Posts em destaque

Conheça as diferenças de 11 produtos para os cabelos

Para ter cabelos bonitos e bem cuidados, não basta usar apenas a dupla shampoo + condicionador. Também não adianta acrescentar somente um creme de tratamento a cada tanto. Esses produtos ajudam e muito, mas fazem parte de uma lista extensa de cosméticos criados para manter nossos fios em dia.

O mundo da beleza é tão gigante que a cada tanto surge um lançamento que se torna indispensável. Acompanhar essas novidades pode ser uma missão complicada, então nada melhor do que conhecer os principais produtos que devem fazer parte da sua rotina de cuidados. Alguns a gente já conhece, mas é sempre bom lembrar da importância de cada um. Prontas?

Shampoo

106013

Usamos desde que somos pequenas, mas alguém arrisca um palpite de sua função? Acertou quem disse limpar. O shampoo é essencial para remover as sujeiras e a oleosidade acumulada no dia a dia e renovar os fios. Ele também serve para proteger o couro cabeludo e para deixar os cabelos prontos para receber outros tratamentos. Vale lembrar que os efeitos acontecem quando a gente massageia bem a região, então a aplicação deve ser cuidadosa, ok?

Condicionador

Nativa-SPA-Condicionador-Exotico-Restauracao-dos-Fios-Ameixa-250ml

Tem que viva bem apenas com o shampoo, mas eu não vivo sem condicionador. Meu vicio tem a ver com o fato de sentir o resultado ainda no banho, afinal os fios ficam mais macios em questão de segundos. O condicionador realmente tem a função de neutralizar a eletricidade dos cabelos, devolvendo brilho, maciez, elasticidade, suavidade e por aí vai. Funciona muito bem no comprimento, mas pode deixar o couro cabeludo oleoso. Por isso, a regra é aplicar cerca de três dedos abaixo da raiz.

Leave-in ou creme para pentear

Leave-In-Vult-BB-Hair

Ouvimos falar muito sobre o leave-in, mas será que ele realmente é importante? Como o próprio nome diz, em inglês, o diferencial do produto é que ele deve ser aplicado depois do shampoo e do condicionador com os fios ainda úmidos e não pode ser enxaguado (daí vem seu outro nome: creme para pentear). Com isso, tem mais tempo para agir, selando as pontas e deixando os fios mais protegidos. Para dar certo, a dose deve ser do tamanho máximo de uma moeda de 1 real.

Protetor térmico

guardian-angel-Schwarzkopf-claudinha-stoco-1

Esse é um item valioso para adeptas do secador e da chapinha. A função é justamente preparar os fios para as altas temperaturas desses acessórios modeladores. Acontece que o calor faz com que os cabelos fiquem desidratados e, como consequência, se tornam mais quebradiços, frágeis e opacos. Por ter silicone em sua fórmula, o protetor térmico forma uma espécie de capa protetora que não deixa a água evaporar dos fios. Comecei a usar faz pouco tempo (é feio confessar isso, eu sei), mas fiquei viciada e hoje não vivo sem.

Reparador de pontas

reparador-de-pontas

Pensar nas palavras “pontas duplas” dá um calafrio daqueles, não dá? Quando elas aparecem, não há muito o que fazer a não ser cortá-las. Mas dá para evitar ou até mesmo disfarçar com o reparador, que tira aquele efeito espigado e ainda elimina o frizz. Tem mais: ele devolve elasticidade, maciez, hidratação e movimento. O certo é passar com os fios úmidos e depois reaplicar quando estiverem secos, mas apenas nas pontas – em excesso pode aumentar a oleosidade.

Creme ou máscara de tratamento

35162_Ampliada

Quem gosta de cuidar dos cabelos sabe que a hidratação é fundamental. Acontece que fatores como vento, chuva e o próprio hábito de prender o cabelo ou de secar com secador deixa os fios mais fracos e o condicionador não é capaz de trabalhar sozinho. Por isso que os cremes (ou máscaras) são tão importantes. Elas realizam um tratamento intensivo para deixar os fios com mais vida e é por essa razão que exigem um tempo determinado para agir (normalmente de 3 a 15 minutos). Recomenda-se a aplicação a cada 15 dias e vale muito a pena. Sou fã assumida!

