Posts em destaque

O que eu fiz de legal em 2016

Olá, pessoal! Como muitas de vocês já sabem, o blog está em clima de retrospectiva. Para que ela fique completa, não pode faltar o post com um balanço sobre os últimos meses. Está ficando chato e repetitivo, mas a gente entendeu que 2016 foi um ano complicado. Infelizmente, ficaram marcadas as mortes e as tragédias, as reviravoltas políticas e tal da crise, que parece não terminar nunca.

Eu sempre tive uma teoria de que anos pares são melhores do que ímpares. Guardo com carinho os anos 2000, 2002, 2006 e 2014. Mas aí me lembro de que eu também tive anos pares ruins e anos ímpares maravilhosos, então acho que essa teoria anda meio furada rs…

Gravei um vídeo contando os principais momentos do ano, então, se não quiser ler o post inteiro, aperta o play e vem se divertir comigo:

Meu 2016 foi pesado. A palavra que definiu o ano para mim foi TRABALHO. Assim, em letras grandes mesmo. Graças a Deus (e à muito empenho e dedicação diária), o blog cresceu e ganhou um canal no YouTube. Agora, preciso me dividir em três funções: meu trabalho fixo como jornalista; escrever e atualizar o blog; e gravar e editar para o canal. Desde então, são poucas horas de sono, finais de semana com horas reservadas para as gravações, muita dor muscular e pelo menos uns cinco quilos a maiscredo, odeio reclamar, mas foi bem assim!

Mas também tem coisa boa. Os índices de acesso em todas as minhas redes não param de crescer (são mais de 7 mil lindos e lindas só no Instagram – juro que nunca imaginei chegar nesse número) e eu conheci outras blogueiras e youtubers maravilhosas em todos os cantos do Brasil. E elas estão comigo nessa: a gente sabe que é difícil, mas fica mais fácil quando podemos contar umas com as outras. 

2016 me proporcionou outros momentos deliciosos. Realizei diversos sonhos: andei na montanha-russa mais alta do mundo (era um sonho mesmo, alimentado por anos e anos) e conheci o Nick Carter, o primeiro ídolo que eu tive na vida. Passei minhas férias em Nova York e fiz uma nova (a terceira) tatuagem. Peguei um buquê de casamento (será que agora vai?) e consegui ler mais de 15 livros. Fui nas Olimpíadas e foi lindo e especial ver várias nações unidas em um só objetivo. 

2016

Isso tudo sem falar no mais importante, que é estar viva e cheia de saúde. Além do fato de ter novas seguidoras a cada dia. Saber que você está aí do outro lado lendo o que eu escrevo é um dos motivos que me faz seguir em frente mesmo com todo esse cansaço acumulado. Muito obrigada por isso!

O mais legal de tudo é se propor a melhorar. Estou cheia de metas (reais e possíveis de serem alcançadas) para 2017 e logo mais vou postar todas aqui. E você, como foi seu 2016?

 

Um beijo e até o próximo post!

9 dicas para curtir a viagem de férias no verão

Olá, pessoal! O verão está aí e muita gente não vê a hora de aproveitar as temperaturas lá em cima para descansar e se divertir. Nesta época, as escolas entram em férias e muitas empresas também aproveitam as festas de fim de ano para dar um break nas atividades. Esse clima todo pede uma viagem, não é mesmo?

Viajar é maravilhoso, ainda mais quando a gente pode ficar no lugar por bastante tempo. Mas, por mais que o destino das férias seja cheio de coisas para fazer, às vezes pode bater um tédio. Pensando nisso, preparei uma listinha com tudo que vocês podem fazer para curtir o calorão. Vamos conferir?

Planejar tudo com antecedência

ab6f1e06bb4a27b3c0aaf4c594830ebd

Qualquer viagem, mesmo que seja para o sítio da família que você sempre vai, exige planejamento. Faça a mala com calma (saiba o que levar neste post) e lembre-se de que todo mundo viaja nesta época do ano, ou seja, saia de casa em horários alternativos ou então vá preparada para passar horas e horas no trânsito. Vai de avião? Chegue com antecedência para evitar sufoco e filas gigantes.

Curtir a companhia dos amigos

b4b633c3cf5a672eaa174ad3f0cfb20b

Que tal comemorar as férias e as festas de fim de ano com os amigos? A gente sabe que o Natal é uma festa mais família, mas não é divertido quando a gente recebe o ano novo do lado dos melhores amigos? Comece a falar com eles desde já, faça um grupo no WhatsApp, organize o melhor roteiro e quem vai levar o quê. Dá para curtir até uma viagem mais curtinha, já que muitos podem voltar logo ao trabalho. O que vale é a companhia!

