as emissoras investiram em um programa do gênero. Tivemos a disputa do Cake Boss (eu não gosto tanto, mas prendeu a atenção de muita gente) e, na falta de um, o SBT contou com dois realities: a versão brasileira do Hell’s Kitchen e o Bake Off. Tenho lido por aí que a tendência é investir no segmento antes que ele esgote. Acho que ainda teremos muitas histórias do tipo em 2016…

 

O dólar subiu – e você passou a valorizar os produtos nacionais

cofrinhoOk, essa parte não é nem um pouco legal e nos deixa desesperadas. O dólar, que era tão amigo há pouco tempo, subiu para valer e passou de R$ 4. Com isso, produtos que saíam por uma pechincha lá fora se tornaram mais caros. Muita gente resolveu comprá-los por aqui mesmo (afinal, temos o benefício de poder parcelar no Brasil), mas teve quem optou por valorizar as marcas nacionais e impulsionou o mercado de beleza, por exemplo, que continuou a crescer mesmo com a crise.

Ah, você deve estar pensando: “mas o dólar diminuiu”. Sim, ele deu uma baixada, mas ainda continua bem alto… Bons tempos em que a gente viaja e ele valia R$ 1. Quem sabe a coisa não melhora? Vamos torcer!

 

O melhor filme do ano é uma animação

Divertida-Mente-PixarJá falei sobre Divertida Mente no post com os melhores filmes de 2015, mas não tinha como passar por essa retrospectiva e deixar esta maravilha de fora. Aliás, o filme não só foi o melhor do ano, como está na minha lista de melhores da vida. É curioso pensar que a melhor produção dos últimos meses é uma animação, já que o gênero muitas vezes sofre o preconceito de ser voltado para crianças (ainda que esteja em crescimento e tenha uma aceitação um pouco maior).

Por falar nisso, este filme não tem absolutamente nada de criança, a não ser a jovem que tem sua mente habitada pelas sentimentos-protagonistas: alegria, tristeza, raiva, medo e nojinho. É psicologia pura, do início ao fim, que faz muito mais sentido para os adultos. Os mais emotivos, aliás, choram de verdade. Eu chorei em todas as vezes que vi. Juro, é um dos filmes mais lindos que eu já assisti!

 

O Fik Dik cresceu

Este humilde blog, que começou sem muitas expectativas, completou 1 ano de existência em abril deste ano e cresceu tanto que virou motivo de orgulho. Ganhou layout próprio, parcerias com empresas renomadas, como a Contém1g Perdizes, um número expressivo (ainda que pequeno) de fãs no Facebook e muitos sorteios lá no Instagram. Em um piscar de olhos, comecei a encarar isto aqui de forma mais séria.

Ainda há muito o que fazer. Quero alcançar mais gente, conquistar novas metas, ir para o Youtube (e eliminar a vergonha de aparecer em vídeos) e criar uma rede bem bacana de leitoras e seguidoras. Mas já consegui tanta coisa legal, gente! Cada comentário positivo que escuto me enche de orgulho e me dá certeza de que estou no caminho certo. Sem falar que o mais legal de ter um blog é fazer novas amizades e eu vivi cada um desses momentos em 2015.

 

Lancei meu livro

cover_front_bigOk, este tópico é puramente pessoal, mas, depois de cinco longos anos, eu resolvi deixar a preguiça de lado e investir no meu livro. Corri atrás do registro, revisei um milhão de vezes e publiquei! Ele virou realidade e é outro motivo que vai me dar orgulho para o resto da minha vida. Sabe quando a gente tem vontade de mostrar para todos os familiares e os amigos?

Para quem não sabe, meu livro é um romance muito fofo inspirado nas músicas do meu muso Adam Young (idealizador do projeto Owl City) e você pode comprar clicando aqui. Eu só tenho que agradecer a todos que me ouviram falar deste livro nestes anos e, principalmente, a todos que leram e me deram feedbacks. Estou TÃO feliz por ter alcançado este sonho!

 

Como falei lá em cima, 2015 foi um ano difícil, mas que trouxe coisas boas. Aproveito para desejar um feliz Ano Novo para todas! Que 2016 nos traga ainda mais felicidade!