Ativador de cachos

337340

Os cabelos cacheados estão mais em alta do que nunca e quem tem sabe que dá muito trabalho. Acontece que os cachos podem ser revoltos ou indefinidos e muita gente tem dificuldade para mantê-los no lugar. O ativador surgiu justamente para devolver a elasticidade dos fios e diminuir o frizz e o volume para deixar os cachos mais definidos. Existem versões em creme, gel ou spray, mas o mais importante é que sejam aplicados com os fios ainda úmidos para que o cabelo possa se moldar.

Ampola

ampola-magica-elseve-loreal-reparacao-306x1024

Vendidas em pequenos frascos, funcionam como as máscaras, mas apresentam como vantagem a praticidade. Ao invés de potes enormes e pesados, costumam vir em um tamanho que permite dose única – ou, no máximo, três – com fórmula rica em vitaminas e nutrientes para dar aquela força nos fios. Atualmente, é possível encontrar ampolas específicas para todos os tipos de cabelo com efeitos variados (brilho, hidratação, manutenção da cor etc…). Ou seja, a dica é escolher aquela que mais combina com os seus cabelos.

Pomada

pomada-de-cabelos-bed-head

Chegou a hora de falar dos finalizadores. Pois é, não basta apenas lavar bem, hidratar e proteger. Para garantir aquele efeito de cabelo de celebridade, é preciso ter alguns produtos por perto para terminar os cuidados. A pomada, muito utilizada por cabeleireiros, serve para eliminar o frizz causado pelo secador e manter o penteado no lugar. Ela também é conhecida por deixar os fios brilhantes e disciplinados sem aquele efeito “molhado” causado pelo gel.

Mousse

mousse-vital-care-18horas

Outro finalizador que a gente escuta muito falar, mas não sabe direito como usar, certo? Ao contrário da pomada, que tem um resultado mais “seco”, o mousse forma uma espécie de espuma que ajuda a modelar o cabelo. Por essa razão, é muito usada por donas de cabelos cacheados. Quem tem fios finos também pode comemorar, já que o produto ajuda a dar mais volume. A regra é aplicar com os fios ainda molhados, mas depois que o excesso de umidade for retirado.

Spray

spray-fixador-p-os-cabelos-56ghairspray-moisture-barrier-fix-john-frieda-207226600

Fez um penteado sucesso, mas ele desmanchou antes da festa começar? Tentou aderir a um novo estilo de rabo de cavalo, mas alguns fiozinhos insistiram em cair? Pois agora você tem um incentivo daqueles para comprar um spray, já que segura os fios no lugar por muito mais tempo. Tem também o spray de volume, que não tem efeito fixador, mas é perfeito para o dia a dia, e o beach spray, conhecido por causar aquele resultado “podrinho” pós-praia. Seja qual for a escolha, é importante aplicar a uns dez dedos de distância dos cabelos para que eles não fiquem molhados, ok?

Agora ficou mais fácil saber como seguir a rotina de cuidados capilares, não é mesmo?

A história do batom

ItuxSasV

Não sei vocês, mas eu amo batons. Com certeza, é o meu item favorito de maquiagem. Sou dessas que ficam enlouquecidas quando precisam escolher apenas um entre vários tubinhos e faço loucuras para encontrar a cor do momento. Tenho uma coleção gigante e, embora tenha os meus preferidos e mais usados, trato todos cm muito carinho. Tudo isso para dizer que  sou tão apegada aos batons que não imagino como a vida era sem eles.

Então resolvi pesquisar e fazer um post sobre a trajetória desse item tão básico no nosso dia a dia e capaz de iluminar nosso rosto. Inspirado no post que mostra as mudanças capilares do último século, descobri que o primeiro batom do mundo foi criado em 1884 em Paris e foi feito a partir de sebo de veado, óleo de rícino e cera de abelha.

A origem

576x383xhowtostain_interior.jpg.pagespeed.ic.qcffGl2mn0_JXGXbPZnE

Pode até parecer uma combinação nojenta, mas as mulheres agradeceram (e muito) pela criação. Isso porque, até então, usavam meios nada práticos para colorir os lábios. Mulheres da antiga Mesopotâmia, por exemplo, pulverizavam minérios para usar como make enquanto as egípcias usavam pigmentos vermelhos extraídos de algas. No século 16, o batom era feito a partir de uma mistura de cera de abelha e extratos vermelhos de plantas. O mais curioso? Somente mulheres da classe alta podiam usar.