Refrescar-se na praia e na piscina

d7b3f485598cca74107fe758c037c672

Moro em São Paulo e até tem piscina no prédio em que eu moro, mas dificilmente uso porque vivo correndo. Então, quando estou de férias, tudo que eu mais quero é me jogar na água, principalmente no mar, que eu AMO! Quando o calor é intenso, então, faço questão de ostentar mesmo e postar foto na praia. A gente merece, vai?

Finalmente terminar de ler aquele livro

0d891b9bb7d7dc32a74cc11f9b31b928

Eu sou do tipo que procura ler um livro o mais rápido possível, mas alguns realmente empacam. Na maioria das vezes, a história é mais intensa e requer bastante atenção, coisa que a gente só tem quando fica com bastante tempo de sobra. E não tem nada mais maravilhoso do que deitar na sombra depois do almoço e ficar lendo por horas e horas. Ou então aproveitar para começar e terminar o livro durante as férias, ainda mais quando o tema é bem leve e divertido como o clima das férias.

Colocar as séries em dia

d39724dc8516199f05c7d414ea5ff945

Outra opção para aquelas horinhas pós-almoço, para as noites ou ainda para os dias nublados e de chuva que podem aparecer pelo caminho. A gente começa a assistir a mil séries ao longo do ano e para em algum momento porque não consegue acompanhar. Olha só que ótima oportunidade para colocar tudo em dia. É só instalar o Netflix no celular ou no tablet e escolher a série da vez. É tão bom quando a gente termina de ver tudo, né? Dá uma sensação de alívio rs…

Esquecer a dieta

e16ad2ba17f44a681fe89a65ccf2fc53

Férias, pelo menos para mim, é sinônimo de relaxar até da dieta. Poxa, a gente rala tanto para ter esses dias de descanso e ainda precisa se privar de comer o que tem vontade? Então, eu finjo que estou de bem com a balança e deixo de pensar em calorias. Claro que evito exageros e procuro me manter saudável o máximo que posso, mas não passo vontade. Para isso, o segredo é pegar pesado antes da viagem e compensar depois que voltar.

Praticar esportes ao ar livre

43e866e446bf7d3a682db1e0b5e5e827

Uma das formas de equilibrar a alimentação nas férias é se exercitar. São tantas opções divertidas nesta época que fica até difícil falar de todas. Vale aproveitar o calçadão da praia para correr, caminhar e andar de bike ou patins. Outra ideia é montar uma equipe com os amigos para jogar vôlei de praia. Curtir a piscina dando boas braçadas ou fazendo uma aula de dança dentro da água, enfim, o importante é manter o corpo em movimento. Esse clima de verão é um incentivo e tanto, né?

Renovar o bronzeado

48fe3ccd4ae783bc65a5c78c81b77c12

Está entediada e sem companhia? Leve uma toalha, escolha uma espreguiçadeira e perca a noção de tempo enquanto toma sol. Vale até levar um livro, uma revista ou fones de ouvido para escutar suas músicas preferidas. Ficar com o corpo bronzeado faz bem para a autoestima, não faz? Para chegar a esse resultado, é bom seguir algumas recomendações: 1) tomar sol antes das 10h ou depois das 16h, quando a incidência dos raios solares é menor, 2) SEMPRE passar filtro solar e retocar a cada três horas e 3) proteger o rosto com chapéu e óculos de sol.

Usar os presentes de Natal

6b0428daa2f8e5ea993ac3fe78ba2ab6

 

É como um ritual para mim: ganho presentes no Natal e já coloco o que der na mala para usar nas férias. Como eu costumo viajar logo depois das festas natalinas, é sempre a primeira ocasião para estrear biquínis, sapatos, bolsas, brincos e tantas outras coisas lindas que eu ganho. Uma dica preciosa é encomendar presentinhos que você sabe que vai usar na viagem, assim pode curtir o tempo livre ainda mais feliz.

