Posts em destaque

5 sites que mudaram a nossa vida

Quando a gente pensa nos avanços da modernidade, fica quase impossível acreditar que muita coisa aconteceu há pouco tempo. Para as pessoas mais novas, pode parecer comum ligar o computador, acessar a internet e fazer o que bem entender. O mais curioso é lembrar que ela começou a surgiu na década de 90, ou seja, entre 15 e 20 anos atrás. Eu me lembro muito bem de quando fomos apresentados a ela. Era algo totalmente inovador.

Junto com ela, vieram alguns sites que tornaram a nossa vida muito mais prática. Tão prática que a gente já não consegue mais imaginar como viver sem eles. Poderia mencionar vários exemplos, mas resolvi resumir em cinco opções. Aqui vão elas:

Google

Google-Valentine-Day-logo-2015-800x377

Não dava para fazer essa lista e deixar o Google de fora. O buscador mais famoso da web começou a ser desenvolvido em 1997 – há apenas 18 anos – e, em pouco tempo, se tornou poderoso. Eu me lembro muito bem de estar em uma aula de informática na escola e de ser apresentada ao Google. Na época, não dava para entender muito bem o que fazer com ele. Hoje a gente faz de tudo. Para nós, jornalistas, então… é uma maravilha! Nunca mais o simples ato de pesquisar foi o mesmo. Aliás, haja paciência para ver todas as milhões de páginas que abrem quando você digita algo.

O Google é tão forte que criou uma verdadeira comunidade, com aplicativos como Google Earth, Google Maps, Google+ e por aí vai. No Brasil, a empresa chegou há dez anos e é tida como uma das mais incríveis para se trabalhar.

YouTube

YouTube_logo

Já contei aqui várias vezes que eu fui aquela adolescente que marcava na agenda a data de lançamento de um clipe. Era um verdadeiro acontecimento. Quando tinha algum compromisso que me impedia de assistir, eu programava meu VHS para gravar. Era muito gostoso e tinha todo um clima de ansiedade e de ligar para a amiga depois para comentar. Mesmo assim, precisamos comentar que não era muito prático.

Até que, em 2006, o YouTube causou um rebuliço daqueles. Eu me lembro perfeitamente de quando entrei nele pela primeira vez e pensei: “hum, e daí?”. Foram apenas alguns meses até descobrir que, sim, ele era fantástico. Eu descobri que dava para ver QUALQUER clipe musical (isso era algo fantástico na época). E hoje em dia, se tornou uma rede social utilizada por milhares de pessoas ao redor do planeta. Isso que é poder!

Facebook

Facebook_logo-9

A gente sabe que o Facebook não foi pioneiro nessa onda de redes sociais. Antes dele, o Orkut e o Twitter causaram muito barulho por aqui. O Twitter ainda existe, mas o Orkut não teve a mesma sorte e foi desativado no ano passado. Por mais que a gente amasse ler os scraps alheios, o design era, sim, um pouco antiquado.

Aí o Face surgiu, dominou o Brasil a partir de 2010 e se tornou uma ferramenta pra lá de completa. Tem gente que usa para reencontrar amigos de infância, outros que usam para fins profissionais (no jornalismo é muito útil, gente) e também tem aqueles que usam por pura diversão. Dizem que ele vai ter o mesmo caminho do Orkut, mas acho que não tão cedo.

Spotify

download

Se você viveu sua adolescência na década de 90 ou no começo dos anos 2000, sabe que o discman era quase que um item obrigatório de sobrevivência. Graças a ele, podíamos ouvir nossas músicas a qualquer hora e qualquer lugar. Depois que surgiu a moda de gravar CD, então, era uma beleza. A gente fazia aquela playlist marota, apertava o play e a diversão estava garantida. Parece lindo, mas sempre tinha um disco riscado, uma pilha que acabava antes da hora e um aparelho quebrado – eu era MESTRE em quebrar discmans!

Com o iPod, a coisa já foi melhorando. Daí chegou o Spotify e nada mais foi como antes. A rede, que permite ouvir todo tipo de música, ficou mais conhecida recentemente e conquistou mais de 70 milhões de usuários. O que nem todos sabem é que ela foi criada bem antes, em meados de 2008. Seja como for, amamos a possibilidade de ouvir playlists com temas variados e divertidos (como opções para curtir a sexta-feira, trilhas de boyband etc).

Amazon

Amazon-Logo

Preciso confessar uma coisa: sou viciada em compras pela internet. É tudo tão fácil e prático, gente! Mas sempre rolam dúvidas na hora de saber se o site é confiável ou se vai cumprir o prazo de entrega. Quer saber onde apostar sem medo? Na Amazon, claro! A empresa norte-americana fundada em 1994 foi uma das primeiras a comercializar produtos na web. Hoje são tantos itens à venda que a gente fica até tonta.

Eu sempre recorri à Amazon quando queria comprar CDs ou livros. Mas olha só que bacana: lá vende tudo, inclusive produtos de beleza. O site, inclusive, me salvou recentemente porque foi um dos poucos lugares em que achei o Silicon Mix de bambu por um precinho legal. Fora que o prazo de entrega é super-rápido e altamente responsável. A gente ainda pode ler algumas opiniões, compartilhar os nossos pontos de vistas, enfim… Recomendo e sou cliente assumida!