O sucesso

batom-antigo-dourado-metal-13702-MLB4284348320_052013-F

Até então, o batom era visto como algo exótico e só podia ser usado por atores. No século 19, passou a ser colorido com corante carmim, extraído de um inseto (eca!!!), e aplicado com pincel. Algumas personalidades começaram a gostar tanto do efeito causado pelos lábios coloridos que saíram em público. A resposta, claro, não foi tão positiva de início, mas incentivou muitas mulheres a fazer o mesmo.

Primeira metade do século 20

marilyn-monroe-in-color

Com a criação do batom, as mulheres se sentiam mais confortáveis para usá-lo diariamente. O problema é que ele era vendido até então embrulhados em papel, o que causava um certo incômodo. O primeiro batom em tubos giratórios só veio em 1923 (pouco tempo, não acham?) e, desde então, acumulou diversas fãs no mundo todo.

No começo, era mais aceitável utilizar cores bem clarinhas e próximas do tom de boca. Com a explosão das divas de Hollywood e das pin-ups (como nossa diva Marilyn Monroe) entre os anos 40 e 50, os lábios vermelho finalmente ganharam destaque. Apesar de ser algo mais normal entre personalidades, algumas mulheres já demonstravam a vontade de usarem um tom mais forte.

Segunda metade do século 20

rita-lee-g-20091011

O movimento hippie surgiu no final dos anos 60 e apontou uma queda na preferência pelo batom vermelho. Cores naturais, como rosa-clarinho e nude, ganharam força e davam um ar de romantismo. Até que a era disco dos anos 70 chegou com força total e trouxe lábios em tons mais terrosos, como marrom e vinho (a Rita Lee é um bom exemplo).

O auge dos punks dos anos 80 mostrou que era possível, sim, acrescentar um pouco de ousadia na maquiagem. Sair por aí com batom verde, laranja, roxo e tantas outras cores nada convencionais era cool. Nos anos 90, tinha um pouco de tudo: rosinha para as românticas e roxo (ou até preto) para as góticas e as roqueiras.

Anos 2000

batom-roxo-katy

Eles começaram tímidos. As cores claras eram preferência e o nude era o preferido de oito entre dez moças de todas as idades. Quem aí lembra do batom Snob, da M.A.C.? Era o máximo, não era? Mas, como tudo que é usado em excesso, caiu rapidamente na lista de desgosto da moda.

Era tempo de voltar a ousar. Os vermelhos ganham força no final da década passada, especialmente os próximos do vinho. Tudo parecia muito bom, mas aí nos mostraram que os lábios têm o poder de nos deixar mais poderosas. Quer exemplo melhor do que os batons roxos, que estão super em alta? Levante a mão quem nunca quis experimentar os tons mais desejados do momento, como o Heroine e o Flat Out Fablous, também da M.A.C. Tenho os dois e amo tanto que sou prova de que os batons roxos realmente fazem maravilhas.

Gostaram de viajar no mundo da maquiagem? Agora fica mais fácil entender porque nós somos tão apaixonadas pelos batons.

5 razões para cortar o cabelo

Sempre fui defensora dos cabelos longos. Uma das minhas maiores frustrações é ter nascido com fios bem fininhos, que apresentam certa dificuldade para crescer. Desde muito cedo, convivo com pontas duplas. Pois é, cabelos finos, além de demorarem para crescer, costumam ficar mais ralinhos nas pontas. Mesmo assim, queria porque queria que meu cabelo tivesse um comprimento enorme.

A última vez que me lembrava de ter cortado meus fios bem curtidos foi em 2000. Ou seja, estou há 15 anos com os fios abaixo dos ombros. Nesse meio tempo, passei a fazer luzes, progressiva e investi pesado na dupla secador + chapinha. Também aprendi que não dá mais para passar muitos meses sem cortar, mas sempre fui categórica quando ia ao salão: somente as pontinhas.

Eis que um milagre aconteceu há alguns dias. Procurei a Nat, minha cabeleireira top do Lorenzo’s Hair, porque estava cansada das pontas duplas. Fui sem ideia e perguntei o que ela me recomendava. A sugestão dela foi cortar quatro dedos. Confesso que deu um friozinho na barriga, mas resolvi arriscar. O resultado? Finalmente cheguei ao long bob, corte que eu morria de vontade de ter, mas nunca encontrava coragem.