Pensar nas metas do ano novo

81df21599c9c7cf9ff4124e55770f17c

Impossível terminar o ano e não pensar no que gostaria que fosse diferente nos próximos 12 meses. Aproveite os últimos dias do ano e as horas vagas para listar suas metas para o ano novo e pense no que pode fazer para alcançá-las. Afinal, o segredo é planejar metas reais e não sonhar com algo que não depende de você (tipo ganhar na loteria, amiga). Esse exercício é bom porque ajuda a praticar o autoconhecimento. A gente pode olhar para dentro de nós mesmas e enxergar o que podemos mudar para alcançar nossos principais objetivos. Bom, né?

 

E vocês, o que mais gostam de fazer quando estão de férias?

Um beijo e até o próximo post!

Fotos: Pinterest

6 dicas para arrasar na ceia de Natal

Olá, pessoal! Nesta época de fim de ano é quase impossível não pensar no Natal. Eu sempre fico empolgada quando começo as ver as primeiras decorações natalinas e não vejo a hora de montar minha árvore de Natal em casa. Minha família é pequena e normalmente fazemos a ceia na casa da minha avó, que curte bastante a festa e faz questão de decorar cada cantinho com muito carinho.

Se você já recebeu (ou vai receber) convidados para o Natal, sabe que é comum ter várias dúvidas. Pode até parecer uma ocasião simples, mas algumas coisas são básicas para qualquer ceia natalina, independentemente do estilo. Por isso, reciclei um post que eu fiz lá no comecinho do blog e acrescentei outras dicas para arrasar na ceia natalina.

Planeje tudo com antecedência

d3a3291561cc74fb2aefa7bd186043ae

Eu sou ansiosa e gosto de fazer qualquer coisa com antecedência. Mas, quando o assunto é ceia de Natal, calma e planejamento são duas palavrinhas que realmente fazem a diferença. Já parou para pensar no tanto de coisa que envolve esse evento? A decoração, o que servir, o número de convidados, a troca de presentes e por aí vai. Ou seja, se você ainda não fez nada disso, aproveite que dezembro ainda está começando e corra para deixar tudo certo.

Pense no estilo da decoração

Pois é, amiga, foi-se o tempo em que as decorações natalinas eram restritas às cores verde e vermelho. Dá para aproveitar a onda do cobre e dos metálicos, por exemplo, e fazer uma decoração com prata, dourado, cinza e rosê. Ou então criar algo mais lúdico inspirado em cores pastel (o bom e velho candy color). Aí vai muito do seu estilo e das preferências dos convidados. Aqui vai uma seleção de fotos para te inspirar:

bfdaff1dcc12638a1bdb2cc0b80e903c 1676302915cf766bf626bccdaa52331d

22b4c0cd5054bc6a3f0011dcb9ee77db  f1bdb1b916ade53521925bdbcc08e041

Faça um cardápio democrático

d89bd4f3a187402d6826c1c369d5162b

Ceia de Natal que se preze tem que ter peru, chester, salpicão de frango, panetone e frutas típicas. Esses pratos não podem ficar de fora da ceia, até porque são o que as pessoas esperam comer mesmo. Claro que dá para acrescentar algumas opções para deixar a ceia mais personalizada. Aqui em casa a gente sempre pede o bolo de sorvete da minha avó, já virou tradição. Fale com os contatos e procure saber se tem algo que eles gostam muito – ou, melhor ainda, se um deles pode trazer um prato que faz muito sucesso entre vocês.

Lembre-se das crianças

9492af325955cd50145c9d9b67d9f75d

As crianças não têm paciência para esperar até a meia-noite para então ganhar os presentes. Elas também sentem fome mais cedo e precisam de alguma coisa para se entreter. A solução? Entregar os presentes delas primeiro e preparar uma porção da ceia para servir exclusivamente para os pequenos. E que tal propor alguma brincadeira? A saída mais comum é escolher alguém para se fantasiar de Papai Noel. Pelo menos é divertido, vai?

Prepare a trilha sonora

e5650067298c5de31a01d487ff39e2f9

Escolher as músicas que farão parte da ceia é muito importante, afinal, ajuda a dar aquele clima aconchegante e faz com que os convidados se sintam à vontade. Uma dica que eu gosto muito é fazer uma seleção de músicas de Natal regravadas por cantores famosos. É muito comum, principalmente nos Estados Unidos, os artistas lançarem álbuns natalinos, por isso, a lista é grande. Dê uma olhada nas listas criadas no Spotify só com canções natalinas e escolha a que mais combina com você e com os seus convidados.

Divida as tarefas

34b27066dd3ea259929ef40d7b4c9f36

Lembram quando eu disse que era bastante coisa? Pois então nada melhor do que dividir as tarefas. Organize um grupo no WhatsApp, assim cada um pode escolher as tarefas que mais gosta. Uma pessoa pode cuidar da trilha sonora, outra da decoração da mesa, outra pode ajudar a preparar a ceia e outra ainda pode ficar responsável por organizar o amigo secreto da família. É uma ajuda e tanto!

 

Por fim, outra dica valiosa: pode ser que apareça alguém em cima da hora. Então, faça o cálculo da comida já pensando nisso e tenha um presentinho a mais para não deixar ninguém de mãos abanando, ok?

 

E aí, gostaram das dicas? O que mais acham essencial na ceia de Natal?

Um beijo e até o próximo post!

Fotos: Pinterest

5 dicas diferentes para Amigo Secreto

Olá, pessoal! Já contei aqui algumas vezes que uma das coisas que mais amo nesta época de fim de ano é a quantidade de comemorações e confraternizações. A brincadeira mais comum é o Amigo Secreto (também chamado de Amigo Oculto em outras regiões do Brasil), que consiste em juntar um grupo de amigos/familiares, sortear e dar um presente em segredo para uma pessoa.

É fato: todo mundo já brincou disso pelo menos uma vez na vida! Eu, então, que sou festeira por natureza, entro em pelo menos cinco amigo secretos diferentes por ano. Com os amigos do colégio, as amigas da faculdade, o pessoal do trabalho, os mil lados da família, enfim… O problema é sempre a troca dos presentes. Gosto da versão tradicional, mas às vezes a gente não tem muito o que dizer sobre a pessoa e fica naquele discurso vazio e sem graça.

Pensando nisso, pesquisei algumas opções para variar na brincadeira e se divertir ainda mais. Olha só quanta coisa legal dá para fazer:

Amigo ladrão

00f108a80085ce9979c266b961a074c9

É uma das versões mais conhecidas do bom e velho Amigo Secreto. Os participantes compram um presente genérico e juntam todos em um mesmo lugar. Uma pessoa fica responsável por colocar o nome de todos em papeizinhos dentro de uma caixa. A primeira pessoa sorteada escolhe um presente e abre para que todos possam ver. A segunda pode escolher entre um presente novo ou roubar o que outra pessoa recebeu e assim vai. Para não demorar muito, recomendo limitar duas ou três trocas por presente, ok? Eu gosto, mas sempre prefiro dar um presente que tenha mais a ver com a pessoa.

Adivinhar pelo presente

c68e8e214e1ab89fd1239b134e56c30a

Essa foi inventada pelos meus amigos do colégio na nossa troca de presentes no ano passado e foi incrivelmente divertida. Cada pessoa escolhe um presente, abre e todos devem adivinhar para quem é. No final, todos revelam os verdadeiros donos. Nós nos conhecemos há muito anos, então só dois presentes pararam em mãos erradas. É MUITO legal porque a gente precisa argumentar sobre o porquê de tal presente ser da pessoa. Fora que você pode comprar algo que seja a cara da pessoa, recomendo super!

Amigo temático

f725ddb609959020539f8db4bed45462

Uma ótima ideia é definir um tema geral para o Amigo Secreto. Faço muito com as minhas amigas da faculdade e sempre dá certo. Já fizemos com vários temas, como presente de criança (na época do Dia das Crianças) e diva (só com presentes do universo feminino). Mas também é possível fazer um amigo secreto só de Havaianas, de livros ou até de doces (chocolate, panettone e por aí vai). Vale para comemorações do trabalho, mas acho mais legal entre amigos que já têm bastante intimidade, assim fica bem divertido.

Amigo da onça

c2378def5c2590cbcfdd2e19e5250444

Também chamado de Inimigo Secreto, tem a proposta de dar um presente meia boca para chatear outra pessoa. Pode ser uma sombra de cor bem estranha para a sua amiga que está sempre com make neutra, uma camisa de futebol do time que seu pai odeia, uma peruca para o seu avô que é careca e por aí vai. É justamente por isso que todos os participantes precisam saber desde o início que o clima vai ser de zoeira, ou seja, ninguém pode levar a brincadeira a sério para evitar brigas. Tem gente que ama, mas eu não vejo muito sentido em gastar dinheiro (ainda mais em tempos de crise) para comprar um presente sabendo que a pessoa não vai gostar.