Sem título

Amei tanto, mas tanto, meu novo corte que resolvi incentivar todo mundo a se aventurar também. Olha só por que:

Praticar o desapego faz bem

Sempre escutei amigas falando isso ou postando nas redes sociais. Pensei que fosse me arrepender no mesmo segundo em que passasse a tesoura, mas não é que é verdade? Parece que os fios eliminados carregavam um peso enorme e agora, num passe de mágica, você está mais leve. Funciona mesmo!

images

Melhora a autoestima

E como! Estava me preparando para as lágrimas quando me olhasse no espelho, mas aconteceu o contrário. Gosto tanto da minha nova versão que acho que até meu rosto ficou mais magro (exatamente o oposto do que eu imaginava). E é simplesmente maravilhoso quando alguém me pergunta se eu cortei o cabelo. Tem outro sentido do que reparar que você só cortou as pontinhas.

Incentiva a vaidade

Tenho amado imaginar mil penteados com o meu novo cabelo, combinar brincos, batons… Parece que dá um start na gente, sabe? Desperta o nosso lado feminino como nunca. Até na hora de ir à academia a gente presta atenção para ver se o cabelo está bonito. E, claro, faz questão de dizer o tempo todo que cortou o cabelo.

image1 (14)

Faz com que você cuide melhor do cabelo

Morro de preguiça de passar máscaras de hidratação toda semana (às vezes até esqueço) ou de aplicar protetor térmico antes da chapinha ou do secador. Mas agora sigo o ritual certinho e faço questão de cuidar muito bem dos meus fios. Parecemos até outras pessoas e não nos importamos nem um pouco de gastar horas no banheiro e de ir dormir tarde por conta disso.

Deixa os fios com aparência mais saudável

Desapegar de vez das pontas duplas tem suas vantagens. Sem qualquer resquício de fraqueza, os fios ficam mais bonitos e com uma aparência pra lá de saudável. Algumas pessoas acreditam que o processo também pode acelerar o crescimento, mas não há estudos comprovados. Para ser sincera, amamos tanto nosso cabelo mais curto que não queremos que cresça tão rápido.

Vale lembrar que cada rosto pede um corte diferente. Por isso, converse sempre com o seu cabeleireiro para encontrar a melhor opção.

[Resenha] Luminous Stick Iluminador – Contém1g

Sem título

Entre todos os itens de make, o iluminador sempre foi o que mais me deixou com dúvidas. Até sabia que a função dele era, adivinhem só, iluminar e destacar os pontos mais importantes do rosto. Mas quais seriam esses pontos? Como saber qual dose é a mais indicada? Como sou curiosa por natureza, fiz algumas pesquisas, vi alguns vídeos e achava que já tinha entendido tudo. Só que eu sempre acabava aplicando muito produto e saía com mais brilho do que o necessário. E a gente sabe que não tem nada mais feio do que maquiagem carregada de iluminador, certo?

Pois bem. Outro dia comentei aqui no blog que fui conferir as novidades da Contém1g Perdizes, única loja da rede em rua na cidade de São Paulo, e que acabei completamente surpreendida com o ótimo atendimento da equipe de vendedoras. Cheguei lá com mil dúvidas e elas souberam responder tudo com a maior paciência. Entre as minhas queixas estava a pergunta que não queria calar: como usar iluminador?

Foi aí que elas me sugeriram o Luminous Stick, um dos best-sellers da marca. O que ele tem de diferente? É um iluminador em caneta. Vejo muito iluminador por aí em pó ou líquido, mas foi a primeira vez que soube de um iluminador em bastão dessa forma. A maior vantagem desse formato é que permite a dose certa, ou seja, não tem como exagerar.

IMG_5173[1]

As meninas da loja são tão atenciosas que me ensinaram na hora como usar o produto. Desde então, estou completamente viciada. O formato em caneta realmente tem muitas vantagens. Além da dose correta, permite ver o resultado em segundos. É só passar nas áreas indicadas para notar a região mais brilhante. Aliás, é importante lembrar que essa questão varia de acordo com o tipo de rosto. O meu, por exemplo, é mais oval, então devo valorizar a parte central, como nariz, testa e queixo.

Estava acostumada a usar iluminadores em pó ou líquido e era mestre em desperdiçar produto. Sempre caía uma quantidade a mais na minha bancada, sabe? Com o Luminous Stick esse problema não existe. O material está ali, firme e durinho. E vamos combinar que é esse formato é muito mais prático, até mesmo para levar em viagens.

IMG_5177[1]

Tem mais. O produto, assim como todos os outros itens da marca, foram pensados na pele da mulher brasileira, que tem necessidades próprias. Então é garantido que você usa um produto ideal para o seu rosto e com uma fórmula leve que não agride e não provoca alergias. Por falar nisso, a proposta é justamente essa: oferecer uma textura sedosa com aplicação uniforme.

Como falei antes, estou totalmente viciada neste iluminador. Virou item obrigatório da minha necessaire e faz parte do meu ritual diário de maquiagem. Essa é outra vantagem: dá para passar em qualquer horário do dia, é só controlar a intensidade do brilho. Não é à toa que o produto é um dos mais vendidos lá da Contém1g Perdizes. Com todos esses benefícios e uma equipe extremamente dedicada, o sucesso é garantido!

Pontos fortes do rosto valorizados em segundos graças ao Luminous Stick

Pontos fortes do rosto valorizados em segundos graças ao Luminous Stick

Gostou? Então aproveita a boa notícia: Leitoras do Fik Dik têm 10% de desconto em compras na Contém1g Perdizes. Isso mesmo. Basta usar a senha “FIKDIK Blog” e arrasar. Não é a desculpa perfeita para adquirir um Luminous Stick e comprovar os benefícios por conta própria? A Contém1g Perdizes fica na Rua Cardoso de Almeida, 731, esquina com a Rua Dr. Homem de Melo, em Perdizes. Ah, eles estão abertos de segunda à sábado, das 10h às 20h. Quero ver todo mundo fazendo bonito com o iluminador, combinado?

Avaliação: ♥♥♥♥♥

[Resenha] Linha Self Absorbed – TIGI Bed Head

shampoo-bed-head-self-absorbed-mega-nutrient-750ml-25-36oz-tigi-93a

Dizem que a primeira imagem é que a fica. Quando se trata de cosméticos, a embalagem realmente pode fazer muita diferença. Lembro-me da primeira vez em que vi o rótulo da linha TIGI Bed Head e achei muito diferente. A vontade de testar veio na mesma hora, mas, naquela época (há uns seis anos mais ou menos), a marca ainda não era tão conhecida por aqui e eu acabei deixando o produto na prateleira.

Algum tempinho depois todos os amantes de beauté começaram a falar sobre os inúmeros benefícios das linhas TIGI Bed Head e o arrependimento surgiu imediatamente. Queria muito comprar, mas ainda não era fácil encontrar por aqui. Até vi alguns sites vendendo, mas o preço era muito absurdo. O jeito era esperar para comprar em alguma viagem.

Pois bem, realizei minha vontade há poucos meses quando estive nos Estados Unidos e consegui riscar esse item da minha lista de produtos capilares. O melhor de tudo é que enquanto é difícil achar por aqui, lá vende até nos supermercados que a gente ama. Não aguentei esperar muito – anos e anos de espera, né gente? – e comprei na primeira drugstore (farmácia) que encontrei.

Cabelos mais macios em questão de segundos!

Cabelos mais macios em questão de segundos!

Enquanto pesquisava os produtos disponíveis da marca, me chamou atenção a versão Self Absorved, indicada para cabelos quimicamente tratados. Quem tem fios assim sabe que é quase impossível evitar problemas como ressecamento e pontas duplas. A proposta da linha é justamente oferecer um “banho” de vitaminas para devolver brilho e hidratação. Não preciso nem dizer que foi esse mesmo que eu escolhi!

Contei aqui que morro de dó de testar esses produtos durante as viagens, então esperei voltar ao Brasil para iniciar a experiência. Tenho problemas com frascos em formato spray e até agora não consegui aprender a usar (sim, verdade). Então precisei rosquear e tirar o equipamento para pegar um pouquinho do conteúdo e aplicar. Apesar dessa dificuldade, o resultado vale muito a pena.

A fórmula é composta por um complexo cheio de nutrientes e rico em vitaminas A, B, C, D e F. No enxágue, já dá para sentir os cabelos mais fortes e macios. O condicionador ajuda a intensificar os efeitos e, de quebra, deixa as pontas seladas e desembaraçadas. Resumindo: é realmente uma maravilha!

Valeu muito ter esperado esse tempo para testar o produto. Se a sua ansiedade for muito grande, dá para encontrar em sites especializados brasileiros por aproximadamente R$ 70. Mas, como sempre, recomendo encomendar para alguém que vai viajar porque o meu kit que vem com shampoo e condicionador saiu por U$ 18.

Avaliação: ♥♥♥♥