Amigo animal

01ac054a1c5bbbe87251c9047f1dfbc2

Descobri essa versão enquanto pesquisava ideias para este post e achei bem diferente. Uma pessoa deve ficar responsável por listar o nome de um animal para cada participante. Ou seja, em vez de sortear o nome do familiar ou amigo, você tira o nome de um animal. Só que é tudo feito em segredo, então você só fica sabendo quem tirou no dia da revelação. Para isso, precisará dar dicas sobre as características do animal para descobrir quem é. E, claro, todo mundo deve dar algumas sugestões de presentes que quer ganhar para não ficar tão no escuro. Será que dá certo?

 

E vocês, conhecem outra forma de Amigo Secreto para indicar aqui?

Um beijo e até o próximo post!

Experiência Alice: como é a exposição?

Olá, pessoal! Já faz um tempo que nós passamos a ter um número grande de exposições aqui em São Paulo. A mais recente e que tem atraído o interesse de muita gente é a Experiência Alice, em cartaz no Shopping JK Iguatemi. O nome diz tudo: é uma homenagem (e das mais lindas) para a história Alice no País das Maravilhas, principalmente a versão animada feita pela Disney.

Eu sou maluca pelo desenho da Disney desde criança. Normalmente, os pequenos não gostam muito porque acham a história difícil, mas eu embarcava na loucura. Depois, na faculdade, tive a oportunidade de ler o livro original, escrito pelo Lewis Carroll, e aí fiquei ainda mais fã da história. Assim que soube da exposição, corri para comprar o ingresso e consegui visitar a mostra no último domingo (09).

    sem-titulo

São várias salas criadas para as cenas mais marcantes do filme. A primeira tem paredes revestidas com páginas do livro e várias versões cedidas por uma colecionada, com itens bem fofos. O destaque fica por conta da reprodução do barco onde Lewis Carroll teve a primeira ideia da história. A partir daí, você tem duas opções para seguir: andar normalmente ou entrar na toca do Coelho Branco, exatamente como no filme.

image4

image2

image3

A segunda opção, claro, é muito mais divertida porque você escorrega direto para a sala das portas com a sensação de estar caindo mesmo. É tudo muito fofo e muito fiel ao desenho e alguns espelhos ajudam a distorcer nossa imagem. Em alguns, parece que a gente fica alta ou pequena.

whatsapp-image-2016-10-09-at-17-17-02

sem-titulo

whatsapp-image-2016-10-09-at-17-17-08

Em seguida, vem a sala da corrida eleitoral (uma das partes mais doidas do filme) com mais uma proposta de interação. Tudo é feito com a participação dos visitantes: os gêmeos Tweedledee e Tweedledum só falam se você aperta um botão, o Gato Risonho aparece em pontos estratégicos de outra sala e você precisa procurá-lo. Dá até para ter a sensação de ficar grandona e com as mãos e os pés para fora da casa do Coelho Branco.

whatsapp-image-2016-10-09-at-17-17-07

whatsapp-image-2016-10-09-at-17-17-06

Mas o ponto alto é a sala do Chapeleiro Maluco, com a reprodução super bem feita da mesa do chá. Tem até fila para tirar foto, mas anda rápido. Depois, a Rainha Vermelha (ou de Copas) e suas flores brancas, que precisam ser balançadas para ficarem vermelhas. Por fim, rola uma homenagem para a versão criada pelo Tim Burton e todos os personagens estão lá.

alice-1

sem-titulo

sem-titulo

O passeio não poderia terminar diferente: em uma lojinha com produtos fofos. Estava empolgada para conferir, mas achei que tem pouca variedade. Mesmo assim, fiquei enlouquecida pelo modelo especial de Havaianas. Não tinha meu número, mas a vendedora disse que chega mais nesta semana e dá para buscar na loja do shopping.

Eu gostei muito da exposição Experiência Alice e indico para todo mundo que, assim como eu, curte o desenho da Disney. Mas recomendo não ficar com a expectativa lá em cima para não se decepcionar. O passeio é rápido, dura cerca de meia hora, e é só sobre o desenho. Não tem nada mais profundo sobre a criação da história, por exemplo.

Ah, também sugiro comprar os ingressos com antecedência porque a procura é grande e ter paciência. Tem muita criança pequena (e barulhos, choros, mães enlouquecidas) e gente fazendo mil opções de selfies em cada canto das salas. Fora isso, pode ir que vale muito a pena!

 

Experiência Alice

Até 30 de novembro

Shopping JK Iguatemi: Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 2041, Itaim Bibi, São Paulo (SP)

 

Um beijo e até o próximo post!